História Sorry {Imagine Jungkook } - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Imagine Jungkook
Visualizações 349
Palavras 1.115
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie! Eu vou explicar algumas coisas nas notas finais, então leiam pfv
Espero que gostem
Enfim, boa leitura ❤

~Filha de Taekookmin 🌈

Capítulo 1 - I'm Sorry


P.O.V  (S/N)

Jungkook: amor, abre a porta...

(S/N): pare de choramingar atrás da minha porta e me deixe em paz!

Jungkook: mas amor, é meu quarto também...

Ele continuava a bater e bater na porta do quarto. É claro que partia o meu coração fazer isso com ele. Mas ele tinha que aprender a amadurecer de vez.

(S/N): vai embora Jungkook!

Jungkook: eu já pedi desculpas, eu não fiz por querer...

(S/N): quando você aprender a controlar o seu ciúme doentio, você volta.

Jungkook: não é ciúme doentio, é medo de te perder...

Jungkook apoiou os ante-braços na porta e encostou a cabeça.

Jungkook: eu não vou desistir.

A essa altura, as lágrimas já rolavam pelo meu rosto.

(S/N): então passará a noite aí.

Jungkook: desculpa Jagi. Eu te amo. Jagi... Jagi!

Ele batia e batia pedindo para eu abrir. Até que ele para. Tudo ficou em silêncio por uns 5 minutos. Quando eu estava tentando dormir, escuto a porta se destrancar. Sento na cama e vejo Jungkook com os olhos vermelhos me encarando.

Jungkook: eu só precisei procurar aonde estava a chave reserva.

Ele balançou a chave e colocou em cima da cômoda.

(S/N): eu só quero dormir...

 Deito já de olhos fechados. Então sinto um impulso. Jungkook se aconchega em baixo dos meus braços, unindo meus seios. Colocando uma mão por baixo da minha blusa fina.

Jungkook: me desculpe Jagi. Eu prometo me controlar.

 Não respondi.

Jungkook: eu prometo ser um bom namorado pra você a partir de agora.

Novamente silêncio.

Jungkook: eu prometo não ser mais agressivo com o meu bebê.

Ele toca meus lábios delicadamente. Colocando uma perna no meio das minhas, enquanto fazia carinho em minha cintura.

 Jungkook me ama, só não sabe direito como expressar isso.

(S/N): seja menos infantil da próxima vez, não me faça mais passar vergonha na frente das pessoas por ciúme idiota.

Ele faz bico e balança a cabeça.

Jungkook: você ia mesmo me deixar dormir no sofá?

(S/N): ia!

Jungkook sorri. Seu sorriso é tão bonito. Ele me beija novamente. O que antes era um beijo calmo, agora era ousado. Ele passou os carinhos da barriga para as pernas.

(S/N): não, eu ainda estou com raiva...

Jungkook: eu faço essa raiva passar agora

(S/N): ah é? Como?

Jungkook sem dizer nada sobe em cima de mim. Desliza as mãos por baixo do meu short, tocando meus seios ao mesmo tempo que tocava meus lábios com uma certa brutalidade.

Eu gemia baixinho o nome dele, imóvel por baixo de meu corpo. Ele Desce os beijos para o meu pescoço e tira a minha blusinha rosa, jogando no chão.

Então, começa a chupar meus seios devagar, fazendo minhas mãos se encontrarem com os cabelos negros dele.

Jungkook: está passando, Jagi?

(S/N): a-ainda não.

Jungkook desce a mão para baixo do meu mini short e da calcinha, massageando sua intimidade usando dois dedos. Com a outra mão, ele desce por completo o meu short, também fazendo com que ele encontre o chão.

 tiro a blusa dele e passeio as mãos pelo seu abdômen, fazendo ele jogar a cabeça pra trás. Puxo pelo pescoço, marcando minhas mãos no mesmo. Ele para um pouco para tirar o short junto com a cueca.

Logo depois disso, ele desce mais meus carinhos, até chegar nas minhas pernas.

Jungkook: vou fazer sua raiva passar, meu anjo.

Ele abre minhas pernas, colocando os braços por baixo delas, apertando minhas coxas. Então ele ameaça me tocar.

