História Stalker - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Suga
Tags Jikook, Kookmin, Stalker, Yoonmin
Exibições 290
Palavras 1.297
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Four




        Semanas atrás, recebi uma ligação dos meus empresários dizendo que precisavam conversar comigo urgente. Até ai tudo bem, quando eu cheguei no local todos pareciam muito calados e eu fiquei desconfiado com isso. Ele disseram ‘’Jimin você não pode mais morar naquela casa’’ Era minha casa, a primeira que tinha comprado com primeiro salário.

        Não fazia sentido quando eles disseram ‘’Descobrimos que tem uma pessoa além de nós que tem acesso a todas as câmeras, alarmes da sua casa. Essa pessoa está te vigiando e mandamos um detetive te perseguir. Ele viu um jovem, que era mais ou menos da sua idade te perseguindo, e escondido nos arbustos da sua casa’’ Me coração tinha gelado naquele instante, então eu contei tudo. Contei que conversava com uma pessoa ‘’desconhecida’’ e passei todas as informações necessárias para o detetive, que investigou a vida desse rapaz.

        Esse rapaz era Jeon Jeongguk um jovem de 20 anos que trabalhava em uma empresa de câmeras, que ele as mesmo instalava. Ele morava no subúrbio e dividia um apartamento com um amigo. E nas horas vagas me Stalkea. O que Jeongguk fazia era um crime. Então meus empresários e detetive pediu minha ajuda para prende-lo. No começo não aceitei, ele era só um stalker o que tinha de mais naquilo? Tinha muita coisa de errado, pois como um stalker ele podia ser um assassino. Com medo aceitei a proposta e bolamos um plano.

        Eu convenceria Jeongguk que sabia sobre ele, e mandaria vim até minha casa. No começo meu objetivo era segura-lo ali até a policia chegar, mas algo nele me despertou.

        Então lembrei das nossas conversas e toda vez que ele sempre me ajudou. Dos nossos momentos, de tudo que tinha me ligado a ele. Eu me sinto um mostro porque ele vai para cadeia porque me amava.

        E no fundo eu Park Jimin também amava meu Stalker.

       - Me perdoa – Chorei, senti minha garganta se fechar, porra aquilo doía muito, não quer perde-lo – Me perdoa Jeongguk, eu não queria..

      - Do que você ta falando? – Perguntou assustado segurando meu rosto enquanto fazia um carinho na minha bochecha, limpando minhas lágrimas com polegar.

       Eu apenas o abracei com força, quando a porta foi aberta com chute forte nos assustando.

      - MÃOS NA CABEÇA! – Jeongguk me olhou assustado, eu logo me cobri com lençol sem tirar o olhar dele.

      Policial se aproximou de Jungkook e colocou de costas com brutalidade prendendo suas mãos para trás com as algemas. Eu me enrolei no lençol e me levantei seguindo eles. E gritando para que eles o soltasse, que tudo foi um engano.

      Meu coração doía, sentia que ia desmaiar se continuasse andando e vendo Jungkook se afastar. Naquele momento Yoongi apareceu desesperado me abraçando. Fiquei confuso estávamos na rua e todos os vizinhos saíram para fora assisti minha desgraça.

      Quando notei o olhar de Jungkook sobre a gente empurrei Yoongi para longe e indo até o carro onde Jeon fora levado.

      - Jimin o que ta acontecendo? – Perguntou desesperado

     - Jungkook me perdoa, eu não sabia, a polícia me fez acreditar que você era um criminoso, então eles me usaram para armar um plano contra você para prende-lo  – Eu chorava em pânico – Mas quando eu ti vi, eu lembrei de todos os nossos momentos...e vi que fiz uma grande besteria porque eu te – Me interrompeu.

       - Você me usou

       - Não! Não é isso, por favor, acredita em mim – Supliquei – Eu te amo Jeon

        - Se me ama porque fez isso?

        Porque eu sou um, idiota.

        - Eu não sei – Abaixei minha cabeça – Vou fazer de tudo para tirar você de lá – Sussurrei deixando as lágrimas caírem no chão.

