História Stalker - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, SHINee, TWICE
Personagens Jimin, Jungkook, Minho Choi, Momo, Suho, Taemin Lee
Tags Amor, Intercâmbio, Jimin, Jungkook, Momo, Park Jimin, Perseguição, Stalker, Suga, Suho, Taemin, Tragedia, Yoongi
Visualizações 43
Palavras 1.669
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Josei, Lemon, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Se gostarem do capítulo, favoritem e comentem ❤

- Mah

Capítulo 14 - Trabalho


Fanfic / Fanfiction Stalker - Capítulo 14 - Trabalho

|| S/N P.O.V ||

Eu acordei com uma dor de cabeça horrível.


Não conseguia enxergar direito... minha visão estava embaçada.


A claridade refletiu em meu olho me fazendo logo enxergar as figuras a minha frente.


Rose estava me olhando preocupada.


Assim que me mexi, taemin, que estava encostado na mesinha do computador, veio logo em minha direção.


Taemin: ela está bem? - disse se aproximando.


Rose: deixe um pouco de espaço para ela, taemin...


S/n: o que esta acontecendo? - perguntei meio desorientada


Eu fui me ajeitando para ficar sentada na cama.


S/n: minha cabeça dói tanto... - falei pondo a mão na cabeça


Taemin: vou pegar um remédio - disse saindo do quarto rapidamente


S/n: o que aconteceu?


Rose: você... - ela deu uma pausa, suspirando - alguém pegou seu celular e ligou para mim e disse que você estava desmaiada no chão de um beco... foi preciso bastante tempo para eu e taemin te acharmos... nós achamos melhor te trazer pra cá logo...


S/n: Ah... - falei tentando me lembrar dos acontecimentos da noite passada.


Rose: S/n... por que você estava num beco? e por que desmaiou?


De repente alguns flashs da noite passada vieram em mente.


E se eu contasse a rose e ela achasse que eu era louca?


S/n: e-eu... - suspirei tentando me acalmar - eu vi alguém me seguindo... fiquei com medo e entrei num beco qualquer... e acho que devido ao desespero acabei desmaiando - falei, mentindo a última parte.


Rose: você viu quem era?


S/n: deve ter sido minha pressão que baixou... não sei... - falei mudando de assunto

 

Eu não seria louca de contar que vi dois homens de preto no beco e que eu estou os vendo a dias...


E se eu procurasse ajuda? mas e se me chamassem de louca?


Preferi optar por não contar a ninguém... por enquanto...


Taemin apareceu no quarto com o remédio.


Eu o tomei e logo fui tomar um banho. Precisava ir na lanchonete de Aaron como o combinado da noite passada.


Eu tomei banho e coloquei uma calça jeans rasgada e uma blusa branca simples e com mangas, um tênis dá Adidas, deixei meu cabelo solto como de costume e fiz uma maquiagem leve.


Eram 8:20 quando rose foi me levar na lanchonete.


Ela me deixou lá e o combinado era que ela iria me buscar pois estava com medo de que eu desmaiasse novamente.


Eu entrei na lanchonete que estava completamente vazia e vi Aaron limpando o balcão.


S/n: Aaron? - falei tímida e me aproximando


Ele estava de costas para mim.


Aaron: hey! olá S/n! - disse se virando e sorrindo


Aaron estava usando uma blusa vinho com mangas curtas e uma calça preta justa que deixavam suas coxas mais grossas.


S/n: preparado para me ensinar?


Aaron: eu quem tenho que te perguntar: preparada para aprender? - disse sorrindo


Eu soltei uma risadinha.


S/n: eu nasci preparada, querido... - falei pondo minha bolsa em cima do balcão e ficando ao lado de Aaron


Aaron: me siga - disse deixando um paninho em cima do balcão.


Eu o segui até a cozinha.


Aaron: primeiro de tudo, quero que me ajude a limpar as mesas para quando os clientes chegarem...


