História Starlight - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 43
Palavras 1.226
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Sem criatividade para um título e sim, apaguei o capítulo 5 porque tava ruim, agora licença que eu vou assistir Kobato...
Assisto anime sim! Se tem problema pode tirar o favorito e ir embora.
E sim, tô de TPM...

Capítulo 5 - Capítulo 5


- Eu sabia que aquele cara não prestava! Como é que foi isso? Ele admitiu? Você pegou ele no flagra?
- Eu peguei ele no flagra, ele tava com aquele tal de Chen que ele dizia que era só amigo dele... Ele não teve nem a cara de pau de dizer que não era o que eu estava pensando... E ainda esfregou na minha cara que eu fui só um brinquedo sexual que ele descartou...
- Eu vou matar esse cara! Eu te avisei que ele não prestava! Agora você está por culpa daquele infeliz!
- Desculpa Nam...
- Apesar de você ser burro... Eu te perdôo...
Jungkook sorriu.
- Mas se tentar se matar de novo eu te meto a porrada!
- Ai...
- Ai vai ser o que tu vai dizer se fizer isso de novo.
- Eu não vou fazer de novo, eu prometo.
- Acho bom...
No dia seguinte, eles são liberados e vão pra casa conversando sobre qualquer coisa que vinha na mente.

Meses depois...

Jin P.O.V
Eu acordei as 10:35 da manhã, sabia porque dizia no meu relógio em cima da cômoda. Queria dormir mais um pouco, já que estava morrendo de sono por causa de mais uma noite em claro chorando por causa das ofensas de Yerin, sim, ela me humilhou de novo, só que desta vez na frente de várias pessoas, mas Jimin estava gritando pra eu acordar.
Naquela manhã eu decidi não me importar com ela nem com ninguém, só queria ser eu, um homem normal, não um homem que não enxerga.
- Bom dia Jin! - Disse me guiando para o sofá.
- Bom dia Jimin! - Disse ao me sentar. - Você cozinhou? Porque o cheiro tá ótimo.
- Obrigado! - Me deu um prato com alguma coisa nele. - Eu tava testando aquelas panquecas de banana que você me ensinou... Prova pra ver se tá bom...
Peguei a panqueca e coloquei na boca, estava muito bom, arriscaria dizer que estava melhor que as minhas.
- Iaí? Tá bom?
- Muito bom! Tá maravilhoso!
- Obrigado hyung!
- Por nada, Jiminie...
- Vamos sair?
- Pra onde?
- Ir no cinema talvez...
- Odeio ir no cinema, eu sempre atrapalho porque você sempre tem que descrever o que tá acontecendo e as pessoas que sentam do nosso lado ficam irritadas.
- Vamos em um parque então!
- Por que você quer tanto sair?
- Porque não quero te ver triste dentro de casa, .
- Tá bom, vamos ao parque...
- Yes!

