História Space Lovers - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Voltron: O Defensor Lendário
Personagens Keith, Lance
Tags Klance, Voltron, Yaoi
Visualizações 275
Palavras 3.229
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shounen, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente,só uma one shot bobinha.Faz tempo que nao escrevo lemon e meu amorzinho que costuma revisão meus textos ta sem tempo então espero que esteja tudo certo.

Capítulo 1 - Tudo vai ficar bem- Capitulo Unico


               Hoje tinha sido um longo dia.Pela primeira Keith tomou seu lugar no leão negro.O mesmo lugar antes ocupado por quem ele tinha tanta estima. Shiro...E como se a dor de ter que tomar o lugar de alguém tão querido não fosse o suficiente,falhou.Falhou como líder mesmo depois de todo apoio e respeito que recebeu dos amigos.Falhou mesmo depois  de prometer que faria isso por Shiro.

               Ele era um cara de sorte,afinal.Seus amigos não brigaram,nem ficaram com raiva.Eles não jogaram toda culpa do que deu errado em cima de Keith,mesmo que tenha sido.Todos já tinham visto que era uma grande cilada,mas não ele.Ele,que como líder era quem devia enxergar  alem ou ao menos,ter o bom senso de saber ouvir a equipe.Era sua culpa,e de mais ninguém.Somente Lance,quando abordado, concordou que Keith era o culpado mas não se revoltou contra ele.Ao contrario,lhe ajudou a encontrar uma solução.

               Lance...que agora pilotava o leão que uma vez foi seu e que ele relutou tanto em abandonar. Lance...o palhaço da turma, como disse Pidge, mas que estava sempre lá para apoiar apesar de toda divergência...

               Keith sentou na cama e soltou um longo suspiro colocando as mãos no rosto.O fato de não estarem bravo com ele não tornava nada menos doloroso.Era doloroso ter que assumir o lugar de alguém insubstituível.Era doloroso ter tanta responsabilidade,por ser líder,e por ser um substituto digno de Shiro.Era doloroso ter colocado as pessoas que importavam tanto em risco.

               Ele não era do tipo que deixaria lagrimas rolarem.Não.Keith rangeu os dentes e então se jogou  na cama.Teria algum jeito de parar todo esse sofrimento?Esse insuportável sofrimento que lhe levou a escolhas estúpidas como a de seguir Lotor em ambiente hostil,ou prejudicar uma reunião diplomática com aqueles dispostos a ajudar mas que principalmente precisavam de ajuda...Esse sofrimento que se estampava em seu rosto,preocupando seus amigos.Eles queriam ajudar mas Keith se fechava mais cada vez que algo novo o abalava...E se deu conta,pela primeira vez,que era quase sempre Lance a pessoa capaz de quebrar essa barreira que ele construía.

               Keith pensou em como suas brigas e provocações  diárias com e sobre Lance lhe distraiam e lhe arrancava sorrisos.Keith pensou em como Lance também tinha tomado a iniciativa e foi até ele lhe ajudado a seguir em frente quanto a achar um novo piloto para o leão negro. E depois,quando Keith foi selecionado Lance foi o único capaz de encoraja-lo o suficiente.Lance,que queria tanto o lugar no leão negro,e que resmungou tanto quanto a Keith ser líder...justamente ele,o idiota,foi o único capaz de falar as palavras certas de apoio ,e que lhe guiou para escolha certa de pilotar o leão negro...Ele pensou mais e mais sobre Lance,percebendo um sentimento novo ,de carinho e amor pelo amigo que nunca tinha reparado.E então,deixou que esse nome,que percebia ser tão importante em sua vida ,escapar de seus lábios,num suspiro quase apaixonado,porem ainda triste.

               -Lance...-Keith se sentiu aliviado.Como se somente a imagem mental do outro já fosse suficiente para acalma-lo.Mas o alivio durou pouco porque logo a voz tão conhecida por ele ecoou pelo quarto,o assustando.

               -Então,você fica chamando o meu nome toda vez que você ta sozinho?-Lance perguntou com o típico sorriso de zombação.

               Keith arregalou os olhos que estavam fechados e se sentou na cama.LANCE?!Como ele tinha entrado ali?!

               -O que ...o que você ta fazendo no meu quarto?-ele perguntou ,um tanto assustado e surpreso,um tanto constrangido pelo que havia acabado de acontecer.

               -Bom...Eu vim te chamar pro jantar,ai eu chamei e chamei e você não respondeu, já que, estava tão distraído pensando em mim...-Lance falou essa parte em voz baixa,mais como uma nota mental-então eu decidi entrar e me deparei com você chamando meu nome.

