História Sonic e a Aventura Temporal(Interativa). - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sonic The Hedgehog
Visualizações 34
Palavras 1.130
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Shounen, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Nudez, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá. A imagem é Senuyaru e Nara no dia do casamento. O desenho da Nara foi baseado no desenho que a dona dela fez.

Capítulo 27 - Borboleta e casamento.


Fanfic / Fanfiction Sonic e a Aventura Temporal(Interativa). - Capítulo 27 - Borboleta e casamento.

O dia do casamento de Nara e Senuyaru chegou, e Farzine não estava muito feliz após descobrir sobre o ocorrido. O casal havia convidado parentes e amigos para o casamento na igreja comandada por Joyce.

Koda:NÃOOOOOO!!! Por que, Yangurinu?! Por quê ela tem que estar em todo canto?!

Joyce:Por quê sou perseguidora e macumbeira profissional e com diploma de doutorado.

Koda:Mas isso já é bizarro! Nós somos parentes!

Joyce:Não exatamente. Na verdade, somos primos de 10 grau, e sendo assim, isso tira nossa ligação familiar.

Koda:PORRA!

No caminho da igreja, Loony, Schwein e Sony estavam indo para a igreja, e o bebê estava com uma borboleta para dar aos noivos, mas ela fugiu para uma padaria.

Sony:Papai, mamãe, a borboletinha foi embora...

Loony:Vamos pegar umas flores pra você dar pra eles, pois ao menos as flores não fogem.

Schwein:Incrível como nosso filho aprendeu tão rapido a falar. Mal se passou uma semana e ele já vem falando!

Loony:Você queria que ele falasse quando ele precisasse comer ou ir ao banheiro.

Schwein:Mas ele está crescendo tão rápido...

Shinna:Ele só nasceu uma semana atrás, deixa de ser tão dramático!

Schwein:Fica quieta, filha da-

Loony:Schwein...

Schwein:Desculpe...

Na padaria, a borboleta derrubou um pão, que bateu no rabo de um gato que arranhou Osvaldo, que sem querer tropeçou no carrinho de vendas de dango. Por coincidência, a moça que entregava dangos em Luaenno estava lá.

Garota dos dangos:MEUS DANGOS!!

O carrinho atropelou Thom, que ficou zangado e jogou o veículo que acertou um avião que acabou caindo em Angel Island. Janet, a equidina que ajudou o pessoal em Station Square ficou zangada e jogou o avião que foi parar na direção de Luaenno. As pessoas no avião não morreram, pois elas saltaram de paraquedas em Frontier City.

Na igreja, todos estavam reunidos e conversavam sobre vários assuntos, e Farzine estava conversando com uma guaxinim de cabelo e olhos azuis claros chamada Angie, e pouco tempo depois, Crisis achou que eles estavam namorando.

Crisis:Farzine finalmente arranjou alguém pra ele!

Jenny:Não acha que devia perguntar aos dois se é verdade isso?

Crisis:Bem, vou procurar saber depois do casamento da Nara.

Em Luaenno, Fried estava criando um novo projeto que poderia acabar com os heróis, e ia dar certo, quando o avião acertou o laboratório dele localizado na antiga casa de Loony. Partes do laboratório sairam voando e acertou uma ave que caiu em um canhão de chumbo que acertou um mendigo que foi parar na igreja.

Na igreja, Nara e Senuyaru estavam no altar, e Joyce estava bancando o padre.

Joyce:Estamos aqui hoje para unir esse cachorro e essa cadela-

Senuyaru:Somos inu, sua doida!

Joyce:Quer dizer que vocês estão pelados na igreja?! Tarados!

Nara:Joyce, não estamos falando de nudez, estamos falando de espécies místicas japonesas.

Joyce:Bem, ainda vou chamar vocês de cachorros. Bem, se alguém quiser falar algo contra a esse matrimônio, fale agora ou cale-se para sempre.

De repente, o mendigo acabou quebrando o teto e começou a falar.

Mendigo:Eu tenho! Essa prostituta roubou o diamante cor de rosa e fez sexo com um monte de vagabundos em Las Vegas! E ainda mais matou o presidente de Central City e dançou funk para o povo de Apotos!

O povo ficou chocado, especialmente Nara e Senuyaru.

