História Stand By Me -2a temporada Looking For Happiness - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hoseok, Jhope, Lookingforhappiness, Segundatemporada, Standbyme
Exibições 63
Palavras 2.680
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Enfim , esse capítulo é meio uma explicação sobre o que aconteceu
Pra não ficar tão chato , joguei o Hot na rodinha

Capítulo 2 - Encontro.... (Taegyu+18)


Fanfic / Fanfiction Stand By Me -2a temporada Looking For Happiness - Capítulo 2 - Encontro.... (Taegyu+18)

  -Me desculpe . ~Disse ela com a cabeça e saindo .

-S/n ? ~Digo segurando em seu braço.

-Hum!? ~Diz ela agora olhando para mim em uma expressão curiosa. Ficamos um bom tempo olhando fixamente , até ela dizer...

-O que foi ? Quem é você? De onde me conhece ?

Fiquei um pouco , não sei explicar , como assim s/n não sabia quem eu era , nossos olhares estavam tão sincronizados , era como se ela estivesse sentindo minha falta , assim como eu estava sentindo a dela , fiquei um pouco assustado, o amor que sentimos um pelo outro iria acabar desse jeito !? Ela realmente não ia lembrar quem eu era...

-V.você, não lembra de mim!? ~Digo agora soltando seu braço.

-Ah , não ~Diz ela colocando um fio de seu cabelo atrás de sua orelha -Quem é você?

Estava doendo tanto ela não saber quem eu era , o que a gente viveu , ela já não lembrava , uma parte do nosso passado foi totalmente apagado da sua memória, mas acredito que ela não esteja esquecido de tudo , há algo lá dentro que ela lembre ou pelo menos sinta , você não pode apagar algo que tanto amou assim da sua memória, não é como se fosse qualquer coisa.

