História Spoby - Entre Amor e Ódio - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Breeh_Weasley

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Spencer Hastings, Toby Cavanaugh
Tags Alison, Aria, Diversão, Emily, Emison, Ezria, Festa, Haleb, Hanna, Romance, Spencer, Spoby, Toby
Visualizações 141
Palavras 727
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá amores e amoras <3
Gente, eu sei que é difícil ver nosso OTPSÃO brigados e querendo se matar, mais nós duas ( Eu e a Breeh) particularmente amamos essa relação de amor e ódio ente eles kkkk
O primeiro cap foi á um ano atras, o inicio, mais a partir do cap 2, vai ser os dias atuais, com o decorrer da fic, vcs vão entender tudinho, não se desesperem kkkkkkk
P.S (Peguei essa mania também) Obrigadaaa pelos favoritos e comentários, estamos super felizes <3 :D <3
Boa leitura <3

Capítulo 3 - Confusão


Fanfic / Fanfiction Spoby - Entre Amor e Ódio - Capítulo 3 - Confusão

(Let it go)

Tudo o que está quebrado

Deixe à brisa

Por que você não fica sendo você mesma

E eu serei eu mesmo

 

Eu costumava me reconhecer

É engraçado como os reflexos mudam

Quando estamos nos tornando outra coisa

Acho que está na hora de ir embora

 

 Eles se sentaram no grande sofá cinza que continha na sala, a casa se encontrava silenciosa, o que denunciava que seus pais não estavam lá, o que para Spencer pareceu ótimo, assim evitariam brigas desnecessárias.

 Ela lhe estendeu um livro, conhecido por ambos, ele a encarou, lembrando momentaneamente do recente passado, aquele momento se tornou acido para os dois no instante em que seus olhares se cruzaram.

- É mais fácil ler algo conhecido – Spencer falou e ele o pegou, fazendo com que suas mãos se tocassem, mais pareceram ignorar isso rapidamente

- Ainsi, ils avaient l´air, si aimé, donc si cher, halétement, soupirait donc síls se demandaient la raison, donc trouvé la raison, la reparation demandée (Assim que se olharam, amaram-se, assim que se amaram, suspiraram, assim que suspiraram, perguntaram-se um ao outro o motivo, assim que descobriram o motivo, procuraram o remédio)– Toby leu um trecho do livro, se engasgando um pouco nas letras, Spencer abaixou os olhos, aquilo combinava com o passado, com quem eram e deixaram para trás

- Raisons fortes qui font dês actions fortes (Fortes rações fazem fortes ações) – Ela disse pouco, mais o suficiente para ele entender

- Estou gostando disso tanto quanto você – Toby se pronunciou depois de alguns minutos em silencio, enquanto tentava entender alguns trechos daquele livro, sem sequer a olhar

Spencer notou que as linhas em volta de seus olhos se destacaram quando ele fez um esforço para ler, mais logo voltou sua atenção para os próprios dedos

- Me conte algo que não sei – Spencer disse retribuindo o mesmo tom de voz

- Impossível – Toby revirou os olhos

- Faça esses exercícios, o professor vai corrigir amanhã – Ela lhe entregou uma folha, á qual ele pegou com desgosto

- Não quero fazer isso – Ele se inclinou para trás devolvendo o papel e Spencer o olhou indignada, foi ai que notou as mudanças em seu corpo

O cabelo estava um tanto comprido, seu corpo agora não era tão magro como antes, ele havia ganhado alguns músculos. Mais tinha um olhar frio e rancoroso, Spencer conhecia bem aquele olhar, tinha visto em seu rosto um tempo atrás, quando a relação dos dois foi cortada. O que transformou todo o amor, e os momentos que passaram juntos em nada mais que memórias infelizes.

- Esses exercícios são o que vão determinar sua nota – Ela explicou oferecendo novamente a folha, ele virou o rosto em resposta – Parece uma criança emburrada pelo doce furtado

- Eu só não quero, está bem! – Ele alterou o tom de voz – Sempre insistente

- Eu não queria estar fazendo isso, mais vou seguir meu papel como monitora – Ela se ajustou no sofá, de modo que ficasse de frente para ele – Você vai os fazer, nem que eu te obrigue

- Sempre em busca de ser a melhor – Ele balançou a cabeça – Você não vai chegar à perfeição, sabia?

Ela levantou os olhos

- Claro que sei, você é a prova disso

- Como?

- Você teria tudo para ser melhor, mais prefere se afundar em si mesmo – Ele franziu os lábios com um pensamento

- Você não sabe do que está falando Spencer – Disse Toby franzindo o cenho – Não sabe nada sobre mim

- Eu sei o suficiente – Rebateu Spencer mantendo o contato visual – Um garoto grosso, fechado para si e...

- E você, uma garota egoísta – Interrompeu Toby – Mandona e soberba

Spencer sentiu-se ofendida com aquelas duras palavras, mas sabia que no fundo, o rapaz tinha razão. O tempo e a ocasião fizeram de Spencer uma jovem egoísta.

- Foi por isso que não demos certo – Falou Spencer por fim

- Nunca quis que tivesse dado – Respondeu com indiferença e ela cerrou os olhos com rancor

- Eu seria incapaz de amar alguém como você – Se levantou apressada e recolheu suas coisas, saindo em seguida, sem notar a magoa no olhar do rapaz  

Pela primeira vez se arrependeu de ser monitora de Frances, de ser a filha perfeita, que nunca dizia não á suas obrigações, se arrependeu de um dia ter gostado de Tobias Cavanaugh. 


Notas Finais


Pesadão ne!?

Beijos cor de Rosa e com Glitter da Pantera e até o próximo capítulo amores <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...