História Sou Lucy - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail, Sou Luna
Personagens Anna Heartfilia, Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gildartz, Gray Fullbuster, Happy, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Nikora "Plue", Sting Eucliffe, Virgo, Yukino Aguria
Tags Aventura, Dança, Gale, Grayli, Graylu, Gruvia, Jerza, Miraxus, Mistério, Musical, Nalu, Patinação, Romance, Sou Luna, Stino
Visualizações 34
Palavras 782
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yo Minna! Como prometido! Voltei com a Fic! Acho que ficou mais explicadinho e organizado! Espero que acompanhem novamente! Se batermos meta de 10 likes no 1° cap. Posto mais um hoje ou amanhã! 😍😍😍
Então...leiam! 😘

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Sou Lucy - Capítulo 1 - Prólogo

Sinto as luzes dos holofotes sobre mim. Deslizo rapidamente e sorrio. Sei que todos adoraram minha última manobra. Olhei no meu redor e a pista estava lotada, todos olhando para mim. Minha alegria é enorme . Estou fazendo o que mais gosto na vida: andar de patins.

A pista ilumina com diferentes cores e, enquanto sigo deslizando, vejo como brilha a minha medalha.

Concentro-me , tomo impluso e giro fazendo uma pirueta que me dá a sensação de que posso alcançar o céu. E de repente sinto...Sinto a correntinha se desprendendo do meu pescoço e voando para longe de mim.

Olho para todos os lados, desesperada. Não a encontro. Onde ela está? Onde ela está?

Alguém me chama.

- Lucy, Lucy...

Demoro para acordar e, quando finalmente abro os olhos, vejo minha mãe tentando desesperadamente me dizer alguma coisa.

- Lucy, Lucy, acorda! Já viu que horas são? - ela pergunta, apressada. Seu nome é Layla, e agora está usando seu impecável uniforme de chef.

Olho lara o relógio e me sento rapidamente na cama. É muito tarde! Visto-me, tropeçando em todos os móveis do quarto, e calço meus patins.

- Tive um sonho incrível! Sonhei que estava patinando em uma pista com luzes coloridas. As pessoas assistiam à minha apresentação. De repente, eu dava um giro no ar e a minha medalhinha caía - conto para minha mãe.

- Lucy, os sonhos são assim mesmo: apenas sonhos e nada mais. - E com a mão no meu pescoço, el continua: - Aqui está a sua medalhinha para te proteger.

- Não sei se acredito mais nessas medalhinhas protetoras. - Vejo a hora e dou um salto. - Papai não vai me levar hoje?

- Não, não pode. Hoje ele tem de recepcionar os novos donos da casa. É melhor se apressar que já é muito tarde!

Dou-lhe um beijo carinhoso e arranco rapidamente com meus patins. Tenho de chegar o mais rápido possível no Fudger Wheels, o restaurante onde eu trabalho todo verão, dividindo as entregas com meu amigo Gray.

E justamente ele me recebe na porta, com cara de cumplicidade e um grande sorriso.

- Anda! Se apressa! Coloca o uniforme antes que a General te veja; hoje ela está mal-humlrada do que nunca.

Por isso eu o adoro, é o meu melhor amigo no mundo e sempre cuida de mim.

Depois de me trocar num piscar de olhos, preparo um pedido e, enquanto isso, conto para Gray o sonho maravilhoso que tive.

- Sonhei que patinava em uma pista e as pessoas me olhavam; parecia um show...e eu dava um giro no ar...

- Deixa eu te falar duas coisas Lucy Valente - Gray me interrompe rindo. - Primeiro: você está sempre de patins, praticamente só anda sobre rodas; e segundo: você tem uma grande imaginaçã. Aposto que tinha até elefantes andando de patins no seu sonho.

- Elefantes não, mas tinha uma música.- Ele arregala os olhos, como se tivesse descoberto a América.

- Cantada por elefantes?! - Ele fala sério mais começa a rir logo depois.

- Não Gray...deixa de ser bobo, a música era tipo assim...- digo e cantarolo, tentando lembrar a melodia. Gray dá risada de novo, mas me acompanha, batendo com os dedos para marcar o ritmo.

Nesse exato momento, entra a General com a lista de endereços para entrega dos pedidos e o cronômetro na mão.

- Pegue, Valente. Você tem que ir a todos esses lugares, e lembre-se: se os pedidos não forem entregues em dez minutos, descontamos do seu salário.

- Tudo bem! Pode soltar o relógio!

Escuto o click do cronômetro que está com a General, sorrio para Gray e saio em disparada com os meus patins.

Patino o mais rápido o mais rápido que posso e entrego todos os pedidos. Não quero que a General fique mais zangada do que já está. Aproveito para voltar pelo lugar onde eu e Gray patinamos quando não estamos trabalhando, a vista é muito bonita...

As cores do mar sempre me deixam maravilhada. E de repente, do nada, passa um rapaz com os cabelos um tantos exóticos...mais especificamente...rosas...que parece estar treinando uns movimentos de freestyle.

- Cuidado!- Grito, quase sendo derrubada por ele.

- Ei! Peça licença! - ele fala. E me olhando de alto a baixo, slrri, convencido. - Tenho certeza de que tentou bater em mim de propósito. Esse é o sonho de várias garotas.

- Não me interessa bater em você. Além do mais, estou trabalhando. - respondo.

Deu para notar que é supermetido; além disso, que não é daqui. Deve ser turista.

- Ah é? Onde vc trabalha? Eu gostaria de fazer um pedido - ele diz sorrindo.

Eu o ignoro e sigo o meu caminho. Na verdade , tenho de me apressar para voltar ao Fudger Wheels. Não tenho tempo para me preocupar com um desconhecido e , acima de tudo, metido.


Notas Finais


E então?
Favoritem se gostaram e comentem o que vcs acharam!😘
Beijinhos da Miss-Chan! 😍😍😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...