História Spotlights - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez, Taylor Marie Hill
Personagens Chaz Somers, Christian Beadles, Gigi Hadid, Hailey Baldwin, Jaden Smith, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Kendall Jenner, Kylie Jenner, Lil Za, Pattie Mallette, Personagens Originais, Selena Gomez, Taylor Hill, Willow Smith
Tags Bieber, Contrato, Fama, Festa, Holofotes, Jenner, Kardashian, Luxuria, Melodia, Musica
Exibições 146
Palavras 2.195
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


EU NÃO SEI OQ DIZER! Só quero que amem esse capítulo do mesmo jeito que eu amo!

Ele é com certeza um dos meus favoritos. Eu só peço que se envolvam com os sentimentos dos dois e busquem perceber nos pequenos detalhes o que eles realmente querem dizer. Este foi o meu propósito quando eu comecei a escrever, eu queria de certa forma, que o leitor se esforçasse pra perceber as ações ou até mesmo palavras carregadas de sentimentos, sem que os personagens realmente mostrassem assim de cara. Esse é o motivo de não ter o "tão esperado beijo" tão rápido.

Bom, boa leitura! Se envolvam na história!

Capítulo 19 - I knew his heart


“Na maior parte das vezes, aquilo que você mais quer é aquela coisa que você não pode ter. O desejo nos parte o coração, nos esgota. O desejo pode ferrar com sua vida. E por mais duro que seja querer muito uma coisa, as pessoas que sofrem mais são aquelas que sequer sabem o que querem.


 

POV. Julie Kardash

Fazia exatamente uma semana que Justin tentava me ligar a todo custo e eu não atendia. Ele até chegou a vir até a minha casa mas eu pedi pra que Kris dissesse que eu não estava em casa, mesmo ele sabendo que eu estava. Maria tinha se tonado a minha fiel companheira, me fazendo rir nas horas em que eu ameaçava chorar.

  A internet, os sites e as revistas começaram a “sentir a minha falta” e vez eu outra eu recebia mensagens no estilo: “Você está bem?” “O que aconteceu?” ou qualquer coisa do tipo.

  Alguns fã-clubes que eu seguia – isso mesmo, meus fã-clubes. O quão louco isso é? – me mandavam direct messeges todos os dias, questionando o motivo de não ter mais nenhum Julie News ou Julie Today nessa ultima semana. Realmente, as únicas fotos que rolavam na internet eram dos dias em que eu saía pra ir até o túmulo dos meus pais, porque nada mais eu fazia.

- Julie? – a voz doce de Kris chamou e eu levantei os olhos da papelada que assinava pra olha-la – Posso falar com você, querida?

- Claro – forcei um sorriso e tirei os óculos indo até ela, que sentava na cama – Pode falar

- Eu só estou preocupada com você – sua voz era sincera, mas eu confesso que isso me irritava um pouco

  Os caras com as câmeras entraram e passaram a filmar toda a cena, agora que eu havia assinado o contrato e poderia sair em alguns – apenas alguns – capítulos de reality show.

- Eu estou bem – forcei outro sorriso, mas ela não sorriu

- Você sabe que eu estou aqui pra qualquer coisa – segurou minha mão – O que tanto te incomoda?

- Eu só... – mordi os lábios e olhei pra câmera, apavorada, eu estava apavorada – Eu só estou cansada.

  Eu estava prestes a chorar, mas eu não o fiz. Eu segurei o choro como na frente de todas as pessoas que me perguntavam isso por toda a semana.

 

POV. Justin Bieber

  Já fazia muito tempo que eu não via Julie. Uma semana sem nenhuma ligação, nenhuma notícia e nem fotos ou qualquer coisa que fosse na internet. Assim como as fãs, eu estava apreensivo e preocupado com ela, mas ela nem ao menos me deixava chegar perto, ou nem mesmo atendia minhas ligações.

  Eu era mesmo um babaca. Eu não queria ter dito aquilo, eu não queria! Mas vê-la sofrer isso... Isso acaba comigo.

  Todos os dias eu perguntava pra Kendall como ela estava e a mesma resposta era proferida “Deixa ela pensar um pouco, Justin”. Mas eu não quero! Eu sinto falta dela mais do que deveria.

- Ei bro – Chaz gritou e eu me assustei olhando pra ele – Porra eu tô te chamando a uma hora – resmungou – Nós vamos hoje naquela boate?

- Acho que eu não vou – respondi por fim – Selena pode não gostar.

