História Stay - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chouji Akimichi, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Kurama (Kyuubi), Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Narusasu, Naruto Uzumaki, Sasuke Uchiha, Sasunaru
Visualizações 180
Palavras 1.474
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Primeiramente: UM FELIZ ANIVERSÁRIO ATRASADO PARA O LOIRO MAIS LINDO DO MUNDO! TE AMO NARULINDO! 👏🎉🎊🎁❤
segundamente: feliz dias das crianças pq nois é criança tbm kjkk ❤😂
E terceiramente: PREPAREM OS CORAÇÕES 😢💔

Capítulo 14 - Não duvide do meu amor.


Fanfic / Fanfiction Stay - Capítulo 14 - Não duvide do meu amor.



Havia se passado alguns dias desde aquela noite. Aquela noite em que Sasuke disse que o amava. Aquela noite em que fizeram amor...

A sensação ainda estava presente, Naruto não se esquecia nem por um segundo dos toques precisos e os beijos carinhosos.

Mas desde do dia seguinte depois daquela noite, Sasuke vem agindo estranho. Estava mais isolado que o seu normal, respondia com palavras monossílabas, passava o dia fora e quando chegava a noite, comia conversava pouco e se trancava no quarto.

Naruto sabia que tinha algo errado em tudo isso. Tentava buscar na mente oque havia feito para Sasuke está agindo assim mas nada lhe vinha a mente. Seu coração estava apertado e isso lhe deixava extremamente apavorado...

Pavor. 

Nunca havia sentindo esse sentimento com tanta intensidade.

Era perturbador demais, tentava buscar no fundo da mente qualquer coisa que tenha dito ou feito mas nada lhe vinha. O dia seguinte depois daquela noite, foi maravilhoso acordar com Sasuke mexendo em seus fios loiros e o café em que os dois preparam juntos... foi perfeito. Depois disso teve que ir até o Monte Hokage, onde Kakashi estava sentado e a sua frente uma pilha de pergaminhos e documentos. Só de ver toda aquela papelada sentiu seu bom humor sumir mas antes que pegasse na pilha para revisar, Kakashi o parou estendo a mão e disse que isso era assunto do Rokudaime.

O dia se estendia preguiçosamente e Kakashi havia lhe dado alguns documentos de simples Missões, enquanto revisava, Kakashi e Shikamaru conversavam entre si. Naruto notou que os dois não deixavam transparecer nas suas expressões mas oque quer que seja naqueles pergaminhos, era algo sério.

Decidiu não se meter, eram assuntos do atual Hokage. Mas os olhares que Shikamaru e seu sensei lhe lançavam de vez em quando lhe perturbava de um jeito... seu coração palpitava a cada olhada.

Lembrou que assim que havia terminado de revisar os documentos e os entregou para Kakashi o mesmo o dispensou, avisando que teria uma reunião e poderia aproveitar o dia. Não questionou, o teme devia esta entediado e tinha algo em mente para o alegrar. Desejou Boa sorte a Kakashi e quando abriu a porta para ir, Shikamaru estava com a mão na maçaneta, riu pela coincidência mas logo o desmanchou ao ver Sasuke logo atrás.

"Sasuke? Oque..."

O rosto de Sasuke estava inexpressivo mas só Naruto podia o decifrar, olhando no fundo das íris negras. Elas tinham uma nuvem pesadas sobre as mesmas e isso fez a estranha palpitação voltar.

"Que saco!" Shikamaru suspirou coçando a nuca enquanto nos lábios tinha um sorriso torto. O Nara passou por si e Sasuke o acompanhou.

"Naruto, você está dispensado! Te vejo amanhã." Ainda meio atordoado olhou para seu Sensei vendo o mesmo sorrindo por debaixo da máscara. Sasuke estava de costas para si e Shikamaru veio até onde estava, fechando a porta o deixando confuso do lado de fora.

Desde aquele dia, Sasuke está do jeito que está. O loiro até tentou conversar e perguntou oque havia acontecido dentro da sala de Kakashi mas o Moreno não dizia nada. Fugia do assunto ou o distraia com beijos e toques.

Já era noite e Sasuke ainda não havia voltado. Naruto tirou proveito disso e foi para o quarto de Sasuke. Entrou no mesmo e fechou a porta atrás de si. O lugar estava escuro, a luz da lua atravessava o vidro da janela dando um pouco de luz ao local. Naruto olhou em volta, sentindo mesmo que pouco o cheiro do Uchiha no ar. Estava tudo arrumado, impecavelmente limpo. Com cuidado foi até a cômoda ao lado da cama e acendeu o abajur fazendo a luz fraca liminar o lugar. Abriu as gavetas encontrando algumas peças de roupas, olhou de baixo da cama vendo o chão limpo. Foi até o armário e começou a revirar. Não sabia oque estava procurando mas o Uchiha estava agindo tão estranho, tinha que descobrir o porquê disso.