               Keith rangeu os dentes novamente e se levantou.Ele pensou na melhor resposta que podia dar de forma rápida.

               -Eu só estava pensando em quem era a pessoa mais idiota que eu conhecia...claro que você foi o primeiro na minha mente.-Mas essa desculpa pareceu ridícula demais até para Lance acreditar.

               -Ta tudo bem Keith,eu sei que sou irresistível -o moreno respondeu  fazendo sua melhor cara sedutora (ou que ele acreditava ser sedutora).Mas então o sorriso sumiu.Ele sabia o que tinha visto,e quando viu Keith ao entrar no quarto,com certeza não era um Keith feliz.Lance diria que estava mais para um Keith melancólico,se ele soubesse o que melancolia significa. -Mas...ei cara,você não parecia muito bem.-Keith desviou o olhar.Lance se aproximou e colocou a mão no ombro do outro-Foi um longo dia,foi sua primeira vez também.Se é isso que ta te incomodando,relaxa cara.

 

               E ao ouvir as palavras gentis do amigo, Keith teve uma reação explosiva,como era de costumo devido a sua personalidade.

               -Você acha que é simples assim?Me acalmar?Eu...eu...-sua raiva misturada com a dor espumavam de sua boca agora.-Mas é claro que acha...Você nem faz ideia do que é pensar tanto.Você nunca pensa sobre nada,você não tem nada no seu cérebro.-Ele soou mais agressivo do que o normal.Era normal ele e Lance discutirem e insultarem um ao outro mas não num tom tão furioso e profundo.

               Em qualquer outro momento Lance teria se revoltado com o insulto,mas não agora.Ele não era tão estúpido como todos achavam.Ele sabia que Keith não estava em seu melhor momento.Então ele puxou o amigo para perto e encostou sua testa na dele.

               -Keith...eu sei que está difícil mas vai melhorar...Nós estamos todos aqui para te apoiar.-E o sorriso voltou ao seu rosto- Um dia no passado Shiro foi o único que não desistiu de você,mas agora,ele não é mais.Nenhum de nós desistira de você,assim como não desistimos dele. Sabe...Por incrível que pareça eu vivo levando fora das mulheres-ele suspirou como se isso realmente fosse inacreditável para alguém mais alem dele.-Mas isso não significa que eu vou desistir de flertar...principalmente se for alguém que realmente me interessa.-Lance faz questão de olhar Keith diretamente nos olhos,quase como um aviso.-O que eu quero dizer é que as vezes a gente perde a batalha,mas tem que continuar tentando até vencer.- Keith se rende.Ele não consegue evitar um sorriso.

               -Lance.

               -Keith.

               Eles continuaram a se olhar nos olhos.O sentimento era mutuo.Um sentimento sutil que brotou de longa data,e cresceu despercebido mas demorou a desabrochar e sendo necessário esse pequeno momento de fraqueza e tristeza como incentivo.Eles sabiam o que aconteceria,mas não podiam impedir. Era como se só houvesse uma única atitude a se tomar no momento. Eles estavam em um tipo de transe consciente.Os rostos se aproximaram,prenderam a respiração e então deram inicio a um beijo.Curto e delicado...Então o transe se rompeu.

               -Merda...Keith..eu, caralho, não devia ter feito isso e...-Lance foi o primeiro a se pronunciar.

               -Lance...-Keith tentou lhe interromper mas Lance ficou tão concentrado em falar sem parar que nem se quer ouviu.

               -Eu não acredito,me desculpa,me desculpa, me desculpa...

               -Lance...

               -De todas as merdas que eu já fiz,essa ta entre as maiores e ...

               -LANCE!-Keith finalmente tomou uma atitude quanto a Lance o ignorando e gritou alto e firme.Só assim o moreno finalmente parou de falar e olhou para ele.-Você sempre fala demais mas é péssimo em ouvir...-suspirou.-Está tudo bem.Eu gostei,foi um beijo recíproco...

               -Ah.Eu sei que foi recíproco mas ...

               -Esquece Lance,o que eu to falando é,eu gosto de você, okay?Eu...gosto de você.

               Inesperadamente Lance começou a rir.Rir sem parar.Keith primeiro ficou confuso,e depois irritado.É claro que aos seus olhos Lance estava rindo dele.Ele imaginou a possibilidade de não ser correspondido,e sabia que Lance era um tanto babaca,mas rir dele?Ele nunca esperou isso com certeza.

               -Porra Lance.É serio?

