História Amor e Ódio(star dance) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Namjoon, Rap Monster, Suga, Yoongi
Exibições 13
Palavras 1.447
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, quero dizer umas coisinhas, "obrigado por leem a minha fic(matraca), e eu quero dizer que além de escrever história, eu também faço poesias-Prendada não?-.
Ao final da fic, terá uma poesia do Jimin para Milena, deixem seus comentários,E
BOA LEITURA.

Capítulo 6 - A primeira aula(final)


Fanfic / Fanfiction Amor e Ódio(star dance) - Capítulo 6 - A primeira aula(final)

Desco as escadas, na entraa, Jimin estava sentado no banco, quando me ve, ele alevanta.

-Que bom que você veio, está...

-Bonita?-interompo.

-Era o que eu ia dizer.

Vamos até uma pizzaria, nos sentamos e pedimos uma pizza senti, que ele era diferente, pra começar, aquele cabelo vermelho-eu usaria assim,'"se eu fosse participar de um protesto, tipo assim, SALVEM OS TOMATES, dai, eu pintaria."'

-Você está bem?-ele começa.

-Se eu diser que sim, vou mentir.

-Gosto do seu jeito.

-Mal sentamos e você je me elogia.

-Como assim? E aquele dia no jardim.

-Uma conversa civilizada.-corijo.

-Sim, mas, ai esqueçe.-ele suspira, como se eu estivesse irritando muito ele. -E a Carol?

-Bem!

Vai falar a Cá? Isso é sério?!

Nossas pizzas chegam, comemos, pagamos e caminhamos, no caminho, paramos em uma praça e compramos algodão-doce. Depois caminhamos devagar, ele me contando um pouco da sua vida, eu tentando banca a "psicológa"-nunca se sabe, quando alguém precisa desabafar, sou só Ouvidos-.

-Que tal, irmos ao zoológico?-ele convida.

-Jura que você acha que eu vou cair nessa?!

Estragou o "clima", que saco.

-Que?

-Se você acha que, eu sou essas novatas, que voces fazem o que querem, está enganado.

-Nunca pensei nisso.-ele sorri. -É que estamos no caminho, daí eu pensei que..

-Ta pensando demais, vamos logo.

Chegamos ao prédio, no jardim sentamos no banco, ele passa a mão em meu rosto e se aproxima dos meus lábios.

-Você prometeu.-coloco o dedo em sua boca e me afasto.

-Eu não resisto.-ele sussura.

-Então eu vou subir,tchau.

Me alevanto, subo as escadas correndo, Namjoon estava parado no corredor.

-Saí da frente!-gritei.

Ele segura meus braços e me puxa:

-Parece que viu um fantasma.-ele ri.

-Sim, acabei de te ver.-faço cara de mal-criada.

-Como você ousa falar comigo assim.-ele fica sério. -Sou um deus do rap.

-Que? Você canta reagge.-sorri com malicía.

-Rap... Sou rap monster.

-Blá-blá-blá.-mexo as mãos.

-O que você entende de rap?

-Tudo.-encaro. -E você? O que entende de mulheres?

Ele tenta me beijar, eu o empurro.

-Voces não prestam.

Saio batendo o pé, até meu dormitório, entro e dou de cara com Carol e Yoongi se beijando no sofá.

-Yoongi!-ela cutuca ele, em sinal para ele parar. -Ela chegou, hãã... Como foi o jantar?

-É... Digamos que legal.

-Que bom...

-Jimin não exagerou?-perguntou Yoongi sorrindo.

-Se exageraré, tentativa de estrupo.-pisco para eles. -Sim.

Eles riram.

-Ele não consegue ser normal...-falou Yoongi.

-Não, não consegue. Eu vou dormir, eu acho.

-Ta... O Yoongi também vai.-disse Carol.

-Vou?-ele perguntou.

-Vai.-respondeu Carol, e o levou até a porta.

-Nos vemos amanhã.-falou Yoongi dando um selinho nela, antes de sair.

-Namoro?-sento no sofá.

-Talvez.-responde.

-E a demoníaca.-faço cara de suspense. -Pietra!-finjo vomitar.

