História "Sorte" de Garota - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Comedia, Mistério, Romance
Exibições 34
Palavras 1.109
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 12 - Déjà Vu


Fanfic / Fanfiction "Sorte" de Garota - Capítulo 12 - Déjà Vu


— Aaron, acorda!

Ellie despertara com a claridade que vinha da janela batendo em seu rosto, e quase teve um ataque ao notar que o garoto dormia ao seu lado.

— An? O que? — o garoto perguntou sem entender, não estava totalmente acordado.
— Precisa ir embora agora!
— Qual o problema?
— Esse é o problema. — Ellie apontava para a janela — Já amanheceu garoto! E você continua aqui.
— Pera aí, eu dormi e você só veio me acordar agora?! — o garoto perguntava olhando para Ellie, tentando decifrá-la — Não melhor, a gente dormiu juntos! Isso explica por que não sinto meu braço.
— Aaron cala a boca e some daqui!
— Ok, mal dormiu comigo e já quer mandar na relação.
— Vaza garoto antes que eu faça você sentir o seu braço!
— Calma, já estou indo. Te vejo no colégio. — ao dizer isso, pegou suas coisas, e foi embora.

Esperou Aaron sair para cair novamente no sofá. Aquele idiota, com certeza era culpa dele, se ele não tivesse a provocado, ela não teria o convidado,  eles não teriam conversado, e muito menos ela teria se deixado abraçar. Aquele abraço, agora pensava no quanto ela havia sido idiota, sim, ela não gostava de contato, mas acabara de dormir nos braços de um garoto, podia ter sido melhor, ela podia tê-lo abraçado de volta. O que ela estava falando? Parecia confusa com os próprios pensamentos. A verdade é que estava feliz, mesmo Aaron sendo aquele irritante de sempre, ela gostava dele, eles eram amigos. Nunca havia compartilhado tantos segredos com alguém, nunca teve coragem de expor o que sentia em relação aos seus pais, mas com ele era diferente, ela podia confiar quando ele dizia que não iria contar pra ninguém. Afinal, ele não tinha amigos, não poderia contar mesmo que quisesse, Ellie pensava, enquanto ria do garoto.

                               ♡

Saiu da casa de Ellie pensando no que acabara de acontecer. Lembrava de ter sido convidado a entrar, de sentar, dela sentar ao seu lado, de terem conversado e até de tê-la abraçado. Ela estava precisando, estava passando por coisas que nenhuma garota deveria passar na vida. Só o que não conseguia entender é como havia conseguido dormir com uma garota ao seu lado. Não que ele nunca tinha feito isso, mas era a primeira vez que a única coisa que importava era simplesmente estar alí ao lado dela, e mesmo assim conseguira dormir. Mas pudera, o dia tinha sido cansativo, discutir com alguém, extrapolar sua raiva tirou toda a suas forças, e ouvir apenas os batimentos do coração de Ellie fez todo seu corpo se acalmar, baixou a guarda, ela fazia isso com ele. Ela era a única que acreditava em seu lado não tão ruim, a única que o via melhor até do que ele mesmo, e nem ele sabia, mas precisava disso. Precisava de alguém que não o visse apenas como ele queria ser visto. Era confuso, ele estava confuso. Andava pelas ruas com um sorriso largo no rosto, então era essa a sensação de se ter um amigo?

                             ♡

Ellie entrou no colégio atrasada. Sim, mesmo acordando cedo, perdeu hora brincando com Luph. Precisava contar a ele as coisas que acontecera embaixo do seu fucinho, enquanto o mesmo dormia.

Correu pelos corredores, até dar de encontro com alguém. Era impressionante como ainda conseguia ser tão desastrada, mesmo já passando por isso.

— Desculpa — Ellie disse, sem olhar para sua vítima.
— Sem problemas Desastre!
— Ah meu Deus, é você Mathew!
— Dá até uma certa nostalgia não?
— Que nostalgia garoto, tem uma semana.
— Mas foi assim que nos conhecemos.
— Você é maluco.
— Foi a impressão que tive de você também.
— Mathew, entra na sala.
— Tá, você não mudou nada!
— Cala a boca Mathew!
— Como eu disse.

O garoto entrou na sala a pedido de Ellie, e sentou-se em uma cadeira, guardando um lugar para ela. Ellie olhava ao redor como se procurasse alguma coisa, encontrou Aaron sentado sozinho como sempre, Ethan sentado ao lado de Amy atrás de onde Mathew havia sentado. Ignorando Mathew completamente, seguiu em direção a Aaron, e sentou ao seu lado.

— Vai dormir no meu ombro aqui também? — Aaron que observava a cena, perguntou.
— Fica quieto!
— Eu to quieto, você quem veio sentar do meu lado.
— Precisamos conversar.
— Sobre o que?
— Sobre você não contar a ninguém o que aconteceu.
— Segundo mandado em menos de 24 horas, dormir comigo te fez mal.
— É sério, idiota!

De repente, três pessoas sentaram ao redor dos dois.

— Tem algo que vocês queram nos contar? — Mathew perguntava para eles como se não quisesse ouvir a resposta.
— Do que você tá falando? — Ellie olhava para os três sem entender.
— É óbvio, vocês estão namorando! — Amy havia gritado para a sala inteira, sendo beliscada por Ethan, ela continuou em um tom mais baixo — Isso explica tudo, ninguém briga com ninguém assim por causa de uma garota!
— Isso não é verdade! — agora Ethan falava — Eu ia quebrar a cara daquele imbecil, só não fui por que Ellie precisava de mim!
—  Acontece que eles estão sempre juntos, vão a casa um do outro, e agora até sentam juntos! — Amy continuava sem dar nenhuma chance deles responder.
— Meu Deus Amy, Mathew e até você Ethan, não estamos namorando! — Ellie finalmente conseguira falar — Somos só amigos.
— Sei, então os "só amigos" não se incomodam se nós sentarmos aqui também. — Mathew concluiu.

Depois do ocorrido, James não fazia mais parte do grupo, e assim como ele, Isa também estava sendo ignorada por todos os alunos. Agora Aaron havia se tornado o seu substituto, e embora não falasse muito, os garotos já não mais o viam como "lado negro da força", e Amy, já o considerava parte da família, sim, eles eram uma família. Cuidavam uns dos outros.

Os garotos conversavam entre si como se não estivessem em uma sala de aula, Amy e Ellie apenas ouviam. E os professores não pareciam se importar, talvez por que fossem garotos, o mundo era mesmo machista! Antes da aula tocar para o intervalo, Ellie entregou a seu grupo as falas do trabalho que havia divido, Mathew havia gostado do tema, ainda bem, a garota pensava, aquele trabalho havia lhe causado vários problemas.. A última aula tocou, e todos saíram, Ellie se despediu de seus amigos, inclusive de Aaron, e foi para casa, precisava decorar a sua parte no trabalho, faltava apenas dois dias…



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...