- Mas ela vai também, ué – Cris disse e eu me lembrei de que tinha combinado de sair com ela

- Mas eu não quero – gritei e eles se assustaram

   Ryan ligou a TV e colocou em um canal qualquer, onde eu ao menos prestava atenção. Até que uma coisa fez com que meus olhos se voltassem pra enorme tela a nossa frente

- Kepping up with the Kadarshians – Chaz fez graça

- Será que a Julie vai aparecer? – Ryan questionou se jogando no chão e prestando mais atenção na tela

   Algumas cenas de Kim e Kourt e enfim ela apareceu. Seus cabelos estavam presos em um coque frouxo, as olheiras em seus olhos eram visíveis apesar da maquiagem tentando cobrir. Ela estava linda. As vezes a beleza dela me intrigava, não era possível uma pessoa ter tanta beleza, tanto interna quanto externa.

- Eu só estou preocupada com você – Kris disse e ela se voltou a olhar a tia

- Eu estou bem – eu conhecia aquele sorriso. E aquele sorriso não era nem de longe, o sorriso animado de Julie, não chegava nem a ser sincero. 

- Você sabe que eu estou aqui pra qualquer coisa – Kris afirmou – O que tanto te incomoda?

  E foi aí que o meu coração se apertou. Que belo amigo eu era! Eu mal sabia o motivo de ela provavelmente ter chorado toda essa semana – na verdade eu sabia, mas me recusava a aceitar que aquele motivo poderia me envolver.

- Eu só... – mordeu os lábios olhando pra câmera – Eu só estou cansada.

   O cansaço excessivo era visível em seus olhos e isso de certa forma, me quebrava também.

- Ela tá horrível – eu ouvi a voz suave de Selena descendo as escadas – Meu Deus! Ela está péssima.

- Agora que percebeu? – Ryan cutucou e eu o olhei repreendendo

- Jus? – eu amava quando ela me chamava assim – Nós vamos sair, não é?

- Não – cuspi as palavras sem querer e ela me olhou surpresa

- Pois bem então – pegou a chave em cima da mesa – Eu já vou indo.

[...]

  Sábado. Sábado é aquele dia em que você pensa: “Puta que pariu, eu amo a minha vida!” Ou nem tanto assim... Mas a questão é que no momento, os sábados são preciosos pra mim. As gravações do novo CD começaram há uma semana e isso me deixou um tanto quanto ocupado – apesar de eu ainda não ter escrito todas as músicas.

  Julie continua me ignorando e eu sinto falta disso. Eu sinto falta da minha melhor amiga.

  No Twitter, o que mais falam é sobre a premiação de hoje e se perguntavam se Selena iria junto comigo. Não era exatamente uma premiação, mas era algo envolvendo música, celebridades da internet e cinema. America já tinha vindo aqui mais cedo e avisado que traria as coisas daqui a duas horas, o que fez com que tentasse dormir esse tempo, já que eu estava acabado.

- Ei Bizzle – Chris chamou e eu o olhei pelo canto dos olhos, eu sequer estava prestando atenção no que eles falavam – America terá muito trabalho com a sua cara.

- O que?

- America – explicou – Vai ter que passar muita maquiagem na sua cara pra esconder essas olheiras aí – disse e Ryan riu seguido de Chaz – Vai parecer uma garotinha. – brincou 

- Vai se fuder, Chris – resmunguei e ele levantou as mãos em rendição

  Um tempo depois um dos empregados apareceu dizendo que America havia chegado e eu fui ao encontro dela, que estava de frente ao enorme quarto lotado de roupas – sim, é um closet, mas falar closet é coisa de menininha.

- Justin! – disse impaciente – Anda logo, você vai se atrasar! – ela andava de um lado para o outro – Eu sei que não é uma festa tão importante – ela tagarelava – Mas você vai receber um prêmio pela música!

- Eu sei, eu sei – reclamei me sentando no sofá branco que tinha ali e passando as mãos pelos cabelos, os puxando bruscamente

- O que está acontecendo com você, Justin?

   Era exatamente essa pergunta que eu me fazia todos os dias. Minha vida parecia cair mais e mais a cada segundo, meus amigos já tinham percebido e estavam mais do que preocupados, principalmente Hailey, que me aguentava bêbado praticamente todas as noites. Eu estava um lixo e a minha reputação só ia de mal a pior.

 

POV. Julie Kadarshian

 - E essas são as últimas notícias sobre o tempo – o som da TV tomava o local – Agora passamos para Olívia, com as notícias mais quentes dos famosos...

  Eu mal prestava atenção no que a pobre moça dizia, aliás, pra mim, a conversa com Maria estava realmente sendo interessante. Ela me contava sobre suas duas filhas que moravam com o pai em outro país e na luta que ela passou pra conseguir um visto pras duas. Ela era definitivamente uma ótima pessoa, e eu me orgulhava de tê-la por perto.

