História Sou Feita de Derteminacão - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Tags Chara, Drama, Frisk, Mistério, Revelaçoes, Sans, Undertale, Wd Gaster
Exibições 45
Palavras 1.945
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Luta, Magia, Mistério
Avisos: Bissexualidade, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Não ficou tão bom o cap mas espero que gostem.

Capítulo 25 - Novo Professor


Fanfic / Fanfiction Sou Feita de Derteminacão - Capítulo 25 - Novo Professor

- Tudo bem só me assustei.

- Está pálida, tá nervosa para o primeiro dia ? 

- Um pouco, você sabe para onde é a sala de aula ? - Claro que ele sabe né Frisk ele estuda lá eu e minha perguntas estupidas.

- Sim, vamos que eu vou te levar até lá. - Disse ele segurando o meu braço e me levando até a sala.

Chegando na porta da sala eu fiquei nervosa, parei por alguns segundos na porta, até Sans me puxa para dentro, olhei para o fundo da sala pude ver Peter, Isabela é Isabele, Sans foi me empurrado até lá, quando Isabela me viu deu um pulo em cima de mim me abraçando.

- FRISK QUE BOM TE VERRRR.

- Oi Isa como está ?

- Estou maravilhosamente bem, venha o seu lugar pode ser aqui ... Sans. - Disse ela seria olhando para ele.

-Que foi ? - Sans disse virando a cabeça um pouco para o lado.

- A Frisk já encontrou a sala já pode larga o braço dela. - Eu fiquei muito corada é Sans também, ele soltou meu braço rapidamente, pude ver Isabele é Peter rindo baixinho.

- É vocês dois como estão ? - perguntei para Isabele é Peter enquanto colocava minha mochila encima da carteira.

- Eu estou beleza. - Disse Peter fazendo um joinha com a mão.

- Eu estou bem só com raiva da demora do Felipe. - Disse Isabele

- Você já deveria ter se acostumado ele nunca chega na hora certa. - Disse Isabela.

- Então Frisk você vai fazer teste para quais clubes ? - Perguntou Peter.

- Ainda não decidir, mas estou pensado no de musica é da ...- Fui interrompida por Isabele.

- Aposto que é dança é eu to apaixonada por esse sapato de dança. - Disse ela puxado meu pé a ponto de querer abraçar meu sapato.

- Isabele se vai acabar derrubando a menina desse jeito. - Disse Isabela, ela soltou minha perna.

- Me desculpa Frisk. 

- Tudo bem, sim eu to planejando participar do clube de dança.

- Você pode fazer o teste hoje, o clube de dança funciona dia de segunda, quarta é sexta. - Disse Peter, ele olhou para o Sans. - Cara você tá muito queto tá tudo ok ? - Disse Peter tirando Sans dos seu devaneios.

- ah to sim só tava pensado em umas coisas. - Disse Sans colocado a mão no cranio. - ...Nossa a professora está demorando.

- Nunca vi a pro Alphys demorar tanto. - Disse Isabela.

- Como assim a Alphys é professora ? - Eu ão to acreditando.

- Ela e professora de química é biologia. - Disse Sans se sentado encima de uma das mesas.

- Legal. 

- E a Dyne de Ed. Fisica, Toriel e diretora é professora de português e Artes.

- CHEGAIIIIIII DESCULPA O ATRASOOOO. -Entrou Felipe correndo para dentro da sala, ai ele parou e viu que a prof não estava na sala. - Não acretido que chegai cedo.

- Você não chegou cedo a professora que ainda não chegou o estupido. - Disse Isabele.

- Ah entedir. - ai ele olhou pra mim é abriu um sorriso de canto. - FRISKKKKKK ele disse pulando encima de mim que fez com que ele caise encima de mim no chão.

- o-o-oi Felip-pe v-vo-você po-pode s-sair de cim-ma de mi-mim. -eu disse eu estava muito vermelha.

- Por quer que eu saia ?- Disse ele com um sorriso de canto.

