História Sozinha... Ou não - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Letícia, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Thomas, Viktor Chavalier, Violette
Tags Amor, Amor Doce, Amor Rebelde, Bullyng, Cassy, Castiel, Castiel Amor Doce, Docete, Fanfic Rebelde, Rebeldia, Romance, Ruivo, Sozinha Ou Não
Exibições 133
Palavras 904
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 16 - Infancia


Fanfic / Fanfiction Sozinha... Ou não - Capítulo 16 - Infancia

Pov’s Nathaniel (8 anos):
Eu estava caminhando com minha melhor amiga pelo jardim, enquanto um grande evento estava armado no salão de festas, que seria o aniversário da minha irmã mais nova, que estava sorridente dês de que acordou esta manhã
Eu usava uma um pequeno terno azul claro com uma gravata branca e um sapato social marrom. A pequena menina ao meu lado vestia um longo vestidinho rosa bebê com algumas pequenas rosas bordadas em um tom escarlate e uma sapatilha vermelha acompanhada de uma meia calça branca.


Estávamos rumo a casa na arvore, que não era muito longe do local que no momento estava agitado, nós subimos a escada de madeira e ligamos as luzes.


Nathaniel- Amber nunca esteve tão feliz.


M... - Ela é a garota mais vivaz e gentil que eu conheci, fico muito feliz de nossos pais serem amigos, é muito chato ficar sozinha la em casa.


Nathaniel- Bem que você podia morar aqui, iriamos fazer cokies com a mamãe todo dia, e brincar na casa da arvore, e cuidar do Ding ou ir na piscina e...


M... – Seria ótimo Nath, mas... eu não sei quanto tempo eu vou ficar aqui.


Nathaniel- Como assim?


M...- Natha...


Amber- Nathaniel!!! O papai e a mamãe estão chamando, esta na hora da foto!!!


Nathaniel- Já vou Amber!!!... Vamos?


M...- Sim.


Ela se levantou, mas foi puxada por um pequeno prego enroscado em seu vestido.


Nathaniel- Deixe eu te ajudar.


M...- Não, pode ir, vai se atrasar, é importante para Amber, eu me viro.


Nathaniel- Tudo bem, te vejo daqui a pouco Madu.


Ela sorriu, eu desci e fui em direção ao salão, chegando lá a Amber saiu me puxando até os meus pais, então uma câmera foi mirada em direção a mim, a minha irmã, minha mãe e o meu pai, a família perfeita, até aquele momento, ouvimos um estrondo forte vindo do lado de fora, corremos para ver o que tinha acontecido, a casa da arvore.


‘’ te vejo daqui a pouco’’


Pov´s Castiel (6 anos):


Eu estava me arrumando em frente ao espelho, eu precisava estar lindo para quando mamãe chega-se, ela nunca vinha em casa, e ela tinha tido muito trabalho com a festa do meu aniversário.


Lorely- Castiel, espere seus amiguinhos chegarem, do jeito que está você vai acabar com os docinhos.


Castiel- Mas Loly, eu estou com fome!!


Lorely- Okay, essa carinha fofa convence qualquer um... Deve estar muito feliz, irá fazer a festa com seus amiguinhos, ganhar vários presentes e ficara com seus pais, principalmente sua mãe.


Castiel- Sim.


De repente eu ouvi o barulho do motor do carro que estava estacionando.


Castiel- O papai e a mamãe chegaram de vagem !!!... Loly, você pode não contar que estou escondido, vou surpreender minha mãe.


Lorely- Está bem, é um segredo.


Me escondi atrás da mesa, ouvindo passos se aproximarem.


Jean- Como foi a viagem?


Minha mãe olhou com uma cara aborrecida.


Valérie- Por que não me diz você, acha que eu não descobriria do homem que contratou para me seguir?


Ela tomou um gole de vinho que restava em sua taça e retirou um papel de sua bolsa, depositando sobre a mesa


Valérie- Papéis do divórcio, envie para mim quando terminar.


Me pai pegou os papeis e rasgou brutalmente, deixando os restos se espalharem pelo chão, mas então ela pegou a taça e jogou na parede, o barulho me assustou, mas me mantive quieto pelo choque.


Jean- Ficou louca?!


