História ~Stay Here~ (Kim Taehyung) (HIATUS) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Red Velvet
Personagens Irene, J-hope, Jimin, Jin, Joy, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Seulgi, Suga, V, Wendy, Yeri
Tags Bts, Got7, Imagine Bts, Imagine Kim Taehyung, Imagine V, Kim Taehyung
Exibições 142
Palavras 1.801
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


V
O
L
T
E
I

P
O
R
R
A


B
O
A

L
E
I
T
U
R
A

Capítulo 6 - EPISODE 6: Acidente.


Fanfic / Fanfiction ~Stay Here~ (Kim Taehyung) (HIATUS) - Capítulo 6 - EPISODE 6: Acidente.

~23:47h.~
A noite estava sendo muito divertida. Irene pediu varias pizzas e todos nós ficamos na sala, jogando, conversando e discutindo sobre assuntos aleatórios. Bom, nesse momento eu me encontro "dançando" em cima da mesa com Hoseok. Foi meio que um desafio, sabe? Eu já estava meio alterada. Os meninos insistiram para Miriã comprar cervejas e me desafiaram a beber. Eu fiz o desafio, mas depois que tomei uma garrafa, tomei várias. Eu já não falava coisa com coisa, tudo estava colorido e parecia que não existiam problemas.

TAEHYUNG POV
Estávamos todos nos divertindo muito. As meninas eram divertidas e bem simpáticas. No meio dos desafios, Yoongi insistiu para Miriã comprar bebidas e, logo em seguida, desafiou Eunha a beber. Céus, o que ela está fazendo? Eunha já havia bebido várias garrafas, estava fora de si. Fui até ela, que se encontrava na cozinha, sozinha, procurando mais bebidas no freezer.
-Eunha?
-Taaehyuuung! Uuuuuuh! Taehyung!- disse rindo.
-Vamos, você já se divertiu muito por hoje, huh?- digo passando seu braço em volta do meu pescoço.
-Aish, você é chato! Eu estou bem Tae!- Céus, por que ela faz isso comigo?
-Eunha, por favor. Não torne as coisas mais difíceis.- disse fechando os olhos, tentando voltar a mim.
-Uuuuh! Você é bonito!- disse chegando seu rosto perto do meu.- Por que você é bonito, Taehyung? Eu quero ser bonita também.
-Você é linda! Agora, vamos!- peguei ela no colo e sai da cozinha, olhei para Jin e dei uma piscadela para o mesmo, que entendeu na hora o que significava. Segui até o andar de cima, logo entrando no quarto, que Irene decretou ser o das meninas. Deitei ela na cama e acareciei seus cabelos.
-Taehyung!- me chamou.
-Sim?
-Você gosta de mim, huh?- perguntou, fazendo uma carinha de dar pena.
-Mas, por que você quer saber isso?
-Eu preciso saber...
-Sim, Eunha. Eu gosto de você. Gosto muito!- respondi depois de alguns minutos em silencio.
-Eu também gosto de você, Taehyung! Você me incomoda e fica atrás de mim, mas a verdade é que, eu gosto de ser incomodada por você.- disse e sorriu.
-Fico feliz em saber que gosta de mim.- disse tirando alguns fios de cabelo que caiam sobre seus olhos.- Agora durma, huh? Você tem que descansar. Amanhã temos aula.
-Tae! Fica comigo!
-Tem certeza disso?
-Sim.- Me deitei ao seu lado, ficando com o rosto próximo ao dela. Acareciei suas bochechas e ela sorriu. Puxei uma coberta, nos cobrindo(jura?). Ela fechou os olhos devagar e me abraçou, depois de um tempo, o sono me atingiu por completo e dormi ali mesmo.

