História Spoby - O amor em nossas vidas - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Tags Alison, Aria, Diversão, Emily, Emison, Ezria, Festa, Haleb, Hanna, Romance, Spencer, Spoby, Toby
Visualizações 156
Palavras 1.150
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá amores e amoras!!!
Vim pra transformar a segundona de vcs em um dia melhor :D
Espero que gostem
Aviso: Esse capítulo contem cenas muito adocicadas, não recomendado para quem tem problemas sérios em shippar demasiado Spoby
Brincadeiras a parte kkkkkkk
Boa leitura <3

Capítulo 37 - Descobrindo novas emoções


Fanfic / Fanfiction Spoby - O amor em nossas vidas - Capítulo 37 - Descobrindo novas emoções

Sentei-me sobre a cama e abracei minhas pernas, olhando para os pés, a porta se abriu, revelando um Toby com o mesmo olhar frágil de antes, fechei os olhos, odiava brigar com ele e receber esse olhar, que me desmontava em apenas alguns segundos

- Spence – Senti ele sentar ao meu lado e colocar as mãos sobre as minhas, me causando um arrepio

- Eu só não quero apressar tudo – Falei levantando os olhos para ele – Eu quero me casar com você, mais um filho não é motivo para pressa

- Tudo bem – Ele balançou a cabeça – Só achei que teria medo de nos separarmos

- Nunca – Fiz um carinho em seu rosto e desci os dedos pela sua fissura no queixo e sorri levemente – Essa foi uma grande surpresa, maravilhosa surpresa, sei que nunca me deixaria por isso

- Eu sei, só...

- Você é o cara mais incrível que já conheci – Falei docemente – Esse filho só vai aumentar nosso amor

- Eu te amo – Ele me abraçou firme – Tive medo de te perder de novo

- Nunca – Encaixei meu rosto em seu ombro – Sou incapaz te deixar você

Sorrimos um para o outro

- Está de quanto tempo? – Ele olhou para minha barriga pela primeira vez e eu fiz o mesmo, era engraçado e confuso pensar que uma vida começava a crescer dentro de mim, nunca me imaginei como mãe, principalmente quando nós dois havíamos voltado á apenas alguns meses 

- O exame disse algo entre duas e três semanas – Dei de ombros em duvida – Está no início ainda

- Vai ser perfeito – Ele disse e eu puxei seu rosto, colando nossos lábios em um beijo cheio de emoção – Eu já até tive algumas idéias, do que fazer, naquele quarto vazio

 Ele continuou a falar em um ar pensativo e eu sorri

- Você nunca para, não é – Me levantei para ir até a cozinha, mais olhei para frente e dei de cara com o espelho, olhei meu reflexo e baixei os olhos ate a barriga, instintivamente pousei as mãos sobre o local e passei os dedos por cima do tecido, soltei um sorriso involuntário e senti a respiração de Toby contra meu pescoço

- Eu sempre sonhei em formar uma família – Ele me abraçou por trás e colocou as mãos por cima das minhas – Você foi a melhor coisa que já me aconteceu

- Eu não sei como te mereço – Me virei para ele e coloquei as mãos em seu rosto, dedilhando seus olhos, apreciando á beleza do belo tom de azul que eles possuem

- Sou completamente apaixonado por você – Ele me trouxe para mais perto e colou nossas testas, sorrimos alegremente um para o outro, eu sentia a paz no ambiente e no ar

- Idem – Rimos nos beijando em seguida

***

- Ficou lindo – Admirei o berço que Toby terminava de construir, ele olhou para trás com um lindo sorriso nos lábios

Ele se levantou e veio ate mim, colocando uma mão sobre meu rosto e outra em minha cintura

- Ansiosa?

- Muito – Ri o beijando rapidamente – Pronto?

