História Stage dance - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, V
Tags Bts, Dança, Dancer, Las Vegas, Taehyung
Visualizações 14
Palavras 1.154
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


isjjceknekw! bundinha p vuxes! espero q gostem <3

Capítulo 3 - Mensagens


Levantei em um pulo, em um movimento rápido, e parei tonta ao lado da cama. A ressaca estava dolorida de forte, e eu estava fodida de assustada. Recapitulando: fui para uma balada que era para ser de boas vindas, taehyung me chamou de gostosa de um jeito meio bruto, depois eu tentei achar kirsty e vi ela agarrada com um cara, foi ai que aquele maluco começou a chorar e me pediu desculpa. Levei ele para casa e ele dormiu depois de me chamar de... como era mesmo? Uma? Omu? Não me lembro.

Ok, talvez eu devesse ligar para ele. Ou não, já que não tinha o numero dele. Talvez eu devesse ligar para kirsty, é, era exatamente isso que eu iria fazer. Disquei seu numero já gravado em meu celular e a esperei atender

-...alo?

-kirsty! Eu tenho que falar com você sobre...

-gabi, serio... –sua voz estava cansada e lenta, um pouco travada talvez, como se tivesse acabado de tomar um copo de agua estupidamente rápido- eu...

-sim? Amiga, você ta bem? Quer que eu va ai?

-não, não! Eu... to com um corpo do meu lado... quem....

-voce matou alguém? –praticamente gritei- olha aqui, se eu chegar ai e...

-não, acho que... eu to pelada

-voce acha?

-é, é que eu... ai meu Deus, ele também ta sem roupa

-olha que falta de responsabilidade maravilhosa você tem, hein! Transou com um cara e nem se lembra

-eu... to... louca! Eu transei com o brian! Eu transei com o brian!

-é o que? Pera, você foi para a cama com o cara que você queria, e eu não consigo nem beijar o estrangeiro bonitinho?

-e você por acaso quer pegar o estrangeiro bonitinho? –eu já quase posso ver seu sorriso malicioso por tras do telefone

-não! E-eu não disse isso...

-ah, eu acho que disse sim!

-nada disso! Agora da licença que eu tenho coisa para fazer! Toma um banho que depois eu te conto os babados, beijo

-ah, o que?? Nananinanao! Eu quero saber agora, Gabriela...

Encerro a ligação antes que ela possa continuar e sorrio sozinha

Eu disse mesmo aquilo?

Não que eu esteja falando serio, tipo, o moleque foi um babaca, podemos dizer assim, mas... ah, eu vou odiar admitir que por dentro, eu estava torcendo para aquilo acontecer. Só um pouquinho.

Mas não posso me dar assim, de mao beijada. Eu li em uma revista que homem gosta de mulher difícil, e eu acho que é exatamente isso que eu sou. Eu admito que arfei quando ele apertou a minha coxa daquela forma, me deixou... sem ar. Como seria taehyung na cama? Oh, céus, o que estou pensando? Conheci ele antes de ontem, e já estou o imaginando em uma transa. por Deus, Gabriela.

Esfreguei os olhos e deixei meu celular no criado mudo, indo em direção ao banheiro do quarto. Droga, cheguei em casa ontem e nem me dei ao trabalho de tirar a roupa, muito menos a maquiagem. Eu parecia um panda, minhas olheiras estavam a flor da pele. Aquele vestido estava todo amassado e com um cheiro não tao desagradavel de suor. Tomei um banho quente e demorado, permitindo a meus músculos relaxarem.

