História Soumis ↭ Jikook - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jikook, Lemon, Markson, Namjin, Sadomasoquismo, Sexo, Submisso, Suga-tae, Taeyoonseok, V-hope, Yoonseok
Exibições 582
Palavras 2.307
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Yaa! Cheguei anjos! Bom hoje é dia das crianças e como uma boa omma decidi presentear meus bebês com um capítulo.

Estou em semana de prova e eu devia estar estudando, mas não estou aqui fazendo att e lendo fanfic.

Boa leitura e me desculpe os erros ♥

PS; estavam me comparando a big hit kkkkk gente eu sou uma boa pessoa essa teoria nem está tão difícil assim *moon face*

Capítulo 9 - Neuf


Fanfic / Fanfiction Soumis ↭ Jikook - Capítulo 9 - Neuf

  O silêncio se instalou pela a sala de jantar, Jungkook encarava tudo aquilo sem entender. Jin olhava para Namjoon e em um pedido de silêncio ele pedia para acabar com aquilo. Mas Hoseok foi mais rápido quando largou os talheres na mesa e se virou para Taehyung pegando o queixo dele e apertando.

  - Acho que você se esqueceu da nossa conversa Taehyung. - Hoseok falou sério e Taehyung  se limitou em apenas sorrir, negando com a cabeça e fazendo um bico em seguida.

- Eu nunca esqueço nenhuma de nossas conversas. Você sabe que eu não sou o único errado aqui.

- Se comporte, não se deixe levar pelas provocações de Jimin. - Hoseok falou soltando o queixo de Taehyung e deixando um beijo nele em seguida. - Isso serve para você também Jimin, você sabe que no final Taehyung sempre quer provocar você.

- Tae é apenas carente de atenção. - Jin falou sorrindo e Jimin negou.

- Isso não é carência, Taehyung é um demônio em pessoa. - O ruivo falou e Hoseok mexeu o seu maxilar visivelmente travado.

- Não admito que fale mal de Taehyung na minha presença. - Hoseok esbraveja e Jimin bufa.

- Não se preocupe Hoseok, já me chamaram de coisas piores. - Taehyung fala baixo.

- Chega! - Jin gritou e todos se calaram. O mesmo tinha a respiração alterada, suas mãos tremiam e olhava para todos com raiva. - Calem todos a boca e pela a primeira vez na vida, vamos tentar ser a merda de uma família normal!

- Jin amor, calma. Vem comigo. - Namjoon se levantou e pegou Jin pelo o seu braço levantando ele e o tirando da mesa. - Espero que estejam satisfeito por isso, irei acalmar ele e quando voltarmos quero todos calados e que falem somente quando for necessário. - Namjoon ditou a sua ordem e saiu da sala de jantar levanto consigo um trêmulo Seokjin.

O silêncio estava instalado ali, Yoongi mordia os lábios enquanto brincava com a sua faca, Taehyung olhava para Hoseok e o mesmo olhava para o teto pensativo. Jeon nem precisava virar o rosto para saber que Jimin o olhava, ele sentia o olhar dele pesar sobre si. E sendo assim, ele ignorou a presença do mais velho ao seu lado e passou a encarar Taehyung e Hoseok. Ele também viu quando Taehyung descaradamente levou a sua mão até o meio das pernas de Hoseok e apertou, vendo o mais velho ofegar e sorrir malicioso em seguida.

- Vocês deviam ter respeito a mesa. Isso não é hora para fazer algo sexual. - Jimin falou fazendo Jeon se virar para encarar o mais velho que observava Taehyung.

- Ora por favor, todos nós sabemos que Namjoon hyung nesse momento está fazendo um belo oral no Jin para acalmar ele. - Taehyung falou e sorriu passando a encarar Jimin e Jungkook simultaneamente. - Se ele pode, também tenho o total direito de abrir a calça do meu dono e o masturbar.

- Mas estamos a mesa, deixe para fazer suas intimidades no seu quarto. - Jimin relutou e Taehyung o ignorou, revirando os olhos e continuando com a sua mão no meio das pernas de Hoseok.

- O que... O que Jin hyung tem? - Jungkook perguntou sentindo o olhar de todos caírem em si. Mas naquele momento ele apenas encarava Jimin, que sorriu com a pergunta e brincava com os aneis em seus dedos.

- Bom...

- Jin tem problemas com raiva. - Taehyung o interrompeu e Jungkook olhou para o de cabelos roxos. - Ele aprendeu a se controlar, mas sempre que ele perde o controle ou vê que está perdendo o controle ele começa a tremer e a respirar bem rápido. Então Namjoon sempre o acalma.

- Como ele faz isso? - Jeon pergunta e Taehyung solta uma risada, levando a mão até a frente de sua boca e fechou o punho. Ele forçou a sua língua na parede de sua bochecha e começou a movimentar a movimentar o punho a frente de sua boca. Jeon demorou para entender o que Taehyung fazia, e corou fortemente ao ver que ele fazia uma simulação de um boquete.

