História Spring Day (Stydia) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Allison Argent, Jackson Whittemore, Kira Yukimura, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Personagens Originais, Scott McCall
Tags Allison Argent, Amizade, Amor, Brotp, Crystal Reed, Dylan O'brien, Família, Fluffy, Hentai, Holland Roden, Hot, Kira Yukimura, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Otp, Romance, Scallison, Scott Mccall, Shelley Hennig, Stydia, Teen Wolf, True Love
Visualizações 132
Palavras 2.888
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá amorecos
Ainda lembram de mim?😂😂😂😂Me desculpem mesmo pela demora mas a culpa foi de OLTA! O bloqueio que eu tive lá me atrapalhou aqui😂😂
Bjos e boa leitura 😘😘😘😘

GENTE EU PRECISO DE UMA CAPISTA!!!!

Capítulo 9 - The child and the monster


Fanfic / Fanfiction Spring Day (Stydia) - Capítulo 9 - The child and the monster

Narradora On

Os sons dos carros e dos pássaros se misturam pela manhã em um ritmo totalmente confuso.

E ouvindo esses sons, Lydia desperta. Enquanto ainda decide se acorda ou volta a dormir, Lydia sente a presença de alguém ao seu lado.

Teria tudo sido um sonho e ela continuava com Jackson?

Lydia senta-se no colchão em que estava deitada (sentindo as costas estalarem durante o processo).

Mantinha as mãos frente aos olhos enquanto esperava a a visão se acostumar com a claridade. Não tão distante de onde estava, era possível ouvir passos e conversas pela casa.

Quando a visão adaptou-se, Lydia percebeu que não estava em casa nem na casa de Jackson, também notou que estava com a mesma roupa do dia anterior (essa que encontrava-se bastante amassada). Ela estava em um colchão na sala de Allison, e a presença que ela sentiu anteriormente era, nada mais, nada menos, do que Stiles dormindo calmamente ao seu lado. Eles estavam tão embriagados (ambos são fracos para bebidas alcoólicas) que não conseguiram ir até um dos quartos de hóspedes e tiveram que dormir na sala (Malia e Liam pegaram o colchão e Scott colocou Stiles e Lydia em cima dele).

Lydia levanta e sente o osso do joelho estalar, ela se estica e era extremamente prazeroso para a menina escutar seus ossos se estalando.

— Bom dia — Ela diz sonolenta ao adentrar a cozinha.

- Bom dia Lyds - Allison diz sorridente.

- Bom dia flor do dia! - Kira responde animada - O café 'tá quase pronto!

''Como é possível alguém estar de bom humor a essa hora do dia?'' - Lydia questionava-se.

- Eu estou morrendo de dor de cabeça - Lydia diz deitando a cabeça no balcão da cozinha.

- Toma um banho e vem tomar café que eu te dou um remédio - Allison diz enquanto procura uma jarra para colocar o suco de laranja (o auge da carreira culinária de Scott, que, a muito custo, conseguiu fazer o suco).

- Eu não trouxe roupas - Lydia diz bocejando.

- Você pode pegar uma das minhas - Allison diz sorrindo e vai até a amiga para apertar as bochechas da mesma - Aah, e não faz muito barulho quando for tomar banho porque a senhora das trevas tortuosas ainda tá dormindo.

- Quem escuta até pensa que aquele docinho de pessoa acorda de mal-humor - Tyler diz rindo ao adentrar a cozinha.

- Naão, imagiina - Allison diz rindo irônica - Ela só tentou jogar uma faca em mim e no Scott!

- A culpa foi de vocês por estarem discutindo alto tamanhas 6 da manhã! - Tyler rebate rindo.

- Agora eu tô com medo de deixar o frasco de sabonete cair e acordar a Malia - Lydia diz rindo.

- A Alli só tá exagerando, vai logo Lyds! - Tyler diz rindo enquanto segura os ombros de Lydia levando-a para fora da cozinha.

