História Soumis ↭ Jikook - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jikook, Lemon, Markson, Namjin, Sadomasoquismo, Sexo, Submisso, Suga-tae, Taeyoonseok, V-hope, Yoonseok
Exibições 314
Palavras 2.691
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Volteeei! Sentiram a minha falta? Claro que não! Me desculpem o atraso mas vcs devem já saber o porque de ter atrasado. Para quem não sabe eu fiquei no hospital e não gosto de dizer o porque... Enfim, aqui está o cap e espero que gostem

Perdoem os erros e boa leitura ♥

Capítulo 14 - Quatorze


Fanfic / Fanfiction Soumis ↭ Jikook - Capítulo 14 - Quatorze

Taehyung analisava tudo com a maior cautela do mundo. As gotas de chuva como sempre caiam no chão, fazendo surgir poças de lamas. Não era como aquelas maravilhosas chuvas que seus antepassados tinham. Era uma chuva grossa, que fedia a fumaça e atraia doenças. Taehyung queria ir embora dali, ele queria ir embora para a base um. Mas ele somente ia quando o seu Red e Blue Beans forem juntos consigo. Um relâmpago caiu no prédio ao lado, assustando o pequeno Taehyung. Ele tinha medo, medo de morrer e nunca ter sentido o sol queimar os seus poros ou a luz dele refletindo a sua pele.

— Espero que não esteja atrasado. — A voz do seu amado se vez presente e Taehyung se virou sorrindo largo. Correu até Hoseok e pulou em seus braços, sentindo o seu coração bater mais rápido.

— Hoseok-ah! Você chegou na hora. — Falou se inclinando e deixando um selinho nos lábios rachados de Hoseok.

— Que bom anjo, agora me solta. Volte a sua posição e se lembre...

— ...aqui eu sou somente o seu parceiro, e você o meu cliente. — Taehyung falou com a tristeza nítida em sua voz. Ele odiava fazer aquilo, mas o mercado na qual ele vivia o obrigava a fazer aquilo todo santo dia.

— Exatamente... Bom garoto. — Hoseok falou sorrindo malicioso e Taehyung abaixou o olhar, totalmente envergonhado. — Oh eu ia esquecendo... Esse daqui é o meu irmão, Park Jimin. — Hoseok falou levantando o seu braço e mostrando um rapaz mais novo e fraco. Ele tinha cabelos negros, os olhos esbugalhados em medo e surpresa, os lábios roxos de frio, e vestia um moletom enorme com a estrela azul desenhada.

— Ele também é da Blued? — Taehyung perguntou com desgosto e Hoseok assentiu, sorrindo animado com tudo.

— Sim ele é. — Afirmou trazendo Jimin para mais perto, fazendo o mesmo encarar Taehyung. — Ele é o prodígio, o bebê depois de mim. Sabe... Somos a dupla mais bem reservada e especial da Blued.

— Não por muito tempo. — Taehyung fez uma careta e o garoto se afastou.

— Não acredito que me trouxe aqui para ver um mundano sujo, imundo e repleto de doenças Hoseok. Eu devia te denunciar! Isso é crime! — Ele falou assustado e aterrorizado, era a primeira vez que via um mundano de tão de perto. E aquilo... Claro, não agradou nem um pouco Taehyung, que deu um passo a frente e cruzou os braços.

— Olha como fala comigo... Ratinho de laboratório!

— Quem você pensa que é mundano? Como ousa falar assim comigo?! — Jimin gritou irritado e Hoseok deu um passo a frente, segurando o seu irmão pelo o ombro e massageando o ombro dele.

— Jimin... Taehyung pode ser um mundano... Mas ele é com quem eu estou. — Hoseok falou fazendo o irmão negar e dar um passo para trás. — Jimin veja....

— Eles não são como nós Hoseok. Somos puros, a salvação... E eles... São apenas mundanos, imundos e pecadores que ainda insistem em viver. — Jimim falou olhando para Taehyung com repulsa.