Valérie- Nós dois sabemos que você nunca correspondeu o amor de mim e de Castiel, como se tivesse vergonha, o fato de ter me conhecido, se casado comigo e tido o Castiel foi um erro? SOMOS ALGUM TIPO DE PUNIÇÃO PARA VOCÊ?!


Castiel- AAAAAHHHHH!!!


Eu me levantei, com raiva, eles se surpreenderam


Valérie- Castiel.


Castiel- Era o meu aniversário, e vocês estragaram tudo, sabe o quanto eu esperei?! Vocês nunca vêm em nenhum aniversario, só mandam presentes, EU ODIEO FICAR SOZINHO, EU ODEIO PESSOAS FALSAS, EU ODEIO VOCÊS!!


Eu peguei a toalha de mesa e puxei, levando tudo junto.


Jean/Valérie- Castiel!!


Corri para o meu quarto e tranquei a porta.


“EU ODEIO VOCÊS!!’’


Pov’s Melissa (4 anos):


Eu e minha irmã estávamos caminhando com a titia no parque, eu e ela estávamos de mão dada.


Melissa- Vamos no carrossel!!


Meghan- Vamos juntas!!


Melissa- sim, por favor tia Agatha.


Agatha- Okay meninas, podem ir, eu vou comprar algodão doce


Meghan/Melissa- Eba!!


Nós corremos para o brinquedo e subimos com um ao lado da outra, depois de brincar bastante nós fomos para fora do brinquedo, mas a tia Agatha não estava la.


Meghan- cadê a tia Agatha?!


Meghan começou a chorar.


Melissa- calma, vamos achar ela, vamos.


Procuramos o dia inteiro, mas nada, e quando estávamos perto da saída do parque, Meghan saiu correndo chorando, e eu segui, derrepente começou a chover.


Melissa- Meghan, vem, vamos voltar.


Meghan- Vou voltar para casa, a titia deve estar la.


Melissa- Mas...


Antes que eu pudesse ver um claro apareceu, um carro, e eu fui atingida, de repente tudo ficou preto.


Melissa- Ai, minha cabeça.


Desmaiei


(...)
Eu estava acordando, meu corpo inteiro dormia, principalmente a cabeça, quando virei o meu rosto, tinha um homem com o jaleco branco


Melissa- Quem é você?


Felipe- eu sou o médico, Você está no hospital mocinha, você se machucou bastante, você lembra o seu nome?


Melissa- Eu... Eu não me lembro.


‘’ Quem é você?’’


Notas Finais


Processo de criar do capitulo
1° eu começo escrevendo algumas ideias: http://1.bp.blogspot.com/-l000lwd-Myw/U0AGALICbmI/AAAAAAAADTQ/tXzjwQchI8U/s1600/3-11.gif
2° Derrepente minha criatividade começa a sumir: http://atrevida.uol.com.br/upload/imagens_upload/gif_stalker.gif
3°Eu procuro, procuro, procuro mas nada me da ideia, ai eu ja começo a ficar nervosa: https://i.makeagif.com/media/10-26-2014/WOQBY9.gif
Até que eu ja estou cheia, suando, com fome, entediada e isso só me deixa nervosa: http://1.bp.blogspot.com/-WGctvGyZVhU/TxfvpcfXqtI/AAAAAAAAAd0/c0jrZxk3d60/s1600/quebrando+o+computador.jpg
Até que eu to de bobeira, então eu tenho uma ideia: https://media.tenor.co/images/5e41e0322a09904d3238ddc4cc2e1c42/raw
E mesmo depois de achar que não ia dar certo, quando da eu fico: https://aindaquetardia.files.wordpress.com/2014/11/dancinha_da_vitoria.gif
E depois de eu postar eu vou no habbi's e volto para casa tranquila e feliz: http://media.tumblr.com/21e8f8b0d76d5369d3145a86d0f26582/tumblr_inline_mwn101XuUK1rbonl5.gif
Mas ai eu deito e lembro, puta merda, preciso adianta capitulo para daqui a 2 dias: http://lh4.ggpht.com/-Fyz0KEevCOA/UivGKeMHTxI/AAAAAAAACfc/1KhXGJ5dy-w/s740/facepalmzzzp11.gif


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...