História Soturno Americano - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Bts, Comedia, Drama, Jikook, Jimin, Jungkook, Neko, Romance, Vkook
Exibições 203
Palavras 2.548
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLÁ!!!!!!!!!!!!! <3 <3 XD
MEU PRESENTE DE DUA DAS CRIANÇAS PRA VOCÊS MEUS AMORES!!! <3 <3 <3

--> LEIAM AS NOTAS FINAIS! <--


Ps: Não revisei então talvez tenha alguns erros de digitação mas espero que gostem! :* <3

Capítulo 5 - Tarde Normal


Quando retornaram para casa JungKook fora deixado em seu berço enquanto Jimin brincava por toda a casa com Show exibindo sua coleira nova para o Nível Siberiano que também esbanjava esse mesmo adereço novo.

Após a chegada do Soturno Americano, Jimin foi perdendo o medo que tinha de Shou e isso foi muito bom para ambos pois agora Jimin tinha mais alguém para brincar e Shou podia cuidar melhor dos filhotes.

Eun teve que dividir sua atenção entre JungKook, que estava apagado em seu quarto, e os dois nekos que corriam por toda a casa enquanto Bon Haw trabalhava em seu escritório.

Bon Haw preferia trabalhar em casa por causa dos seus nekos e como era dono da maioria das ações da empresa tinha esse privilégio.

Bon Haw já estava irritado  com seu trabalho, ele tinha que corrigir e analisar um relatório feito por um estagiário e pensar nas propostas que faria na reunião que teria no dia seguinte.

Em poucas horas JungKook acordou chorando a plenos pulmões e só se acalmou quando Eun deu uma grande mamadeira de leite para o filhote.

Agora três nekos corriam descontrolados pela casa fazendo mais barulho e Jimin, agora acompanhado do Soturno Americano invadiu o escritório do dono várias vezes mesmo levando diversas broncas, porém essas desobediências duraram pouco poi na quarta vez Bon Haw pegou o Castanho Canadense e lhe deu alguns tapas na parte de trás das coxas gordinhas do filhote.

O dono decidiu que precisava relaxar então foi buscar Shou que estava deitado no tapete da sala como os filhotes.

Bon Haw desprendeu a corrente prateada que ficava no tornozelo do Níveo Siberiano e o puxou pela coleira até seu escritório.

Após entrar com o neko mais velho, Bon Haw fechou a porta para que os filhotes não entrassem.

 

Bon Haw andou até sua cadeira abrindo seu cinto e o fecho de sua calça.

-Venha cá Shou…- chamou o dono que logo fora obedecido pelo neko

Shou engatinhou até o dono com as orelhas baixas e sentou entre as pernas do dono que sorriu e acariciou o rosto do Níveo Siberiano que o encarava com atenção.

-Você está com uma carinha tão cansada…- disse Bon Haw passando a acariciar também as orelhas do neko mais velho que não conteve um ronronado- Você tem se comportado tão bem cuidando dos filhotes, então se fizer tudo direitinho vou te dar dois presentes.

O híbrido olhou extremamente curioso para o dono. Bon Haw não era um homem bom o suficiente para sair agradando seus nekos sem ter algo em troca.

-Tão adorável…-murmurou o dono acariciando Shou que já havia desistido de controlar seus ronronados- Você está tão carente, não é meu amado Níveo?

Shou já esfregava seu rosto na mão do dono apreciando o carinho. Shou miou em resposta ao dono qe sorriu vendo o neko tão manhoso.

Obviamente Shou se sentiria péssimo por ter gostado tanto dos carinhos do dono, porém seu lado felino o dominava fácil.

Enquanto fazia carinho em Shou, Bon Haw massageava seu membro apreciando o ronronar do neko quase albino.

Alguns minutos depois Bom Haw levantou o rosto do híbrido pelo queixo e abriu um pouco a boca do mesmo com o polegar.

Shou abriu os olhos encarando o dono com uma expressão adorável porém que expressava medo.

O dono colocou mais o polegar na boca do Níveo Siberiano e logo sentiu a cicatriz na língua do neko, algo que o fez sorrir ao lembrar de quando cortou quase ao meio esse músculo de Shou.

-Agora seja um bom menino, hum?- disse o dono retirando o membro já ereto de dentro da calça.

