História Stars and more something there - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Bianca di Angelo, Frank Zhang, Hazel Levesque, Jason Grace, Leo Valdez, Luke Castellan, Nico di Angelo, Percy Jackson, Piper McLean, Thalia Grace
Exibições 41
Palavras 1.372
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Saga

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem

Capítulo 1 - Look of hatred


quinta-feira, 13 de outubro de 2016

19:59

Ele não parava de me olhar,fazia isso o tempo inteiro,cada segundo,cada minuto do seu dia era dedicado a me lançar um olhar de fúria, aquele moreno antes doce, lerdo,e compreensivo, se tornara seco,amargo,e desprezível,nunca me imaginara dizendo tais coisas sobre ele, mas não fui eu quem mudou e sim ele.

Estávamos na aula de geometria, a cada cinco minutos eu olhava de relance para a carteira ao lado, e ele sempre estava demonstrando que seu ódio por mim não passara...Antes de tudo acontecer éramos um casal, éramos como o rio e a correnteza, inevitáveis, mas Percy nunca me deixara explicar como tudo aconteceu, para ele eu sempre seria a grande culpada. Nenhum dos nossos amigos concordava com Percy, eles sempre tentavam abrir os olhos dele ,mas nada acontecia, sempre foi em vão, o meu maior desejo era que voltássemos a nos falar, a ser ao menos bons amigos, não iria exigir nada dele, mas mesmo assim ele nunca cedia a seu ódio.

Em meio a tantos devaneios nem havia percebido que o sinal tocara , estávamos somente eu e Nico na sala.

—Anne, que tal vermos um filme lá na minha casa hoje em? Diz Nico se aproximando após terminar de organizar sua mochila.

. —Só nós dois? —Não, eu estava pensando em chamar toda a galera. Disse Nico parecendo super animado com a ideia.

-Amm, e essa galera inclui o Percy? Perguntei apesar de já saber a resposta.

—Anne , eu sei que vocês não se dão mais bem, mas acontece que toda a galera é amiga de vocês dois. Mais se você não quiser ir                    eu entenderei.

—Não Nico, tudo bem, eu não posso fugir dele para sempre não é mesmo, não vou parar de me divertir com meus amigos por culpa dele. Disse aparentando determinação.

—É ,essa é a Anne que eu conheço. Disse Nico me dando um forte abraço,oh céus se Nico fosse interessado em mim, sem dúvidas eu namoraria com ele, além de fofo, e misterioso o garoto ainda consegue ser lindo....Foco Annabeth,foco.

—Ammm, eu já vou indo Nico , me manda um torpedo com o horário do filme ok? Disse já saindo da sala com todos os meus materiais já guardados.

—Ok, beijo Anne.

—Beijo Niquito. Depois disso fui para casa a pé , durante esse meio longo caminho me pego me perguntando porque eu simplesmente não me apaixonei por um garoto igual ao Nico, porque eu tive que me apaixonar pelo Percy? Porque eu não poderia me apaixonar por alguém menos confuso? Talvez eu já tenha essa resposta, eu sou Annabeth Chase, terçeiro ano do ensino medio, 18 anos,e minha maior paixão é a complexidade, e digamos que apesar de ser lerdo, Percy é um dos seres mais complexos da terra. Ao chegar em casa me deparei com um bilhete da minha mãe que se encontrava na mesa de centro... Filha me desculpe não aparecerei para o almoço, chegarei em casa as onze da noite , beijo...Athena.

Ao entrar no meu quarto não resisti a tentação de espiar a casa vizinha, a casa de Percy, a janela azul exibia um quarto meramente arrumado o que significava que tia Sally acabara de organizar o quarto , já que Percy era um pouco bagunçado , fique analisado alguns detalhes quando um cabeleira preta aparece na janela me assustando ,fiquei encarando aqueles olhos furiosos por meros segundos,quando ele bruscamente fecha a janela me deixando ali sozinha novamente percebendo quanta grosseria Percy esalava em poucos minutos. Tomei um banho vesti um bata branca e um short jeans, meio curto, decidi me vestir com um short mais curto que de costume para chamar atenção , e como ele era meio curto comparado aos outros que eu usava  chamaria muita atenção.

Algum tempo depois de pronta meu celular vibrou sobre a escrivania , pegue e ví que era um torpedo do Nico.