-A puta, desgraçada? Não sei... Pedi pro Yoongi não falar sobre ela, se não iriamos brigar.

-Ai, ai, ai, que bom que você está se entendendo com os garotos.

-Pois é... E você e o Namjoon?

-Aquele... Insuportável, tentou me beijar.

-E isso é bom?!

-Não!-alevanto. -É como ter um urubu atrás de você.

-Ele é legal...

-Hum. Vamos dormir.

Vamos para nossos quartos e eu durmo.

 **********+******

Acordei com meu despertador, acordei Carol, tomamos café, coloquei uma leggin preta, uma manga curta bege e meu all star preto de cano alto e meu cabelo ficou solto. Carol colocou uma leggin  preta, um converse vermelho e uma regata branca, seu cabelo estava em um coque frouxo. Fomos para a aula de dança, Yoongi estava esperando a Carol lá na frente.

-Bom dia, garotas.-depois olha para Carol. -Bela flor!

Ele dá as costas e sai, Sra Kell se aproxima segurando um microfone cheio de gliter, -What? Eu amo brilho, embora use muito preto, que foi? Sou uma gótica "brilhante", **nada ve**-.

-Hoje vamos dançar em duplas.

-Duplas?!-eu e Carol falamos juntas.

-Sim, os meninos irão escolher.

Carol pareceu tranquila, nós ficamos em fila, um por um os garotos, vão chegando em nós. Jimin, estava vindo até mim, Namjoon o empura e pega minha mão.

-Boa sorte!-Carol sorri.

Tento parecer cansada, ele coloca a mão na minha cintura, eu em seus ombros.

-Vamos começar com movimentos leves.-Sra Kell fala no microfone. -Conheçam seu par, 10 minutos.

-Está bela, hoje.-ele elogia.

-Ja ouvi essa.-reviro os olhos.

-Será que não da pra ser gentil, por pelo menos um dia?

-Vou pensar com carinho.-olhei para o lado, Carol e Yoongi riam abraçados.

-E quanto tempo vai levar esse pensamento.

-Por que? Tem os dias contados.-piso no pé dele

-Aii!-o mesmo grita.

-Ei! Namjoon e Milena, troquem de par.

-Eu vou!-gritou Jimin, que estava dançando com Pietra(só porque ela foi o que sobrou). Namjoon dança cabisbaixo com Pietra, que não parava de encarar Yoongi e Carol irritada.

-Bem melhor.-eu sorri para Jimin e encarei Namjoon.

-Então você gosta mais de mim!?

-Você se ilude facilmente?

-Você admitiu.-ele me olha com malicía.

-Tenho pena de garotos como você.

-Agora dois passos para cada lado.-Sra Kell grita.

-Gosto de garotas como você.-responde me puxando para mais perto.

-Então é melhor não gostar.-me afasto e o encaro.

-Você não manda em mim.-responde e me puxa para perto de novo, desta vez me empedindo de sair.

-Ai, ai, e se eu te desse uma chance?-sorri.

Ele sorri e me beija, todos nos olham.

-Nunca mais faça isso!-dou um tapa em seu rosto.

-Aii!-gritou. -Você disse que me dava uma chance.

-Eu pergutei.-empurro ele. -Não que dava.

Forma uma roda em volta de nós.

-Você perguntou e eu respondi!

-Os dois para minha sala agora!-Sra Kell diz irritada.

Nós caminhamos até la, nos sentamos em duas cadeiras na frente a sua mesa. Estavamos sozinhos, ele me olha, viro para a janela.

-O que voces fizeram foi inadimissível!-disse Sra Kell entrando na sala.

-Eu não quis que isso acontecesse.-começei.

-Eu também não.-disse Jimin. -Lamento diretora, podemos ir?

-Não, vão ficar suspensos, hoje na biblioteca, os dois fazendo trabalho.

-O QUE?-falamos juntos.

-Ué, não são tão intímos assim?

Ficamos em silêncio.

-Agora vão, voltem para a aula e os dois vão  ficar sentados.

Saimos sem falar nada e sentamos bem longe na arquibancada. Carol está dançando alegremente, enquanto Yoongi a observa como um cachorro abandonado.

