História Sorry Hyung - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jungkook, Suga, V
Tags J-hope, J-suga, Romance, Sexo, Sobi, Sou Yoonseok Shipper Sim, Suga, Yoonseok
Exibições 213
Palavras 1.948
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Vamos lá, esse é meu primeiro lemon então estou meio nervosa... Na verdade quando eu escrevi achei bom, depois quando reli fiquei meio apreensiva. Bom, espero que gostem. \(*3*)/

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Sorry Hyung - Capítulo 1 - Capítulo Único

Yoongi estava irritado. 

Irritado ao ponto de não ter dado uma só palavra na breve entrevista que tivera após o show.

O motivo dessa irritação? Tinha nome e sobrenome.

Jung Hoseok.

O moreno sabia o quanto o menino de cabelos laranjas era sociável e o quanto gostava de estar sempre abraçando todo mundo. Mas hoje ele havia passado de todos os limites. Até mesmo Jungkook havia ficado zangado com a aproximação excessiva de Taehyung e Hoseok. Mas Jung não parecia notar o mal humor de seu hyung. 

-Hyung, você está se sentindo bem? Parece tão distante hoje, desde o show você está meio... Indiferente. - Hoseok perguntou curioso, com aquela cara de anjinho inocente. Mas Yoongi estava irritado demais para deixar-se comover.

-Eu estou bem. - O moreno respondeu curto e grosso.

-Tem certeza? Eu posso preparar um chá se você quiser. E se nós pedirmos carne? Você adora, certo? - Hoseok questionou, chegando mais perto de Yoongi que estava sentado na cama assistindo algum programa. Havia ligado a TV apenas para distrair os pensamentos. 

Bom, funcionaria se Hoseok não ficasse grudado em seu pescoço.

-Eu to bem. Por que não pergunta ao Taehyung se ele quer carne? - Suga falou irritado, puxando seu ombro fazendo o ruivo se afastar.

-Taehyung? Eu acho que ele deve gostar de carne, mas como isso vem ao assunto agora? - Hoseok perguntou confuso. 

-Nada Jung Hoseok. - Yoongi falou irritado, levantando da cama. Não tinha paciência para lidar com aquela ingenuidade que o estava irritando agora. 

O moreno tirou a bandana da cabeça, sacudindo os cabelos, o blusão largo e o cinto foram jogados no chão enquanto ia em direção ao banheiro. Precisava de um banho muito quente.

 

***

 

Hoseok não entendia porquê seu hyung estava tão irritado. Ele não havia feito nada de errado, certo? Suga havia comentado algo sobre Taehyung... Talvez ele ajudasse o ruivo a entender o que estava acontecendo.

Hoseok pegou o celular e mandou uma mensagem para o garoto.

H~ Tae, o Suga hyung ta zangado, você tem alguma ideia de qual pode ser o motivo?

Hoseok não precisou esperar muito, visto que a resposta veio logo em seguida.

T~ Não sei hyung. O Kook também tá estranho, isso tá começando a me irritar. 

H~ Eles estão muito esquisitos hoje... Bom, boa sorte com o Jungkook. Vou tentar acalmar o hyung. Boa noite ;)

T~ Boa noite hyung, tomara que vocês se acertem. *3*

 

Hoseok largou o celular na cômoda e se jogou na cama. Decidira que não precisaria da sua cama hoje. Não queria ficar brigado com seu hyung e não via maneira melhor de firmar isso que dormir abraçado a ele. 

 

Yoongi saiu do banho vestindo uma camisa absurdamente larga e um short. O cabelo grudado na testa e a pele levemente avermelhada devido a um banho provavelmente quente demais.

Hoseok pensou no quanto a pele o moreno era sensível. Qualquer batida, qualquer apertão e ela ficava roxa. O mesmo valia para mordidas e chupão. 

-Eu quero dormir Hoseok, vá pra sua cama. - Yoongi disse parecendo cansado. Entretanto o ruivo não obedeceu. 

Hoseok levantou-se, chegando perto de seu hyung e o abraçando por trás. O menino enfiou o rosto na curva do pescoço do mais velho, sentindo o cheiro maravilhoso de seu hyung, a pele macia contra seus lábios... Era tão bom ficar perto assim de Yoongi.

-Me solte Hobi, eu quero dormir.  - Suga disse ainda irritado, porém um pouco mais desarmado devido a investida inesperada de Hoseok.

