História Sorry For Being Stupid - 2nd Season (SFBS) - Camren - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Camila Cabello, Fifth Harmony, Maia Mitchell
Personagens Ally Brooke, Barbara Palvin, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Maia Mitchell, Normani Hamilton
Tags Camren
Visualizações 590
Palavras 2.295
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um ❤

Capítulo 10 - "Maybe they never deserved us."


POV Lauren


Depois de um vôo chato após Camila dormir, nós finalmente chegamos a Los Angeles por volta de 20:30.

Camz... chegamos.- mexi nela, que logo abriu os olhos.

Eu preciso dormir.- ela disse se espreguiçando.

Vamos pro hotel, vem.- falei e nós saímos do avião.

Chegamos ao hotel, com algumas paradas para fotos, e logo fizemos o check-in.

Suíte nupcial, 1708, espero que gostem, suas malas já estão lá.- a recepcionista falou sorridente.

Eu vou matar a Ash.- falei baixo- Obrigada, nós iremos aproveitar sim.- falei com meu melhor sorriso falso e puxei Camila.

Não era mais fácil pedir pra trocar?- ela disse no elevador.

Era, se a reserva não fosse feita pela internet.- falei e ela bufou.

Eu escondo o corpo da Ash.- ela disse e eu sorri.

Passei a chave, que era um cartão, na porta.

Caralho...- falei assim que entrei.

Que vista linda... meu deus.- Camila disse maravilada.

Agora eu me sinto culpada por querer matar a Ash.- falei e nós rimos.

Okay, ela vive.- Camila disse e fomos pro quarto.

Pode ficar aqui, eu fico na "sala".- falei e ela me olhou.

Tá de brincadeira com a minha cara, né? Essa cama é mais espaçosa que as nossas casas juntas, podemos muito bem dividir ela.- ela disse um pouco rude.

Calma... só falei.- fiz uma careta.

Desculpa...- ela disse e se sentou, brincando com os dedos.

Você está com fome.- afirmei e ela me olhou.

Como?- perguntou.

Fome. Quando você senta e brinca com os dedos depois de ser grossa, significa que você está com fome.- falei um pouco tímida e ela sorriu.

Acho que você me conhece mais do que eu mesma.- ela riu.

Quer pedir algo?- perguntei sorrindo.

Pode escolher...- ela disse e eu fui até o telefone.


(...)


Camz... a comida che...- falei e ela saiu do banheiro.

Só de toalha.

Eu estou indo.- ela disse e pegou a mala.

Eu... Eu te espero lá.- falei e sai dali.

Porra, Lauren.

Sem ficar estranha.


POV Camila


Lauren ainda não esconde o olhar quando estou assim... é engraçado.

Fui até a ela, que já comia.

Lauren me olhou, mas de uma forma diferente.

Ela tinha o mesmo olhar de anos atrás.

Isso não poderia ser muito bom... mas vou deixar pra lá.

Desculpa por sair daquele jeito.- falei e me sentei.

Eu deveria ter batido na porta, eu que peço desculpa.- ela disse um pouco rouca, sem me olhar.

Tá tudo bem, Lauren?- perguntei e ela me olhou.

Olhos completamente escuros.

Ela me encarou um pouco, começando a ficar um pouco ofegante.

Sim... Eu vou... preciso respirar um pouco, já volto.- ela disse rápido e saiu dali.


POV Lauren


Eu ainda morro com ela.

Eu não consigo... Eu nunca vou conseguir não olhar pra Camila.

Que saco.

Desci até o andar da recepção e sai do hotel.

LA estava linda, como sempre.

Depois de respirar bastante, me acalmar, e tirar mais fotos com uns fãs, eu vi que já estava ficando relativamente tarde.

Resolvi voltar pro hotel, afinal eu sai sem falar pra onde eu iria.

Assim que abri a porta, não vi nenhum sinal dela, claro que não... Ela já estava dormindo.

Eu tomei um banho bem demorando e me deitei ao seu lado.

Não pude deixar de admirar ela.

Seus traços latinos... o jeito como dorme... até isso é fofo.

Acabei levando minha mão até seu rosto, fazendo um leve carinho, e coloquei seu cabelo atrás da orelha.

Ela abriu os olhos, e me encarou.

Por que faz isso, Lo?- ela perguntou baixo.