- Okay, okay tô indo - Lydia diz rindo e retira a mão do amigo de seus ombros.

Lydia tomou um banho extra-rápido pois o chuveiro elétrico estava quebrado e digamos que sentir aquela água gelada escorrendo lentamente pelas suas costas não motiva ninguém a demorar no banho.

Ao sair do banheiro Lydia olha para o quarto de Malia e Tyler, e pela fresta da porta é possível ver Malia dormindo abraçada com um travesseiro. Lydia ri do quão fofa a amiga fica quando está dormindo mas decide parar de observa-la pois tem medo de acordar o dragão.

Lydia tem uma certa dificuldade para escolher uma roupa, pois, além de ser mais corpulenta do que Allison, ela também tinha preferência por cores quentes enquanto Allison preferia as frias.

Após conseguir escolher uma roupa que, por sinal, era bem diferente das que Lydia estava habituada a usar (tal roupa que se consistia em uma blusa de alcinhas branca e uma saia florida dois palmos acima do joelho), Lydia dirige-se até a cozinha para tomar café da manhã com os amigos.

- A Malia não vai hoje? - Kira pergunta enquanto serve-se de suco de goiaba.

- Ela ainda não acordou - Scott responde mastigando - Se ela não acordar logo nós vamos acabar chegando atrasados.

- Vocês podem ir na frente - Tyler diz após tomar um gole de café - Se ela não acordar até a hora que nós temos que ir eu acordo ela.

- Boa sorte - Liam diz rindo - Se uma Malia normal já tenta matar quando acordam ela, imagina só uma Malia com ressaca!

- Ela vai arrancar a pele dele e fazer um cobertor! - Scott diz rindo.

- Ou então espremer os olhos dele e comer com torrada - Kira diz rindo e morde uma torrada.

- Não vamos exagerar tanto - Stiles diz rindo - Mas eu acho que por fogo no Ty e na casa ela é capaz!

- Ei, ei, ei na casa não! No Ty pode mas na casa não - Allison diz rindo enquanto volta para a mesa dando um remédio para Lydia - Aqui o comprimido Lyds.

- 'Brigado Alli - Lydia agradece e toma o comprimido.

- Olhem como ela me trata! Que péssima cunhada eu fui arranjar! - Tyler faz-se de ofendido enquanto ri.

- 'Tá com dor de cabeça Spring? - Stiles pergunta preocupado para Lydia.

- Só um pouquinho mas já vai passar - Ela diz sorrindo de modo fofo.

- Qualquer coisa me fala - Ele diz e beija a testa de Lydia, que sorri diante de tal ato.

O que os dois não viram foi que seus amigos davam gritos mudos uns para os outros como uma forma de expressar a felicidade de ver aquela interação do (futuro) casal.

- Meu Deus! - Allison assusta os amigos com sua ação inesperada - Nós já temos que ir!

- Mas a Malia ainda não acordou - Kira diz enquanto levanta e pega sua bolsa.

- Ela e o Tyler vão depois, não é? - Liam pergunta após terminar de beber seu suco.

- Sim - Tyler responde levantando-se - Vou tentar acordar ela agora.

- Quando vocês forem sair deixem a chave naquele nosso cantinho secreto - Allison diz referindo-se ao esconderijo da chave - Meus pais só chegam amanhã então essa chave não pode ficar aqui dentro porque se ficar não vai ter como entrar!

- Okay, okay, mas agora vão porque já tá quase dando a hora! - Tyler diz enquanto vai para o corredor.

- Tá, tchau! - Allison diz.

Tyler vai para o quarto (tentar) acordar Malia enquanto os outros saem correndo da casa em direção aos carros para que possam ir para as escolas (devemos lembrar que Stiles e Lydia estudam em uma escola diferente da dos demais)

       ~~Time-lapse~~

   Sutherland High School


Lydia e Stiles separam-se no portão da escola (pois possuem diferentes aulas no primeiro período).