EUNHA POV
~10:20h.~
Acordei e já percebia a claridade no quarto. Abri os olhos devagar e me deparei com Taehyung, na minha frente. O que ele esta fazendo aqui? O que aconteceu? Aish, não me lembro de nada.
Balancei Taehyung, na esperança de conseguir acordá-lo. Mas minha tentativa não deu certo. Tentei mais uma vez, e nada. Depois de muitas tentativas, consegui acordá-lo.
-Eunha? O que faz aqui?
-"O que faz aqui?"- disse imitando sua voz.- Eu é que tenho que te perguntar isso. O que faz aqui?- ele olhou em volta do quarto, e parece que sua ficha caiu.
-Ah sim... Eu dormi aqui ontem.- disse.
-Ah sério? Não diga.- respondi.
-Nossa, sua grossa. Acontece que você bebeu muito e estava fora de si, eu a trouxe pra cá e você pediu pra mim ficar.
-Espera... Eu bebi? Eu não fiz nada de errado, certo?
-Fez...
-O que eu fiz, Taehyung?
-Brincadeira, não fez nada...- suspirei aliviada.
De repente, alguém abre a porta do quarto.
-Eunha, já esta acordada? A Irene ta te chamando pra tomar café e...- era Joy. Droga, ela está vendo Taehyung na minha cama. O que ela vai pensar? Ai, eu sou uma garota morta...

JOY POV
Acordei e vi que havia dormido na sala. No chão, pra ser mais exata. Acordei todas as meninas e os meninos, mas percebi que Eunha e Tae não estavam ali.
Eunha, deve estar dormindo e Tae, deve estar tomando banho. Pensei.
Todos já estavam a mesa tomando café, só faltavam os dois.
-Joy, vá chamar a Eunha. E aproveita e chama o Taehyung também, por favor!
-To indo.- comi mais um bolinho e segui até o andar de cima. Escutei vozes vindo do quarto das meninas e então resolvi entrar.
-Eunha, já esta acordada? A Irene ta te chamando pra tomar café e...- não consegui terminar a frase. Quando abro a porta, vejo Taehyung e Eunha na mesma cama. Deitados. Juntos.
Senti uma lagrima escorrer por minha bochecha. Paralisei. Sai correndo do quarto, mal contendo as lagrimas que, insistiam em rolar pelo meu rosto. Segui até o lado de fora da casa, logo abrindo o portão e atravessando a rua. Meus olhos estavam embasados, eu não enxergava nada a minha frente. Quando coloquei os pés na avenida, senti um impacto forte contra o meu corpo. Depois disso, tudo ficou escuro.

EUNHA POV
Droga, eu não acredito nisso.
-O que houve com ela?- perguntou Taehyung.
-Seu idiota.- dei um tapa em seu braço e o mesmo reclamou.- Você não percebeu que ela gosta de você? E agora que viu você deitado aqui, ela ficou triste. Aish, estou perdendo tempo.- me levantei correndo e Taehyung me seguia.
Desci as escadas, indo em direção ao lado de fora da casa. Quando avistei a avenida, percebi que havia um certo aglomerado de pessoas ali. Droga, não pode ser. Joy?
Empurrei quem estava a minha frente e avistei Joy deitada no chão, com um pouco de sangue em sua volta. Fui tentar acordá-la, mas Taehyung me puxou.
-Você não pode mexer nela. Ela pode ter quebrado alguma coisa.- sussurrou em minha orelha. Eu já estava chorando desesperadamente.
-Pelo amor de Deus, alguém liga pra ambulância!- gritei com Taehyung me segurando pelo braço.
-Eu já liguei, eles disseram que estão vindo.- disse Hoseok.
-YA! EUNHA!- olhei para Seulgi que estava ajoelhada ao lado da amiga.- SE ACONTECER ALGO COM A JOY, A CULPA VAI SER SUA!- disse. Aquilo doía meu coração. Me soltei dos braços de Taehyung e segui em direção a calçada. Me sentei e passei a mão em meu rosto, enxugando minhas lagrimas.
-Calma, você estava bêbada ontem, huh? Não foi culpa sua!- disse Taehyung me abraçando. Me encolhi em seus braços e chorei mais ainda. A ambulância chegou e colocaram Joy na maca. Levaram ela até o lado de dentro da ambulância e Wendy e Jin a acompanharam.
Entrei para dentro da casa de Irene e arrumei minhas malas. Segui até o lado de fora da casa e chamei um táxi. Entrei no mesmo mas Vitória e Miriã entraram comigo.
-O que fazem aqui?- perguntei confusa.
-Nós não vamos ficar em um lugar onde acusam a nossa amiga. Muito menos quando ela é inocente.- disse Vitória. Abraçei as duas e pedi para o motorista seguir o trajeto até em casa.