O que você quis dizer com "Não sabemos lidar com nosso amor"?- perguntei de uma vez.

Aquilo ficou martelando em minha cabeça durante todo o vôo.

O que?- ela sussurrou.

Isso não sai da minha cabeça.- confessei quase num sussurro.

Nós...- ela respirou fundo- Nós sentimos algo além da nossa capacidade de entender, de viver... Às vezes nos amamos, às vezes nos odiamos... não sabemos moldar isso, entende? Por isso nosso sofrimento.- ela disse e eu senti algo estranho em meu peito.

Então não fomos felizes?- perguntei receosa e ela pegou minha mão.

Nossos anos mais felizes foram juntas... só que agora estamos em outro nível, Lo... Por que essa conversa agora?- ela perguntou.

Não sei, era mais um esclarecimento.- falei cabisbaixa.

Lauren?- ela me chamou.

Hm..?- com dificuldade a olhei.

Eu te amo.- ela sorriu- Pra sempre.- ela disse.

Sabe quando você tá sonhando que está caindo e acorda na queda?

Era exatamente assim que eu estava.

Todas as minhas barreiras que eu construí durante esses anos para não pensar nela de outra forma foram completamente destruídas, por ela.

Sempre ela.

Com uma simples frase.

Fazia tanto tempo que eu não escutava esse "eu te amo".- falei sorrindo boba.

Eu sempre falo.- ela disse.

Faz tempo que você não diz nesse sentido.- falei e ela sorriu.

É... mas não posso fazer nada.- ela disse e meu sorriso morreu.

Camz?- a chamei- Eu também te amo.- falei e ela sorriu, se virando logo em seguida.


POV Camila


Dia seguinte


Aquela conversa com Lauren havia me deixado um pouco estranha.

Eu falei que a amava... Eu tento me convencer de que eu disse aquilo apenas para confortar ela, mas no fundo eu sei...

Acordei primeiro que ela, era cedo, por volta das 8:49 da manhã.

Me levantei e sorri em seguida... Assim que saí da cama, Lauren agarrou o meu travesseiro.

Ela nunca vai mudar.

Eu tomei um banho, e logo pedi o café.

Eu aproveitei para ligar pra Ash, que me informou o horário da reunião.


(...)


Lo... acorda...- chamei ela e nada- Lo... nós temos uma reunião.- falei mais baixo.

Agora não, Amor...- ela disse e se virou.

Ela me chamou do que?

E por que eu senri algo dentro de mim?

Por que eu to sorrindo?

Lauren Jauregui, se você não levantar agora, tomar banho e ir na reunião, eu vou te bater, e vou bater muito.- falei e ela acordou.

Camz?- ela perguntou assustada.

Esqueceu? Jura?- perguntei e sorri.

Não, eu... É mesmo, a reunião.- ela disse desesperada.

Calma, ainda tem tempo, é só às 13:30, ainda são 11:27.- falei e ela me olhou.

E por que me acordou?- ela disse manhosa.

Porque sim, agora levanta.- falei e ela reclamou.


(...)


POV Lauren


Oi, Ash.- Camila disse abraçando ela.

Oi, Mila. Oi, Laur.- Ash veio até mim.

Oi... então, do que a trata a reunião?- perguntei.

Sobre lucros!- ela disse animada.

Que legal...- falei sem animação.

Sempre que a reunião era sobre isso, se tornava algo chato e maçante.

Quatro horas depois

E foi o que aconteceu.

Meu deus... Eu quase tirei a minha vida lá dentro.- falei e Camila riu.

Reclamando da própria empresa... realmente....- ela disse e eu fiz uma careta.

Vamos combinar que é muito chato falar sobre essas coisas...- falei e nós pegamos um táxi.

Por que você não foi pro apartamento que tem aqui?- ela perguntou.

Porque é nosso, e sei que você não iria querer ficar lá.- falei e ela olhou a janela.

Se quiser pode vender... ou compra a minha parte... sei lá.- ela disse.

Não. Não nosso, e isso não vai mudar.- falei e ela me olhou.

Eu não consigo ir lá, por que tem que ter meu nome no contrato se eu não moro lá?- ela perguntou.

Camz...- antes que eu falasse, o táxi chegou ao hotel e ela saiu quase correndo.

A questão era que a nossa segunda briga mais feia, foi naquele lugar, após uma festa com as meninas, onde nós discutimos bêbadas, e sugerimos o divórcio, mas claro que não levamos a sério na época.

