História ɪᴍᴘᴏssɪʙʟᴇ ᴅʀᴇᴀᴍs (BTS- Suga) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Visualizações 13
Palavras 1.785
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Capítulo 10 - A obsessão vem acima do orgulho


Fanfic / Fanfiction ɪᴍᴘᴏssɪʙʟᴇ ᴅʀᴇᴀᴍs (BTS- Suga) - Capítulo 10 - Capítulo 10 - A obsessão vem acima do orgulho


Minzy On


Comecei a me arrumar para sair com os meus novos amigos.


Minzy: Pronto,acabei! Agora só descer para pegar meu carro.


Desço até o estacionamento e entro no meu carro.


Coloco a chave para ligar e nada,tento outra vez e nada também.

Até que eu vejo a razão por isso estar acontecendo.


Minzy: Aaah, não! Esqueci de colocar gasolina. Droga...


Saio do carro para sair a procura por gasolina. Quando eu estava indo em direção ao posto de gasolina, um carro que parecia ser bem caro, quase me atropela.



Minzy: EI! NÃO VIU ANTES DE ENTRAR NA RUA QUE TINHA EU AQUI?


A porta do carro se abre até que percebo que era o Suga.


Suga: Desculpa.


Minzy: Tinha que ser você!


Suga: Olha se você ao menos me escutasse eu falaria o que ocorreu.


Minzy: Aposto que você inventaria uma desculpinha besta.


Min Yang: Min Yoongi! Oi Minzy. 

O que está havendo?


Yang aparece, ela tinha acabado de sair do prédio.


Suga: Nada. Está tudo bem?


Min Yang: Está sim! Trago notícias do nosso pai e da nossa mãe.


Suga: Podemos falar disso depois? Eu tenho um compromisso, só passei aqui porque você me disse que tinha algo importante para dizer.


Min Yang: Mas têm! E são as notícias dos nossos pais.


Suga: Isso não me interessa.


Suga entra no carro para ir embora, mas então Yang entra na frente.


Min Yang: ME ESCUTA SÓ UMA VEZ! 


Suga buzina para ela sair.


Min Yang:UM DIA VOCÊ SE ARREPENDERÁ DISSO! Droga... 


Ela olha para todos os lugares, parecendo estar pensando em fazer algo.


Min Yang: Minzy! Você sabe aonde ele está indo?


Minzy: Bem vamos no mesmo lugar, que é-


Logo Suga sai apressado do carro, ele vem até mim, pega no meu pulso e me leva até ao carro.


Minzy: Me solta! Tá machucando!


Ele me coloca no banco do passageiro e fechou à porta.


Min Yang: Ei! MIN YOONGI!


Suga não deu ouvidos para sua irmã, ele simplesmente ligou o carro e foi embora.


*Quebra de tempo*


Minzy: Por que você fez isso? 


Ele não me respondeu, estava concentrado mais no volante.


Minzy: Fala!


Suga: Aish...Se você dissesse para ela onde eu iria, ela viria atrás.


Minzy: Por que você não quer escuta-la?


Ele permaneceu quieto.


Minzy: É por causa das notícias de seus pais...?


Suga: O que você tem haver com isso?


Minzy: Bem...


Se eu falasse mais, certeza que ele me chutaria do carro, ainda mais com o carro em movimento!



Suga: Sobre sua foto ter aparecido na televisão, foi culpa minha de ter deixado às fotos de inspiração em cima da minha mesa.


Minzy: Hm?


Suga: Sou amigo do J-Hope,ele foi até ao meu escritório e viu sua foto, logo ele viu que você era a ex do Joon, já que ele tinha mostrado sua foto para ele.


Minzy: Joon me expondo? 


Imaginação on


Joon: Essa é a trouxa!

J-hope: HAHAHHA QUE FEIA!

Joon: Quando fomos comer em um restaurante italiano, ela sujou todo sua blusa branca de molho! Aah, e quando fomos ao um banquete com minha família ela escorregou no piso encerado.

J-Hope: Deve ter sido MUITO engraçado!


Imaginação off


Minzy: Ridículo...


Suga: Quem? Eu?!


Minzy: Não...


Vendedor de rua: Olha o chiclete,olha a água,olha a bala minha gente! TENHO ROSAS PARA SEUS AMORES!

 


Suga: Hmm...Quer bala?


Minzy: Aceito uma.


Suga abre a janela de seu carro.


Suga: Moço,me vê um saco de balas, por favor.


Vendedor de rua: Aqui meu senhor.


O vendedor de rua entregou a bala para o suga.


Suga: Obrigado.


Vendedor de rua: Calma! Uma rosa para sua namorada.


O moço pega uma linda rosa.


Suga: Não, ela não é...


Vendedor de rua: É uma paixão...? 



Suga vira-se para mim, e encara eu por uns segundos.


Suga: Hmm... Então vou querer uma.


Vendedor de rua: Aqui está. É de graça.


