História Soprattutto - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, Jackson, JB, JR, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Mark, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, 3some, Abo, Chanbaeklu, Jackbam, Kaisoo, Markjin, Sekai, Sekaisoo, Sesoo, Sulay, Taoris, Xiuchen, Yugyeom
Exibições 1.605
Palavras 1.405
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ecchi, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu não tenho mais o que fazer, se já estou atolada de fanfic, o que eu faço? Posto mais.

Deus me ajude.

Nova SEKAISOO, espera que gostem e curtam ela como fizeram com as outras fanfics, desculpem os erros.

VAI POVO DO GRUPO WOLF, TÁ AÍ ESSA COISA DJSJS

Capítulo 1 - Un


— Como é? — Sehun olhou para o seu pai. — repete que eu, talvez, só acho, que não entendi.

— Sehun. — JongIn chamou e o irmão apenas lhe mostrou o dedo do meio.

— Olha o respeito — Kim Taeho disse e os alfas assentiram — Foi isso que você escutou Sehun, vocês vão se casar com um ômega.

— Essa parte eu entendi pai, o que eu não entendi foi o “ômega”, não seria o certo usar “ômegas”? — Sehun perguntou e Taeho negou. — Espera, eu e JongIn vamos casar?


— Até que enfim entendeu — JongIn bufou — Vamos ser casados além de sermos irmãos, olha que lindo.



— É algum tipo de promessa, pai? Sei lá, você fez alguma coisa quando jovem e quer pagar hoje com os filhos os jogando para um casamento entre eles e um ômega desconhecido.



— Tenho que concordar com o Sehun — JongIn apontou.


— Você sempre concorda comigo, eu sou um gênio. — Sehun sorriu para o irmão que revirou os olhos.


— Pai, você pode explicar, por favor — JongIn pediu.


— Vocês sabem que eu e a mãe de vocês somos amigos de um casal há anos...


—Sim, os Do — JongIn disse e Sehun concordou, se lembrava dos tais amigos — Eles tem 3 filhos se não me falha a memoria.

— Três ômegas — Taeho disse — Um deles é o prometido de vocês, sua mãe fez uma aliança com a Soohe e acabou prometendo vocês dois ao mais novo dela, nesse caso, KyungSoo.


KyungSoo... KyungSoo... — Sehun murmurou tentando se lembrar — Não lembro dele.



— Ele nunca veio nos visitar, vocês conhecem apenas Luhan e BaekHyun — Taeho explicou e os alfas assentiram — Eu queria deixar claro que não é errado vocês se casarem entre si, BaekHyun e Luhan tem um mesmo alfa e pelo que fui informado pelos pais deles, em breve vão se casar.


— Ok. — Sehun bufou. — O ômega pelo menos sabe que vamos casar?


— Ainda não — Taeho sorriu — Por isso amanhã ele está chegando com os pais, vai conhecer vocês normalmente e depois iremos contar.


— Porque temos que nos casar mesmo? — JongIn perguntou — Não acho que seja uma boa ideia.



— Também não. — Sehun apontou. — Isso não vai dar certo, somos dois alfas e um ômega.


— Vai sim, tenho certeza — Taeho sorriu.


Sehun e JongIn encararam o pai sem acreditar no que ele disse por fim, aquilo era uma loucura para os dois, principalmente para Sehun que estava no ‘auge’ dos seus recém completados 20 anos, JongIn era mais velho e tinha 23 anos, então levava as coisas mais a sério que o irmão, mas naquele momento nem ele acreditava no que seu pai havia dito. Era uma loucura sem tamanho que com certeza não daria certo, esse casamento seria um fracasso.




— Porque nós estamos indo para a casa dos Kim? — Luhan perguntou aos pais que não responderam — Amo isso, falar sozinho.


— Normal, não sei como não se acostumou. — BaekHyun disse indo para o quarto que dividia com os irmãos e Luhan foi atrás. — O que me irrita é que tem a ver com o KyungSoo, odeio quando eles não falam.


— Será que é algo sobre prometidos? Ouvi uma conversa dias atrás. — Luhan comentou se jogando na cama. — Falando no Kyung, onde ele está?



— Saiu com o Tao para comprar roupas para o filhote dele. — BaekHyun se sentou na beirada da cama. — Se for sobre prometido, será que o Soo é prometido de um dos filhos?


— Prometer o Kyung para alguém e não o contar... Mamãe e papai estão brincando com fogo — Luhan riu e BaekHyun assentiu — Ele vai ter um ataque.


— Vamos para  a casa do Channie hoje? — BaekHyun engatinhou até o irmão ajeitando no meio das pernas dele, Luhan colocou as mãos envolta do pescoço do irmão e selou os lábios deste.


