História S.O.S || Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine Bts, Imagine Jungkook, Jeon Jungkook
Visualizações 119
Palavras 1.696
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo Único•


Fanfic / Fanfiction S.O.S || Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 1 - Capítulo Único•

Foi um toque, um deslize qualquer, um simples 'Oi' sorridente revelando os dentes perfeitos e seu eyes smiles, era um ursinho muito fofo que eu tinha vontade de colocar dentro de um potinho e ficar apreciando suas frescurinhas, era uma vontade de colocar fogo em casa apenas pra ela vir me socorrer:

RM: Jungkook, para de viajar! - Disse Namjoon batendo na dianteira da minha cabeça me tirando dos pensamentos - Estava pensando nela de novo? - Ele pergunta quando me dou conta que o meu X-Hamburguer esfriou

JK: Eu não sei... - Suspiro - Quem é ela Namjoon? Por que ela insiste em me assombrar?

RM: Ela é uma bombeira JK! Para de dizer que ela te assombra, você nem sabe se ela existe. Se ela apareceu no seu sonho foi pura imaginação, talvez ela não exista! - Ele diz e eu coloco as mãos nos ouvidos

JK: Eu não quero acreditar em você!.


~//Visão do Rap Monster\\~ 


Há dias que Jungkook não para de falar sobre a garota que anda aparecendo em seus sonhos, ele acha que pode ser um aviso de que a mulher da vida dele está próxima dele e eu quero tirar isso da cabeça do mesmo porque foi apenas alguns sonhos.

Revirei os olhos e deixei o dinheiro dos lanches na mesa e logo após a garçonete aparece pegando o dinheiro. Entramos no carro e ele fechou os olhos sorrindo bobo e eu mais uma vez chamo a atenção dele:

RM: Já deixou o lanche esfriar e agora vai ficar imaginando coisas dentro do meu carro?

JK: Todos temos fantasias Namjoon! - Ele diz e eu balanço a cabeça negativamente e ele mantém atento seus olhos na rua, mas está preso em seus pensamentos.


//Visão Jungkook on\\ 


Namjoon me deixou na porta do meh quarto de hotel e seguiu para o dele, assim que fechei a porta fiquei parado olhando a bagunça que a sala estava e então ainda com o rosto da mulher em minha nente ignoro tudo e pego um caderno tentando desenhar sua face, mas após muitas tentativas e nada ficava como na minha mente, jogo todas aquelas folhas no lixo e após um suspiro resolvo ir tomar um banho e fico parado do chuveiro olhando para cima de olhos fechado sentindo a água escorrer pelo meu corpo e então me arrepio de modo estranho voltando pra realidade.


Depois de muito tempo apertando o botão de mudar o canal da TV, sentado no sofá abraçado com um travesseiro de baixo de uma coberta confortável eu acabo dormindo:

~ SONHO ON


Abro os olhos com minha cabeça apoiada em un balcão de cozinha, me levanto rápido revirando a casa e não vejo ninguém, apenas eu e meu reflexo. Suspiro derrotado olhando para baixo e então sinto um par de mãos delicadas se arrastando pelos meus braços me prendendo em um abraço, me viro rápido para trás e vejo a mesma mulher de todos os meus sonhos, ao tentar beija-la a mesma desaparece e eu acordo escutando o controle da TV caindo.


~ SONHO OFF


Após algumas balançadas de cabeça e algumas piscadelas para afirmar a vista na TV eu vejo uma repórter em meio a um acidente em uma casa que pegava fogo, começo a escutar a repórter que gesticulava:

RP: Estamos aqui no centro de Busan onde uma casa começou a pegar fogo com uma mulher e duas crianças no local. Segundo uma das crianças, o gás do fogão explodiu e afetou o local. - Suspiro e me aproximo mais da TV olhando ao fundo da paisagem - O corpo de bombeiros está fazendo seu trabalho agora com a mulher da casa que teve ferimentos graves. 

Vamos falar agora com a bombeira que ajudou as crianças - Arregalo meus olhos assim que vejo a bombeira falada - O que aconteceu?

JK: Não pode ser real... - Sussurro pra mim mesmo ignorando a porta de casa sendo aberta

JM: O que foi pirralho?

JK: CALA A BOCA! - Grito

??: As crianças estavam profundamente assustadas ao um ponto que não conseguiam falar uma palavra - A bombeira começa a responder as perguntas da repórter

JM: Eu passei por essa rua, está bem movimentada - Olho Jimin e me levanto pegando ele e o trazendo pra frente da tela da TV

JK: É ELA JIMIN, A GAROTA DOS MEUS SONHOS! EU DISSE QUE JÁ HAVIA VISTO ELA, É ELA! - Sem perceber eu estava apertando a nuca do Jimin forte demais e ele começou a reclamar - Onde fica Jimin? Eu preciso ir até lá!

JM: É no centro Jungkook, mas você acha mesmo que é ela? - Pego minha camisa a colocando desajeitadamente roubando a chave do carro do Jimin e saindo do quarto do hotel as presas para chegar a tempo.

Estacionei o carro e corri até a casa que pegava fogo e procurava aquela mulher, precisava saber quem era, de onde e como veio aparecer nos meus sonhos.

