História Stalker - Imagine Min Yoongi - Capítulo 17


Escrita por: ~ e ~crytrouxa

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hoseok, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Kook, Min Yoongi, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Suga, Tae
Visualizações 129
Palavras 827
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente, trouxe mais um capítulo pra vocês e minhas sinceras desculpas. Gente, eu tô sufocada com a escola, puta merda. Me desculpem, juro que tô fazendo isso pra passar de ano, ficar livre, e postar pra caralho nas férias, amo vocês.
PS: o próximo será enorme, se preparem.

Boa leitura nenês <3

Capítulo 17 - O p p a


Fanfic / Fanfiction Stalker - Imagine Min Yoongi - Capítulo 17 - O p p a

P.O.V S/n

Eu estava concentrada em seus lábios quando o moreno citou aquela frase. Era impossível não entender a que ele se referia. O mesmo carregava um olhar malicioso e aquilo dizia tudo. Um frio percorreu meu corpo quando senti o mesmo subir seu pé pelas minhas pernas. Meu corpo estava em estado bipolar. Eu estava quente e ao mesmo tempo arrepiada. Meu transe se foi quando o vinho chegou.

— Mas que beleza. — Suga falou com um sorriso nos lábios. 

O garçon nos serviu e deixou a garrafa sob a mesa logo indo embora. Peguei a minha taça e percebi Suga me olhar. Eu não tinha palavras, e se tinha, não conseguia falar.

— Um brinde? — Falei e ele sorriu.

— Um brinde a minha proposta. — Ele falou e eu ergui a minha taça.

O pálido fez o mesmo e logo brindamos.

{...}

Abri os olhos e eu estava numa cama. Era a minha cama, minha cabeça doía um pouco. Olhei diretamente para o relógio e vi que já era tarde.

DOM. 03:07AM.

Sentei na cama e vi que eu vestia meu pijama. O problema é que eu não lembro e vim pra casa e me trocar, nem de deitar para dormir. Levei uma das mãos até a cabeça e lembrei de tudo o que rolou na noite passada. Sorri mordendo os lábios de leve e alcancei meu celular. Não tinha mensagens dele, apenas do Mark e da Lisa. Tinha umas 300 da Lisa para ser sincera.

Mensagem On

Mark: Estou com saudades.

Como você está chorona? [00:52pm]

Eu: Mark-ah, estou com saudades também.

Estou bem, e você?

Está melhor? 

Quero te ver oppa.

Mark: Estou melhor sim.

Posso ir te ver amanhã se você quiser.

Posso?

Eu: Você está acordado a essa hora?

Mark: Sim, estou sem sono.

Eu: Oppa, por que não vem agora?

Mark: Sério?

Sua mãe não reclamaria?

Eu: Estou sozinha.

Minha mãe está no hospital de plantão.

Sabe onde é minha casa?

Mark: Sei sim, estou chegando.

Mensagem Off

Bloqueei o celular e logo fui checar se minha mãe realmente estava ausente. E para a minha decepção, ela não estava mesmo em casa. Desci até lá em baixo e peguei a chave para destrancar a porta assim que Mark chegasse. Minutos depois, ouvi batidas na porta e logo fui abrir. Mark estava com um pijama do pikachu. Tão fofo. O mesmo riu pra mim e eu dei espaço para ele entrar. 

— Oppa. — O abracei forte e ele fez o mesmo.

— E aí chorona. — Perguntou enquanto eu trancava a porta.

P.O.V Mark

{...}

Eu estava feliz, finalmente ia passar alguns momentos a sós com a S/n. Estava com saudades dela, e além do mais, era um ótimo pijama, realçava o que ela tinha de melhor, um lindo corpo. Droga, esses pensamentos novamente. Não sei mais o que fazer, ela cresceu, está linda e gostosa. Não tem como resistir, eu sou homem, tenho meus pensamentos. 

— Aish, isso é mentira. — A morena fez bico.

— Mas eu lembro perfeitamente, vai chorar por isso também? — Falávamos sobre ela chorar por tudo e a garota assentiu com os braços cruzados. — E se eu te matar de cocegas? — Me aproximo da mesma e ela abre um sorriso.

— Você não teria coragem. — Levantou-se devagar.

— Corre chorona! — A mesma correu pelas escadas e eu fui atrás dela.

Eu ouvia as risadas dela e seguia a mesma, entrei no seu quarto em silêncio para procurá-la. Ouvi seus grunhidos atrás da porta e bati com força nela. Logo a mesma saiu e eu a joguei na cama fazendo uma trilha de cosquinhas pela sua barriga.

— Eu me rendo oppa, me rendo. — Falou ofegante.

Eu sorri e foi aí que percebi a posição que estávamos. Eu estava em cima da mesma segurando sua cintura com força. Sua blusinha quase transparente marcava seu sutiã, aquilo me atentava. 

Porra...

— Se rende é? — Perguntei rouco. — Te peguei garotinha. — Falei no seu ouvido.

P.O.V S/n

Flashback On

Até que eu gostei bastante do vinho. Eu não costumo beber muito então, já era um grande passo. Eu e Suga conversamos bastante, várias frases com duplo sentido. Estávamos nos provocando. Assim que terminamos de jantar, fomos para o seu carro. O mesmo subiu os vidros do carro nos deixando isolados do lado de fora. Eu o olhei e o mesmo sorriu. Minha visão era embaçada, pois eu sentia o efeito do álcool no meu corpo.

— S/n.. — Ele suspirou meu nome e segurou meu queixo. — Essa sua boquinha. — Passou o polegar no meu lábio inferior e eu dei um selinho no mesmo.

— O que tem ela Suga? — Falei manhosa enquanto o mesmo parecia estar sendo torturado.

— Ela me faz imaginar coisas. — Desci meu olhar até o seu membro e pude ver, a perfeita visão dele ereto.

— O-oppa. — O chamei e sorri.

Eu queria tocá-lo, aquela visão me deixou agitada. Meu corpo fervia. 

— Fale meu amor. — O mesmo disse e apertou seu amigo.

— Será que seu membro é tão docinho quando seu nome, Suga?


Notas Finais


LEIAM AS NOTAS DO AUTOR.
@Crytrouxa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...