- Claro – Ele colocou a camiseta e fomos em direção ao meu carro, meu coração já começava a bater mais rápido, porem tentei ignorar esse fato

Chegamos ao hospital e nos sentamos nas cadeiras de espera, olhei para o relógio do corredor e suspirei, os minutos pareciam se alongar cada vez mais

- Spencer? – Olhei para cima e encontrei Wren me encarando, me virei para Toby, que manteve uma expressão estável e eu me levantei

- Wren – Ele apertou minha mão, era estranho lembrar de que quase namoramos, as coisas pareciam se encaixar apenas com Toby

- Grávida – Ele sorriu para minha barriga de quatro meses – Eu vi sua ficha, é hoje que vão ter a grande e esperada revelação

- Isso mesmo – Toby respondeu por mim, que dei um sorriso sem graça

- Fico feliz – Ele sorriu – Mesmo, você merece isso tudo

Senti verdade em suas palavras e retribui o sorriso

- Você também merece, o melhor – Respondi com sinceridade e ele balançou a cabeça, saindo em seguida

Antes que pudesse me sentar novamente, o medico abriu a porta

- Sra. Hastings e Sr. Cavanaugh – Ele abriu um pouco mais a porta e Toby se colocou ao meu lado, apertando minha mão e me dando um sorriso confiante e assim entramos na sala

Senti o liquido gelado em minha barriga e olhei para a pequena tela, respirei fundo esperando o medico dizer alguma coisa

- E então? – Toby quebrou o silencio e colocou sua mão sobre á minha, sorri com sua ação

O medico olhou a tela e depois se voltou para nós

- É um menino, parabéns – Ele sorriu e eu deixei uma lagrima pingar em meu ombro, sorri olhando para Toby, ele beijou o topo da minha cabeça, totalmente emocionado

- Nosso menino... – Ele sussurrou olhando no fundo dos meus olhos

- Nosso... – Concordei em um fio de voz, tomada por emoções que nunca imaginei sentir

 

Toby ligou a televisão e se colocou ao meu lado, nos cobrindo com um macio cobertor vermelho e me envolveu em seus braços

- Estão confortáveis? – Ele perguntou passando as mãos delicadamente pela minha barriga

- Estamos – Respondi sorrindo e levantei um pouco a blusa que estava usando e me virei para ele, colocando minhas mãos sobre as suas, ele sorriu encantado e depositou um beijo amoroso sobre minha pele

Senti um chute e nós dois rimos

- Esse meninão vai ser muito imperativo – Ele falou se aproximando um pouco mais de mim e me olhou

- Como os pais – Ri suavemente

O quarto já estava pronto á um mês, todos tinham se proposto á nos ajudar, pintamos as paredes de branco, com alguns detalhes de azul, meus pais estavam mais próximos de mim, queriam acompanhar o crescimento do neto, esse é o melhor momento de nossa família, exceto por Melissa, que ainda está afastada, mais mandou uma roupa, a primeira que ganhamos, isso deveria ter sido um grande esforço para ela

- Thomas – Toby falou com a cabeça abaixada e depois me olhou, eu inclinei o rosto, segurando um sorriso – O que acha desse?

Depois de quase nove meses, ainda fazíamos listas de nomes

- Perfeito – Segurei lagrimas, estava mais emotiva que o normal, mais isso não era um problema, na verdade nada mais era

Ele sorriu contente e me abraçou

Senti uma pressão e um liquido molhou minha calça, arregalei os olhos e me levantei apressada

- A bolsa estourou! – Falei rápido demais e Toby se levantou em um salto assustado

Ele correu para o quarto e pegou as malas e logo estava de volta á sala, seus olhos pareciam estar no meio de uma tempestade, mais ainda assim me acalmavam, respirei  fundo e segurei seu rosto entre meus dedos, sorrindo em seguida

- Vai ser perfeito – Falei confiante e nos dirigimos ao hospital


Notas Finais


Eu tentei dar emoção (se eu tivesse ido á fundo com minha ideia, vcs me matariam) mais eu achei Spoby tão fofo com um baby, que não resisti e deixei tudo um amorzinho, até Wren se rendeu!

Sabem o significado de Thomas? Se eu fosse vcs saberia.....

Eu ainda vou escrever o ultimo, quero dar o melhor de mim para o capítulo que vai fechar com chave de ouro.
Se ele ficar grande demais, irei fazer dois, isso vcs iram descobrir junto comigo

Tenho uma ótima noticia, eu e a Brenda (escritora de All for you) estamos escrevendo uma fanfic juntas!!!! DE SPOBY!!!!!!! To MUITO animada!!!!!!!!

Beijos cor de Rosa da Pantera e até o próximo (talvez o ultimo) capítulo <3 <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...