               Lance finalmente parou de rir e olhou para Keith.Demorou algum tempo a mais do que uma pessoa normal para que a ficha caísse,e ele entendesse porque Keith estava zangado.

               -Não é isso que você está pensando...eu não to rindo de você.É só que eu também gosto de você.-Agora Keith ficou ainda mais confuso.

               -Que?

               -É só que parecia um ideia muito ridícula,eu e você.Mas já que você também se sente assim,talvez não seja assim tanta loucura.-Keith sorriu coma explicação de Lance.Sentindo-se um tanto aliviado pelo outro não estar rindo dele e um tanto agradecido pelo sentimento ser recíproco.

               -Talvez seja loucura,mas vale a pena tentar.-Keith respondeu,agindo de forma calorosa.Algo que não era comum dele,e então puxando Lance novamente,dando inicio a um novo beijo.Agora longo e quente.

               A língua de Lance pediu permissão para entrar na boca de Keith,a qual logo foi concedida com prazer.E em meio ao beijo,as mãos de Lance,quase involuntariamente trataram de acariciar as costas de Keith.O primeiro toque foi tímido,mas assim como o beijo,foram se intensificando e quando a falta de ar chegou e tiveram que se separar as mãos do moreno já estavam bem a vontade,explorando a pele do branca por baixo da camisa.

               Eles se olharam,como procurando uma resposta do que aconteceria a seguir nos olhos um do outro.As coisas iriam se intensificar ou não?Ambos estavam em duvida.Parecia um tanto estranho,talvez até um tanto errado,ir em frente tão rápido.Mas eles queriam um ao outro a tanto tempo,sem nem se dar conta,que o desejo explodiu de uma vez.Eles souberam então a resposta.Eles não iriam parar.

               Se beijaram mais uma vez.Não foi mais necessário pedir permissão.As línguas agora travavam uma batalha entre elas,uma tentando explorar melhor a boca do que a outra.Enquanto isso,Lance empurrou cuidadosamente Keith para a cama,e se deitaram.Agora,os corpos roçavam diretamente um contra o outro,embora Lance tomasse cuidado para não soltar todo o peso em cima de Keith.O contato tão direto permitiu que um sentisse a ereção crescente do outro.Separaram-se do beijo e Lance olhou diretamente para o membro de Keith,que por sua vez desviou os olhos,um tanto ofegante.Ambos já estavam em alto nível de excitação,porem a ereção de Keith se mostrava mais evidente devido a calça mais justa.

               -Eu acho que vamos ter que resolver esse problema aqui...-Lance disse,enquanto colocou uma das mãos no membro do outro ,ainda preso dentro das calças, arrancando um gemido desse.

               -Cala boca Lance.-Keith respondeu irritado puxando o moreno para um novo beijo.Não simplesmente intenso mas agressivo.O moreno não reclamou ,entretanto,quando recebeu as mordidas suaves nos lábios.Na verdade,isso o excitou ainda mais e retribuiu,mordendo Keith de volta mas não nos lábios.Mordeu no pescoço deixando uma marca e beijou logo em seguida arrancando mais um gemido baixo dos lábios do outro.

               Constrangido com os próprios gemidos Keith muda sua atitude que até agora tem sido um tanto passiva e passa uma das mãos pelas costas de Lance até sua bunda,apertando-a forte enquanto com a outra massageia a ereção do moreno.Foi a vez de Lance gemer.E Keith ousou ainda mais,entrando com as mão por baixo da calça e cueca de Lance,tornando o contato ainda mais quente.Lance fechou os olhos e mordeu os lábios,gemendo ao sentir as mão frias de Keith tocar seu membro.

               -Keith...

               -Lance,se você estava pensando em ser o ativo por aqui...-ele sorriu pervetido-Acho que vai ter uma surpresa.

               Em um movimento rápido Keith tirou as mão de dentro da roupa de Lance,agarrou sua camisa e girou,invertendo as posições.E antes que Lance pudesse protestar voltou a lhe beijar,levantando sua camisa enquanto descia os beijos da boca para o pescoço.

               -Lance...suas roupas estão me atrapalhando.-Keith disse e o moreno logo compreendeu, levantando um pouco o corpo,afim de permitir que o outro arrancasse sua camisa.Agora ele estava exposto diante ,diferente do menor que não tinha perdido nenhuma peça de roupa ainda.Mas novamente não teve tempo de protestar.Keith não perdeu tempo e desceu os beijos do pescoço para as clavículas e então para os mamilos.Ele lambeu  e então mordiscou enquanto a mão desabotoava o jeans azul.Lance não podia mais segurar os gemidos,se sentiu entregue,totalmente entregue.