Nara:Senhor, eu não fez nada disso!

Mendigo:E quem é tu? Eu tô falando da minha neta chamada Zelda!

Near:Algo de errado não está certo.

Senuyaru:...Alguém tira ele daqui.

O mendigo saiu após Farzo levá-lo para a saída, e o casamento seguiu seu rumo. Porém, o mendigo viu a borboleta e começa a persegui-la, e no caminho, causou muitos acidentes e engarrafamentos nas ruas de Frontier City. Para piorar o azar, um dos carros saiu voando e explodiu em um depósito de fogos de artifício, e todos explodiram. Um deles foi parar em Ice Cap, e houve um avalanche que destruiu todo o local, e com o desastre, um robô assassino acordou e começou a falar que ia matar Sonic, e foi para Frontier City.

Na igreja, estavam na parte do "aceito".

Joyce:Senuyaru Inuzarolio, você aceita casar e amar Nara Yunes, pelo resto de sua vida?

Senuyaru:Aceito, mas vou mudar meu sobrenome no cartório depois.

Joyce:Nara Yunes, aceita casar e amar Senuyaru Inuzarolio pelo resto de sua vida?

Nara:Aceito. Pelo resto da minha vida e sempre.

Joyce:E eu os declaro marido e mulher nus. Pode beijar a noiva.

E os dois se beijaram, e todos bateram palmas pelo dia feliz, mas de repente, o robô assassino chegou na igreja e começou a atirar em tudo e foi perseguir Slower pelo mesmo ser parecido com Sonic na aparência.

Nara:Por quê esse dia tinha que ser estragado?!

Senuyaru:Provavelmente, o autor deve ter enlouquecido de novo.

Pra proteger seu irmão mais novo, Spike começou a bater no robô com muita violência e deu um soco que fez ele voltar pra Ice Cap e bater em uma árvore, que fez ele ser desligado novamente.

Spike:Argh! Eu devia ter quebrado esse robô inteiro! Ei Slower, você está bem?

Slower:Estou bem... Obrigado, irmão...

Spike:...Tem certeza?

Slower:Claro, tá tudo bem.

O casamento terminou, e começou a festa com comida, dança e quem pegaria o buquê de flores da noiva.

Na hora do buquê, a pessoa que pegou foi Valerie, que ficou muito feliz e após isso, Rate disse:

Rate:Pessoal, eu quero aproveitar esse momento, e quero falar isso já faz um tempo. Valerie, quer se casar comigo?

Valerie:Sim! Mas se formos casar, não pode ser nessa igreja.

Rate:Verdade.

Joyce:Hmph! Cretinos! Isso só aconteceu hoje! Duvido que ocorra mais que isso!

Fang:Na verdade, vai ocorrer sim. Melhor tentar outro lugar.

Cherry:Como sabe disso?

Fang:É porque... Não vou contar nada a respeito.

Hayato:Bem, ao menos foi divertido o casamento. Nunca ri tanto na vida.

Osvaldo:Isso não é algo que se diga em um casamento, Hayato.

Rocky:Mas foi engraçado de qualquer maneira.

Nara:Que bom que estão felizes com a desgraça que ocorreu no casamento, estou tão feliz.

Zui:Bem, não dá pra piorar.

De repente, uma humana invadiu o local de festa e começou a atirar em tudo.

Kika:Olá, eu sou Kika, a caçadora de inus!

Bealize:Tinha que dizer isso, Zui?

Zui:Como eu ia saber?

Sony:Pega fogo, cabaré!

Kika destruiu o local e ia atirar nos noivos.

Kika:Bom, eu quero dizer que foi um lindo casamento e uma linda festa. Agora, preparem-se pra morrer.

Senuyaru:Espera, como a gente aqui?

Kika:Fácil. Quando eu descobri que ia ocorrer um casamento de inus, eu decidi entrar em ação, mas acabei acertando um vampiro e uma zumbi sem querer. Mais de nove mil desculpas depois, eu peguei uma passagem pra Frontier City.

Senuyaru:Por quê esqueci minha espada hoje?

Nara:Interessante. Toma essa!

Nara arranhou Kika, e ela acabou morrendo pelo veneno. Após isso, todos saíram e foram para casa, mas Slower saiu da cidade um dia depois.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...