Shou abaixou as orelhas brancas que desapareceram em meio as fios brancos do cabelo comprido e aproximou o rosto da pélvis de seu dono que suspirou alto e mordeu o lábio inferior quando sentiu a boca do híbrido envolver sua glande.

Shou começou a sugar o membro de Bom Haw que inicialmente controlava os membros do neko segurando em seus cabelos.

-Hmm… Agora você sabe o que fazer…- disse Bon Haw soltando os cabelos de Shou que colocou mais o membro de seu dono na boca acelerando os movimentos de vai e vem com a cabeça.

Bom Haw se deliciava com a habilidade que Shou adquiriu com o tempo e com a meia lingua do neko em seu membro.

O dono fechou os olhos deixando alguns gemidos baixos escaparem, porém não se permitiu envolver por tanto prazer. Se inclinando em direção a mesa Bon Haw pegou o relatório e seguiu lendo enquanto suspirava com o bom trabalho que Shou desempenhava.

-Aah…- gemeu baixo o dono segurando firme nos cabelos de Shou- Mais rápidos… hmm… Vamos Shou…

O híbrido de Níveo Siberiano obedeceu o dono movendo a cabeça mais rápido fazendo o dono deixar o documento de lado e apreciar o trabalho de Shou que logo o levaria ao ápice.

Shou sempre obedecia ao dono o máximo que aguentava antes de se revoltar e com isso ser severamente punido, porém com a chegada de Jimin, e principalmente JungKook, o Níveo Siberiano passou a se controlar mais para que pudesse ficar perto dos filhotes.

Um miado alto porém abafado ecoou pelo escritório quando Bon Haw agarrou os cabelos de Shou o forçando a aceitar seu membro em sua garganta. O neko relutou contra as estocadas em sua garganta até que se forçou a aceitar e logo ouviu o dono gemer alto enquanto sentia sua garganta e boca serem preenchidas pelo semen de seu dono.

SHou foi obrigado a engolir o líquido do dono, algo que ele muitas vezes fora obrigado a fazer e sempre teve grande asco disso.

Finalmente o dono soltou os cabelos do nek que afastou o rosto da pelvis do dono tossindo e ofegando desesperado em recuperar o ar perdido.

Bon Haw riu do neko e o pegou no colo após ajeitar suas roupas.

-Muito bem Shou- o dono parabenizou o neko por sua obediência acariciando a cabeça do mesmo que estava apoiada em seu peito.- Você tem se comportado tão bem.. agora vai ganhar seu primeiro presente!

O dono pega uma pequena chave do bolso e destranca a terceira gaveta pegando uma latinha com desenhos  de abelha que faz Shou miar várias vezes ansioso e se agitar no colo do dono.

Bon Haw riu de seu neko que apesar de já ser adulto conseguia puxar do passado seu comportamento adorável de filhote.

-Calma Shou!- disse o dono rindo baixo- Você vai ganhar sua bala, mas sabe o que eu quero antes…

Shou tinha sua atenção voltada  para a bala de mel na mão de Bon Haw que forçou o neko a olhar para si.

Shou fechou os olhos sentindo os labios do dono contra os seus e sem qualquer resistência da sua parte o neko sentiu a lingua de Bon Haw invadir-lhe a boca com desejo iniciando um ósculo rápido que era dificil para o neko acompanhar. Bon Haw dificilmente iria admitir que sentia tanto desejo assim por seu Níveo Siberiano, mesmo tendo tanto prazer em sentir a meia lingua de Shou tentando o acompanhar até perder o fôlego.

Satisfeito Bon Haw finfou o ósculo deixando Shou tão ofegante que deitou a cabeça em seu ombro.

-Não quer sua bala Shou?- indagou o sono mostrando a bala de mel

Shou logo levantou a cabeça e abriu a boca recebendo a bala de mel que o fez ronronar manhoso se deliciando com o sabor doce.

Apesar da educação rígida e até cruel que dava a seus nekos Bon Haw cuidava muito bem da saúde de todos os alimentando bem,fazendo exames periódicos e os privando do açúcar refinado; algo que se torna um vicio rápido para os nekos e trás muitas doenças. Bon Haw gostava de mimar seus nekos e para isso dava balas de alga e mel e essa ultima era a preferida dos híbridos; porém esses doces eram dados esporadicamente quando se comportavam bem.

Shou ronronava se deliciando com a bala e com o carinho sem malícia que recebia de seu dono.

