História Starco: Recomeço - Capítulo 58


Escrita por: ~

Postado
Categorias Star vs. as Forças do Mal
Personagens Ludo, Marco Diaz, Personagens Originais, Star Borboleta, Toffee
Tags Amor, Marco, Romance, Star, Star Vs As Forças Do Mal, Starco, Starvsasforçasdomal
Exibições 114
Palavras 344
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Super Power, Survival, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hoje eu tive uma ótima idéia, mas uma idéia geniel, que pode ser ruim e boa ao mesmo tempo.

Capítulo 58 - Cap.12 Temp.2


TOM'S P.O.V.

Depois de quebrar milhões de pedras, eu finalmente decidi o que fazer.

Abri um portal para Mewni e entrei no mesmo. 

Corri até o palácio. Assim que cheguei fui de encontro com o rei Borboleta. 

-Ora, ora... Pelo visto decidiu o que fazer antes do que eu pensava que conseguiria.- disse o rei com um sorriso no rosto.

-Sim majestade. Mas sem querer ofende-lo, eu tive uma ideia melhor do que as que me deu.

-Conte me.- ele parecia estar gostando.

-Eu sei que não poderemos mata lo sem que ela perceba que foi armado, ou que afastemos os dois, pois são almas gêmeas. Mas... o que acha de um pouco de magia? 

-Que tipo de magia?- ele levantou as sobrancelhas.

-Glamour.- sorri, um sorriso maligno.

-Enteressante... Conte me mais...- ele disse puxando uma cadeira para que eu me sentasse.

- Bom... Como o senhor sabe, o glamour pode mudar sua aparencia, tipo um disfarce,  então... Eu poderia utilizar o glamour para me parecer com o Marco.

Ele riu.

-Soa bem, porém é patetico. Você não poderá sustentar está farsa para sempre, um dia os dois "Marcos" irão se esbarrar.

-Pelo visto o senhor não entendeu muito bem o que eu pretendo fazer.- eu dei uma pausa.- Você sabe muito bem que ela no sujaria o nome da família real. Somente nós nesta sala sabemos que ela não é mais virgem, o povo fora destas paredes não. Então caso ela engravidasse... Ela se casaria com o pai da criança. Não acha?

-Ela vai pensar que é do Marco, e logo se casaria com ele, afinal, já estão noivos...

-E se essa criança não se parecer nada com os pais? Em?

-Seria tarde. O povo de Mewni já saberia que ela pariu. E se pensarem que ela já teve relação com dois homens, as coisas ficaram piores.

-Só falar que Starco nunca existiu, e que já haviamos se casado a muito tempo em secreto, que só não contamos para não houver um conflito com Mewni e o submundo. Eles são tolos, vão cair.

-Isso soa como musica para os meus ouvidos.- ele sorria com uma expressão perversa no rosto. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...