- Felipe sai de cima dela. - Disse Sans serio.

- Por que não me tira de cima dela. - Eu dei um empurrão nele fazendo ele sair de cima de mim, oxi por que tá todo mundo me olhando supreso. - Como você ...

- Que foi gente  ?

- Ninguém consegue aquentar o pesso do Felipe o unico de nôs que consegue levantar o Felipe é o Sans. - Disse Peter, vish agora o que eu falo.

-Eu falei para ela o ponto fraco do Felipe caso ele tenta-se fazer algo com ela. - Disse Sans, não to entendo é mais nada. - Eu descobrir o ponto fraco Do Felipe por isso consigo levantar ele.

- O que Fe você tem um ponto fraco e não me falou. - Disse Isabele fazendo bico.

- Nem eu sabia que tinha. - Disse Felipe, Sans pegou em minha mão me ajudando a me levantar, eu fiquei encarado seus olhos quer dizer orbes.

- Bom dia alunos. - Disse Toriel entrando na sala, todos alunos se sentaram. - Então a dona Alphys ficara um tempo sem dar aula, é por enquanto o  professor substituto será ... - Por favor alguém me mata fala que ele não tá aqui. - W.D Gaster. -Nãoooooooooooo, eu bati minha cabeça na mesa, ele estava na forma esqueleto dele.

- Olá me chamo W.D Gaster, sou um cietista do reino, serei professor de química é biologia de vocês, vocês ja devem conhecer meu filho Sans. -Todo mundo olhou pro Sans, é ele apenas abaixou a cabeça.

- Então até logo alunos. - Não vá Toriiiiiiiii.

- Então espero que a gente crie uma otima relação de amizade, ... estou percebendo que temos uma humana na sala que interessante, poderia se apresenta. - Serio isso ?

- Você tá falando serio ?. - Eu disse mega seria.

- Claro senhorita. - Ele me disse com um sorriso sínico, me levantei é fui até lá na frente.

- Me chamo Frisk, esse é meu primeiro dia de aula aqui tenho 16 anos, é acho que e só isso, vou volta para meu lugar. - Gaster colocou a mão na frente.

- Alguém gostaria de fazer perguntas para Frisk ? - Um monte de monstros , até o Sans. - gaster escolheu logo o Sans- Qual é a sua pergunta Sans ?

- isso era pra ser aula de biologia não de Friskologia. - Sans disse encarado Gaster.

-A Frisk é uma humana seria legal analisar ela já quem em biologia analisamos outros seres, continuando a aula. - Alguém me tira daqui pf -Você ai atrás com a blusa rosa qual é a tua pergunta ?

- Os humanos tem poderes que nem os monstros ?

- Não. 

-Proximo a pergunta, você da segunda fileira. 

- Dizem que humanos carregam facas com eles, você ta com uma faca ai ?

- Não por que eu estaria com uma faca ?

- Para matar monstros.-disse outro aluno lá no fundo.

- eu não mato.

- Você nunca matou ninguém humana. - Disse um monstro lá no fundão se levantado é vindo até mim, ele me encarou nos olhos.

- ... - Eu não sei o que responder.

- Posso sentir culpa em seus olhos, quem você matou ? - Quem é esse cara, ele agarrou em meu braço.

- Solta o braço dela. - Apareceu o Sans do meu lado, segurando o braço do monstro. (enquato isso Gaster só sentado na mesa dele observando.)

- Sans Sans, você é o que consegue sentir os pecados das pessoas só de as tocarem, por que está defendendo está humana, eu posso sentir que ela tem uma grande carga de pecados. - Disse o monstro apertado mais o meu braço, respira Frisk respira não faça nada de incoveniente aqui.

- Todo nos temos pecados a carregar, é os pecados dela não te interesam, solta ela você está a machucando.

- O Sans pra que essa ignorança com isso você não vai a lugar nenhum.

- Treta, treta, treta, tretaaaaaaa. - Aguns alunos estava gritando na sala.