— Talvez, Chanyeol não disse que iria sair hoje?


— Ah é, ele foi visitar os pais — BaekHyun bufou deitando a cabeça no peito do irmão. — Eu não suporto eles.


— Assim como eles não suportam a gente, coisas da vida. — Luhan riu — Não sei qual a dificuldade de aceitar que Chanyeol nos quer, nossos pais aceitam, agora porque é difícil para os pais de um alfa aceitar?


— Até porque para os alfas é o maior orgulho ter dois ômegas.  — BaekHyun apontou e Luhan assentiu.


Luhan acariciou os fios loiros do cabelo do irmão, ele era o mais velho dos filhos tinha 24 anos e BaekHyun 21 enquanto KyungSoo tinha completado 18 anos e era o pequeno orgulho da família e protegido dos irmãos, KyungSoo se fosse ser definido pelos irmãos seria como: a melhor pessoa. Sabia os momentos certos para ajudar, falar, brigar, bater e fazer carinho, o pequeno mais novo dos Do era conhecido por ter rostinho fofo e parecer sério de vez em quando, porém ele tinha um jeito doce e fofo que fazia qualquer um se derreter, mas também sabia se impor quando era preciso e não abaixava a cabeça para qualquer pessoa com rapidez.

KyungSoo para a família e os irmãos era como um tesouro, para Luhan e BaekHyun ele merecia a melhor pessoa do mundo e eles não deixariam o irmão com qualquer um.






KyungSoo riu de Zitao quando viu o amigo correndo pela loja de roupas infantis, o ômega estava feliz em ajudar o melhor amigo com as roupas do primeiro filhote dele e de seu marido Yifan.

— Kyung, olha isso aqui. — Zitao chamou e o ômega se aproximou — Não é lindo?


— Mas é rosa, hyung — KyungSoo disse rindo. — Você ainda tem 3 meses, não sabe o sexo.


— Vai ser uma menina, uma menina que eu vou mimar demais — Zitao disse — Assim como eu mimo você.

— Não só você, Luhan e BaekHyun também — O ômega revirou os olhos. — Não sei porque tudo isso.


— Será porque você é uma coisa fofa e fica lindo usando saias? — Zitao soltou e KyungSoo corou — Você sabe que pode usar assim como muitos ômegas usam, não sei porque insiste em dizer que vai ser maltratado.


— Eu não tenho um alfa então não tenho alguém para me proteger, por isso eu não uso. — KyungSoo murmurou pegando um vestidinho rosa bebê — Gostei desse, será que vai ser mesmo uma menina?


— Eu tenho certeza, até Yifan concorda comigo.


— Yifan nunca vai contra o que você diz, Taozi.


— Arrume um alfa que seja assim. — Tao disse e KyungSoo riu.






— Porque você está tão normal com isso, JongIn?  — Sehun perguntou ao irmão enquanto entrava do no quarto do mais velho. — Você está com uma cara de “está tudo sobre controle.”


— Você deveria estar assim também, mesmo achando uma loucura nós precisamos ter calma e tentar parecer calmos. — JongIn disse e Sehun riu. — Sério Hun, vamos manter a calma e tentar agir como se isso fosse a coisa mais normal.


— Como vai ser com esse ômega aqui?


— Não sei, vamos agir bem e não tocar no casamento até a hora em que os nossos pais e os dele, decidirem falar. — JongIn avisou e Sehun assentiu.


— JongIn...

— Uh?

— Vamos ter que nos beijar? — Sehun perguntou fazendo uma careta e JongIn riu.

— Você quer me beijar Hunnie-ah? — JongIn se aproximou do mais novo que correu. — Sehun!

— SAI DAQUI, EU SOU ALFA!


— ALFAS TAMBÉM MANTÉM UM RELACIONAMENTO. — JongIn gritou de volta, rindo.


—  não ligo, não vamos manter — Sehun rebateu rindo no fim do corredor e JongIn conseguiu escutar, era um lado bom de ser alfa.


— Eu acho que vamos Sehun — JongIn suspirou. — Vamos ter apenas um ômega.


— Essa porra toda é louca, preciso sair. — Sehun disse voltando e passando pelo irmão. — Vou na casa do Lay.


— Ele está noivo, não vai irritar o ômega dele — JongIn disse rindo e selando os lábios do irmão.


— Nunca irrito ninguém Kai, sou um anjo — Sehun disse com um sorriso no rosto e JongIn revirou os olhos.


Notas Finais


Eu amo essa de casamento arranjado e vocês também djjskw nos vemos em breve.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...