O vendedor dá uma piscadinha de olho e então vai embora.


Suga: Ah! Obrigado! Tome.



Minzy: Aah... Obrigada.


Me deixo corar um pouco. Por alguns minutos meu coração não parava de balançar.


Minzy: É linda...


*Quebra de tempo*


Darl: Finalmente! Aaaah... Chegaram juntos?


Darl e Ahgata estavam esperando a gente de frente a entrada do shopping. Quando o Darl perguntou se viemos juntos, a tal da ex do suga não parece ter gostado.


Suga e eu permanecemos calados, afinal acho que ambos não queriam dizer como isso aconteceu. Eu estaria fofocando se eu dissesse o que aconteceu entre Suga é sua irmã.


Ahgata: Vai ficar calado? Darl fez uma pergunta. É surdo?


Suga: Licença.


Suga apenas entrou no shopping e ignorou a Ahgata.


Darl:Ok...Vamos meninas!


Eu segui Darl e Ahgata, o Suga já estava lá na frente. Acho que ele se irritou com o jeito da Ahgata.


*Quebra de tempo*


Fomos comer na praça de alimentação, conseguimos um lugar para quatro.


Darl: E aí? O que vão querer?


Ahgata: Eu vou querer um Big Mac com fritas e um suco de maracujá.


Suga: Eu quero um duplo quarteirão e uma coca.


Darl: Ok! Minzy você pode vir comigo para me ajudar?


Minzy: Claro!


Fomos até a fila do McDonald's.


Darl: Parece que a Ahgata não foi com a sua cara.


Minzy: Deu para perceber, o que ela têm?


Darl: Uma coisa chamado "ciúmes."


Minzy: Aish, não é como eu fosse igual certas pessos que se agarram no primeiro homem bonito que aparecer.


Darl: Mas... então, me fala. Porque chegaram juntos?


Moça do caixa: Próximo,por favor!


Minzy: É a gente agora!


Minzy: Obrigada por ter nós chamados!


Fizemos os pedidos e logo então pegamos os sanduíches e levamos até a mesa.


Ahgata: Um momento Min Yoongi! Estou tentando ajustar os botões da sua camiseta!


Suga: Já mandei parar, que saco... Você não é minha namorada.


Após dizer isso Darl imediatamente colocou a mão na boca para não soltar uma enorme gargalhada.


Ahgata: Lá no fundo você-


Suga: Eu estou com fome, vamos comer.


Minzy: Nossa,Suga é um expert em dar patadas.


Durante o jantar todo Ahgata ficou falando como o Suga era na escola é sobre suas intimidades. De alguma forma senti que ela falou isso para eu me sentir mal.


Darl: Vamos tomar um sorvete agora! 


Ahgata: Aaah...que pena eu estou sem dinheiro. Yoongi!Poderia comprar um para mim?


Suga: Ok.


Ahgata: Aaaw obrigada Yoongi!


Suga: Eu pago o seu sorvete também Minzy.


Ahgata: Espera, o quê?


Suga: Eu disse que vou pagar um sorvete para ela também.


Ahgata: Mas ela não precisa! Ela tem dinheiro o suficiente.


Minzy: Verdade, eu posso comprar o meu.


Suga: Não, aceite isso como...um pedido de desculpas.


Sem raciocínar duas vezes dou um sorriso, e de novo meu coração começa a balançar.


Minzy: Tão...gentil.


Darl: Hmmm... Vai pagar para mim também..."Yoongi"?


Suga: Não.


Darl: Nossa! Queria ver se eu fosse uma mulher loira,alta e bonita.


Suga: Se você fosse assim, não pagaria um sorvete e sim um vestido bemmm caro!


Darl: Um dia chegarei nesse nível!


Minzy: Hahaha!


*Quebra de tempo*


Suga: Agora são dez para às nove da noite.


Darl: Vamos descansar um pouco, só ficamos andando e vendo lojas.


Minzy: Eu vou ao banheiro, já volto.


Darl: Ok.


Ahgata: Ah!Eu também.


A Ahgata veio junto, por mais que eu não queria. 

Eu fui fazer minhas necessidades e depois fui lavar a mão. Não tinha mais ninguém naquele banheiro, era só eu e Ahgata.


Ahgata: Esses banheiro de hoje em dia...


Ahgata pega sua necessaire e retira um batom.


Ahgata: Quer passar?


Minzy: Não, obrigada.


Ahgata: Você não é de falar muito né? 


Minzy: Por que está perguntando isso?


Ahgata: Porque observei você hoje. Na parte de ser calada não faz o tipo da Miki.


Minzy: Quem é ela?


Ahgata: Suga não disse dela para você? Hmm...acho que ele não quer pensar nela agora. Ela era a vizinha dele desde de quando tinham apenas seis anos de idade, foram criados praticamente juntos, já que suas mães eram muito próximos, eles dois se amavam de verdade.