Ah... Uma coisa que o garoto odiava era ter que se lembrar de que era apenas um mundano. Aquilo o afetava de uma maneira errônea, ele teve um pequeno lapso de memória onde ele se lembrou do dia em que ele e Jungkook fugiram para uma torre abandonada, olharam para as nuvens carregadas e escuras, ali se amaldiçoaram por ter serem mundanos. Claro que eles não iriam falar aquilo na frente do hyung deles, mesmo sendo um mundano, seu hyung sempre o fazia lembrar de que respirava e de que vivia. O mesmo sempre fazia Jungkook e Taehyung agradecerem ao um ser invisível a qual ele chamava de Deus, pelo o alimento que ele conseguia roubar do cativeiro na qual vivia. Ele sempre deixava Taehyung e Jungkook comerem primeiro, tinha dias que o alimento não durava e o seu hyung dava a sua parte dividindo para os dois dongsaeng fazendo eles comerem. Ah... O que seria de Taehyung sem o seu hyung? Taehyung amava Hoseok, mas o seu amor por Hoseok nunca, nunca chegaria aos pés do amor que ele sentia por Jungkook e por ser hyung.

— Argh! Eu te trouxe aqui para você realmente saber com quem está lidando. — Hoseok tirou taehyung da sua linha de pensamento e gritou com o mais novo. — Para quem está trabalhando Jimin! Para quem estamos estregando a arma mais letal do mundo... Isso que fizemos Jimin... Poderá custar a vida de todos os mundanos caso entreguemos para a Blued.

— Não fará diferença. — Jimin falou soltando uma risada. — Olhe ao redor Hoseok... Os mundanos nunca mudarão, isso aqui continua o mesmo e sempre vai continuar. Isso aqui é um berço da luxuria e da prostituição. — Jimin falou com nojo nítido na sua voz, ele desviou o olhar para Taehyung que dessa vez, se encolheu se sentindo humilhado. — Seu namorado é um prostituto imundo...

— Jimin...

— Com quantos homens ele deve se deitar em uma só noite?

— Pare Jimin...

— Com quantos homens ele já deve ser chupado ou fodido? Isso é nojento e repulsivo Hoseok!

— Eu disse para parar Jimin! — Hoseok gritou empurrando o irmão mais novo o fazendo cambalear. — Estou querendo te ajudar, mudar a sua linha de pensamento... Mas se você não quiser mudar, não terei escolha... Não deixarei que entregue o VIXZ para o Blued. — Hoseok falou destemido e Jimin arregalou os olhos.

— O que...? Você não pode fazer isso Hoseok! Passamos anos estudando, fazendo teste e lutando para chegar onde estamos e você quer... Quer desistir por um mundano! Um mundano Hoseok! O que nosso pais vão achar disso?

— Nosso omma ficaria decepcionado Jimin... Esqueceu que ele também é um mundano? — Hoseok rosnou e Jimin se encolheu.

— Nosso omma foi um mundano. Ele cresceu em nossas leis e estudos, ele é um de nós. Ele não é como ele Hoseok. — Jimin apontou para Taehyung e Hoseok abaixou a cabeça. — Não compare Jin a ele.

— Chega! Não quero causar a discórdia entre vocês eu apenas quero mostrar a você Jimin o que fez Hoseok mudar de ideia, olhar para a Blued não como a salvadora que você vem visto. Eles não são quem dizem ser Jimin. — Taehyung faloubse aproximando do de cabelos negros e suspirou. — Somos o que eles chamam de perdição, mas não a de vocês e sim deles, ah Park Jimin, o que você vai ver agora ninguém da primeira base além da dama de branco viu isso, e é isso que ela tanto esconde, é isso que pode ser a nossa salvação e a destruição deles.

— Me mostre então. — Jimin falou se aproximando e olhado para o mais novo com ódio. — Me faça mudar de ideia e eu juro, lutarei ao seu lado e irei destruir a Blued. Nem que seja a última coisa que eu faça.




°˖✧◝(⁰▿⁰)◜✧˖°




Hoseok estava desaparecido, Taehyung também, assim como Namjoon. Jin era o único que Jungkook mantia contato entre o seu novo grupo. Depois do ocorrido entre aquela pequena guerra, os meninos ao redor de si agiam como se nada tivesse acontecido, mas para eles, nada tinha acontecido.

"Eles estão sobre o efeito da droga Jungkook. Os meninos estão tão acostumados a viverem em um mundo perfeito que temos medo de que algo aconteça a eles. Não queremos que eles vivam com medo, e sim com alegria."

Jin tinha lhe dito no dia anterior, pot mais que Jungkook ainda se sinta inferior e perdido em relação ao seu novo modo de vida, ele concordava com aquilo. Os meninos, assim como ele, viveram coisas horríveis que com certeza deviam ser e foram apagadas de suas mentes, o medo daqueles memórias voltarem assombram os sonhos de todos. Viver a base daquela droga talvez seja... A melhor saída.