Torpedo ON

Anne o filme será as cinco horas ok? Logo respondi:

Claro Nico, mais tarde chego ai beijos.

Beijos Anne. Respondeu Nico mais rápido que o esperado.

Torpedo OFF.

Continuei a estudar até quatro e meia da tarde, quando resolvi ir para casa do Nico. Chegando lá logo reparei que Piper estava lá, porque ? Só mesmo a Piper escutaria love story da Taylor Swift , somente a Piper conseguiria convencer Nico a colocar um rádio rosa sobre a estante preta e ainda por cima tocar love story, chegando na cozinha encontrei Piper fazendo uma massa que logo supus que fosse de pizza.

—Oi Piper. Disse me direcionando a mesa cinza.

—Anne, que bom que você veio, Nicooooo a Anne chegou. Gritou Piper.

—É é é, eu não poderia deichar de vir. Disse sorrindo.

Ficamos conversando sobre a nova professora de espanhol, quando Nico desce as escadas completamente lindo, ok isso está ficando meio estranho certo? Apesar do meu antigo namorado ser forte e incrivelmente atraente, o Nico sem dúvidas também fazia meu tipo, ou talvez só me fizesse inveja, sem hesitar se eu fosse um homem gostaria de ser como o Nico, o que tinha de tão diferente nele?

Bom ele era o gótico mais atraente que eu conhecera em toda minha vida.

Parecia que Nico havia se produzido todo para alguém, talvez para uma certa pessoa que sei o nome e o sobrenome....Thalia Grace , eles são muito parecidos e ao mesmo tempo tão diferentes....A Thalia é mais líder, o Nico é mais para o último de tudo (apesar dele ser bem espontâneo comigo, ele é bem mais fechado com os outros), a Thalia é mais levada, o Nico mais concentrado, mas acontece que ambos gostam de preto, filmes de terror, imagine dragons,beatles e bastille. Talvez esses sejam os únicos elos visíveis entre os dois, a música, o amor por preto e por filmes de terror,(Que ambos acham serem muito patéticos e sem graça , vendo muito humor nisso). Eu nunca fui de falar muito sobre relacionamentos nem com a Thalia e nem com ninguém, esse sempre foi o papel da Piper, que sempre aconselhava a Thalia a dar uma chance para o Nico, mas ela sempre dizia que não gostava dele por isso não faria caridade, e olha que ambos nunca namoraram com ninguém na vida. Diante de todos esses mil e um devaneios nem al menos percebi que Hazel e Frank já tinham chegado, cumprimentei os dois , e ficamos um bom tempo falando sobre uma musica que a Piper não parava de escutar e elogiar, o nome era The story of us, e é claro sobre outras muitas músicas da play list da Piper , sem dúvida ela amava muito música. Enquanto isso Hazel ajudava, Piper com a pizza , Frank e Nico conversavam alguma coisa , então como eu estava jogada de escanteio resolvi procurar Bianca , afinal porque ela estava demorando a descer? Quando cheguei em frente a uma porta roxa no fundo do corredor deduzi que fosse o quarto de Bianca ( já que desde a reforma da mansão do tio Hades eu nunca mais havia ido até lá) então logo batí.

—Bí, é a Annabeth, posso entrar? Pode, disse ela muito rápido.

Girei a maçaneta da porta e me deparei com uma Bianca totalmente diferente do que eu a conhecia, ela costumava a usar tênis e jeans pretos todos os dias, cabelos soltos e sempre uma camiseta maior que seu número, sem muita preocupação com a aparência , mas a Bianca com que eu me deparei estava deslumbrante , ela estava vestindo um vestido branco marcado na cintura de alças finas, com uma sapatilha branca nos pés, cabelo bem penteado para trás, extremamente lisos como sempre, brincos pequenos na orelha, um gloss suave nos lábios e um pouco de pó no rosto.

—Uau.. Eu disse rápidamente.

—Está muito exagerado? Perguntou ela preocupada

. —É claro que não Bianca, você está maravilhosa.

—Obrigada. Disse ela com um sorriso de lado.

—Posso saber quem é o felizardo para qual você dedicou tanta produção assim , Bia? Perguntei com um olhar sapeca.

—Não é felizardo, porque ele olha para mim assim como olha para você, para a Thalia, para Piper e para a Hazel. Disse ela meio convencida do que dissera. —Ele é o ....


Notas Finais


Comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...