História Sorry mom, i like Jennie. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Pink
Personagens Jennie, Lisa, Personagens Originais
Tags Blackpink, Carta Para Mamãe, Drama, Jenlisa, Smilj!
Visualizações 42
Palavras 458
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Yuri

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey Bolinhos, Tia Hanako aqui.

Depois de séculos enrolando eu vou postar alguma coisa. Espero que gostem, eu me enxerguei na Lisa então... Boa leitura.

Capítulo 1 - Sorry not sorry. {Capítulo único}


   Oi, mãe. É a Lisa, sua filha.


  Se está lendo isso é por que foi ao meu quarto me procurar, e provavelmente brigar comigo por não ter aparecido na casa da senhora Song para as aulas de etiqueta, mas eu não estou ai, como deve ter percebido. 


 Vou lhe poupar explicações que vão além de onde meu orgulho permite, assim como não vou perder meu tempo - e tinta de caneta, lhe mandando dar adeus por mim ao seu marido, a Kate, Billie, ou qualquer pessoa que fizera parte da minha pequena desgraça. Nunca fiz do tipo que gosta de despedidas, um dos motivos de eu estar escrevendo essa carta enquanto você busca Kate na creche e não estar lhe encarando e dizendo tudo com minha própria voz.


 Mamãe, eu gosto da Jennie.


 Não, gosto não... É algo semelhante ao amar. 


 Só para não lhe assustar usei o "semelhante" apenas para não dizer que na verdade amo cada pedacinho dela, viu como penso na senhora? 


 Brincadeiras a parte...


 Mamãe, não quero que se preocupe ou faça um escândalo, apenas se sinta feliz por mim.


 Me doía o peito ouvir os comentários homofóbicos que soltava sempre que passávamos por um casal... Diferente.


 Me desculpe, mamãe, mas eu sou assim. Eu sou diferente.


 Nesse momento deve estar se crucificando por ter sido uma mãe horrível, mas por favor, não pense assim. 


 Eu já lhe perdoei das surras que levei quando vestia calças em jantares formais e não vestidos, já perdoei todas as vezes que me chamava de nomes horríveis por defender o que eu acredito. Eu acredito no amor, mamãe.


 Neste momento eu devo estar a quilômetros de distancia da nossa... Não. Da sua casa, acompanhada de Jennie e dirigindo o furgão do pai dela enquanto sorrimos e gritamos "LIVRES" ao som de algumas banda estranha - em suas palavras.


 Mamãe, não fique brava comigo, eu estou feliz. Estou correndo atrás da minha felicidade e, infelizmente, ela não é ai nesta casa.


 Minha felicidade é ao lado de Jennie, Mamãe.


 Não quero que me ligue dizendo que será uma mãe melhor, quero que seja uma mãe melhor para Billie, que com doze anos gosta mais de desenhar vestidos do que carros, e ele é ótimo nisso, e Kate, que ainda é uma garotinha de três anos mas já tem um amor por futebol que Billie nunca terá. Seja uma boa mãe para eles, diga a eles que os ama, independente de suas escolhas.


 Novamente, mamãe, sinto muito ir embora, mas é para o meu bem.


 Prometo lhe visitar daqui uns anos, e, por favor, não feche a porta na minha cara por eu ter feito minha escolha.


Sinto muito, mamãe, mas eu amo Jennie.





De sua filha mais velha e problemática: Lalisa

Notas Finais


Qual seu maior sonho?

{Responda nos comentários... Ou não.}

Bye sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...