HOSEOK OFF

~~~~~~~~~

(S/N) ON

Aquele menino , a voz dele , não sei , parecia tão reconhecível, ele me trouxe lembranças de algumas coisas mas ele , ele pra mim era completamente um estranho , eu realmente não o conhecia . Ele me conhecia , talvez ele possa me fazer lembrar de alguma coisa , meu pai não deseja que eu lembre de nada , então depois que eu saí do hospital por causa de um acidente de carro, ele praticamente me proibiu de lembrar coisas do meu passado , o médico tinha dito que eu conseguiria lembrar aos poucos junto aos meus amigos ou indo a lugares que eu frequentava, mas eu simplesmente  não conseguia lembrar de nada , e aquele menino me parecia muito bom , ele talvez poderia ser a esperança de recuperar algumas coisas .

-Eu sou.... ~Logo quando ele ia falar seu nome , tiro a atenção dos seus olhos e olho para a janela gigante da sorveteria , olhei um pouco assustada , então o mesmo também olhou , quando vi aquele homem , sai para fora da sorveteria indo até ele .

-O que você quer ? ~Digo cruzando meus braços.

-S/n , chega, chega de fugir , agora você vai embora comigo . ~Diz ele se referindo a todo o tempo em que eu fugi . Como ele não queria me deixar lembrar eu resolvi viajar o mundo , fui para alguns lugares , e o que eu mais tive lembranças foi o Brasil , quando eu acordei eu ouvi pessoas falando em coreano , então decifrei ser meu idioma nativo , mas quando fui para o Brasil eu também conseguia entender , até melhor que o coreano . Mas na chegada na Coreia me fez lembrar de um garoto loiro , muito bonito por sinal , ele era o único menino que me vinha em mente.

-Eu não posso ir com você pai , eu preciso saber o que realmente aconteceu .

-YAAA! EU JÁ TE DISSE, VOCÊ SOFREU UM ACIDENTE, EU VOU TE AJUDAR A LEMBRAR , MAS VOCÊ TEM QUE VIR COMIGO .

-Aquele menino parece me conhecer ~Digo apontando para o garoto . O mesmo olhou , eles se encararam de uma forma muito , digamos ''estranha'' .

-É, depois a gente fala disso, vamos ~Diz ele me puxando até um carro Preto fosco.

S/N OFF

-------

(HOSEOK) ON

O pai de s/n tinha uma grande rixa comigo por pensar que tudo que aconteceu com ela é minha culpa , sim , ele realmente está certo , talvez se eu não estivesse próximo a ela isso não teria acontecido , e acho melhor mantermos longe um do outro , por mais que seja difícil para mim , seria melhor pra ela. So-mi ficou olhando a todo momento sem dizer nada , s/n realmente não era a mesma em sua personalidade, estava tão mais calma , quando a mesma entrou no carro com seu pai ela acenou para mim , sussurrando um 'Anyon' (tchau) . Já estava um pouco tarde , e com tudo isso acontecendo me esqueci de Tae , levei so-mi em casa , e a mesma me encheu de perguntas , eu obviamente não queria responder e pelo menos isso ela entendeu , a todo momento eu podia ver que ela estava tentando me deixar 'excitado' , colocando a mão em minhas pernas enquanto eu dirigia, ou cruzando suas pernas toda hora para chamar minha atenção , eu realmente não conseguia tirar s/n da cabeça, então fui mais rápido  possível até a casa de so-mi , chegamos por lá e a mesma me deu um beijo na bochecha me desejando Boa noite e indo embora , ela estava com uma expressão tão 'maliciosa' mas eu não conseguia prestar nem um pouco de atenção nela.

Logo segui até onde eu e Tae se encontraria , quando cheguei lá o mesmo já estava saindo , então gritei.

-TAE! ~Digo indo correndo até ele.

-Pensei que não vinha , pra que tanta demora ? ~Diz ele batendo em meu ombro .

-Tive alguns problemas por aí, aliás preciso falar com você sobre um deles.

-Okay , vamos entrar . ~Diz ele apontando para um bar .

Eu e ele entramos no mesmo , eu não sabia que Tae frequentava lugares como esse , não tinha garotas mas era cheio de 'homens' digamos.. fortões , e que pelo visto bebia muito . Nos sentamos em um lugar um pouco afastado dos outros e ele iniciou a conversa com .

-Como vem se sentindo ?

-Não estava sendo fácil até agora. ~Digo olhando para o garçom que nos trazia uma garrafa de vinho.

-Até agora ? Já esqueceu s/n?

-Ela apareceu antes que isso acontecesse . ~Digo dando um 'gole'

-Quê? Você, Você já sabe?

-Eu vi ela hoje Tae , e por mais que todos diziam que era só alucinações, eu podia sentir que era ela a todo momento, por que você não disse nada sobre ?