Sai do banheiro apenas de toalha, me sentei na cama e guiei minha mao rapidamente até onde estava localizado meu celular. Desbloqueei-o e comecei a rir das fotos estranhas que mandavam no grupo. Eu aparecia na maioria delas, rindo escancaradamente como sempre, ou simplesmente de olhos fechados, com um sorriso discreto no rosto. Espera, taehyung... estava no grupo? Fui diretamente aos participantes e o achei, adicionando seu nome em seguida. Será que eu... deveria chama-lo? Não, mas que coisa idiota, Gabriela! Ele vai perceber que você andou vasculhando o grupo, procurando seu contato. Imbecil. Enviei algumas fotos que eu havia tirado também, lendo todos reclamarem de como estavam feios ou zoados. Eu apenas ria de tudo, até ler uma mensagem que quase passou despercebida pela tela. Era uma mensagem de taehyung no grupo, ao meio de todos aqueles comentários ilarios:

Você estava linda.

E foi só o que disse. Como muitos na companhia ainda não o conheciam, apenas continuaram a falar e falar, mas eu não conseguia pretar atenção em nada daqueles comentários bobos deles. “você estava linda.” Não saia da minha cabeça. Talvez por que tenha sido o único elogio que eu recebera? Talvez por que taehyung teria tido a coragem de dizer aquilo, ao meio de tantas gargalhadas? Talvez porque taehyung havia dito. Esse simples sujeito talvez tenha conseguido me deixar tocada apenas por dizer que eu estava linda, mas não era o elogio que me importava. O que me deixou fascinada foi que ele disse isso. Se fosse outra pessoa eu provavelmente eu teria ignorado ou sei la, mas... ele não. O que isso significava? Que eu o admirava? Talvez, pode ser. Eu estou tao confusa. Então, sem pensar demais, com medo de me arrepender e mudar de ideia, eu digitei um discreto “obrigado” em resposta. E só talvez, eu tenha sorrido depois de ele dizer um “oi” no privado.

 

~mensagem~

Oi

 

                                                                                                                                                             Você: Ooi

 

Tudo bem com você? Foi para casa bem?

 

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                      Você: Claro, mas... e você?

 

Ah, estou bem.

 

                                                                                                                                                             Você: Que bom

 

Na verdade, eu queria pedir desculpa. Você sabe por que

 

                                                                                                              Você: Hum, tudo bem, acontece

 

Não, não acontece. Sabe, eu nunca tinha feito isso com ninguém na minha vida, e acho que te devo sinceras desculpas. Para falar a verdade, eu... nem sei o que aconteceu até agora. Eu bebi demais, nunca deveria ter tratado você daquela forma, e você não merecia aquilo de qualquer forma. Sinceramente, não sei por que você continua falando comigo.

 

Você: É questão de opinião, eu acho. Talvez eu continue falando com você por que te entendo. Eu sei que deve ser duro para você ter que lidar com uma situação dessas, que pode ser desagradável. Tudo bem, serio. Nada vai mudar, entre nós

 

Huh, serio? Estava torcendo por isso, obrigada, serio. Por me entender, por ter me trazido até em casa, por me desculpar, por tudo. Eu nunca achei que encontraria alguém como você aqui

 

Você: Como eu?

 

É, você sabe. Divertida, bonita, agradável, bom... eu vou ter que dizer tudo mesmo? Aish kkkk

 

Você: kkkk tudo certo. Mas... ontem a noite, quando eu te deixei em casa, você me chamou de alguma coisa, o que era?

Eu te chamei de alguma coisa? Seria... omma?

 

                                                                                                                             Você: isso! O que significa?

 

Eu acho que te chamei de mae, desculpe kkkk

 

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                         Você: kkkk gnt como assim kkk

 

Pois é... posso te fazer uma pergunta?

 

                                                                                                                             Você: claro

 

Quer sair? Tipo, hoje? Para algum lugar sei la?

 

                                                                                                                             Você: tipo um encontro?

 

...chame do que quiser

 

                                                                                                              Você: certo, quer que eu passe ai?

 

O que? Não! Eu vou te buscar, só me passa o teu endereço que fechou

 

                                                                                                              Você: Ok, ~xxxxxxxxx~

 

As... 7:00 PM, pode ser?

                                                                                                              Você: ta ótimo!

 

Fechou! Até la então...

 

                                                                                                                             Você: até....

 

 

 

 


Notas Finais


:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...