— Jungkook-ah... Já sabe que fantasia vai usar? — Kunpimook lhe perguntou se apoiando em uma das caixas de enfeites no recente salão de festa restaurado.

— Não... Jimin disse que quer fazer uma surpresa. — Jungkook falou se lembrando que naquele mesmo dia, Jimin tinha lhe falado que tinha comprado uma fantasia surpresa para usar na festa para os meninos e os seus possíveis futuros donos. — Ele disse que a minha era diferente e tinha um tom mais especial, já que eu pertenço a ele.

— Oh... Jimin-ssi é tão romântico. — Bambam falou suspirando e apoiando o seu queixo em sua mão. — Espero que o meu dono seja como Jimin ou o Jackson.

— Por que? Por que não como Hoseok?

— Ah, Jimin-ssi é romântico, galanteador e sexy. Já Jackson agrada Mark com presente e beijos, é estranho ver que ele nunca vem aqui, mas Mark me disse que ele tem um trabalho muito importante e não pode vir todas as vezes.

— Certo.... Agora me diz por quê não um dono como Hoseok? — Jungkook perguntou e Bambam corou abaixando a cabeça.

— Hoseok agrada Suga e Taehyung com sexo. — Kunpimook falou e Jungkook soltou uma risada alta. — Sexo é bom mas.... Receber outra coisa além disso deve ser bom.

— Sim eu concordo. — Jungkook parou de rir e se aproximou mais de Bambam, como se fosse contar a fofoca do ano. — Eu já peguei ele e o Tae fazendo coisas em cima do balcão da cozinha do Jin.

— Ah! Se Jin hyung descobrir, Hoseok está feito. — Bambam falou e Jungkook assentiu, dando uma risada baixa e se aproximando mais. Bambam se inclinou e se aproximou da orelha de Jungkook. — Eu já peguei o Mark transando com o Jackson no corredor.

— Oh! Não acredito. — Jungkook soltou uma risada alta e se aproximou mais, ele e Bambam pareciam duas mulheres fofoqueiras. — E como estavam?

— Creio eu que a posição não era agradável... Mas eles estavam gostando, Mark hyung geme como uma menina e parecia que ia chorar a qualquer momento. — Bambam falou e Jungkook corou imaginando o amigo assim. — Sabe... Jimin já te tocou Jungkook?

— Assim como Bambam?

— Aish... Sexo Jungkook! — Bambam falou e o garoto se encolheu corando e negando.

— N-não... Mas a gente já se beijou. — Jungkook falou e Kunpimook soltou uma risada com um largo sorrindo malicioso.

— Mas em breve ele vai querer te tocar... Sabe, tem alguns garotos que afirmam que já foram para a cama com o Jimin. — Bambam sussurrou e Jungkook arregalou os olhos em surpresa e espanto.

— Co-como assim? O que eles disseram?

— Disseram-me que ele é um deus na cama. — Bambam falou piscando o olho para Jungkook que corou e olhou para baixo. — Você tem sorte Jungkookie... Espero que o meu dono seja tão bom de cama como Jimin é com você. 

— Aish... Sexo não é tudo.

— Mas é essencial. Imagina se o meu dono é como o Jackson, mas na hora H não vai saber me impressionar. — Bambam falou e Jungkook deu de ombros.

— Eu não sei Bambam... Ainda estou aceitando o fato de tudo isso estar acontecendo. Principalmente Jimin... Me aproximei dele tão rapidamente e já estamos tão próximos...

— Isso é porque vocês já estavam envolvidos lá fora. — Bambam falou tirando um enfeite da caixa e colocando ao redor do seu pescoço. — Sabe... Jimin odeia esse lance de confiança e aproximidade com outras pessoas que não seja a sua família.

— O que eu tenho a ver com isso? — Jungkook perguntou e Bambam soltou uma risada.

— Estou dizendo que Jimin confia em você cegamente. Ele está te dando um punhal e apontando no peito dele, em cima do seu coração. E ele está fazendo isso porque sabe que você nunca terá a coragem de apunhalar ele. — Bambam falou e Jungkook passou a encarar o chão. Aquilo era a mais pura verdade, Jungkook conhecia Jimin por quase uma semana e sabia perfeitamente que Jimin confiava em si como se ele fosse a sua mãe. Jungkook não gostava daquilo.

— Pii! — Bambam imitou o som de uma buzina e pegou a caixa. — Patrão chegando, tchau Jungkook e boa sorte. — Bambam falou passando por Jimin e dando um sorriso doce e inocente.