Lydia caminha pelos corredores da escola e sua atenção volta-se para a sala de música, Lydia adorava aquele local, sentia-se livre e em sincronia com o universo quando estava lá. Contudo, quando começou a namorar com Jackson, teve que parar com as aulas pois Jackson conseguiu convencê-la a trocar as aulas de canto por uma vaga como lider de torcida sob a desculpa de ser para que pudessem ficar juntos durante mais tempo (mas na verdade Jackson só queria exibir a namorada e mostrar para todos que ela pertencia a ele).

''Talvez eu possa voltar'' - Lydia pensa enquanto volta a caminhar - ''Seria bom voltar a cantar e quem sabe eu possa aprender a tocar violão'' ela ri pois a única música que aprendeu a tocar no violão foi ''Que país é esse?!''.

Finalmente chega no corredor em que seu armário fica, agora só precisaria correr e pegar seu livro de artes para não chegar atrasada na aula.

Contudo, seu objetivo foi interrompido por Jackson (que estava encostado em um dos armários conversando com companheiros de time e lideres de torcida), este que, quando viu a ex-namorada, foi até ela como se nada tivesse acontecido.

- Lydia você fez o meu trabalho de matemática? - Jackson pergunta puxando o livro que Lydia estava segurando da mão dela.

- Como é? - Lydia pergunta incrédula da ousadia do ex-namorado.

- Não vai me dizer que você não fez! Porra Lydia eu preciso entregar isso ou não vou jogar! - Ele diz enraivecido.

- E o quê que eu tenho com isso? Eu não tenho a mínima obrigação de fazer os seus trabalhos! - Lydia diz fechando a porta do armário com força, chamando a atenção dos amigos de Jackson que começaram a observar a cena de modo curioso (nunca viram Lydia agir assim com Jackson, ela sempre fora submissa às vontades dele).

- Você é minha namorada! Tem obrigação de me ajudar! - Ele diz agressivo apontando para ela.

- Primeiro que eu não tenho obrigação porra nenhuma! - Ela repsonde no mesmo tom utilizado por Jackson - Segundo que eu não sou sua namorada! Caso você não lembre, nós terminamos!

- Aah você ainda vai continuar com isso?! - Ele questiona batendo com o livro da garota no armário, seu rosto adquirindo uma coloração avermelhada devido a raiva - Para de frescura Lydia! Porra, foi só um beijo!

- Frescura é o teu cu! - Ela grita com o garoto - Você pensa que eu não sei que aquela não foi a primeira vez que você me traiu? Eu sei de tudo Jackson! De todas as vadias que você agarrou enquanto eu não estava por perto!

- Quem enfiou tanta merda na tua cabeça?! - Ele grita com ela - Foi aquela bichona não foi?! Eu sabia que não ia dar certo de deixar tanto tempo com aquele merdinha!

- Cara, 'cê só 'tá falando merda! - Ela responde - Pra sua informação, eram os seus amiguinhos que me contavam e o único aqui que tem merda na cabeça é você! E vai xingar a tua mãe antes de xingar o Stiles!

- Ah vai defender o teu amiguinho agora é?! Aposto que já tá até dando pra ele, né sua puta?! - Ele acusa se aproximando mais dela.

- Vou, vou defender sim! Não vou deixar um merda como você falar assim dele! - Ela diz também se aproximando dele (ela já estava farta de recuar) - E eu não tô ''dando'' pra ele mas se eu quiser eu vou dar! Vai que ele consegue me satisfazer já que você nunca conseguiu - Ela diz sorrindo caçoadora.

- Mas é uma puta mesmo! Já era antes e agora tá vestida como uma! - Ele grita e Lydia nota que ele está prestes a erguer a mão pra bater nela e recua, ficando em uma distância relativamente segura.

- Eu? A puta aqui sou eu?! - Ela diz rindo indignada - Você já viu as pessoas com quem você anda?!