-Eu fiquei sabendo a pouco tempo , e achei melhor contar pessoalmente, onde você a viu ?

-Rodeando o Colégio, minha casa e esbarrei com ela pelo caminho...

-Quê? Ela está na Coreia? Por esse 1 ano ela viveu fugindo do pai dela.

-Fugindo ? Por que ?

-O pai dela não quer que ela lembre exatamente do que aconteceu , segundo ele , quer privar a filha da dor. Por isso ela fugiu , começou a viajar sem dar nenhuma explicação. Ela perdeu a memória mas não perdeu a abilidade de esconder as coisas , ela contínua fazendo isso muito bem.

-Ela lembrou de você? ~Digo me encostando na cadeira e cruzando os braços.

-Eu ainda não à vi , nem sei se estou pronto.

-Você ainda gosta dela?

-Eu tô com Gyu Won, Hosoek!

-Está realmente gostando dela ou isso é só pra esquecer s/n?

-Eu gosto dela , enfim , eu tenho que ir. ~Diz ele se levantando.

Fui para casa e pude ver a felicidade do meu pai por ter demorado com so-mi , aliás aquela menina não me interessou nem um pouco . Estava pensando em como deixar a s/n ir mesmo eu ainda gostando tanto dela . Não contei para minha mãe, ela é muito emotiva ia logo querer vê-la e ia acabar assustando s/n . Fui direto ao meu quarto , me deitei e de tanto pensar acabei dormindo .     HOSEOK OFF

--------

(TAEHYUNG) ON

Eu estava muito feliz por saber que s/n estava em Seul , não me preocupei muito , não quero voltar a ter sentimentos por ela , e eu estava numa vontade enorme de ver Gyu Won essa noite, tinha marcado com ela de irmos em um parque, se divertir um pouco .

Cheguei em casa , e logo vejo um bilhete de minha mãe em cima da mesinha que havia na sala.  

Filho tenho que comparecer a um evento em Nova York , vou ficar fora por uns dias , se cuide , voltarei em breve.

Isso era bem normal dela , não mudou nada em 1 ano , continuava indo a lugares e voltando dias depois , eu até achava que minha mãe  estava se encontrando com alguém, mas enfim , não gosto de me meter na vida dela , mas se isso estiver acontecendo eu vou ...

Mas enfim , resolvi mudar meus planos com Gyu Won , liguei para a mesma e disse para vir até minha casa , obviamente o pai dela não iria deixar , mas ela sempre dava um jeito , aquela carinha de anjo não engana ninguém. Eu e Gyu Won nunca tivemos relações sexuais , mas acho que isso só aconteceu por eu estar fora esse tempo todo , por mais que eu esteja a muito tempo sem sexo eu não quis trair ela , então eu mesmo ... me satisfazia , mesmo não sendo a mesma coisa , eu queria alguém pra isso óbvio, mas eu não queria fazer isso com qualquer pessoa , e Gyu Won estava comigo mesmo sendo de longe , por manter isso a tanto tempo eu pensei bem e de jeito algum eu poderia trai-lá. 

 1HORA DEPOIS 

Esperei ela por muito tempo , mas felizmente depois de algumas horas a campainha toca . A empregada ainda estava em casa , então foi atender a porta , mas dispensei a mesma e disse que eu atenderia . Abri a porta e pude ver a linda face de Gyu Won , aliás sem óculos ela ficava mais linda ainda . A recebi com um selinho demorado e a mesma disse

-Que ótima recepção, acho que vou vir mais vezes. ~Diz ele sorrindo e me tirando um sorriso .

-Seria ótimo ~Digo puxando ela para dentro . -Enfim , o que você quer fazer ? ~Digo a abraçando e dando beijos em seu pescoço .

-É... a. Gente pode...pode , assistir um filme . ~Diz ela lentamente.

-Tudo bem . ~Digo parando de beija-lá e me sentando no sofá , a mesma sentou ao meu lado e disse .

-Onde está as pessoas que moram aqui ?

-Bom... minha mãe viajou e eu dispensei a empregada . ~Digo dando o sorriso malicioso de Gyu Won.

-Okay , só vamos ver isso. ~Diz ela ainda sorrindo .

Ficamos assistindo a um filme , que eu nem sei qual era , já que foi ela quem colocou , eu queria muito ter uma noite com ela , mas tenho que respeitar sua vontade ...

Logo aparece uma cena de beijo no filme , e vejo ela olhar para mim fixamente , tentei me segurar , mas logo olho para ela também e a ataco com beijos , logo ela para o beijo vai até a minha orelha e sussurra .

-Adoro quando chega a parte em que matamos a saudade. ~Quando ela disse isso já pude sentir meu pênis 'acordando' , não imaginava que Gyu Won poderia me deixar louco desse jeito só de sussurrar em meu ouvido . Logo ela separa o nosso beijo , vendo meu olhar de reprovação. Ela se levanta coloca uma suas pernas abertas sobre meu membro e diz :

