História SpiderPool - Wade x Peter Forever? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Deadpool, Homem-Aranha
Personagens Duende Verde, Gwen Stacy, Peter Parker, Tia May, Wade Willson (Deadpool)
Tags Drama, Romance, Spideypool
Visualizações 109
Palavras 1.292
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Luta, Mistério, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


[Informações]
♥- Este Capitulo Ainda esta em construção e deve sofrer mudanças frequentemente.
♥ - Espero que gostem!

Capítulo 2 - Trevas - O passado não esquecido II


Fanfic / Fanfiction SpiderPool - Wade x Peter Forever? - Capítulo 2 - Trevas - O passado não esquecido II

2 Capitulo – Trevas – O passado não esquecido II

(Peter Povs)

Sinto meu sentido aranha ficar me alertando igual um maluco-me dando a mesma reação da noite em que tia May fora embora

- Oh! você é meu fã ou algo do tipo! Só pode! Até está usando uma roupa parecida com a minha... sou seu ídolo? –Diz com um sorriso sarcástico e carismático ao mesmo tempo.

Eu o ignorei, tentando prestar atenção no movimento da rua, mas após um tempo decido o responder

-Eh... eu…o que você quer comigo? –Digo com um pouco de receio em meu tom de voz afinal vai que ele quer me matar com esses pensamentos meu sentido aranha ficava cada vez mais alto como se tivesse me avisando para fugir rapidamente daquele local

-Calem a boca vocês dois! Não veem que eu estou tentando conversar com o... Qual é o seu nome? – Ele diz do nada parecendo estar falando sozinho o que me faz sentir medo e um grande desconforto

- M- Meu eu nome é Homem-Aranha – Digo tímido, não conseguindo controlar o medo, o cara acabava de falar sozinho como poderia me controlar.

- Eu estava conversando com o Spidey! – Ele me diz quando escuto ‘’Spidey’’ fico irritado, nem lhe havia dado intimidade para me dar apelidos! Sinto uma imensa vontade de sair da li e começo a buscar uma desculpa esfarrapada para lhe dar

-CARAMBA EU JÁ DISSE PARA VOCÊS SE CALAREM! –  Ele esbraveja irritado, o que me faz o temer mais ainda, logo dou dez passos para trás, esperando que ele não note para que eu possa fugir daquele local o mais rápido o possível, ainda buscando uma desculpa esfarrapada, nada vem a minha cabeça então somente digo:

-Eu...eu tenho que ir…

-Espera! – Diz rapidamente me fazendo olhar para ele.

-O que foi agora? O que você quer de min? – Digo ríspido esquecendo meu medo do cara que mal queria saber o nome

-Queria te conhecer melhor Spidey, você atrai minha atenção e foge assim?! Isso não é nada legal, alguém precisa te ensinar alguns modos~~ - Diz choramingando

-Primeiro, não queria atrair sua atenção, segundo seguir alguém e ficar horas parado atrás da mesma é não ter modos, logo você é o sem educação por aqui e finalmente ... eu tenho que ir então me deixe em paz –Digo ríspido novamente enquanto volto minha atenção para o prédio mais próximo, lançando minhas teias, sentido aquela velha sensação de liberdade e um pouco de alivio por sair do local.

(Peter Povs Off)

Peter segue para sua casa, escalando-a em direção a janela abriu-a adentrando, subiu as escadas rapidamente indo em direção ao banheiro, tirou as roupas entrando no box para tomar uma ducha rápida, ao sair do banheiro observou o espelho enquanto escovava os dentes.

- Que cara maluco era aquele? .... Deve ser um esquizofrênico, ficava falando sozinho o tempo todo, além de ser louco também tem mudança frequente de personalidade...ele usava vermelho e preto, tinha duas katanas e duas armas em seu coldre – Diz encarando o espelho enquanto escovava os dentes

(Peter Povs)

- MAS QUE MERDA! POR QUE RAIOS EU ESTOU FALANDO DE ALGUEM QUE ACABEI DE CONHECER E AINDA SOZINHO EU NÃO SOU ESQUIZOFRÊNICO, CARALHO! – Gritava pelo banheiro inteiro me dirigindo a cama, mal acabava de o conhecer e já pensava em como queria o ver novamente.... Não sei ainda a resposta desta questão mas deve ser o fato de não saber seu nome ainda.

