História Speed Limit - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Hailey Rhode Baldwin
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Hailey Baldwin, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila Cabello, Camren, Camren G!p, Lauren G!p, Lauren Jauregui
Exibições 1.158
Palavras 949
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Algumas pessoas durante o decorrer da fic me questionaram e acharam ruim o fato de masculinizar tanto a Lauren (ou a Camila pra quem lê L$D), eu quase nunca converso sobre isso, mas vamos lá.

Há cerca de 4 anos em consulta com minha psicóloga ela me disse que eu tinha identidade de gênero. Eu não me vejo como uma mulher, por mais que eu tenha peitos, me sinto incomodada de tê-los e, na maior parte do tempo, eu não ajo como uma. Quando eu estou na frente do espelho eu não vejo uma garota, e sim um menino, Josh.
Então, me desculpem por masculinizar tanto a Lauren, eu só a escrevo como eu me vejo.

Capítulo 27 - Capítulo 27


Fanfic / Fanfiction Speed Limit - Capítulo 27 - Capítulo 27

Lauren havia retirado a sua gravata e aberto alguns botões da camisa que usava, as meninas tinham trocado de roupas e agora usavam vestidos mais curtos e colados ao corpo. Assim que chegaram ao local seus ouvidos foram invadidos pela música alta da boate. 

- Odeio paparazzi. - Lauren resmungou devido a grande quantidade que havia do lado de fora. 

- Todas nós odiamos.. - Dinah disse. 

- Onde as meninas estão? - Ally perguntou referido-se às amigas de Lauren. 

- Provavelmente no bar. 

- Já vai procurar a namorada. - Normani comentou fazendo Ally corar. 

A menor sorriu tímida e saiu em direção ao bar e deixou suas amigas para trás. Camila passou os olhos pelo lugar notando o quão cheio estava e suspirou apertando a mão da sua namorada. 

- Venham, vou conseguir um lugar pra gente. 

Lauren anunciou e saiu caminhando no meio da multidão indo em direção ao segundo piso da boate, passou os olhos avistando vários famosos e encontrou uma mesa vazia onde poderia ter uma visão de todo o local. Levou as meninas até a mesa e sentaram-se vendo um garçom chegar com uma bandeja cheia de bebidas. Normani e Dinah se serviram de vodka enquanto Lauren pediu uma dose de whisky. 

- Walz, bebe. - ofereceu seu copo para Camila. 

- Melhor não. Eu... - suspirou aconchegando em Lauren - Nunca fiz isso. 

- Quer beber? - a morena perguntou com o queixo encostado no ombro da menor. 

- Não sei, provar. - encolheu os ombros.

 

Camila estava na pista de dança junto a suas companheiras de banda e Lucy, vez ou outra trocava alguns olhares com Lauren que estava sentada com Verônica e Keana. Havia bebido alguns drinks que sua namorada pediu para o garçom e sentia seu corpo leve e um calor descomunal. 

- Lauren Jauregui. - a morena levantou sua cabeça olhando para a pessoa que lhe chamava. - Quanto tempo. 

A latina viu a loira chegar na mesa da sua namorada e parou de dançar atraindo a atenção das suas amigas que logo olharam para a mesa e perceberam o que acontecia. 

- Vai me dizer que não sente saudades? - perguntou bebendo do drink em seu copo. 

- Hailey.. - suspirou ajeitando seu cabelo. 

- Eu quero você. - disse fazendo as amigas da morena a olharem. 

- Não, Hailey. - respirou fundo. 

- Vamos, Lauren. Vamos pra qualquer lugar e você pode me foder como quiser. 

- Acho que ela disse não, garota. - Dinah falou ficando em pé ao lado da loira.

Hailey passou os olhos pela loira que estava a sua frente como se a analisasse e olhou para as meninas ao seu lado deixando que seu olhar caísse sobre Camila que olhava para ela. 

- Oh... - sorriu olhando para a latina. 

- Vai embora, Hailey. 

- Foi por ela que você me trocou. 

- Eu não te troquei, droga. - esbravejou - Não tínhamos nada pra que eu pudesse te trocar. 

- Você é uma idiota. - caminhou em direção a morena socando-lhe em seu peito - Você é uma idiota. Me pergunto como pude me apaixonar por uma cafajeste como você. Você é uma merda, Lauren. - deixou sua boca próxima ao ouvido da piloto - A sua sorte é que pelo menos você fode bem e tem fama, você é uma aberração.

Verônica que estava próxima o suficiente conseguiu escutar o que a loira havia dito e se aproximou retirando-a de perto da morena que deu alguns passos para trás ainda sem acreditar no que tinha escutado. 

- Vai embora, Hailey. - Verônica disse enquanto afastava a loira - Já fez o estrago. 

Lauren olhou para suas amigas e para Camila sentindo sua garganta fechar e os olhos arderem e suspirou saindo dali. 

- Laur... - Dinah gritou vendo a morena trombando com algumas pessoas durante o caminho. 

- Deixa ela, Dinah. - Lucy avisou. 

- O q-que aconteceu? - Camila perguntou incerta. 

Verônica suspirou passando as mãos pelos cabelos sentando-se ao lado de Keana que tinha uma expressão preocupada em seu rosto. Viu as meninas sentar e bebeu o líquido que ainda continha em seu copo.

- Hailey a chamou de aberração. - disse sem rodeios fazendo as meninas arregalarem os olhos - Ela não esperava isso dela. Lauren e ela eram amigas antes de tudo, imagino que ela não esperava algo assim vindo dela. 

- Normalmente ela não se importa quando as pessoas a chamam assim, mas a garota era uma amiga pra ela. - Lucy disse. 

- Eu vou atrás dela. - Camila declarou saindo de perto das meninas. 

 

O terno preto já não estava mais em seu corpo e a camisa já tinha alguns botões abertos expondo seu peitoral. Não costumava dar importância ao que as pessoas falavam ao seu respeito ou a sua condição anatômica. Sabia que era diferente, mas aquilo não deveria ser considerado como anormal, certo? Hailey era sua amiga, haviam compartilhado coisas juntas, conversas... Não imaginava que a garota era capaz de lhe magoar daquela forma. O fato de ser alguém próximo foi o que mais a magoou, fez lembrar de sua mãe e das inúmeras vezes qual havia sido agredida verbalmente. 

Fechou os olhos respirando fundo e levou uma de suas mãos abaixo dos seus olhos para que pudesse limpar as lágrimas que teimavam em cair mesmo sem sua permissão. Abriu os olhos tendo uma visão parcial da cidade de Los Angeles e enfiou a mão em seu bolso retirando o celular e vendo inúmeras ligações perdidas. 

- Lo...

 

Estranho como pessoas que você conhece e acha que são seus amigos têm o poder de te magoar com apenas uma palavra.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...