História Stalker,, Jeon Jungkook - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~minya

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Fanfic, Hentai, Jeon Jungkook
Exibições 449
Palavras 810
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


hellous! Essa é a primeira fanfic que eu faço, então deve estar ruim, com alguns erros e tals, mas do mesmo jeito eu espero que vocês tenham uma boa leitura :3

Capítulo 1 - Capítulo I


Eu era uma garota bem tímida, quase nem tinha amigos, morava sozinha com meu gato siamês que se chamava Theo.

Theo era apenas um gato que eu havia encontrado na rua e tive dó de vê-lo sozinho. Agora, ele mora comigo num apartamento bem simples e confortável.

Eu sou Solis, uma jovem de 18 anos que é apaixonada por fotografias, livros (apenas compro por causa do cheiro) e do meu melhor amigo Theo.

Eu estava chegando no meu apartamento, toda molhada, com as roupas úmidas e o cabelo pingando, mas pronta pra tomar um banho quente até os espelhos ficarem embaçados.

Joguei minha bolsa no sofá e liquei a televisão colocando em um programa aleatório. Encarei a TV por alguns minutos e fui tomar meu banho.

Tirei meus sapatos supostamente molhados e o resto de minha roupa no banheiro.

Tranco a porta e abro o chuveiro fechando o box.

Entro em baixo do chuveiro e fico com os olhos fechados sentindo a água cair sobre meus cabelos até os pés. Abro os olhos, saio de baixo do chuveiro e faço desenhos no box.

Pego um sabonete e passo em meu corpo. Pego mais um pouco de sabonete e dessa vez esfrego minhas mãos uma na outra e faço uma bolha. Depois fico cantarolando as primeiras músicas que vieram na minha cabeça.

Fiquei uma meia hora tomando banho, e fecho o chuveiro abrindo a boca fazendo com que as gotas caíssem na minha língua.

Abro o box, sentindo aquele vento vindo da janela. Depois de poucos minutos coloco a mão na testa e digo para mim mesma: "esqueci de pegar a toalha".

Destranco a porta segurando meus sapatos e minhas roupas para ir pro quarto. Caminho até o quarto na ponta dos dedos sentindo aquele chão gelado.

Chego no quarto e vejo a bela vista de Theo dormindo ao lado de minha janela com a vista da cidade. Pego minha câmera tentando fazer poucos barulhos para não acordá-lo e tiro uma foto do mesmo. Espero a foto aparecer e agito a mesma.

- Que lindo. - digo pendurando a foto num cordão que tinha todas as fotos que eu havia tirado da primeira vez que eu segurei uma câmera até hoje.

Após pendurar a foto, pego o primeiro moletom branco que eu vi na gaveta, junto com uma legging preta e uma meia cinza aveludada.

Pego um cobertor, saio do quarto e jogo o cobertor no sofá espaçoso que, na verdade, parecia uma cama de casal. Ajusto o cobertor e vou até a cozinha fazer um chocolate quente com marshmallow e cookies.

Enquanto eu fazia o chocolate quente, coloco os cookies num prato e levava o prato pra sala colocando-o na mesa de vidro, para empurrar o criado-mudo e situar o mesmo para perto do sofá onde eu estaria sentada durante aquela noite.

Pego o prato de cookies e deixo no criado-mudo, pegando o controle escolhendo algo interessante para ver.

Ouço o barulho do microondas e vou direto para a cozinha.

Pego o chocolate quente, coloco numa xícara e abro a geladeira pegando o pacote de marshmallow ouvindo o som do mesmo cair sobre o chocolate levando a xícara para a sala.

Coloco o mesmo no criado-mudo e me jogo no sofá, cobrindo meu corpo ao mesmo tempo.

Pego o controle e coloco um filme.

O filme era chato, mas eu continuei de olhos abertos para não cair no sono. Fiquei comendo e bebendo e acariciando Theo, que no momento estava em meu colo.

Acabo adormecendo.

Já estava de manhã, soube por quê acordei com o maravilhoso barulho do meu despertador e o sol da janela iluminava meus pés, que no caso, não estavam totalmente cobertos.

Cocei meus olhos e tirei Theo de meu colo cuidadosamente. Levantei e fiquei bocejando de 5 em 5 minutos.

Arrumo a bagunça da sala, pondo as coisas na pia. da cozinha. Dobrei o cobertor, arrumei o sofá e voltei para a cozinha.

Eu estava fazendo waffles e café, enquanto ambos são feitos, checo meu celular e sinto uma vibrada.

Lembrete: Hoje é dia de você visitar seus pais.

Ah, claro. Hoje tenho que ir no cemitério visitar meus pais. Meu pai era militar, então morreu com um tiro no peito e ele sustentava a família, e minha mãe se matou pelo motivo de não conseguir cuidar da filha.

A partir daí eu comecei a me virar sozinha e pensar só em mim.

Após ler o lembrete vejo algumas notificações do Twitter, dizendo:

@JUNGKOOKcokr curtiu uma foto sua.
@JUNGKOOKcokr curtiu uma foto sua.
@JUNGKOOKcokr curtiu uma foto sua.

Ignoro e desligo o celular, tiro os waffles da máquina colocando os mesmos no prato. Tiro a jarra de café da cafeteira e ponho numa caneca.

Começo a comer, mas dessa vez sinto outra vibrada do celular.

@JUNGKOOKcokr: hey, você tira fotos muito boas, deveria ser uma fotógrafa.


Notas Finais


KATIAU!

Já que eu vou continuar essa fic, é muito provável que eu não cumpra os dias que cada capítulo seja publicado aqui, ME DESCULPEM.

Então é isso personas, espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...