- Chega Taehyung. - Yoongi reclamou e o de cabelos roxo parou o que fazia e encarou o de cabelos verde.

- Chega com o que? Você não reclama quando faço em você... Aliás você até fica animadinho, fica de quatro com a sua bunda empinada me pedindo para te chupar em outro lugar. - Yoongi cora e abraça Hoseok escondendo o seu rosto no peitoral do mais velho, que começa a rir e desce a sua mão até a bunda de Yoongi e dando um tapa forte.

- Argh! Vocês são tão... Impossíveis. - Jimin falou.

- Isso é falta de sexo. - Taehyung falou revirando os olhos. Jin entrou na sala novamente, Namjoon vinha atrás passando os seus dedos pelos os lábios inchados e arrumando os seus cabelos em seguida.

- Voltamos, espero que estejam mais calmo. Eu e Jungkook passamos quase a tarde inteira preparando esse jantar. - Jin falou se sentando novamente, ele tinha os cabelos bagunçados, os lábios inchados e a blusa amarrotada.

- Aposto que está uma delicia. - Jimin falou olhando para Jeon, que corou e abaixou a cabeça.

- Aposto que não, vai que ele colocou veneno.

- Taehyung...

- Estava brincando aish! - O garoto resmungou e Jin negou se inclinando e tirando as tampas das panelas.

- Vamos comer! - O mais velho falou e em seguida todos começaram a atacar as panelas.

Jeon apenas ficou quieto, mas em seguida viu Jimin encher o seu prato com arroz e colocar em seguida um pedaço de carne. O ruivo lhe estendeu um par de hashi e Jeon pegou timidamente.
- Coma, não fique tímido. - Jimin falou e Jungkook assentiu sorrindo.

- Obrigado. - Agradeceu e começou a comer. Estava bom, muito bom.

Todos estavam calados e o único som que estava soando pela a sala era dos hashis se batendo contra o prato. Enquanto todos comiam Jimin pigarreou chamando a atenção de todos.

- Realmente está uma delícia. - Jimin fala e Jeon cora levando um pouco do arroz até a sua boca. - Parabéns omma, parabéns Jungkook.

- Obrigado. - Agradeceu e todos voltaram a sua refeição.

- Eu estava pensando aqui, eu não acho bom o ambiente da boate para Jungkook. Então mudarei o seu cargo para ficar auxiliando Jin na cozinha, irei arrumar outro caixa para Mark. - Jimin falou e em segundos o som de algo se quebrando soou pela a sala.

- Você não vai fazer isso. Deixe ele com Mark! - Taehyung falou alto se levantando da mesa, o seu prato estava jogado no chão, Jin estava em alerta assim como Namjoon e Yoongi. O único calmo com toda a situação era Hoseok que pegou o sua taça abriu a garrafa de vinho que estava sobre a mesa e se serviu.

- Jungkook é o meu submisso Taehyung, posso fazer o que eu quiser com ele. E eu quero que ele se afaste de Mark. - Jimin ditou sério e Jungkook se engasgou com o arroz, pegando a taça com água tomou um pouco e encarou Jimin com a testa franzida.

- Mas eu não quero. Eu quero eles juntos! - Taehyung gritou subindo na mesa e derrubando os pratos e taças.

- Jimin pare! - Jin gritou mais não adiantou, Jimin apenas pegou a sua taça e se levantou se aproximando de Taehyung.

- Você pode querer, mas não vai ter, sabe porquê? Porque eu possuo ele desta vez. - Jimin sussurrou e Taehyung soltou um grito rouco pegando a faca do prato de Jimin e pulando em cima dele.

Os dois caíram no chão, Taehyung estava por cima de Jimin mas em segundos o seu corpo foi virado e Jimin estava por cima. A faca que Taehyung segurava foi jogada para longe de Taehyung, e foi parar no pé de Jungkook, manchada de sangue. Jimin segurava e apertava o pescoço de Taehyung com as suas mãos, o rosto do mais novo estava avermelhada, ele se debatia e não parava de gritar. As mãos do mais novo percorria todo corpo e rosto do mais velho. A cena era assustadora, Namjoon tentava a qualquer custo tirar Jimin de cima de Taehyung, Yoongi correu assustado em direção a Jin que o abraçou. Hoseok continuava sentado, observando tudo enquanto bebia o seu vinho.

- Para! Jimin pare com isso você vai machucar ele! - Jin gritou mais não adiantava. O rosto de Taehyung estava ficando roxo e ele parava aos poucos de se debater.

- Você vai matar ele! - Yoongi gritou e aquela frase foi como um tiro para a mente de Hoseok, o mais velho se levantou e correu em direção de Jimin.

Em um só empurrão, puxou Jimin para trás fazendo ele soltar Taehyung e cair. Hoseok deu uma risada, uma risada alta que ecoou por todo o compartimento. Ele se abaixou na altura de Taehyung e viu o mais novo encolhido enquanto tossia em busca de ar.

- Tae! - Yoongi gritou ao ver que o mais novo respirava bem, ele se solto de Jin e correu em direção do corpo. Se abaixou e soluçando abraçou Taehyung. - Taehyung...