Shou estava dominado pelos instintos felinos e Bon Haw amava o ver assim tão manhoso e dominável.

O dono ficou alguns minutos acariciando seu híbrido até que se lembrou da reunião que iria participar no dia seguinte.

-Agora vá brincar no chão.

Shou fora colocado no chão e o mesmo se deitou perto da mesa comendo sua bala enquanto seu dono começava a digitar suas propostas para apresentar na reunião.

 

--------------------

 

Após duas horas trabalhando Bon Haw percebeu que seu híbrido havia dormido no chão ao seu lado. Vendo o neko encolhido se lembrou da massagem do mesmo que esqueceu de marcar e rapidamente pegou o telefone conseguindo um horário para o neko em huma hora.

-Shou, vem vamos sair.- disse Bon Haw pegando o neko no colo

Bon Hwa foi tão rápido para o carro que não reparou no caos que os filhotes estavam fazendo na sala, e isso foi uma sorte para os pequenos.

Shou estava bem cansado então adormeceu sobre as pernas de Bon Haw e só acordou quando estava sendo despido já dentro do spa.

O neko mais velho estava cansado de mais para se importar ser despido por estranhos até porque,infelizmente, já estava acostumado e gostava de receber massagem.

Enquanto Bon Haw lia algumas revistas e respondia e-mails pelo celular, Shou era colocado em uma sauna para relaxar e depois banhado com água fria para limpar os poros.

Após ter seu corpo seco, Hou foi vestido com as roupas do spa e levado para uma sessão de fisioterapia.

Muitos nekos faziam massagem e fisioterapia para não terem lesões na coluna, pernas e braços já que ficavam muito tempo curvados andando de quatro sendo que tinham a necessidade de ficar em pé.

 

Após ser alongado Shou ficou em pé em uma esteira sendo sustentado por elásticos e ali foi colocado para caminhar. Shou queria correr mas só de ja ali em pé caminhando já o deixava muito feliz. Bon Haw fora chamado para ver pela janela o progresso de seu neko e ver o mesmo tão animado fez o dono abrir um leve sorriso.

Shou ficou cerca de trinta minutos na esteira e então foi levado para mais um banho rápido antes de ser deitado em uma maca para receber uma massagem tão boa que muitos humanos nunca iriam sonhar em receber.

Ronronando para a massagista que o mesmo já conhecia muito bem Shou foi relaxando até entrar em um sono extremamente profundo.

Bon Haw era bastante exigente com Shou e sabia que por causa de sua raça o híbrido fisicamente não aguentava e por isso era generoso e cuidava bem da coluna do mesmo.

O híbrido foi entregue ao dono completamente apagado, o que fez Bon Haw rir porém pegar seu neko com carinho em seus braços.

-------------

Quando chegaram em casa Bon Haw mandou que um dos seguranças pegasse o híbrido e o levasse para seu quarto porém ao entrarem em casa a gritaria dos filhotes acordou Shou que ainda meio tonto abriu os olhos e miou com a visão embaçada pelo sono.

-Ei! Ei!! O que é isso?!!- Bon Haw falou bravo com os filhotes que saíram correndo pela casa.

Jimin conseguiu sumir em um dos cômodos mas JungKook, apesar de engatinhar rápido, foi facilmente pegou por Eun que tentava controlar os filhotes a muito tempo.

Bon Haw colocou a mão sobre os olhos de Shou que apesar do berreiro feito pelo pequeno Soturno Americano conseguiu relaxar e apagar novamente.

Shou foi colocado na cama de Bon Haw que prendeu a coleira do neko na cabeceira da cama como sempre.

Bon Haw desceu as escada e teve a sorte de encontrar Jimin no meio do caminho que tentou correr mas foi pego pelo dono e levado para a sala que estava um caos com tapetes revirados, almofadas no chão e até um enfeite da casa quebrado.

-Vocês enlouqueceram?!!!- o dono briga alto com os filhotes que se encolhiam em um canto de um dos sofás bagunçados.

Não demorou dois segundo para JungKook começar a chorar. O Soturno Americano podia tocar o terror mas ainda era muito novo para entender broncas severas, mas Bon Haw não deixaria de punir o híbrido mais novo dessa vez então puxou a mãozinha esquerda de JungKook e deu um tapa na mesma que a deixou bem vermelha e um pouquinho inchada. O filhote chorava alto e até se engasgava então logo fora levado para seu quarto por Eun que arrumaria a bagunça depois.

