História Soul Blood - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Seiji Komori, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Desumanos, Diabolik Lovers, Linhagem Pura, Nekos, Sangue, Sata, Shinigamis
Exibições 30
Palavras 1.058
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


:33

Capítulo 11 - Memories


Fanfic / Fanfiction Soul Blood - Capítulo 11 - Memories

 

 

  ~395 anos atrás~

 A rosa negra e o Lirio branco da s famílias estavam em um passeio de noite,  perto de um pêndulo que ficava em um lugar enorme,  no meio do castelo do clã Vlad conversando 

 Chirsta: Lilly prometa-me uma coisa- Chirsta falava com preocupação e medo 

 Heli: Sim o que?-ela escutou e falou desconfiadamente 

 Chirsta: Quando eu tiver meu filho me prometa que você cuidará dele, e que não deixará Cordelia e nem Rose encostar um dedo nele-ela falou e em seu tom podia-se ver o tremor dela

 Heli: Claro isso é uma promessa, eu cuidarei dele e manterei cornadelia longe dele-ela falou com seus olhos brilhando

 Chirsta: obrigada Lilly, sinceramente eu não me importaria se você seja-se minha nora -chirsta falou com aquele sorriso gentil dela

 Heli: Ei não se esqueça que irei me casar Chirsta-Heli falou com sua bipolaridade ativada

 Chirsta: Oh é claro vai ser amanhã... Minha afilhada vai se tornar uma esposa-ela falou e continuara a sorrir

 Heli: Eu estou um pouco nervosa com isso......………….…

Heli: O que você tem com a Rose? - Ela falou desconfiando de Chirsta, por que Cordelia até vai, mais não tinha motivos de cismar com Rose 

Chirsta: Eu não confio nela o jeito que ela tem..... É bom ficar de olhos abertos em direção a ela - Ela falou seria é em seu tom podia-se ver isso

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
 Heli acordou e sentiu um vazio meio estranho mais ao mesmo tempo sentiu um peso na cama e algo estava.....segurando....nos seus seios..... Mas...que....merda e essa....

 Subaru on*

 Um acabei dormindo junto com a Heli mais ela começou a se mexer e eu estava com minhas mãos em algo....macio???....comecei apertar e

 -Ssubaru!??

Subaru: Ah desculpa eu não fiz isso por querer

-Então tire as mãos deles!!!!

 Subaru tirou e ele estava super nervoso então foi direto para a varanda Heli viu aquilo e foi pra lá também é sentou-se na sacada olhando para a lua...

 Heli: Subaru sabia que seu olho parece na cor de sangue?-Heli falou destraida enquanto olhava a lua crescente 

 Subaru: Isso é meu óbvio já que é vermelho-subaru falou enquanto olhava ela, ela que estava com seus olhos fixos na lua,  sua expressão estava serena estava tão bela...

 Heli: Seu olho pode parecer isso mais também parece uma pedra que eu amo, um Rubi uma das 4 joias mais preciosas do mundo-Heli falou e logo virou para Subaru sorrindo

 Ele olhou e sua expressão foi tomada por um rubor vermelho ele queria tanto tocar de novo nos lábios rosados da loira...ele estava pensando nisso e Heli estava com um de seus olhos mais vermelho lendo os pensamentos de Subaru, ela podia vê a excitação que ele estava e o seu olhar de luxuria ele se aproximou dela e ficou olhando fixamente para dentro dos olhos dela,Heli paralisou e não sabia o que fazer 

-Tenho que ir Subaru...

Ela tentou sair mais ele grudou no pulso dela, que fez a puxar e parar no peitoral dele e ele somente levantou a face dela e lhe deu um beijo que estava cheio de amor e carinho,  porém o dela era como uma leoa faminta e selvagem o que fez ele estremecer todo,  depois de minutos se beijando eles pararam por falta de ar, Heli saiu para beber um pouco d'Água pelo caminho ela passou por um quarto Rosa de onde vinha gemidos lá de dentro.
 Heli curiosa foi meter a cara lá e viu algo que caralho...
.
.
.
.
.
.
 Lá dentro estava Yui e Ayato se comendo......puta que pariu....."que nojo" os olhos da loira se transformaram e verdes axulados e em seu rosto podia-se ver a cara de desgosto dela,  só que a fala dela saiu bem alta e os dois no quarto viram que ela estava ali....Quando Heli viu eles a olhando-se olhou fixamente para Ayato e deu um sorrisinho macabro e saiu correndo....
 Ela deu aquele sorrisinho por que ela é insana,  mais logo que ela chegou no jardim de rosas brancas ela foi até a torre e a abriu as escadas e parou em frente de uma cela e se desabou a chorar, que acabou fazendo  ela cair no chão, ela chorava muito que chamou a atenção do Albino que passava por ali...ele ficou impressionado por ela conseguir abrir a torre e subir aquilo tudo...
 Depois dele subir os lances de escada ele viu uma poça de sangue pelo chão, ele olhou assustado para aquilo e logo começou a correr para onde vinha o sangue, quando ele foi se aproximando viu a loira com marcas de unhas no braço tão profundas, sua expressão ao mesmo tempo que ria ela chorava e  rasgava a pele fazendo mais sangue jorrar 

Subaru: Heli pelo amor para!

 Ele falou de um jeito sensível e muito tristonho o que fez ela olhar para ele, o que o congelou ele chegou mais perto dela é...

-Saia me deixe em paz- ela levantou a mão para espantar-lo mais a unha dela atravessou a pele do Subaru fazendo-o sangrar 

-Su...me......Des....cul.....pa -Ela falou devagar e começou a chorar

Subaru: Não para foi minha culpa, eu tinha que ter te avisado sobre os trigêmeos....

-Merda!!!!Eu fui somente uma boneca para ele brincar e jogar fora!!!!!- ela falou com raiva apertando os olhos 

Subaru foi e segurou a mão dela dando um beijo o que ela paralisou e ficou olhando para ele

 Subaru:Escute ele lhe machucou mais eu nunca lhe machucaria por favor me escolha...

-Su..ba..ru?- o rubor cobria os olhos dela 

 Subaru: Você não precisa me responder agora só quero que você saiba disso ok?

 Ele puxou ela é deu um beijo na testa e abraçou ela, ela deitou a cabeça no peitoral dele e cochilou

~Quebra de tempo~

"Um ,doiss ,trêss quanto tempo você demorará para achar ele?"

"Eu não sei mais saberei quando acha-lo"

"Eu....sinto....falta.....dele"

"Ele nos preowmeteu, ele vai reicarnar "

"Inútil que sempre dá trabalho"

"Ei, lembra que tinha uma livraria que era de ocultissmo,você deixou um livro nosso e o nosso diário"

"Talvez...você poderia...ir lá ver...se eles não responderam..."

 Acordei elas estão falando de novo,  todo dia nós conversamos mais elas me deram uma ideia vou ver se tem algo naquele livro...
Ahh esqueci querem saber o nome do livro é fácil é um grimório...
 Preciso que alguém me leve lá mais como farei isso?......

 

 


Notas Finais


Novos favoritos na fic, obrigado esperam que estejam gostando dela :33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...