-Não hyung, você não vai dormir zangado comigo. Me diz, o que aconteceu? - O ruivo perguntou passando as mãos pelos braços de Suga, depositando beijos curtos e molhados por todo o pescoço do mais velho. 

Yoongi gemeu baixinho, aproveitando a sensação.

-Eu não te dei atenção? Foi isso hyung? - Hoseok murmurou baixo contra a pele clara de Yoongi, virando o menor para que ficassem frente à frente antes de deixar um selinho em sua testa.

-Eu esqueci algo importante? - O ruivo sussurrou baixinho e beijou o queixo do mais velho, deixando uma mordida fraca no final.

-Ou é por que faz um tempo que não fazemos isso? - Hoseok sussurrou provocativo no ouvido de Yoongi e mordiscou o lóbulo de sua orelha. O ruivo colou a suas testas, observando Yoongi abrir os olhos devagar, sua respiração estava acelerada. Hoseok aproximava seus lábios da boca de Yoongi, mas sem encosta-los. Queria provocar o moreno ao máximo, até que este tomasse a iniciativa.

O que funcionou muito bem.

Yoongi respirou fundo e beijou o ruivo. Seus lábios se encontrando, as línguas pedindo espaço na boca um do outro. Hoseok sentia o gosto doce de Yoongi, uma mistura única e inebriante de uma esperança açucarada.

As mãos pequenas de Yoongi puxavam a camisa de Hoseok, trazendo-o cada vez mais perto até que seus corpos estivessem completamente colados.

Hoseok apoiou o peso de seu hyung em seus braços, deitando com cuidado sobre o corpo de Yoongi. Ele era tão pequeno e bonito, tinha a sensação de que o menor era feito de porcelana e poderia quebrar a qualquer momento. Hoseok não queria toca-lo bruscamente e acordar daquele sonho maravilhoso.

O ruivo largou os lábios macios de Yoongi e dedicou atenção a seu pescoço. Sua intenção era apenas distribuir alguns beijos, mas sentir as mãos de seu hyung apertando suas costas e unindo ainda mais seus corpos lhe fez mudar de ideia e distribuir diversos chupões na pele clara e macia. 

Que se danem os shows e entrevistas do outro dia. Não importa se desconfiarem, Hoseok só queria sentir mais da pele sedosa de seu hyung.

-Eu ainda não esqueci o que você fez Hobi... - Suga disse fraco antes de gemer ao sentir Hoseok morder a curva de seu pescoço. 

-E o que eu fiz hyung? - Hoseok perguntou maroto, colocando uma das mãos debaixo da blusa de Yoongi. Explorando todo o abdômen do moreno, o ruivo fazia desenhos abstratos com as pontas dos dedos.

-Você sabe muito bem que você... AAAH! - Yoongi gemeu quando Hoseok se aproveitou da fragilidade do mais velho e apertou um de seus mamilos entre os dedos, fazendo com que Suga interrompesse sua frase na metade.

-Que eu o que hyung? Hum? Me fala, o que eu fiz? - Hoseok provocou, deslizando a língua pela clavícula exposta de Yoongi. Ele era tão doce...

-Hobi, eu... - Yoongi começou a falar, antes de ser interrompido pelos lábios do ruivo. 

Hoseok sentou-se devagar, trazendo o moreno para seu colo sem que ele notasse. Ou talvez tivesse percebido e não se importasse. 

-Hyung, você é tão... Ah, eu tenho vontade de te provar inteiro. - O ruivo disse baixo enquanto tinha o mais velho com o rosto enfiado em seu pescoço, em movimentos circulares e sutis cada vez mais fortes no colo de Hoseok. Um volume conhecido e uma pressão na virilha de ambos começava surgir. 

-Hobi, eu ainda estou zangado... - Suga disse apertando os braços de seu hyung, procurando apoio no pescoço do ruivo para aumentar o contato entre seus corpos e o roçar de suas intimidades. 

-Esquece isso hyung, vamos aproveitar o agora... O agora em que eu não aguento mais não te tocar. - Hoseok disse puxando a camisa de Yoongi, distribuindo incontáveis beijos por seu corpo, passeando os dedos pelas costas do mais velho.

Yoongi gemia baixinho no ouvido do ruivo. Sentia que seu corpo entraria em combustão, os dedos de Hoseok lhe arrepiavam e davam vontade de agarrar ainda mais forte o corpo maior do mais novo. Suga queria abraçar-lo e não soltar nunca mais. Não queria ter que dividi-lo com Taehyung nem com ninguém. 