S/n: okay... - falei sorrindo inocentemente


Aaron me olhou meio que chocado.


Aaron: você vai aceitar assim de boa?


S/n: ue... é pra mim fazer o que?


Aaron: geralmente todo mundo dá um chilique dizendo "me coloca pra fazer algo mais difícil" ou "se for pra limpar, eu limpo em casa"...


S/n: eu não sou todo mundo...


Aaron sorriu.


Ele pegou um paninho e me entregou.


Aaron: limpa aquelas mesas daquela parte que eu limpo essas - disse apontando


Eu fui em direção às mesas e logo tratei de limpa-las.


Ao terminar, uma funcionária da lanchonete entrou.


Aaron: S/n... - disse me chamando - essa daqui é a Sarah, ela estuda em outro colégio mas tem a mesma idade que você


Sarah sorriu inocente.


Aaron: Sarah... a S/n é a nova funcionária daqui...


Sarah: ah sério? - disse mostrando entusiasmo - pelo menos alguém para mim conversar!


Eu sorri.


Aaron: você vai preparando as coisas aí enquanto eu ensino tudo pra S/n...


Sarah: okay.


Eu segui Aaron até a cozinha novamente.


S/n: só trabalhavam vocês dois antes de mim?


Aaron: tinha outro garoto mas ele se demitiu faz pouco tempo.


(...)


Aaron me ensinou bastante coisa como aprender a mexer nas máquinas, preparar algumas comidas e etc.


Eu saí de lá no final do dia, havia já atendido várias pessoas e estava completamente cansada.


Quando eram cerca de 20:30 da noite, só havia umas três pessoas na lanchonete, a porta se abriu novamente.


Eu estava entretida conversando com Sarah e Aaron e me virei para ver quem chegou.


Observei o rosto masculino que me encarava com um sorriso malicioso nos lábios.


Suho: então é aqui que está trabalhando?


S/n: o que faz aqui? - falei indo em direção a ele


Suho encarou Aaron e os dois acabaram deixando um clima tenso no ar.


Suho: eu so... vim visitar minha... amiga... eu acho - disse sorrindo


S/n: AMIGA!


Suho: eu também vim te buscar... taemin contou o que aconteceu...


S/n: rose já ia vir me buscar...


Suho: ela não estava se sentindo bem então me mandou... pela primeira vez acho que estou servindo para ela...


S/n: não é pra tanto... - falei rindo


Suho sorriu mas logo transpareceu sua preocupação.


Suho: você está bem?


S/n: sim... foi só um susto...


Suho: fala a verdade...


Eu olhei para Aaron que entendeu o recado.


Aaron: está liberada para ir, S/n - disse sorrindo


Aaron e suho se encararam novamente e ficaram sérios.


Eu e Suho saímos da lanchonete e ficamos sentados em um banco que havia na frente dela.


Suho: conta o que você viu...


S/n: lembra que ontem eu pensei ter visto um vulto?


Suho: sim... no funeral, né?


S/n: exato... - falei olhando ao redor para ninguém escutar - ontem de noite eu estava saindo daqui e senti uma presença atrás de mim, olhei para trás e realmente tinha uma pessoa me seguindo... ela usava roupas pretas e até o rosto era coberto... eu corri e entrei num beco... ao entrar no beco ainda entrei em outro beco...


Suho: espera, espera... você entrou num beco que estava dentro de um beco? - disse confuso


S/n: isso! - continuei - e foi ali que dei de cara com outra pessoa vindo... também vestia roupas pretas, mas ela estava vindo com passos largos e rápidos o que me assustou ainda mais... eu corri para o primeiro beco e acabei dando de cara com uma das pessoas de preto...


Suho: e se for...?


S/n: thug?


Suho: sim...


S/n: eu pensei também... mas eram duas pessoas...


Eu e suho escutamos uma zoada vindo da floresta da cidade que ficava perto da lanchonete.