- Você adora esses teatros... desde do dia em que te apresentei a ele Jimin. Você sempre implicou com ele! E sabe por quê? Você sente inveja dele... inveja dele porque nunca teve a aproximidade que ele tem com uma pessoa. - Hoseok gritou e Jimin sorriu se levantando e arrumando o seu terno. - Se você encostar mais um dedo nele, sabe que já não respondo por mim. - Hoseok jogou a sua taça contra a parede da sala e se abaixou, pegando o corpo mole de Taehyung e saindo da sala acompanhado de um trêmulo e choroso Yoongi.

Jimin bufou e caminhou em direção a Jungkook, pegando o garoto pelo o seu pulso e o arrastando para fora.

- Desculpe... - Sussurrou em direção a Seokjin e viu Jimin o arrastar.

..

Jimin continuava a arrastar Jeon pelo o pulso. O garoto o seguia, com medo de toda aquela cena que tinha presenciado na sala de jantar. O rosto do Park estava arranhado, assim como o pescoço estava. Ele tinha um corte perto do maxilar feito pela a faca de Taehyung.

- Para onde estamos indo? - Jeon perguntou tomando um gole de coragem para enfrentar o mais velho. Mas Jimin apenas parou e suspirou negando.

- Você já vai saber. - Falou em sua pose rígida e cotinuou andando.

Eram poucas portas pela a qual eles passavam, o corredor era parecido com os dormitórios tirando o fato de que as paredes eram tão brancas a ponto de dar dor de cabeça. Eles continuaram andando e pararam em frente a uma porta preta, Jimin soltou o seu pulso e Jungkook viu as marcas avermelhadas ali.

Realmente, Jimin era bem possessivo.

- Espero que goste de azul. - Jimin falou e abriu a porta, ele entrou e fez um sinal para Jeon seguir ele.

O quarto estava totalmente escuro, ele não conseguia ver o que realmente estava acontecendo. Mas mesmo assim entrou no escuro, sentiu Jimin o puxar para si e fechar a porta. O escuro logo se foi quando luzes foram acesas, um enorme quarto ficou avista. As paredes eram azuladas e outras pintadas de branco, o enorme quarto tinha um pequeno lance de escada que levava até um quase segundo andar, no primeiro piso tinha um sofá preto em formato de meia lua, uma lareira apagada e várias , e várias estantes com livros. Em uma parede, tinha uma enorme janela que era possível ver uma pequena cascata cair ali.

- Gostou? - Jimin perguntou e Jungkook assentiu ainda olhanfo para o local. - Espero que sim, esse vai ser o seu quarto enquanto eu estiver aqui. - Jimin falou se afastando do mais novo e tirando o seu paletó jogando ele em seguida no sofá.

- E onde você vai ficar? - Jungkook perguntou ainda parado em seu lugar. Jimin sorriu levantando as suas mangas e tirando uma pulseira de ouro enorme com uma circunferência no meio.

- Aqui com você. Isso é bem normal em casos de dono e submisso. - Jimin falou e Jeon assentiu dando um passo a frente.

- O que... o que é isso? - Perguntou apontando para a pulseira de ouro.

- Isso? - Jimin sorriu estendendo a pulseira, Jeon assentiu se aproximando mais um pouco. - Isso aqui Jungkook, se chama relógio.

- Relógio?

- Sim, você quer pegar? - Jimin perguntou e Jungkook assentiu, caminhando para mais perto do mais velho. Jimin aproveitou a oportunidade e puxou o garoto pela a cintura, o assustando. - Me desculpe.

- Tudo bem... - Jungkook murmurou tímido por estar tão perto do mais velho. Ele pegou o relógio e sorriu vendo ele brilhar. - Para que ele serve?

- Antigamente as pessoas usavam muito ele, mas ele foi perdendo a sua função... Com o mundo de hoje, usar ele virou um símbolo.

- Por que?

- Como eu disse, os nossosa ancestrais não sabia como usá-lo. Eles se tornaram raros... So os mais poderosos usam ele. - Jimin deu uma risada com a feição de confusão na testa do mais novo. - Podemos ver o tempo nele Jungkook.

- Como?! - Jungkook gritou espantado com aquilo. Jimin soltou uma risada alta e pegou o relógio.

- Assim. - Ele sussurrou no ouvido do mais novo que virou o rosto encarando a face bela e machucada de Jungkook.

- Por que estamos nos dando tão bem?

- Talvez seja porque você precise de mim.

E um sonoro click soou pelo o quarto.


Notas Finais


Ui! #HappyJiminDay

So sinto orgulho depois desse MV e desse álbum. Aish... foi uma inspiração e tanta.

"Como assim omma Anne?"

Estou querendo dizer amores qur tenho mais uma fanfic a caminho. Se vocês acham a teoria de Soumis difícil, vocês vão querer ne assassinar com a teoria dessa nova fanfic.

Ya! Não sejam tímidos meus bebês! Comentem!!

Comentários e favoritos fazem essa autora feliz :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...