Olhou cada centímetro e seus olhos se encheram de água, não havia nada de estranho ou suspeito pelo o local e isso só deixava sua mente ainda mais cansada. Que merda havia feito?

Fechou as portas do armário, firmando as mãos nas portas, sentindo-se exausto mas seus músculos travaram quando a presença forte do Chakra de Sasuke, preencheu o lugar.

"Naruto."

A voz calma e firme fez seu corpo tremer, as lágrimas desceram lhe fazendo sentir o gosto salgado das mesmas. Seu corpo estava estático no lugar, estava sentindo algo grande se apossar do seu corpo,era um sentimento tão poderoso que pôde ouvir Kuramar o mandar se acalmar. Estava atingindo o seu parceiro interior sem nem ao menos se dá conta.

Os passos de Sasuke faziam seu corpo tremer a cada baque dos mesmos sobre o chão de madeira. O calor do corpo dele emanava e a respiração dele batia na sua nuca. Mordeu o lábio inferior quando o corpo do Moreno se colou no seu e a sua única mão se enlaçou em volta da sua cintura.

"Eu amo você, não duvide disso."

As palavras se chocaram na sua pele e Naruto sentiu seu coração pular agitado. Fechou os olhos tombando a cabeça para trás e os lábios de Sasuke foram para a pele do seu pescoço, beijando o local.

Ouviu Kurama gritar que ele estava o fazendo flutuar dentro de si e Naruto sentiu suas bochechas ficarem quentes pois era isso que estava sentindo, algo flutuando dentro do seu estômago.

Arfou quando a mão de Sasuke entrou por debaixo da sua blusa e todos os pelos do seu corpo se eriçaram. Virou-se de frente para ele, encontrando as íris negras banhadas de desejo. Rodeou os braços em volta do pescoço do Uchiha e colou seus lábios aos dele.

Sentia falta daqueles lábios, sentia falta da mão grande passeando pelo o seu corpo, sentia falta de tudo.

Naruto prendeu a língua de Sasuke entre os lábios e a sugou fazendo um estralo baixinho ecoar pelo o quarto.

Ambos abriram os olhos e separaram as bocas para recuperar o fôlego. As íris azuis estavam prendidas nas íris negras, Naruto via um turbilhão de sentimentos dentro daquela escuridão, mas um sentimento que ele conhecia bem, estava ali com total força.


Dor. 


"Oque está acontecendo...?" A voz rouca do Uzumaki, saiu baixinha fazendo o peito de Sasuke se contrair.

"Ouça, Naruto." Sasuke se afastou só o suficiente para ficar cara a cara com o loiro e levou sua mão para o rosto do mesmo, "Não duvide dos meus sentimentos por você. Haja oque ouver, nunca duvide do meu amor."

Sasuke não esperou por uma resposta, juntou seus lábios aos do loiro. Iria sentir falta e faria essa noite a melhor de suas vidas.

Puxou o corpo do Uzumaki até a cama e o jogou na mesma logo indo para cima do mesmo. Voltou a colar suas bocas sentindo que Naruto ansiava muito daquele contato assim como si mesmo. Mordeu os lábios dele, sentindo a maciez da carne e a chupou retomando o beijo.

Iria fazer com que Naruto se sentisse a pessoa mais desejada desse mundo, iria se dedicar em apenas o satisfazer.

O despiu, fazendo a mesma coisa logo em seguida e colou seu corpo ao do loiro que estava abaixo de si. O beijou até sentir seus lábios ficarem doloridos, se movimentou dentro dele, atendendo aos seus pedidos. Beijou e mordeu cada pedaço daquele corpo brozeado e declarou seu amor enquanto se desmachava dentro dele.



[...]



A cama era de solteiro mas não os impedia de ficarem sobre a mesma.

Olhou para o loiro ao seu lado gravando cada traço daquele rosto jovem e bonito. O cabelo rebelde caia sobre os olhos fechados, os lábios estavam inchados e vermelhos devidos aos incansáveis beijos,por entre eles saíam pequenos murmúrios. O pescoço estava marcado com chupões e o tronco estava marcado por mordidas leves. A respiração dele saía calma denunciando o sono pesado.


Era agora.


Com cuidado, Sasuke se pôs para fora da cama e vestiu suas roupa com cuidado. Pegou uma pequena mochila e foi até o armário, colocando algumas peças. De trás do mesmo, tirou sua espada e colocou na bainha atrás de suas costas. Olhou para Naruto que dormia tranquilamente e pediu silenciosamente para quê ele entendesse. Seus olhos vazavam e rapidamente tratou de limpa-los. Olhou uma última vez para o dono do seu coração e saiu do lugar.

Enquanto descia as escadas, lutava contra a vontade de voltar para a cama e se enrrroscar em Naruto, mas tinha que fazer isso, era para o bem de Naruto e Konoha.

Pegou a capa que estava sobre o canchinho ao lado da porta e a vestiu.

Abriu a porta e o vento frio da madrugada se chocou na sua pele, levou a mão para a frente do peito e apertou o tecido da capa, começando a sua longa caminhada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...