               -Keith...deixa eu ver...ah...mais de você.-Suplicou entre gemidos,um tanto ofegando,colocando as mãos por dentro da camisa de Keith e levantando-a,ao mesmo tempo que aproveitava para acariciar o abdômen do menor.Ouvindo a suplica Keith parou o que estava fazendo por um segundo arrancando a própria camisa e deixando que o outro o visse.Lance observou cada pedacinho daquele pele alva que lhe atraia tanto mordendo os lábios.

               -Lance...eu quero que me toque aqui.-Keith disse segurando a mão de Lance e a levando para a sua própria ereção que agora pulsava e doía ,presa pela calça.O moreno sorriu e agilmente abaixou as calças de Keith,junto de roupa de baixo,libertando finalmente o membro totalmente rígido e tomou a liberdade de fechar o punho em volta,com delicadeza, e começar os movimentos de vai e vem,típicos de uma masturbação.

               Keith fechou os olhos apreciando o prazer que Lance estava lhe dando.Ele soltou alguns gemidos mas fez questão de retribuir o "favor" e parou de enrolar.Abriu totalmente os jeans de Lance e libertou a ereção do outro da cueca.Acariciou a glande e então também deu inicio a uma masturbação.

               Voltaram a se beijar soltando gemidos,um na boca do outro.O suor começava a escorrer de seus corpos.Eles queriam mais,o desejo era quase insaciável.Keith queria provar mais de Lance.Como era seu gosto?Doce...salgado...bom com certeza.Ele deixou que seus lábios se afastassem dos do moreno somente para poder traçar agora uma trilha de beijos pelo corpo do outro enquanto terminava de lhe arrancar as roupas.É claro que enquanto descia os beijos seu corpo se afastava do alcance de Lance mas valia o sacrifício.

               Keith chegou finalmente na virilha de Lance...mas como provocação decidiu morder e as coxas do moreno antes de finalmente passar a língua de cima abaixo do membro do outro que soltou o gemido mais alto até agora junto de uma suplica.

               -Ahh Keith ah não seja mau comigo.

               Keith sorriu e então abocanhou o membro do outro.Começando a movimentar a cabeça,engolindo o máximo que conseguia.Sua boca era quente e úmida,parecia o abrigo perfeito para o membro do outro que aos poucos se derretia como manteiga as caricias do menor.Quando Lance sentiu o gozo próximo não conseguiu evitar agarrar os sedosos cabelos negros,quase como se tentando força-lo a ir mais fundo.

               -Kei...th-Lance gemeu quase sem voz,ofegante.-Eu vou ahh gozar.-e foi só terminar a frase para se desfazer na boca de Keith que engoliu.Se sentou na cama observando Lance e percebeu que dar prazer ao moreno o satisfazia mas agora era seu próprio membro que pedia novamente por atenção.

               Lance estava ofegante mas respirou fundo e se sentou na cama encarando Keith por um instante antes de se abaixar novamente e colocar a cara entre as pernas do menor.

               -Minha vez.-ele disse antes de engolir o membro do outro,retribuindo o oral.Keith caiu um pouco para trás e se apoiou com as mão na cama.Gemeu.E Lance pensou que aquilo na verdade era melhor do que imaginava.Depois de se interessar por tantas mulheres ele nunca imaginou que acabaria assim...aproveitando chupar o membro de outro cara.Mas o mundo da voltas.

               Keith foi mais rápido para atingir o ápice já que seu membro ficou mais tempo sem ser tocado e portanto mais sensível.Mas diferente dele, Lance não engoliu o gozo do outro.Quando Keith avisou que estava para gozar Lance tirou o membro da boca mas acabou sujando todo o rosto.Eles realmente iam precisar de um banho depois disso...mas isso não importava agora.

               Keith puxou Lance para um beijo caloroso,o puxando para seu colo,e logo ambos já estavam duros novamente.O moreno começou a sentir a ereção do outro roçar em seu traseiro,o cutucando,de certa forma incomoda e de certa forma excitante.De repente a curiosidade e o tesão tomaram conta e Lance desejou que aquele membro fosse colocado dentro de si.E como se lesse pensamentos Keith deitou Lance novamente e lambeu os próprios dedos antes de introduzir o primeiro digito dentro do moreno.

               -Ah...-um gemido alto.Foi prazeroso e menos doloroso do que pensou.Como reagiu bem,Keith não esperou para introduzir o segundo digito já que não aguentava mais.Ele já estava se controlando ao máximo para preparar Lance.Mais gemidos de prazer foram ouvidos,ainda que uma dor insignificante fosse sentida.

