História Stalker. - Repostagem - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Abyn

Postado
Categorias TazerCraft
Personagens Mike, Pac
Tags Mitw, Tazercraft
Exibições 23
Palavras 372
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - One


Liguei a tela de meu celular, vendo as horas. Mordisquei meu lábio inferior, eram 12:50 e Tarik ainda não havia saído da escola. Comecei a bater meus pés na grama, abaixo do banco em que eu estou sentado.

Passaram-se alguns minutos, que na realidade, pareciam horas. Ele atravessou o portão, como se estivesse meio perdido; até porque a rua estava deserta. Era acostumado a voltar com seu amigo, sentia-se meio que... solitário ao ir embora sem ninguém para lhe acompanhar. Tentei disfarçar, voltando a pegar meu celular, fingindo ser apenas uma pessoa qualquer, fazendo coisas... normais (?). O fitei de relance, e então ele começou a caminhar, apertando um livro, que aparentemente era "O Pequeno Príncipe", contra seu corpo.

[...]

Depois de muuito tempo, ele finalmente chegou em sua casa. E sim, eu o segui até sua casa, a cada passo, eu estava atrás dele; fingindo apenas estar indo a um lugar que me obrigava a segui-lo. Por sorte, havia uma floricultura a umas duas quadras de distância, então quando ele se virou para entrar em sua casa, segui reto, me certificando de que ele não iria estranhar. Um tempo depois, girei os calcanhares, olhando pra trás e voltando para o quarteirão em que a casa dele se encontra, atravessei a rua, pegando as chaves da porta no bolso e entrando.

Lar doce lar.

[...]

Fazia pouco tempo desde que eu havia conseguido o número de Pacagnan, umas duas ou três horas, na verdade (É uma hora da madrugada). Fiquei esse tempo todo pensando se seria o correto a se fazer, afinal, não é normal um estranho te chamar e começar a puxar assunto, sem um porquê concreto.

Mas deixei isso de lado, teclando o número dele na agenda, o adicionando no whatsapp; nomeando o contato como "Boo ♡", pensando nos detalhes antes de chamá-lo.

Celular reserva? Confere.

Número e operadora diferente? Confere.

Foto de perfil com o rosto cortado? Confere.

Com tudo certo, iniciei a conversa:

[Você] Oi
[Boo ♡] Oi
[Você] Não acha que está tarde demais pra estar acordado?
[Boo ♡] Hoje é sexta feira, eu posso ficar acordado até mais tarde...
[Boo ♡] Mas... quem é você?
[Você] Vai saber quando estiver pronto, não apresse as coisas. sz


Notas Finais


alguém avisa pra ludmilla q eh hj


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...