        - Não precisa, foi você mesmo quem disse Jimin, eu sou um criminoso e essa é  minha redenção – Falou – Foi um grande erro, te amar Park Jimin



                                                                                                   {jungkook}



        3 anos depois 

      - Enviaram uma carta pra você, acho que é seu namorado – Dito isso todos os presos na cela riram de mim, não liguei, apenas peguei a carta em sua mão e me sentei em lugar afastado das 4 pessoas ali dentro.

        Era uma carta dele.

        De Park Jimin para Jeon Jeongguk

        ''Bom, já faz 3 anos que venho te mando cartas de perdão toda semana, e eu não sei se vai está lendo elas. Sei que não é a mesma coisa de conversar por mensagem mas assim não ficamos um longe do outro certo?''

‘’Juro que não queria te magoar assim, mas essa vontade incontrável, essa obsessão de provar pra mim que eu possuo você mesmo não te desejando é mais forte que eu, e é por isso que não te deixo em paz, não aceito que sua vida não ande paralela a minha. Você é muito melhor que eu, mesmo que não ache, essa é a verdade. Me por num pedestal não vai fazer eu me apaixonar por você e acho que nem há mais tempo pra isso. Quanto tempo se passou não é mesmo e nós dois aqui no mesmo universo onde eu te piso, te maltrato e você só sabe me amar. É como se a cada ferida que eu abrisse em você recebesse uma flor em troca. Preciso parar com esse egoísmo, ele me corrói tanto e não te culpo por não me ajudar com isso, mas você precisa recusar essas migalhas que te ofereço, elas são envenenadas.
Eu sei, que nunca, ninguém vai me amar mais que você neste mundo e brotam lágrimas em meus olhos só de pensar no estrago que vou deixar em sua vida. Queria que soubesse que penso em você, sim, em quase tudo que eu faço você tá em meu pensamento e que eu sou extremamente ridículo quando falo de você. No fundo talvez eu não te assuma pra mim, você é especial de um jeito diferente que eu não sei bem definir. Mas quem gosta não faz o que eu faço, eu sou a culpada e admito que nem passa pela minha cabeça pedir o teu perdão. Ignorante, orgulhosa, sei que sou tudo isso mas eu já sofri tanto e você assistiu a tudo. Acredito que foi o que me tornou o que eu sou hoje e o meu maior motivo pra viver. 

        ''Eu sou tão podre por dentro que se assustaria comigo.’’

        1 ano depois

       - Levantam gradão, parece que alguém pagou sua fiança e você não vai mofar por mais um ano aqui.

       Me levantei sem nada em mãos e não olhei para trás, em todos esse anos na cadeira eu tinha reconhecido que oque fazia não era diferentes dos outros. Foi um crime o que fiz com Park Jimin e quem deve pedir perdão sou eu.

       Quando sai dá cela, não sabia se me sentia feliz, ou triste, afinal eu não era ninguém. Não tinha família, um emprego digno ou alguém que se importasse comigo. Poderia ter morrido ali dentro sem me importar com mundo lá fora.

       Peguei minhas coisas em uma sala na companhia de um policial me troquei, e fui arrastado para fora daquele lugar. Havia passado 4 anos na cadeia, incluindo um monte de crimes na minha ficha que nem sabia que existia e mais outros crimes que não havia cometido.

       Não tinha nada, não sabia para onde ir, mina vida iria se tornar uma desgraça quando sair por esses portões.

      - Eu não posso ficar aqui? – Perguntei o policial que me acompanhava – Eu posso trabalhar aqui de graça se quiserem.

      - Do que você tem medo?

      - De morrer sozinho, talvez
 
      Quando a porta foi aberta olhei para o chão me segurando para não chorar, precisava ser homem. E tinha que agradecer a pessoa que havia pago minha fiança e não ser ingrato desse jeito.

      - Senti sua falta Jeongguk – Olhei para cima não acreditado

        - Jimin....


 


Notas Finais


Quero agradecer a todos que leram a fic até aqui!
Esse final seve pra vcs imaginarem oq aconteceu, se jungkook perdoou jimin, se eles ficaram juntos depois disso tudo... to pensando seriamente em escrever uma segunda temporada, mas eu ainda não sei ainda, ia ficar muito vago então..

é isso espero MUITO que tenham gostado e me desculpem pelos erros :\
até a próxima oneshot <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...