-Chega de esperar , já está na hora de te mostrar um prazer maior que o provocado por você mesmo . ~Diz mordendo seu lábios e logo indo até meu pescoço, chupando e mordendo o mesmo , vejo sua bunda se empinar em meu colo e não pude conter minhas mãos, logo apertei bem forte , a fazendo soltar um gemido de dor.

-Precisa me torturar tanto antes assim ? ~Digo forçando seu corpo contra meu membro .

-Eeei , calma ~Diz ela sorrindo , e se levantando . -Vem ~Agora puxando minha blusa me fazendo levantar.

-Não Gyu Won , não me faça esperar desse jeito . ~Digo logo a beijando e começando a tirar sua blusa , logo ela me joga no sofá sobe novamente em meu colo e começa a fazer movimentos circulares sobre meu membro (mais conhecido como a famosa rebolada) , novamente ela saí vendo meu olhar de reprovação e diz.

-Calma bebê . ~Diz ela com um sorriso malicioso , logo se ajoelhando no chão ficando em frente a meu membro.

Gyu Won estava me torturando muito , eu estava tão excitado que até doia , ela não fazia aquilo logo , eu estava ficando louco, mas logo para acabar um pouco com meu sofrimento sinto a mesma abrir o zíper de minha calsa .

-Tá vendo o que você me causou Gyu Won ~Digo olhando para baixo . -Me chupa logo , vai! ~Digo vendo ela tirar minha box fazendo o meu membro já todo enriquecido 'pulando' em sua face.

A mesma começou a me masturbar com a mão, logo abocanhando o comecinho , fazendo movimentos circulares com a língua, logo ela literalmente o abocanhou por inteiro .

-Aiiiish , não faz isso comigo . ~Digo colocando a mão em seu cabelo , agora ditando seus movimentos , ficando cada vez mais rápido , eu estava chegando ao meu ápice, então tirei meu membro da boca da mesma e a deitei no sofá a fazendo abrir toda sua perna para mim . Tirei seu short junto a calcinha , e pude ver o quanto molhada ela já estava.

-Caramba , me fode logo ~Diz ela massageando seu próprio seios .

Comecei a passar a língua bem devagar em seu clitóris, logo depois fui aumentando a velocidade, fazendo movimentos circulares provando todo os lados doce de sua intimidade .

Logo sinto o líquido de Gyu Won em minha boca , me levantei e deitei sobre ela , comecei a beija-lá intensamente, logo depois a peguei no colo , a fazendo sentar em meu membro , a mesma pega e coloca dentro de si mesma.

   -AIIIIINW TAEHYUNG , EU ESPEREI TANTO POR SER FODIDA POR VOCÊ.~Diz ela começando a rebolar sobre o meu membro que já estava dentro da mesma . Gyu Won falava coisas bem sacanas durante a transa , o que deixava tudo mais excitante e gostoso . Logo inclinei minha cabeça para trás sentindo ela calvagando sobre mim.

-Oounw , isso é ótimo!!! ~Digo voltando a olhar ela nos olhos e pegar sua bunda , fazendo ela ir casa vez mais rápido.

-PORRA TAEHYUNG , CARALHO , MAIS RÁPIDO! ~Diz ela agora gritando , levei realmente a sério o que ela disse , comecei a ir cada vez mais rápido, tão rápido que pude ver que ela estava sentindo tamanha dor.

-GOSTOSA! TÃO APERTADINHA ! ~Digo , Gyu Won estava me fazendo sentir contra meus pensamentos , e seus gemidos nos meus ouvidos , me fazendo mudar de mundo , estava tudo muito bom .

Chegamos ao nosso segundo ápice juntos , deitamos um do lado do outro , logo após pude ver o desespero de Gyu Won.

-Ai MEU Deus , eu preciso ir embora Tae .

-Calma , dorme aqui.

-Meu pai vai me matar se eu dormi aqui .

-Fala que S/N te chamou.

-Mas Tae, s/n ... morre...

-Não amor , ela não morreu , aliás ela está aqui.

-O que? ~Diz ela um pouco assustada, tive que contar toda a história pra ela , então ficamos mais um bom tempo juntos , logo depois ela ligou para seu pai que parecia ter entendido a situação. Subimos até meu quarto, e deitamos um ao lado do outro , e acabamos dormindo cedo , já que era meu dever buscar s/n amanhã pra ir para o Colégio , já que seu pai não podia descobrir que era o mesmo de antes. Acho que será um pouco complicado pra ela , mas acredito que ela irá superar tudo isso muito rápido. 



Notas Finais


Eeeeeeeee.... talvez as palavras nessa fic fique um pouco mais.... informais :v
Mas enfim , é isso .kkkk
Bjos.
O final ficou chato ? Sim, ficou . DESCULPEEEE
Minhas preocupações com a escola estão acabando , então vou me dedicar mais aqui.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...