               Keith começou a movimentar os dedos dentro de moreno,abrindo e fechando,explorando o interior quente e apertado,procurando um ponto G. Lance começou a gemer mais manhosamente.E conforme se acostumou queria mais.Os dedos não eram mais suficientes para preenche-lo.

               -Keith...eu quero mais.-Keith concordou,ele estava tão desesperado quanto o moreno.Terminou de arrancar a calça, afastou as pernas de Lance e se posicionou.Ele olhou mais uma vez para o moreno,como se pedindo permissão mais uma vez,a qual foi concedida.Então entrou de uma vez,em uma única estocada lotada de luxuria e desejo.Ele sentiu o corpo quente de Lance se contrair em seu membro e arqueou as costas fechando os olhos.

               Lance gemeu alto soltando alguns palavrões em meio aos gemidos.Agora sim,ele sentiu dor suficiente para incomoda-lo.Ele mordeu os lábios e virou a cabeça.Keith não se moveu e abriu os olhos,olhando agora diretamente para o outro.Ele estava cheio de ânsia para ter mais,para poder se mover dentro daquele corpo tão confortável mas seu carinho e preocupação por Lance era ainda maior.

               -Keith...-Lance disse agora virando o rosto de frente para o outro novamente.-Eu estou bem...pode...pode se mover.-A dor não tinha passado por completo mas cada célula de seu corpo também implorava por mais.Ele nunca tinha sentido tanto tesão e calor em sua vida,e olha que era latino e estava acostumado com o calor.

               Keith atendeu o pedido,literalmente com prazer,mas ainda se segurando e da forma mais cuidadosa que conseguia.E aos poucos a dor do moreno diminuía,se tornando puro prazer quando o menor foi capaz de acertar seu ponto g.Os dois gemiam,sem se preocupar em se controlar.

               -Mais ahh mais fundo ahh-Lance pediu,quase implorando e então Keith foi se sentando lentamente na cama,puxando o moreno consigo.E na nova posição o membro de Keith foi capaz de entrar o mais fundo possível dentro de Lance ,que se derreteu em prazer,passando as mãos em volta do pescoço do outro para não cair.Começou a se mover,cavalgando o outro que colocou as mão em volta da cintura do moreno,lhe ajudando a se mover.E nesse movimento,cada mais intenso e rápido não tardou para que ambos gozassem,quase juntos mas primeiro Lance e depois Keith,que fez o favor de tirar o outro de seu colo nesse momento e não gozar dentro.

               Se jogaram na cama lado a lado.Olharam um  para o outro e sorriram.O cheiro de suor e sexo impregnado em seus corpos.Ofegantes.

               -Agora alem de paladino você também é um cowboy Lance.-Keith disse rindo do próprio trocadilho e se esquecendo que o outro tinha um raciocínio um tanto lento.O moreno fez um careta não compreendendo.

               -Que?Você não ta falando coisa com coisa Keith.Mas eu tudo bem,eu sei que tenho poder de te enlouquecer.

               -Realmente Lance,realmente...mas o que eu quis dizer é que você sabe cavalgar...apesar de não em um cavalo.-Lance finalmente entendeu a piada mas não riu.Piadas perdem toda a graça quando precisam ser explicadas.-Esquece,vamos tomar um banho e limpar o quarto porfavor.

               Lance concordou e foi o primeiro a se levantar.Fez uma careta e colocou a mão no quadril,o traseiro um tanto dolorido.Mas,bom,talvez Lance não fosse o grande sedutor que acreditava ser mas com certeza não lhe faltava libido e ele estava pronto para uma segunda rodada no chuveiro.Ele virou para Keith com um sorriso pervertido.

               -Você vai vir tomar banho comigo não vai?-Keith entendeu o recado e prontamente se levantou abraçando Lance por trás e se esticando para morder o lóbulo da orelha do moreno .

               -É claro.

               -Mas dessa vez eu vou ser o ativo.

               -HA isso é o que veremos Mcclain.

               -Vamos decidir isso no chuveiro.

               Lance andou até o banheiro do quarto,ainda nú da forma mais sexy que conseguiu.Keith não conseguiu evitar segui-lo.Desfrutaram de um longo e prazeroso banho.Mas quem assumiu o papel de ativo dessa vez é algo que vai continuar um mistério.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.Se tiverem dicas e criticas construtivas tambem são bem vindas (principalemente quanto a erros de ortografia,obg)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...