Jimin já estava chorando e se encolhendo no sofá.

-Dicupa! Dicupa!- dizia o Castanho Canadense quando seu dono o pegou no colo

-Shhh!! Quieto!!- ordenou Bon Haw sentando no sofá com Jmin deitado de bruços em suas pernas

O Castanho Canadense chorava e esperneava mas não adiantou nada, Bon Haw abaixou a jeans do filhote e desferiu quatro tapas pesados porém pausadamente. Dois nas coxas da criança e outros dois em suas nádegas.

O pequeno chorava tanto que chegava a se engasgar e logo estaria com soluço também se o dono não fizesse algo.

Bon Haw puxou a calça do pequeno neko novamente o vestindo e levantou com o filhote nos braços o deitando no braço direito de bruços fazendo carinho em seus cabelos e costas para o acalmar.

Jimin sentia sua pele arder muito, mas o carinho de seu dono fez o filhote se acalmar aos poucos e em minutos o mesmo apenas fungava e suspirava baixo.

O dono levou seu híbrido para seu respectivo quarto mas o filhote começou a chorar não querendo ficar sozinho.

-Vou aproveitar e dar um banho em você então.- disse o dono levando a pequena criança híbrida para o banheiro.

Jimin deixou ser banhado e após ser vestido com um pijama amarelo adormeceu nos braços de Bon Haw que sorriu vendo como seu Castanho Canadense era tão dócil, algo raro para sua espécie.

Bon Haw levou Jimin para a sala onde encontrou Eun colocando JungKook banhado e adormecido no sofá.

Ambos os filhotes foram deixados lado a lado no sofá, Eun seguiu para a cozinha alegando ir preparar o jantar e Bon Haw foi para seu quarto.

Shou miou ao ver seu dono entrar no quarto e seu dono lhe fez um breve carinho antes de o soltar e ambos descerem e seguirem para a sala.

Shou se deitou perto dos filhotes porém Bon haw o puxou para seu colo e ficou acariciando o neko mais velho enquanto assistia ao jornal.

Eun apareceu afirmando que a comida dos nekos já estava pronta e então Bon Haw mandou Shou para a cozinha e pegou Jimin no colo despertando o filhote com delicadeza. O pequeno Castanho Canadense choramingou mas acordou e foi engatinhando mesmo para a cozinha até sentar no tapete ao lado de Shou para comer.

O dono pegou então o Soturno Americano no colo cujo corpo adormecido trajava um macacão vermelho e macio que cobria seus pés gordinhos. Com calma o dono acordou a criança que chorou até ver a mamadeira com leite quente.

Bon Haw tirou a chupeta da boca do pequeno híbrido e deu-lhe a mamadeira.

Os olhinhos escuros de JungKook encaravam o dono hipnotizando o mesmo até se fecharem lentamente levando o pequeno filhote para o mundo dos sonhos após sua barriguinha estar cheia.

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado do cap!!
Peço que tenham paciência comigo porque o ano já está acabando e logo eu vou ser toda de vocês! (ou quase isso kkkkkkk)
Obrigada pela paciência de vocês e quero pedir que por favor comentem porque eu to com saudades de vocês! T-T <3 Farei tudo para responder a todos vocês então leitores fantasma aproveitem para aparecer!! <3
-----

SÓ LEMBRANDO QUE:
1- Não, eu não vou abandonar as fics
2- Eu estou me afogando em tanta coisa pra fazer que não tenho tempo nem pra chorar
3- Quando eu posso eu escrevo em um caderno os caps, mas eu preciso de tempo pra digitar, revisar e postar e esse tempo eu quase não tenho
4- Espero que não fiquem chateados pois eu também sinto falta de escrever mas eu preciso deixar bem claro que EU NÃO VOU ABANDONAR AS FICS! NUNCA! Tem bastante gente implorando em tudo quanto é lugar para eu atualizar as fics mas como falei não tem como. T-T
5- Quando eu conseguir digitar vou postar um cap novo em Porcelana, mas não posso mesmo dizer quando porque esse ano está mais sufocante que o ano passado. T-T </3


BeJin para vocês e obrigado por toda a paciência e apoio de vocês! Vejo vocês nos comentários ou no próximo cap! :* <3 :3




Ps: panfletem a fic comigo! hahahaha! Quero ver ela crescer como Garoto de Programa :P


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...