Olhei em volta desesperado e já sentindo o medo de não encontra-la mais, ouso uma buzina de um carro e então alguém me puxa pra calçada:

??: Eu sou bombeira e não uma atendente de ambulância então não se faça de louco! - Congelo ao ver o rosto de quem me salvou - Você está bem? Parece pálido - Ela toca meu rosto e minha testa e então fecho meus olhos aproveitando a sensação boa e lembrando de meus sonhos:

JK: Quem é você?

(S/n): S/n, mas eu estou ocupada agora então me da licença - Olho para trás e vejo um cachorro - Toby, vamos achar o capitão Park! - Ela diz voltando a correr e eu coloco as mãos na cabeça sorrindo de orelha a orelha de modo que se alguém me visse me chamasse de louco.

Pego o telefone e então rapidamente tiro uma foto da S/n que se abaixou perto de uma das vítimas, mando a foto pra Namjoon com a legenda "Ela existe sim! Eu não estou louco!"


~ MENSAGEM ON


RM: Para com isso JK, eu vou conversar com o maneger!

JK: Namjoon eu tenho certeza que é ela

RM: Eu não me lembro de ter pedido pra você me apresentar ela. Volte pra casa e saia dai

JK: Não antes de falar com ela

RM: Ela está trabalhando, procure ela no batalhão dos bombeiros amanhã, ela está ocupada demais pra você agora Jungkook!


~ MENSAGEM OFF


Dou mais uma olhada em volta e não vejo mais S/n, talvez Namjoon tenha razão... Eu estou alimentando um amor que existe apenas em meus sonhos.

Ela era uma simples rosa, a luz no fim do túnel, um floco que neve que derretia no meu casaco, era o fio de cabelo do meu travesseiro, era o vento que tocava meu rosto, era a linda mulher que eu via na miragem do deserto, era o meu óculos que sem eles não via nada, era um suspiro, era a areia tocando meus pés na praia, era a água que ia e vinha, era um suspiro, era uma lágrima, era uma razão, era uma paixão e um mundo, era uma memória ou uma lembrança, era um pensamento, um sofrimento ou uma sensação, era um abraço, um beijo, uma saudade e uma esperança, era a alegria e uma brisa que me contagiava, era um aegyo...aquele bendito aegyo. 

Era um olhar, um tapa, uma pulsação, um desejo, era palavra, era tudo pra mim, mas era um romance talvez impossível porque eu apenas a via em meus sonhos e eu não faço a mínima ideia de como isso foi acontecer.

Fico batendo a caneta na mesa que obtinha algumas guloseimas na companhia de Hoseok, Jimin e Namjoon que conversavam.

Vejo Namjoon revirar os olhos, mas o ignoro ainda pensando em tudo, refletindo sobre meus passos.

 Meus olhos saem de um ponto fixo, de uma borboleta que voou ao passar algo a sua frente, meus olhos seguiram aquelas pernas e foram subindo pela sua barriga, seus braços, seu cabelo que tocava o fim de suas costas, meus olhos viram aquela doçura de pessoa que mantinha os olhos no celular reclamando de alguma coisa, Hoseok fecha minha boca segurando meu queixo e eu viro o rosto dele até aquele monumento:

JH: O que tem ela? -Ele pergunta por pouco interesse, mas eu precisava provar aquilo.

JM: Não é a garota de mais cedo?

RM: A garota dos sonhos do Jungkook? Impossível, vocês estão ficando todos loucos

JK: É oque eu vou descobrir! - Afirmo e me levanto da cadeira me aproximando da garota que se assusta - Oi...

(S/n): Não é o carinha de mais cedo?

JK: Obrigado por ter me salvado do carro

(S/n): Tenha mais cuidado da próxima vez. - Ela diz e então sorri começando a andar.

Olho para o céu e tenho uma lembrança.


//FlashBack On\\ 


Era a mesma situação, a frase que mudou tudo, eu estava agarrado com meu ursinho teddy em meio aquela correria de policiais e bombeiros com a mistura de enfermeiros de ambulância. Meus simples 6 anos e então um policial se aproxima de mim me entregando uma bala e sorri voltando a fazer seu trabalho, uma garotinha se aproxima de mim me puxando para trás impedindo que a maca da ambulância me atropela-se. Olhei o rosto da garota:

JK: Obrigado

(S/n): Tenha mais cuidado da próxima vez menino! - Era ela, o tempo todo esteve comigo, eu a conhecia então?


~//FLASHBACK OFF\\


Sinto uma mão na minha cintura e vejo Jimin:

JM: O que ela disse?

JK: Sabe Jimin, tem coisas que nossos sonhos não mostram apenas por luxúria da nossa imaginação, talvez ele mostre o nosso futuro 

JK: Sonhos podem mostrar a realidade também e não apenas oque queremos ver.

JM: Ainda está falando dela?

JK: Tenha mais cuidado da próxima vez Jimin. - Digo e sorrio tocando o ombro dele voltando pra nossa mesa me sentando em uma posição que me permitia ver nitidamente a S/n.

Após algum estralo, ela ergue seu olhar que se da de encontro ao meu que foi desviado por pura teimosia e timidez.


~//Visão S/n On\\


Me senti desconfortável, observada, olhei em volta e apenas vi aquele menino de cabelos claros me observando, sorri ao ver que ele se sentiu envergonhado e comentei em um sussurro

(S/n): Tão fofo.



Notas Finais


~Fim


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...