- E agora, o assunto que vem causando mais polêmica no mundo dos famosos – a âncora ruiva dizia – Justin Bieber envolvido com drogas novamente?

  E foi aí que o meu pescoço virou, minhas pernas estavam bambas e eu não via quase nada da TV, apenas tentava prestar atenção, em qualquer palavra que fosse que saísse da boca daquela mulher ruiva.

- Fontes seguras dizem que o astro pode ter se exaltado demais em um restaurante enquanto saía com a namorada Selena Gomez – mostraram fotos dos dois de mãos dadas entrando no local e meu estômago se embrulhou – Alguns paparazzi e pessoas que estavam no local, afirmam que as atitudes de Bieber poderiam ser comparadas a “um drogadinho qualquer” – ela olhou pra câmera e então apareceu uma foto do Justin

   Ele estava completamente acabado. Seus olhos estavam fundos e vermelhos e seu nariz tão pouco na sua cor natural. Meu coração se quebrou em mil pedaços... Justin Bieber você é um destruidor de corações.

- E além do mais – ela continuou e eu me sentei no sofá, sentindo que se continuasse em pé, eu vacilaria de vez – O cantor pode ter sido visto em vários lugares que comprometam seu relacionamento com a encantadora Gomez. Será que o relacionamento dos dois ainda durará? – ela deixou a pergunta no ar

  Eu com certeza sabia que tudo daria nisso. Na verdade, eu acho que tenho fechado os olhos pra todas as reportagens que eu tenho visto nessa semana.

 “Justin Bieber é visto sendo carregado bêbado na saída de uma balada na Califórnia”

 “Justin Bieber é multado por dirigir em alta velocidade”

 “Justin Bieber tem se afastado cada vez mais dos seus fãs”

“Novos amigos de Justin Bieber dão festa em apartamento e a polícia aparece”

  O rosto dele era estampado em todos os sites de fofocas, eu sei, não se deve confiar em sites assim. Mas o pior, é que eu sabia que ele estava péssimo. Hailey me visitava quase todos os dias, e poucas vezes eu ia até sua casa, apenas pra desabafar, ela me contava sobre Justin e explicava como ele teria virado esse filho da mãe que estava sendo, mas eu não entendia de qualquer forma... Ele era bom. Eu conhecia o coração dele.

- Você tem noção de que ela ficou de cara feia pra mim e quando eu fui falar alguma coisa o Justin me reprendeu? – Hailey dizia inconformada enquanto entrava no meu quarto

- Ele a ama, Hailey – disse por fim e ela se calou

  Eu não sei o motivo mas... De certa forma, cada vez que eu admitia isso pra mim mesma, era como se um buraco se formasse dentro de mim. Um buraco negro, que sugava todas as minhas energias, eu me sentia vazia, na verdade... Eu não sentia.

- Quer saber? – ela disse mais pra ela do que pra mim – Eu não acho que ele ainda a ame...

- Como não? – perguntei a encarando pelo espelho, esperando que a maquiadora terminasse a maquiagem e depois saísse, pra que pudesse continuar – Ele já deixou isso bem claro.

- É eu sei – ela enrolava as pontas dos cabelos e olhava um ponto fixo no chão – Mas ele não age como da primeira vez, sabe? Ele não olha pra ela da mesma forma que olhava a alguns anos.

- Os tempos mudaram – retruquei – Ele só deve estar acostumado com a presença dela – dei de ombros.

- Nunca, ninguém se acostuma com a presença de quem se ama. É sempre uma sensação nova ao olhar nos olhos da pessoa amada. – disse baixinho mas eu escutei, porém, fingi não ter ouvido e então Kendall entrou no quarto.

- Vamos? – perguntou animada – Eu amo essas premiações! Sem paparazzi dentro do local, adoro – ela gritou e nós rimos.

   Me levantei, ajeitando o vestido longo e preto que tinha um decote enorme na frente. Meus peitos, ficaram exprimidos no tecido transparente e nada do que eu dissesse faria com que Eloíse, a personal stylist das meninas – e agora minha – mudasse de ideia quanto ao vestido. Mas é claro, ele era completamente maravilhoso. Na calda, a impressão de que enormes penas pretas foram colocadas, era encantador!

- Parece que você arrancou as penas de um cisne negro – Hadid comentou – Eu amei tudo no vestido, vai fazer sucesso no tapete azul – sorriu e saiu do carro junto a Zayn

- Como assim tapete azul? – perguntei desesperada

Continua...


Notas Finais


PREPAREM O CORE PRO PRÓXIMO! Já estão avisadas <333
O que acharam o cap??????
- M xx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...