Minzy: Hmm...


Ahgata: Ela foi para os EUA estudar lá, e ele ficou sozinho na escola. Graça aos seu olhar de mistério chamava atenção de várias garotas, inclusive eu. 

Um dia eu pedi para ele me dar uma chance então ele aceitou, ele tinha me chamado então para um almoço na casa dele. Nas paredes de sua casa estava pendurado fotos dos dois juntos, foi aí que eu soube sobre Miki. Ele disse que precisa esquecer ela, então eu me ofereci.


Minzy: Meu Deus...


Ahgata: Eu não me arrependo disso,foram dias que eu me senti importante. Quando ele disse que aquilo não era certo meu mundo desabou, não queria que ele me deixasse.

Depois de um mês do nosso término, a Miki tinha voltado, não me esqueço do sorriso que o Suga fez ao ver ela. Miki tinha voltado com a barriga mais gordinha...


Minzy: Poderia ela estar grávida?


Ahgata: Eu também pensei nisso, mas acabei não descobrindo.


Minzy: Por que? 


Ahgata: Miki acabou falecendo. Depois que ela morreu Suga nunca mais namorou, mas agora torço que ele me use de novo.


Minzy: AHGATA! É ASSIM QUE VOCÊ QUER VIVER?


Ahgata: SÓ ASSIM POSSO TER ELE PARA MIM!


Minzy: Você então ficou feliz pela morte daquela garota?


Ahgata: E se eu disser que sim?!


Minzy: Você é uma doente.


Pego minhas coisas e saio do banheiro.


*Quebra de tempo* 


Minzy: Suga podemos ir embora?


Suga: Por que? Aconteceu algo?


Minzy: Eu não estou passando muito bem...


Darl: Aah Minzy! Leve ela então para o hospital logo Suga!


Minzy: Não! Não precisa, só me levar até em casa estaria bom.


Suga: Está bem. Vamos.


Minzy: Até mais Darl.


Darl: Até mais Minzy.


Suga e eu já estamos quase na metade do caminho até minha casa, estava um silêncio dentro daquele carro, até que o Suga quebrou.


Suga: O que aconteceu no banheiro?


Minzy: Ah...nada.


Suga: Ahgata disse algo?


Minzy: Não.


Suga: Não liga para o que ela fala, ela é chata mesmo.


Minzy: Pode deixar...


*Quebra de tempo*


Cheguei até a minha casa, FINALMENTE!


Suga on


Depois de passar na casa de Minzy, vou até ao cimitério.


Chegando lá vou até ao túmulo de Miki San e do meu filho.


Suga: Como está Miki? Está tudo bem no céu? Está se cuidando bem, comendo bem...? E você Takeru, saudades do papai...?


Eu começo a derramar lágrimas.


Suga: E-eu vou vir mais vezes, prometo! Aah..e eu encontrei uma garota igualzinha a mamãe, ela não é exatamente igual mas ambas se parecem. Hoje eu não a vi como Minzy e sim como Miki...Isso é algo ruim? Bem, eu não sei.


Suga off


Ahgata On


Ahgata: Você tinha que ver a cara da Minzy, Joon! Ela ficou completamente irritada ao saber que eu torcia para Miki morrer.


[Chamada: Joon Coppin]


Joon: Ela é assim. Ama receber às dores do outro, não mudou nada.


Ahgata: E o Takeru? Você sabe aonde está o moleque?


Joon: Esqueceu que anos atrás você me pediu para dar um jeito nele? Então dei o menino para uma das empregadas da minha mãe.


Ahgata: Tem certeza que na casa dessa empregada, o Suga não vai encontrar ele?


Joon: Certeza absoluta, hahaha.


Ahgata: Vamos ter que dar um jeito na Minzy.


Joon: Nós? Não, eu tenho assuntos mais importantes.


Ahgata: Mas você é a única pessoa que eu confio.


Joon: Então arrange outra.


[Chamada encerrada]


Ahgata: Aish...


Ahgata off


Minzy on


[Chamada: Lisa]


Lisa: Então ele te deu uma rosa?


Minzy: Sim...


Lisa: Que romântico!


Minzy: hahaha!


Lisa: Aconteceu algo mais?


Minzy: Hmm...sim. E agora por causa disso estou triste.


Lisa: Nossa, o que aconteceu?


Minzy: Então, tem uma menina chamada Ahgata ela...



Fiquei conversando com a Lisa até as duas da madrugada conversar sobre aquilo foi um alívio, eu estava me sentindo muito mal.


Suga On


Suga: Aish... esqueci de falar para a Minzy sobre amanhã que começa a preparação para o comercial. Eu vou ir na casa dela de manhã.


Suga Off


                            ...










Notas Finais


O filho de Suga está vivo, Ahgata e Joon deram um jeito de trocar o menino na maternidade. Será mesmo que Miki faleceu sem uma "ajudinha"?
Seria Minzy em um grande perigo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...