História Sorte pra nós - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Depois das Onze
Personagens Gabie Fernandes, Thalita Meneghim
Tags Dd11, Depoisdas11, Depoisdasonze, Gabie, Thalita
Visualizações 80
Palavras 897
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 36 - Discussão I


Fanfic / Fanfiction Sorte pra nós - Capítulo 36 - Discussão I

P.O.V (Gabie)

Já faz três semanas que eu e a Thali estamos juntas, desde então só tenho vivido bons momentos ao lado dela. Ela tem dormido bastante na minha casa, fazemos vários programas de casais. Vamos ao cinema, jantar, aniversários, boate, a todos os tipos de eventos, apesar de ainda não termos oficializado nenhum relacionamento. A nossa interação com os bacanas cada dia que passa melhora e isso tudo reflete em minha vida, neste momento eu posso defini-la como perfeita! Agora estou no shopping com o Rafa, ele ta há algumas horas tentando comprar o seu terno de casamento.

- Migo, esse já é o sexto terno que você veste e ta lindo. Escolhe logo um! – falei.

- Tenha paciência, Gabie. Eu venho aqui outro dia. – ele disse entrando no provador pra trocar de roupa.

- Você deveria ter trazido a Thali. Ela adora essas coisas. – eu disse.

- Vou trazer ela da próxima vez! – ele disse já saindo do provador.

Caminhamos mais alguns minutos pelo shopping e depois fomos para a praça de alimentação. Eu nem acredito que o Rafa vai realmente casar, isso é realmente uma noticia incrível. O Rafa interrompe meus pensamentos.

- Gabie? O André quer saber se devemos apenas assinar os papeis no cartório ou se faremos festa. – ele disse.

- Óbvio que faremos festa! Mande ele apressar, pois faltam apenas 2 meses! – falei empolgada.

- Vou falar com a Thali para ajuda-lo na organização, já que ela gosta desse tipo de coisa. Quando vocês pretendem casar? Poderíamos fazer um casamento só. – ele disse.

- Ela ainda não conseguiu nem assumir para os pais, eu nem sei se nós estamos namorando. – falei envergonhada.

- Óbvio que vocês estão. Não banca a inocente. Logo, logo ela ta contando para os pais, deixa ela se acostumar com a ideia. – ele disse.

- Rafa, na próxima semana fará um mês que estamos juntas. Acredito que isso já é tempo suficiente para ela ter se acostumado. – falei reclamando.

- Miga, então a pede logo em namoro. – ele disse.

Gostei da ideia, planejei junto com o Rafa uma noite incrível, apenas para nós duas na casa onde tivemos a nossa primeira vez juntas. Estou muito empolgada e ansiosa para a próxima semana, tenho certeza que essa surpresa fará com que ela perceba que já passou da hora de nós anunciarmos para todos que estamos juntas. Os meus pensamentos foram interrompidos com gritos de alguém, olho e vejo que é a Luiza.

- Gabieee! Quanto tempo. – ela disse e me abraçou.

- Lu que sumiço foi esse? – perguntei durante nosso abraço.

- Fui fazer uma especialização em fisioterapia neonatal e pediátrica em outro estado. E você continua incrível! – ela disse nem um pouco discreta.

- Obrigada, Lu! – sorri.
Ouvi a Thalita cumprimentar o Rafa e no mesmo instante me afastei da Luiza, mas já era tarde e eu percebi que ela estava possessa de ciúmes. A Luiza ficou mais alguns minutos me contando sobre a sua especialização e me convidando para visita-la no hospital, desconversei e ela se despediu.

P.O.V (Thali)

Estou indo para o shopping e ensaiando como farei para contar pra Gabie. Afinal faz quase um mês desde o dia em que rompi o noivado com o Gabriel e não o procurei para conversarmos e já tem quase um mês que ele não para de mandar mensagem, hoje decidi responder e disse que vamos marcar para conversar, mas antes preciso contar pra Gabie. Chego à praça de alimentação e vejo a Gabriela abraçada com outra mulher, me aproximo achando que é uma bacana, mas reconheço e é a Luiza. Ouço muito bem quando ela elogia a Gabie com um tom de provocação. Respiro fundo e chamo o Rafa pra ir junto comigo comprar um sorvete, obvio que uma desculpa pra eu não  pular no pescoço dessa atirada.  

- Você viu aquilo? Essa Luiza é completamente sem noção – falei revoltada.

- Miga, ela não pode adivinhar que a Gabie ta contigo. – ele disse.

- A Gabriela deu abertura! – falei.

- Claro que não, ela só foi educada. Para de ciúme bobo. – ele falou.

Compramos os sorvetes, resolvemos sentar para conversar em uma mesa distante e durante nosso papo o Rafa comentou sobre o meu 1º mês com a Gabie. Droga, eu tinha esquecido isso! Se ele sabe disso é sinal de que ela comentou com ele, que merda! Mas nem estamos namorando.

- Amigo, ela vai fazer algo ne? – perguntei.

- Eu não sei! – ele disse misterioso.

- Mas nós nem namoramos. Eu preciso fazer algo pra ela também? – perguntei preocupada.

- Acho que ta na hora de vocês decidirem o tipo de relacionamento que estão tendo. Se vocês não ficam com mais ninguém, se você quase morre toda vez que a Deds, a Luiza ou qualquer outra pessoa se aproxima dela... Eu tenho que te avisar que isso é um namoro. – ele me disse.

- Amigo, eu nem terminei com o Gabriel pessoalmente! Inclusive falei com ele e vamos marcar de conversar, afinal ele tem direito a um termino decente ne? – perguntei.

- Claro que não, Thali! A Gabie vai pirar quando souber disso. – ele me disse.

- A Gabie vai pirar com o que? – a Gabie perguntou enquanto se aproximava de nós.

- Que bom que você chegou pra fazer companhia a Thalitinha. Já vou indo meninas! – ele disse enquanto nos abraçava e ia embora.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...