Jungkook: você é tão maravilhosa.

Ele me toca de uma vez. Eu estava com a boca completamente aberta, deixando que gemidos escapassem, graças ao toque gelado de Jungkook. Ele penetrava e tirava a língua de mim devagar, me fazendo sentir arrepios e me contorcer na cama.

(S/N): o-oh Jungkook... Assim você me deixa louca...

Jungkook: esse é o objetivo.

Após algum tempo assim, eu tive um orgasmo, fazendo ele beijar minha  região por uma última vez.

Ele subiu em cima de mim novamente, eu cruzei as pernas na cintura dele, minha meia fazia cócegas nas costas dele, fazendo-o sorrir. Então nós  trocamos as posições, agora eu estava por cima.

Jungkook: monta em mim, Jagi.

Ele sussurra pra mim, tirando alguns fios de cabelo do meu pescoço, beijando.

(S/N): só pra você, Kookie.

Peguei o membro ereto de Jungkook e depositei em mim. Ele pulsava forte, e parecia me desejar tanto quanto o dono.

(S/N): só pra você.

Beijei a bochecha dele, e comecei a sentar em seu colo.

Jungkook: a-ah... Que gostoso Jaji...

(S/N): n-não mais que você.

Jungkook colocou as mãos no meu bumbum e me ajudou a fazer os movimentos.

 O corpo de Jungkook era o meu ponto fraco, ele era incrível em todos os sentidos.

Eu deitei a cabeça no peitoral dele e continuei a fazer movimentos no meu oppa que não gosta de ser chamado de oppa mas vai ser sim porquê sou eu que manda aqui.

Jungkook: mais rápido meu anjo... M-mais rápido Jagi...

Jungkook diz manhoso, fazendo um rabo de cavalo no meu cabelo. Subo cabeça e o beijo, atendendo aos pedidos dele.

Jungkook: Jagi... E-eu...

Jungkook se desmancha em mim. Após alguns segundos, eu continuo. Já cansada, paro um pouco, o que o faz perceber o cansaço.

Jungkook: não se preocupe amor, minha vez.

Ele beija a minha testa. Logo depois, suspiro concordando e ele se põe dentro de mim vagarosamente. Seu toque agora é quente, e seus movimentos são firmes. Ele prende meus pulsos na cama e vai mais forte contra mim.

Jungkook: você gosta, (S/N)?

(S/N): s-sim Jungkook...

Ele vai com toda a sua força, fazendo a cama acompanhar seus movimentos. Nós damos gemidos altos, e ele me beija com paixão.

Jungkook: ainda está com raiva?

Ele pergunta sorrindo.

Você: não, idiota!

Ele encosta o nariz no meu. Jungkook apesar de sexy, ainda era o meu bebê, o maknae, que precisava de amor e carinho. Após mais alguns minutos, ele deitou ao meu lado, completamente exausto.

Jungkook: desculpa de novo.

(S/N): está tudo bem, eu já disse.

Ele afunda a cabeça nos meus seios e abraça a minha cintura. Cobre nossos corpos com o lençol e aproveita o frio da noite.

Jungkook: eu só quero cuidar de você, não pense o contrário. E-eu te amo. E vou te amar pra sempre.

(S/N): eu também te amo. Mas só quero que você tenha plena certeza que eu nunca vou te deixar por ninguém.

Jungkook: nunca é muito tempo, não acha?

(S/N): acho... E sabe o que eu acho também? Que o pra sempre, não é tanto tempo assim.

Jungkook e eu nos encaramos.

Jungkook: foda-se essa regra. Eu vou te amar pra sempre.

(S/N): foda-se essa regra. Eu nunca vou te deixar.


Notas Finais


Cabô, achei tão fofo esse final, santa ilusão.

Por que eu postei isso?
Pq eu ainda não fiz o capítulo de Cry baby, e fiz esse imagine para recompensar vcs
Não sei quando eu vou postar Cry baby de novo, eu vou fazer um capítulo grandinho pra vcs ( pode ser que eu poste no meio da semana )

É isso. Amo vocês ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...