***

Namjoon P.O.V
Jungkook estava estranho esses dias, ele ficava enjoado, vomitava com frequência e comia coisas estranhas.
- Jungkook você ta me preocupando... - Falei pra Jungkook, que estava sentado. - Acho que devemos ir ao médico...
- Eu tô bem Nam... É só... - Parou de falar. - Senti uma tontura.
- Jungkook, se acontecer algo assim de novo vou ter que te levar pro hospital...
- Tá louco? Por que hospital?
- Porque pode ser algo sério. - Cruzei os braços.
- Se acontecer algo sério mesmo a gente vai pro hospital, tá?
- Promete?
- Prometo... - Revirou os olhos. - A gente podia ver o Yoongi!
- Claro... Mas vamos ligar pra ele antes, da última vez que fomos sem avisar pegamos ele batendo uma vendo vídeo pornô.
- Ai que nojo... - Fez uma careta. - Eu lembro sim...
Eu peguei meu celular mandei uma mensagem para Yoongi no Whatsapp, na mensagem eu perguntei se eu poderia ir lá com Jungkook que respondeu com um "Claro", quase na mesma hora.
- Se arrume Jungkook. - Ordenei suavemente.
- Tá... - Ele foi pro quarto e mudou de roupa.
Ele levou mais ou menos uns 10 minutos pra se arrumar, quando ele saiu do quarto dele eu peguei as chaves e fomos pra casa do Yoongi de carro.
Conheço Yoongi desde os meus 5 anos, ele é um típico solteirão solitário, nunca teve nunca teve namorada ou namorado, confesso que não sei do que aquele esquisitão gosta, até porque ele não sai de casa desde os 20 anos por causa da Síndrome do Pânico, mas antes dessa doença aparecer na vida dele ele era bem ativo, saía de casa cedo, ia acampar nos finais de semana, fazia as compras da casa, me acordava cedo pra jogar futebol.... Um dia eu fui na casa dele e ele estava chorando muito. Yoongi nunca disse o motivo de estar chorando, mas depois disso nunca mais saiu de casa e durante 6 meses ele ficou sem receber ninguém em casa. Conseguimos fazer ele receber a gente na casa dele, mas nunca fizemos ele sair de casa.
Na época ele já ganhava dinheiro com o canal dele, foi aí que ele teve a ideia de começar a anunciar os quadros dele no eBay, que fizeram sucesso.
Saio dos meus pensamentos quando avisto o prédio de Yoongi. Saí do carro com Jungkook, cumprimentei o porteiro e toquei o interfone.
- Suga! - Falei.
- Pode entrar.
Eu abri a porta e entrei com Jungkook e pegamos o elevador, chegamos no andar dele, andamos pelo corredor até chegarmos na porta dele, bati a campainha e ele abriu em 2 minutos.
- Oi! - Disse Yoongi sorrindo.
- Oi! - Dissemos juntos.
- Entrem!
Ele deu espaço pra nós entrarmos.
- Como estão?
- Bem... - Disse Jungkook.
- O Jungkook anda vomitando e comendo coisas estranhas. - Comentei.
- Lembra que o meu primo tava com isso? - Falou Yoongi.
- Sei, o Jongin não é?
- Sim, sabe o que era?
- Ele tava grávi-... Pera ele tava grávido...
- Acho melhor vocês darem uma passadinha no médico depois... - Disse Yoongi.
- Se o Jungkook estiver grávido eu mato o Minseok! - Eu disse irritado.
- Calma Namjoon... Nem sabemos se ele está grávido ou não...
- Se ele estiver eu mato o Minseok, depois que a criança nascer mato o Jungkook!
- Então tomara que a gestação seja longa... - Se manifestou Jungkook.
- Tomara que você nem esteja grávido. - Respondi.
- Mas ia ser uma criança tão linda. - Disse Yoongi. - Lembro quando o Jungkook nasceu... A gente dizia que ele ia pegar todas as novinhas.
- Aí o Minseok apareceu... - Disse Jungkook com cara de trouxa apaixonado. Ele ainda não esqueceu aquele merda mesmo depois daquela traição, meu irmão é um burro mesmo.
- E te fez de trouxa durante 1 ano. - Disse Yoongi. - Ele te traía até com mulher, só você que não notava!
- Eu... - Jungkook parou de falar. - Tô sentindo uma tontura...
- Acho melhor levar ele pro hospital... - Disse Yoongi
- Hyung... Eu tô b... - Caiu no chão desmaiado.
- Jungkook, acorda por favor, Kookie... Kookie... - Disse pegando ele no colo enquanto dava leves tapas na cara dele.
- Vou chamar a ambulância! - Disse Yoongi.

***

Eu estava já há alguns minutos esperando em um banco, no hospital, Yoongi não conseguiu passar da porta de casa porque não se sentiu confortável, então estou aqui sozinho.
- Senhor Jeon, fizemos os exames no seu irmão e temos ótimas notícias... - Disse o médico.
- O que ele tem não é grave? Tem cura?
- Ele não tem nenhuma doença.
- Que bom...
- Ele está grávido.


Notas Finais


Beijo fui assistir Kobato... Acho que daqui a um tempo vou decorar a música de abertura :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...