Desde então, Camila não consegue pisar mais lá.

Ainda tem "marcas" da briga, como uma mancha de sangue na parede.

Não foi nada demais, o sangue era meu, depois que Camila jogou um vaso e eu me defendi com a mão, me equilibrando em seguida na parede.

Estávamos tão bêbadas, que no dia seguinte nós acordamos quase de noite.

Fui atrás da Camila pelo hotel, e quando cheguei ao quarto, ela estava arrumando sua mala.

O que você tá fazendo?- perguntei.

Eu vou sair daqui, Lauren.- ela disse sem me olhar.

Camila, para.- segurei em seus ombros.

Tá vendo onde eu quis chegar ontem? É rara as vezes em que concordamos com algo.- ela se desvincilhou.

Camila.- a virei pra mim, muito perto...

Para, Lauren.- ela disse baixo.

Se você não quer mais aquele lugar, eu o vendo, alugo, meto fogo, mas não sai daqui... Por favor.- supliquei.


POV Camila


Fazia tempo que eu não via Lauren com esse tom, quase implorando.

Só para de me lembrar... Por favor.- falei.

Vai ficar?- ela perguntou.

Uhum...- falei e ela me abraçou, um pouco desesperada- Por que você tá assim? Você tá estranha...- falei.

Não é nada.- ela disse com a voz falha.

Lauren...- falei e ela me olhou.

Antes dela falar algo, meu celular tocou.

É a Ash...- falei.

Atende...- ela disse e rapidamente saiu de perto de mim.


POV Lauren


Que porra, Lauren.

A Ash nos chamou pra sair.- Camila veio até mim.

Hm, vamos... Vai ser legal.- falei rápido.

É daqui a pouco.- ela disse.

Tudo bem...- falei.


(...)


Vamos?- perguntei.

Claro...- Camila saiu do quarto- Que foi?- ela sorriu.

Nada... você tá... linda.- falei.

Obrigada, você também.- ela me deu um beijo rápido na bochecha e saiu.

Nós encontramos Ash perto do hotel, e logo entramos num táxi.

Eu não sabia pra onde estávamos indo, mas era coisa dela, então seria bem agitado.

Não acredito.- falei assim que descemos.

O que? Acha mesmo que não iríamos sair?- ela disse sorrindo.

Nós imaginamos algo mais... chato.- Camila disse e ela riu.

Com certeza, se dependesse de vocês nós estaríamos bebendo chá.- Ash disse e nós seguimos pra entrada.

Chá não vai me dar dor de cabeça amanhã.- falei.

É só não beber, Amor.- ela disse.

Parem de falar tanta besteira. Vamos logo.- Camila disse e entrou primeiro.

Estávamos no Jumbo's Clown Room, um lugar onde haviam várias mulheres dançando, e o ambiente era completamente avermelhado.

Hoje é dia de beber, meus amores.- Ashley disse e me guiou até o bar, onde Camila já estava.

Começa com algo fraco...- sussurrei pra ela.

Acha que eu não sei beber, Lauren?- ela me olhou.

Só pra você não passar mal depois, sua chata.- falei e virei minha cara.

Não sei vocês, mas eu vou ali ver aquelas coisas lindas dançando.- Ashley disse e saiu dali.

Hey, onde você vai?- perguntei pra Camila.

Eu vou com ela.- ela disse e eu a segui.

Nos sentamos nos sofás que haviam ali, e eu não pude deixar de reparar em uma dançarina em especial.

Ela me lembrava muito uma pessoa.

Os traços... o corpo...

Camila.

Ela me olhou, e logo começou a praticamente dançar pra mim.


POV Camila


Jura que a Lauren vai ganhar uma dança dessa coisa?- perguntei pra Ash.

Ciúmes? Jura?- ela riu.

Não. Mas eu faço melhor.- falei convencida.

A Lauren tá toda excitada, olha o rosto dela, tá vermelho. Tadinha...- Ashley riu.

Tadinha...


(...)


Nós não tínhamos bebido muito, exceto Ash, que quase desmaiou lá.

Vamos levar ela?- Lauren perguntou.

Podemos ligar pra Joy.- falei.

Isso, eu ligo.- Lauren logo puxou o celular.


(...)