- Eu quero ver no que isso vai dar. - Disse Gaster.

-Gaster faz alguma coisa. - Eu disse o incarando

- Frisk você tem que aprender a resolver seus problemas. - Da paciencia Jesus.

- ahh senhor você poderia me solta por favor.

- Não até você não falar quem matou.

- Não te interesa a minha vida eu nem te conheço. 

- Solta ela. - Disse Sans com o olho azul.

- Se fizer qualquer coisa quebro o braço dela. - Tá louco é

Pensa Frisk o que eu posso fazer, ... já sei só preciso achar algo que esteja empoeirado, passei a mão na poeira da mesa e comecei a cheira (quando a criatividade se encontra em 0 e isso que acontece).

- Menina você é louca tá ai cheirando poeira. - Disse o monstro apertado mais o meu braço.

- Ah ah Ah ATCIMMMM- Fechei meus olhos quando abrir nos estávamos na vila Temmie, aproveitei pra me soltar do tão monstro.

-Voltá aqui hipócrita - Disse o monstro que começou a correr atrás de mim cade o Sans eu tinha teleportado ele junto, eu acho que vou ter que usar mais um pouco da minha determinação.

- Não você não vai a lugar nenhum. - Disse Sans que apareceu em minha frente, e prendeu o monstro em uma jaula de ossos, ele olhou para mim e colocou a mão em meu queixo. - Você está bem Frisk ?

- estou obrigada Sans. -Ele me deu um abraço, até que para um esqueleto o abraço dele e fofinho.

Nos fomos até a jaula do monstro.

- Por que você queria saber tanto da vida dela ?- Perguntou Sans.

- Eu não fiz aquelas perguntas por que quis, é que o professor novo antes de ele entra na sala me deu um papel que era para eu fazer perguntas para você em troca ele me deu 120 reais.

- Que desgraçado. - Eu disse pisado o pé forte no chão.- Aquele projeto de demónio tava querendo me irritar.

- È agora o que a gente faz com esse cara ?- Falou Sans

- Que tal a gente da um nocaute nele, e levar de volta para a casa dele, ele vai achar que foi só um sonho.

- O dona pacifista, a gente teria que nocautear a sala inteira, é ainda por cima você teletransportou na frente da turma.

- Todo mundo deve achar que você telestranportou eu sou uma humana não teleporto, ai a gente noucatea esse ele vai esquecer tudo que ele ouviu aqui, e voltamos para a escola.

- Você ta louca pra nocautear ele né. - Disse Sans

- Claro que não ... tavez só um soco fraco. - Sans tacou um osso na cabeça dele, mas que cara fraco já desmaiou.

- Você sabe aonde é a casa dele ?- perguntei pro Sans.

- Sei, vamos deixa que eu teleporto.

Teleportamos para o quarto do monstro, Sans colocou ele na cama, é depois me abraçou pela cintura e teleportou para o corredor da escola.

- Vamos logo para a sala. - Eu disse puxado ele.

- Espera. - Ele disse parado no corredor.

- O que foi ?

- Os alunos podem te acusar de algumas coisas, mais fica com a cabeça fria.

- Ok vamos logo.

Entramos na sala, todo mundo tava nos encarado.

-Voltaram onde está o outro aluno. - Disse Gaster.

- Ele está ... - Eu ia dizendo mais uma aluna me interrompeu.

- Ele está morto, ela deve ter matado ele.

- Isso é mentira a Frisk nunca mataria ninguém. - Disse Isabela.

-Vocês nem a conhece para falar se ela é uma assasina ou não. - Disse Peter

-Ele está em casa, é vou deixar claro se eu ver alguém irritado a minha querida amiga Frisk. terá um BAD TIME. - Os alunos entraram em um silencio absoluto. - Vamos Frisk se sentar.

Eu e Sans nos sentamos em nosso lugares, é o professor/vagabundo/demonio/Gaster começou a passa lição na lousa.

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Eu sei que capítulo mais merda, vou tentar melhorar no proximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...