              Pov's Carol!!!

Eu e Yoongi estavamos dançando enquanto Milena e Jimin, estavam na sala da diretora.

-Será que está tudo bem?.-perguntei.

-Eu acho que não, Jimin acha que pode ter todas as garotas facilmente.-ele desce a mão na minha cintura.

-A Mi também é meio rude ás vezes...

Uma dupla colidiu conosco.

-Desculpe.-Pietra faz biquinho. -Namjoon é meio afobado.

Ele olha sem entender nada.

-Tem certeza que ele é o problema?-falo com raiva.

-Não da bola.-Yoongi me puxa para o outro lado e continuamos dançando.

-Yoongi...-falo enquanto dançamos.

-Se for para brigar, não fale.

Sorri e continuamos dançando, até que Milena e Jimin entram e sentam na arquibancada.

-Eu vou falar coma Mi!-falei.

-Eu vou junto.

Vamos até la e sentamos ao lado deles.

-Ta tudo bem?-perguntei.

-Não.-Milena abaixou a cabeça.

-Jimin, Jimin.-Yoongi sorri.

-O que a diretora falou?-perguntei novamente.

-Que temos que ficar sozinhos na biblioteca, fazendo trabalho. Culpa sua.-ela da um soquinho no braço do Jimin.

Pietra subiu na arquibancada.

-Cubinho, vamos dançar?-falou me encarando.

-Ele ta cansado.-falo

-Estou falando com ele.

-Vamos Pietra.

Eles descem e dançam, eu o encaro cerrando os punhos.

-Eu não acredito.-falo com raiva.

Ela estava dando risadinhas e tentando se aproximar dele, mas o mesmo desviava, saí do ginásio, peguei uma bola de basquete e fui jogar na quadra.

Após 15 minutos sozinha, Namjoon entra e me olha:

-Quer compania?-ele diz.

-Sabe jogar basquete?-perguntei, jogando a bola para ele.

-Eu prefiro conversar.-ele joga de volta. -Não quero humilhar.

-Quer conversar o que?

-Milena?!

Novidade.

-Ela e o Jimin?

-Eles não tem nada.

-E o beijo?

-Ele roubou.

-Pode ser meio... Invasão de privacidade... Ou, ela ja namorou?

-Já, mas não durou doi dias.

-Era um garoto?

-Não, era um ursinho de pelúcia,qu pergunta Namjoon.-falo irônica.

-É que eu pensei que ela não gostasse de meninos, ela é dificíl.

-Ela gosta de meninos, só não gosta de você.

-Só por que eu derrubei ela?-ele se senta.

-Não, ela gosta de meninos que não são facéis, e você ta se entregando demais.

-Me ajuda?

-Claro.

-Diz pra ela sair comigo.

-Não funciona assim! Finja que não se importa, que eu faço o resto.

-Qu resto?

-O resto...

-Que?

-O resto é coisa de menina,me faz um favor.

-Diz.

-Tira o Yoongi de perto daquela desgraça.-falo sorrindo. _Convida ela para dançar.

-E o que a Milena vai pensar?

-Exato, você tem que mostrar que não precisa dela.

Reclamando, ele foi até lá, observo Yoongi sentar ao lado de Jimin.

-Almoço, depois 13:30pm, aula de português, boa tarde.

Sra Kell, diz pelo alto-falante.


Notas Finais


"LA VAI A POESIA"

Não sei o que está acontecendo
Você me tem na sua mão
sem fazer nada.
Me deu um soco do amor,
que ta doendo mais no meu peito.
Porque eu te amo
e você não sente o mesmo.
Eu te amo
e você quer amizade...
Eu te amo
e você ama outro,
nem sei se ama.
Seu coração é de pedra?
Ou é de aço?
Deixe eu te mostrar, o que sinto.
Talvez demore uns dias,
meses
anos,
a eternidade...
Mas um dia você, vai ver que esse cara aqui
gosta de você...
Ama você!!!!!

Essa foi ela, ta ruim-eu sei-, mas é um pouco do meu desabafo. "tenho história nova" EEEEEE
Beijooooos, e até mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...