Suho: é tiro... vamos! - disse se levantando e pegando na minha mão


Eu continuei olhando em direção a floresta.


Senti suho me puxar fortemente.


Nós entramos no carro e suho o arrancou dali imediatamente


(...)


Suho deixou o carro em frente a minha casa e nós ficamos encostados no mesmo, apenas conversando.


S/n: o que iremos fazer?


Suho: amanhã eu irei na casa do pai de Genevieve e irei procurar por algo que possa dizer por que ela foi morta por thug...


S/n: e o que eu faço?


Suho: preciso que fique fora dessa... pelo menos por enquanto...


S/n: por que?! - falei ficando de frente para ele que estava encostados no carro com os braços cruzados


Suho: se for realmente thug quem esta atrás de você... é meu dever primeiro te proteger...


S/n: eu estou com medo... - falei baixinho


Suho se aproximou mais e ficou de frente para mim.


Ele tirou uma mecha de cabelo do meu rosto e a pôs atrás da orelha.


Suho: eu vou te proteger... - disse baixinho e segurando meu queixo


Vi um sorriso se formar em seus lábios.


S/n: o que está esperando para me beijar? - sussurrei


Suho sorriu novamente.


Ele me beijou calmamente e me puxou pela cintura.


Ele se encostou novamente no carro sem desgrudar nossos lábios enquanto eu estava agarrada ao seu pescoço.


Suho: eu estive esperando por esse beijo... - disse entre sorrisos


Eu também sorri enquanto nossas testas estavam grudadas.


S/n: Será que tem alguém em casa? - sorri maliciosa, ainda abraçada ao mesmo


Suho: não tô afim de ter o taemin no meu pé o tempo todo dizendo "você tá ficando com a S/n?!" - disse imitando uma voz grossa


Suho estava com os braços agarrados a minha cintura.


S/n: então acho que você vai ter que esperar pelo próximo beijo - falei sorrindo e lhe dando um selinho rápido 


Eu me afastei rapidamente enquanto olhava a cara de decepcionado do suho.


Suho: já vai? - disse fazendo um biquinho triste


S/n: se você quer me proteger... acho melhor também se proteger de dona rose... - falei rindo


Eu subi as escadas da varanda e abri a porta, olhando outra vez para trás.


Suho estava encostado no carro me olhando e sorrindo.


Suho: só quero deixar claro uma coisa... - disse se desencostando do carro - que eu tô apaixonado!


Ele fez uma dancinha enquanto se dirigia a dentro do carro.


S/n: idiota! - falei rindo de sua dancinha.


Suho entrou no carro e me mandou um beijo de longe.


Assim que ele saiu, olhei novamente para a casa "dark" onde havia chegado gente.


O lugar parecia totalmente vazio. Estava tudo escuro lá dentro. Talvez fosse a hora...


Tratei de entrar logo em casa.


Pela primeira vez, eu passei um dia sem ver aquelas "pessoas" fora aquele barulho de tiro.


Taemin estava encostado na escada.


Taemin: então... quer dizer que você e o suho...


S/n: taemin... agora não... eu tô cansada... preciso dormir...


Taemin: jungkook e momo vieram aqui e perguntaram por você...


S/n: depois falo com eles... - falei subindo as escadas


Eu entrei no meu quarto e assim que meu celular conectou á internet, recebi uma mensagem.


Novamente um número anônimo.


"Anônimo: você está mesmo gostando dele? não seja burra, S/n... você pode se enganar..."


E eu achando que iria passar o dia sem ter algo estranho na minha vida...


Resolvi responder a mensagem.


"S/n: vem cá... quem é você?"


Rapidamente eu recebi outra mensagem.


"Anônimo: alguém que você não conhece... mas vai conhecer.


S/n: eu espero que pare dessas brincadeiras idiotas! quantos anos você tem? me deixa em paz... fica mandando mensagem anônima...


Anônimo: cuidado com as palavras... elas as vezes podem ser perigosas"

 

                       Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...