- Nenhuma delas é minha namorada! - Ele grita voltando a se aproximar da menina.

- É, e eu também não sou sou! - Ela diz e vira de costas começando a andar para bem longe de Jackson.

- Você não pode fazer isso comigo! Eu sou Jackson Whittemore! Todas fazem fila pra ficar comigo! - Ele grita após puxar Lydia pelo pulso fazendo-a ficar frente a frente com ele (ao que Jackson gira-a, Lydia pôde notar que o corredor estava cheio de pessoas observando-os).

- Então vai perturbar qualquer uma delas! E se elas forem espertas e não te quiserem você pode namorar a porra do seu maldito ego! - Lydia grita e tenta puxar seu pulso porém Jackson aperta-o mais - Jackson, me solta!!!

- Você não pode fazer isso comigo! - Jackson grita completamente transtornado.

Lydia nota Jackson soltando seu livro e levantando a mão para bater nela e, instintivamente, dá uma joelhada na genitália de Jackson.

- SUA PUTA! - Jackson grita largando o pulso de Lydia e levando as duas mãos até a área atingida.

- Nunca mais ouse tentar levantar a mão pra mim! - Lydia grita apontando na cara dele - E nunca mais chegue perto de mim!

Lydia empurra Jackson, que cai de costas no chão, ela pega seu livro e sai apressadamente do local, evitando os olhares incrédulos e curiosos que lhe são lançados.

Lydia vai até a área mais afastada da escola e se senta ao pé de uma castanheira. Ela pega seu celular e manda mensagens para Stiles.

Mensagens On

[Lydia]: Stiles

[Lydia]: Stiles!

[Lydia]: Stiles!!!


[Stiles]: Que gli Lydia?!

[Stiles]: *Foi

[Stiles]: Eu já estou na aula

[Stiles]: Aconteceu alguma coisa?


[Lydia]: Eu preciso sair do colégio

[Lydia]: Eu meio que me meti em confusão

[Lydia]: Cê vem ocmigo?

[Lydia]: *comigo


[Stiles]: Lyfia Martin fugindo da aula?! Eu vivi pra ver isso!

[Stiles]: * Lydia

[Stiles]: Mas por que você quer sair  agora? Não pode esperar o intervalo?


[Lydia]: Nope

[Lydia]: Eu tô clm pressa! Você vem ou não vem?!

[Lydia]: *com


[Stiles]: Okay, eu vou dar um jeito de sair daqui. Onde você tá?


[Lydia]: Me encontra naquela castanheira velha e a gente pensa num jeito de sair


[Stiles]: Tá, tô indo.


Mensagens Off

Lydia guarda o celular e deita-se para esperar Stiles chegar (tomando cuidado para ficar numa posição em que não fosse vista por alguém que passasse por perto).

Ali, sozinha e observando o vento agitar as folhas da árvore, Lydia começa a pensar sobre sua vida.

Ela pensa no quão rápido sua vida mudou e no quão bom isso foi para ela. Veja bem, em pouquíssimo tempo ela havia reencontrado os melhores amigos, terminado com Jackson e enfrentado-o. Tais mudanças que, à algum tempo atrás, Lydia nunca imaginava que fossem acontecer.

Se Lydia sentiu medo enquanto discutia com Jackson? Claro que sentiu!

Jackson tem o triplo de força da garota, um só tapa dele poderia facilmente arremessa-la ao chão, porém Lydia teve coragem, enfrentou-o mesmo sabendo que poderia se machucar.

Isso, meus caros leitores, se chama superar seus medos.

Lydia tinha medo de Jackson. Como uma criança tem receio de descer da cama pela madrugada pois tem medo que o bicho-papão puxe o seu pé.

Lydia era a criança.

Jackson o bicho-papão.

Mas assim como o coelhinho de pelúcia que a criança abraça para sentir menos medo, Lydia teve seus amigos, com eles junto a si, ela não sentia medo.