E naquele momento o moreno ansiava por um toque mais profundo. 

O mais velho puxou a camisa de Hoseok, sendo recebido por um sorriso safado do ruivo. Yoongi entretanto achou muita audácia do mais novo. O moreno puxou o menino para um beijo selvagem, suas peles cruas se tocando, ambos sentindo o palpitar acelerado do coração alheio.

Hoseok não aguentava mais. 

Sentir a pele macia de Yoongi, seu cheiro, seu gosto... Aquilo estava deixando-o louco.

O ruivo inverteu as posições, distribuindo beijos por todo o corpo frágil de seu hyung até chegar em seu short. 

Hoseok começou a tirar aquela peça de roupa tão incomoda e olhou para Yoongi. O menino mordia o lábio inferior, parecendo apreensivo. O que só deixou Hoseok ainda mais excitado. 

O ruivo colocou a lingua pra fora, tocando sutilmente o membro do garoto. Ouvindo Suga gemer baixo. 

Hoseok então perdeu o controle.

O garoto o engoliu inteiro, tendo a melhor sensação de sua vida ao ver e ouvir seu hyung gemendo daquela forma desesperada. Ver Min Yoongi daquele jeito, jogado na cama suspirando e gemendo súplicas para que Hoseok continuasse fazia o ruivo sentir-se incrivelmente poderoso. 

O mais novo acelerou seus movimentos, beijando toda a extensão da intimidade de Yoongi, até que um gemido mais alto ressoou pelo quarto. E com ele vinha a confirmação do orgasmo do menino. O gosto único que seu hyung tinha.

Hoseok passou as costas das mãos pela boca, limpando os lábios antes de escalar o corpo do menor como um morto de sede em um deserto, procurando colar suas bocas e proporcionar uma mistura única e inebriante. 

-Não aguento mais hyung, não aguento. - Hoseok disse enquanto tirava o próprio short, sendo encorajado pelo mais velho que mordeu o queixo do ruivo, em sinal de que estava tudo bem.

Hoseok deu um último selinho em Suga antes de levantar as pernas do mais velho e unir seus corpos de uma vez.

O gemido de alívio se fez presente em ambas as partes. 

Seus corpos unidos em uma ligação não só carnal, mas algo que duraria por muitos e muitos anos. Suas pele quentes se esfregavam, deixando o quarto cada vez mais abafado e sufocante, mas nada daquilo parecia importar. 

Os dois não sentiam nada exceto seus corpos inundado pelo prazer e a familiarização com o corpo alheio. Uma satisfação tão grande em ter um ao outro nos braços que não poderia ser descrita em palavras, apenas nos gemidos perdidos pelo quarto e os sussurros apaixonados de dois amantes. 

-Hyung, eu... - Hoseok começou a dizer, sentindo pontadas de prazer mais fortes. Toda a tensão de seu corpo se acumulando em um único ponto, pronto para se desfazer e levar prazer a ambos os corpos suados.

E então o ruivo gozou, sendo seguido de perto por seu hyung. Um gemido grosso em uníssono preencheu todo o quarto, assim como a satisfação de ambos os corpos.

Hoseok então deitou-se ao lado de Yoongi, puxando o moreno para perto e esperando que sua respiração se acalmasse. 

-Hobi... - Suga começou a falar.

-Sim? 

-Não fique mais tão perto do Taehyung, por favor. - O moreno disse enquanto Hoseok arregalava os olhos e parava o carinho que fazia nos fios negros do mais velho.

-Pera aí hyung. Você tava tão bravo assim por causa do Tae? É sério?! - O ruivo questionou desacreditado vendo o mais velho se encolher.

-Mas é que vocês estavam tão perto e...

-Min Yoongi! O Tae ta planejando algo especial pro Jungkook, ele pediu minha ajuda. Só isso! - O ruivo disse, notando que Yoongi havia ficado sem graça.

-Ah... Então vocês não...

-Não hyung! Você sabe que eu te amo. Amo só você é vou amar pro resto da vida. - O ruivo disse se virando para o moreno. - Eu te amo hyung. - Hoseok confirmou dando um selinho em Yoongi.

-Tambem te amo Hobi. - Suga disse, retribuindo o beijo. 

Um beijo que significou muito mais que desejo. Era afeto, confiança e acima de tudo, amor.


Notas Finais


E aí? Que tal algumas críticas construtivas? *v*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...