POV Lauren


Nós chegamos no hotel e eu me joguei no sofá.

Que horas são?- perguntei.

Umas duas da manhã.- ela respondeu vindo na minha direção.

Eu logo lembrei daquela morena...

Péssima ideia lembrar dela agora.

Lauren? Você tá vermelha.- ela disse e eu a olhei.


POV Camila


Olhos completamente escuros...

Eu... tô bem.- ela disse.

Quer que eu abra a janela?- perguntei.

Uhum... tá muito calor aqui.- ela disse.

Me levantei e abri a enorme janela.

Melhor?- perguntei.

Sim... obrigada.- ela sorriu.

Sono?- perguntei.

Ainda não.- ela sorriu.

Quer fazer algo?- perguntei.

Lauren ficou mais branca do que já é.

É... Não sei...- ela disse.

Eu sei muito bem.- falei e me levantei, procurando meu celular.


POV Lauren


Camila voltou com seu celular em mãos e o que eu mais temia aconteceu.

Ela colocou uma música e olhou pra mim.

Me acompanha?- ela sorriu.


"Come a little bit closer

Hear what I have to say

Just like children sleepin'

We could dream this night away"


"Venha, chegue um pouco mais perto

Ouça o que eu tenho a dizer

Dormindo como crianças

Podemos sonhar esta noite afora"


Me levantei sorrindo e peguei sua mão.


"But there's a full moon risin'

Let's go dancin' in the light

We know where the music's playin'

Let's go out and feel the night"


"Mas está se levantando uma lua cheia

Vamos dançar na luz

Pois sabemos onde a música está sendo tocada

Vamos sair e sentir a noite"


Camila nos encaixou e começamos a nos mover.


"Because I'm still in love with you

I want to see you dance again

Because I'm still in love with you

On this harvest moon"


"Pois eu ainda estou apaixonado por você

Eu quero vê-la dançar novamente

Porque eu ainda estou apaixonado por você

Nesta lua cheia"


On this harvest moon...- catarolei baixinho e senti que ela sorriu.


"When we were strangers

I watched you from afar

When we were lovers

I loved you with all my heart"


"Quando ainda não nos conhecíamos

Eu a vi de longe

Quando nós éramos namorados

Eu a amei do fundo do meu coração"


All my heart...- falei também e ela me apertou um pouco.

A luz que entrava pela enorme janela refletida nossos rostos, assim que começamos a nos olhar.


"But now it's gettin' late

And the moon is climbin' high

I want to celebrate

See it shinin' in your eye"


"Mas agora está ficando tarde

E a lua está subindo ao céu

Eu quero celebrar

Vê-la brilhando em seus olhos"


...your eye...- Camila sussurrou, e nos encaramos novamente.


"Because I'm still in love with you

I want to see you dance again

Because I'm still in love with you

On this harvest moon"


Because I'm still in love with you...- falamos juntas e ela sorriu, fraco, apesar das lágrimas que nós segurávamos, nós estávamos sorrindo.

Camila tinha uma das mãos em minha nuca, ela passou a encarar minha boca e meus olhos.


POV Camila


Lauren se aproximou e foi como se milhares de borboletas estivessem em meu estômago.

Era sempre como na primeira vez.

A mesma sensação, o mesmo sorriso durante o beijo, a mão no mesmo lugar.

Nada mudava.

Só ficava melhor.

Lauren rodeou seus braços por minha cintura, nos encaixando mais, e por fim, começamos de fato o beijo, que antes não passava de um encostar tímido de bocas.

Nós fomos andando até o sofá, onde eu cai sentada e Lauren não ficou por cima, ela se sentou na minha frente

Lo... Nós não po...- eu tentei falar enquanto ela beijava meu pescoço.

Eu procurei sua boca e voltamos a nos beijar.

Lauren me puxou pra ela, fazendo eu me sentar em seu colo.

Eu não consigo ficar sem você, Camila... por mais que eu tente.- ela confessou.

Precisamos ser fortes, Lauren... elas não merecem isso.- falei triste e sai de seu colo.

Então é isso?- ela perguntou com o olhar triste.

Eu não consigo fazer isso... Somos casadas, Lauren. Maia não merece isso... Barbara não merece isso...- falei e me virei.

Talvez elas nunca tenham nos merecido.- Lauren disse e eu a olhei.


Notas Finais


Eita :3

Comentem ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...