O caminho que a criança faz até o interruptor de luz é semelhante ao caminho que Lydia traçou até aqui.

Cada passo receoso dado significou a lenta perda do medo.

E ligar as luzes fez com que o medo passasse.

O monstro sumiu.

Jackson não assustava-a mais.

Ela estava livre para viver e sentir do jeito que quissesse.

Não era mais ''Lydia, a namorada de Jackson'', agora era ela mesma, agora ela era Lydia Martin.

- Lydia! - Ela acorda do transe com Stiles chamando-a - Você me chama pra fugir da escola e dorme? Poderiam ter te visto!

- Desculpa Autumn - Lydia diz rindo.

- Autumn… - Ele diz semicerrando os olhos - Nem vem com esse apelido fofinho pra tentar se desculpar.

- Desculpa onii-chan! - Ela diz levantando e fazendo um biquinho e uma voz fofa para ele.

- Não brinca com o meu coração maníaco japonês! - Ele diz rindo enquanto faz cócegas na cintura de Lydia.

- Okay, okay - Lydia diz rindo - Agora nós temos que sair daqui.

- Como nós vamos fazer isso? Eu nunca fugi da escola - Stiles diz rindo um tanto envergonhado.

- Meu coelhinho é tão fofinho! - Ela diz apertando as bochechas de Stiles - A titia Lydia já fez isso antes, não se preocupe.

- Idiota! - Ele diz rindo, empurrando de leve o ombro da amiga.

- Sua idiota favorita - Ela diz rindo e ele dá língua - O muro é mais baixo nessa parte da escola então nós conseguimos pular.

- Eu faço pezinho pra você e pulo depois? - Stiles questiona se aproximando do muro.

- Isso, depois de fazer pezinho pra mim você me dá as mochilas, aí você sobe, pula e me ajuda a descer - Ela explica rindo.

- Abusada você em? - Ele diz rindo - Mas okay, vamos lá!

Enquanto Stiles fazia pezinho, Lydia notou que ele estava muito vermelho e olhando para o chão. Ela primeiro achou que era porque estava pesada mas percebeu que Stiles evitava olhar para cima porque Lydia estava de saia.

Ela riu do quão fofo o amigo era e finalmente conseguiu subir e sentar-se no muro.

- Tem alguma coisa que quebra aqui dentro? - Ela pergunta após Stiles jogar a própria mochila para ela.

- Acho que não - Ele responde.

- Okay - Ela diz e joga a mochila para o outro lado do muro.

- Delicada você em? - Ele diz rindo e joga a mochila da menina para ela.

- Muito - Ela diz rindo e joga a própria mochila - Agora sobe!

Stiles pega impulso e consegue subir no muro. Em seguida, pula do muro e ajuda Lydia a descer.

- Pra onde nós vamos agora? - Ele pergunta sorrindo enquanto junta a própria mochila e a da amiga.

- O que você acha de nós irmos até o Parque Springtime e depois irmos até a Fox&Bunny? - Ela pergunta sorrindo e entrelaçando o braço com o do amigo.

- Eu apoio - Ele diz sorrindo.

- Então vamos logo Autumn! - Ela diz sorrindo - Ei, Stiles.

- O que foi Spring? - Ele pergunta sorrindo.

- O inverno já não deveria ter acabado? - Ela questiona.

- Ele está quase acabando, umas duas semanas no maximo, até lá nós nos enchemos de café e bolo - Ele responde divertido.

E assim foram conversando e sorrindo durante todo o caminho.

A cada passo dado sentiam seus corações aquecendo-se.

Stiles estava certo, o fim do inverno estava próximo.

Mas não seria o café que aqueceria-os.

Seria algo muito mais forte e quente.

O amor.


Notas Finais


Espero que tenham gostado e novamente

GENTE EU PRECISO DE UMA CAPISTA!!!
PELAMOR DE DEUS ME AJUDEM


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...