Jimin vinha caminhando elegantemente em sua direção. O cabelo recém pintado de loiro o deixava sexy, assim como o terno vinho de linho que vestia, Jimin parecia saber que a sua beleza afetava Jungkook pois toda vez que se aproximava do mesmo, fazia questão de ficar cada vez mais bonito.

— Jungkook precisamos conversar. Me acompanhe por favor. — Jimin falou suavemente, estendendo a sua mão esperando Jungkook aceitá-la.

E ele aceitou. Segurou a mão de Jimin e se levantou sentindo o mais velho entrelaçar os seus dedos e caminhar em direção a uma porta. Ele conhecia aquela porta, era a mesma porta que levava ao corredor do escritório de Hoseok. Aquele lugar era tão grande e Jungkook sabia que não tinha conhecido uma grande parte dela. Como já previa, Jimin abriu a porta e seguiu pelo o corredor, parou em frente a uma porta idêntica a de Hoseok e abriu. O escritório dele era mais harmonioso, adorável e reconfortante. O tom era azul, uma cor que deixava Jungkook paralisado e que fazia ele querer passar horas adorando aquela cor. Livros se encontravam em prateleiras coladas nas paredes e o teto se encontrava em um tom de azul bem escuro com pequenos pontos brancos pintados.

— Estrelas? — Jungkook perguntou se virando para Jimin que sorriu e assentiu. — Gosta de estrelas?

— Não tão quanto você. — Jimin falou se aproximando e abraçando Jungkook pela a cintura. — Quero que saiba uma coisa... Na verdade duas...

— O que?

— Essa sala não é minha... Ela é sua Jungkook. — Jimin sussurrou e Jungkook engoliu em seco. — Ela foi feita aos seus gostos, com o tempo você vai explorar ela e se sentir mais a vontade, se sentir nostálgico talvez...

— Acho que não precisava de tudo isso — Jungkook sussurrou se virando para o mais velho, que negou e sorriu.

— Você merece mais Jungkook... Sei que se sente desconfortável em relação ao local onde os meninos ficam... Então pedi para Namjoon me ajudar a construir isso e coloquei tudo que você gosta.

— Como você sabe que eu gosto disso tudo? Como pode ter tanta certeza? — Jungkook perguntou arqueando uma sobrancelha em busca de uma resposta.

— Porque eu sou a terceira pessoa que mais te conhece nesse mundo. — Jimin sorriu beijando delicadamente os lábios rosados de Jungkook.

— Quem são os outros dois?

— Em breve você vai saber. — Jimin sorriu e tento beijar Jungkook novamente, mas o mesmo se afastou. — O que foi?

— Que história é essa de transar com os outros meninos? — Jungkook perguntou diretamente e Jimin arregalou os olhos.

Se ele se arrependia de perguntar aquilo? Nem um pouco, talvez a loucura fizesse parte do sangue de Jungkook.

— Quem te contou isso?

— Não interessa quem me contou ou não Jimin, só queria saber se você anda se encontrando com mais alguém além de mim?

— Jungkook. — Jimin falou o seu nome de uma maneira arrastada. — Seu ciúmes é encantador.

— Não estou com ciúmes! — Ralhou fazendo o mais velho rir e assentir.

— Como queira... Eu não ando me encontrando com ninguém. Faz muito tempo que não me deito com alguém Jungkook. — Jimin falou de uma maneira tão sincera que deixou Jungkook envergonhado. — Eu tenho você e não preciso de mais ninguém.

— Aish! Você é um idiota Park Jimin! — Jungkook falou envergonhado e o mais velho riu. — Fala logo o que queria falar.

O mais velho parou de rir e se aproximou do mais novo, beijou ele novamente mais de uma forma mais leve, como se os lábios de Jungkook fosse de vidro e a qualquer momento eles fossem quebrar.

— Eu estou indo embora Jungkook. 


Notas Finais


UOU! O que acharam desse final de capítulo? Tenso... Enfim, até a próxima att... Mas eu sinto falta das teorias de vcs :(

Comentem as vossas teorias, amo ler e leio todas. Até releio.

Deem uma olhada nas minhas outras obras. Agora vcs podem me seguir e nunca mais perder uma atualização minha :)

Namjin (mpreg) : https://spiritfanfics.com/historia/more-than-babes-namjin-mpreg-6563400

Taekook: https://spiritfanfics.com/historia/imortal-taekook-7079976


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...