O dia me chega com uma baita dor na cabeça, não podia acreditar que fiquei a noite inteira sem dormi pensando naquele cara que só podia ser um mercenário doido, ainda penso em vê-lo novamente e desta vez descobrir seu nome, decido chutar seu nome em vão

- Deve ser ‘’ Homem – Vermelho’’, ‘’Zebra-Vermelha’’, ‘’Doido- Vermelho’’, ’’ Red-Psycho’’, ‘’Pimenta-Preta’’.... –Digo ainda chutando sem a menor dúvida de que nem um doido escolheria algum daqueles nomes

Depois de horas desperdiçadas buscando a resposta em vão decido vestir minha roupa de homem arranha, ah sim esqueci não trabalho mais no Clarim Diário, fui demitido por faltar quatro vezes seguidas, logo eu estava livre para salvar a cidade o tempo todo, eu ganhava seguro desemprego e possuía os bens da tia May e tio Bem, sendo assim posso ficar procurando emprego por mais algum tempo. Olho em volta antes de sair vestido de Homem-Aranha afinal não queria ser descoberto por mais ninguém, mesmo que até hoje só Harry e Gwen sabiam, embora um deles tivesse morrido com o segredo eu ainda confiava em Gwen como amiga, sabendo que ela não contaria a ninguém. Enquanto pulo de prédio em prédio vejo dois homens sendo ameaçados por um ladrão quando me deparo com doido de vermelho-me observando, o ignoro e decido observar o que estava acontecendo antes de me meter.

- Já disse para vocês passarem TODA a grana não só essas miseráveis moedinhas – O ladrão os encara mostrando sua arma

- Mas a gente já disse que não tem mais nada! – O homem idoso diz enquanto olha para um rapaz ao seu lado que parecia ser seu filho

- Por que você não se mete com gente da sua idade e tamanho – diz o mais novo com um tom de preocupação com o senhor a sua frente

Atiro minha teia retirando rapidamente a arma do ladrão assim que ele demonstra seu nervosismo e diz que vai atirar, prendo-o na parede a frente do prédio onde estou, saindo rapidamente (enquanto os homens falavam ‘’ obrigado Homem-Aranha ’’) do local e indo em direção ao doido de vermelho que continuava me encarando

- Eh... Oi o que está fazendo aqui? –Digo tentando parecer normal e calmo

- O que eu estou fazendo aqui? Eu estou aqui primeiro e você só apareceu agora então não era para eu te perguntar isso? - Diz de maneira sarcástica.

- Eu vim te perguntar o motivo de ficar me encarando até agora! –Digo ríspido.

- Meu nome é Deadpool e como disse antes quero te comer melhor... digo conhecer melhor! – Disse de forma carismática, entretanto ele disse comer o que me fez dar um passo para trás e cair do prédio, mas rapidamente sinto uma mão me puxando para cima era o Deadpool, pelo menos agora eu sabia seu nome.

- Que bom que agora não tenho que pensar em um nome para você já que tem um – digo de maneira sarcástica.

- Então você pensa em min Baby boy? – Ele diz com um sorriso que era perceptível até mesmo com ele usando máscara, o que me fez sorrir também.

- Por que Baby Boy? – Digo confuso.

- A resposta é simples você é pequeno, fofo, engraçado e muito sexy! – Diz me deixando envergonhado, tenho que inventar outra desculpa o ‘’tenho que ir ‘’ não vai colar dessa vez.

- Eu tenho que ir para casa já está ficando tarde – Digo e noto que disse mais uma burrice, quando um herói volta para a casa porque está ficando tarde?

- Essa é a desculpa mais esfarrapada que eu já ouvi – Ele diz de forma sarcástica novamente o que me faz me sentir burro elevando assim meus níveis de vergonha, não o respondo e saio pulando de prédio em prédio até chegar em minha casa, indo que nem um louco porque não conseguia o responder de maneira apropriada.

(Peter Povs off)

(Wade Povs)

Nem pude dizer ‘’tchau’’, ’’ não vai’’ ou ‘’espera’’, o cabeça de teia havia partido, e deixando com mais vontade de o seguir até descobrir quem está por baixo daquela máscara.

-EU VOU DESCOBRIR QUEM VOCÊ É TEIUDO!- Grito alto com alegria, uma alegria que havia desaparecido a tempos e agora parecia ter renascido como as cinzas da fênix

(Wade Povs Off)

...


Notas Finais


Espero que gostem♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...