Chegamos em casa e as meninas foram tomar banho. Conversei com minha mãe pelo telefone e ela permitiu que Vitória ficasse aqui em casa. Miriã foi tomar banho em seu quarto e Vitória no meu, eu tomaria banho depois dela.
Eu estava arrumando minhas coisas no lugar, quando meu celular toca. Wendy.

*LIGAÇÃO ON*

-Alô?- disse logo que peguei o celular.
-Oi, Eunha. Aqui é a Wendy. Eu gostaria de te pedir desculpas pela Seulgi, sério! Não foi sua culpa, você bebeu e além do mais não aconteceu nada demais entre você e o Tae, certo?
-Não aconteceu nada entre nós, Wendy! Ele apenas caiu no sono na cama que eu dormia. Foi isso.
-Ah sim, entendo... Bom, se você quiser podemos sair todos juntos hoje! Recebemos a noticia que a Joy está bem e não corre nenhum perigo! Foi apenas um pequeno sangramento. Ela sairá hoje mesmo, então sairemos pra comemorar.
-Mas ela pode "comemorar"? Ela tem que descansar, certo?
-Ela já está descansando aqui no hospital, o medico disse que não haverá problema se comemorarmos. Sem abusar, claro.  
-Ta bom, vou conversar aqui em casa e depois eu te ligo, pode ser?
-Ok, então até mais tarde! Tchau!
-Tchau!

*LIGAÇÃO OFF*

Vitória saiu do banho e eu a emprestei uma roupa minha. Conversei com a minha mãe, com ajuda de Miriã, claro. Ela deixou, mas disse pra voltarmos cedo, por que meu pai não estava sabendo da minha saída. Aliás, meu pai sairia de viagem para o Brasil, voltaria daqui 2 meses. Graças ao bom Deus.
Resolvi ligar pra Wendy, pra avisar que minha mãe havia deixado.

*LIGAÇÃO ON*
-Wendy?
-Oi, Eunha. Aqui é a Joy.
-A-Ah, o-oi Joy! Você está melhor?
-Sim, estou melhor! Foi apenas um susto!
-Joy, eu queria me desculpar com você! Será que você poderia me perdoar?
-Claro que eu te perdôo! Eu me comportei como criança. E eu sei que o Tae não gosta de mim! Ele gosta de verdade de você, e agora eu nem sei se gosto dele de verdade.
-A-Ah, fico feliz que você tenha me perdoado. Você pode avisar pra Wendy que nós vamos?
-Pode deixar que eu aviso! Nós nem fomos pra escola hoje, né?- riu.
-Nossa, verdade! Eu tinha me esquecido!- ri também.- Bom, eu tenho que ir agora, até mais tarde!
-Até mais tarde!
-Ah, Joy! Que horas nós vamos "comemorar"?
-Acho que as 19:30h. você já pode chegar aqui! Nós vamos nos encontrar na casa da Wendy e depois seguimos até o lugar.
-Ta bom, depois você me manda o endereço!
-Ta bom, beijo.
-Beijo.
*LIGAÇÃO OFF*

Não posso nem acreditar que Joy me perdoou. Ela me tirou um peso enorme das costas!

~18:00h.~
Já eram 18:00h. e nós resolvemos nos arrumar. Eu iria emprestar uma roupa para Vitória, já que a mesma não havia trazido roupa para sair. Miriã foi se arrumar no seu quarto e eu fiquei com Vitória no meu.
-Então, Vitória.- disse.- Que tipo de roupa você gosta de vestir?
-Ah, não sei direito! Eu mudo de estilo toda hora.- riu
-Bem eu.- ri também.- Eu acho que isso ficaria bom em você!- disse pegando um vestido preto rodado.
-Pode ser.- sorriu.- Eu vou tomar um banho e já volto.
-Vai lá!
Enquanto ela tomava banho, eu fui arrumando minha roupa. Optei por um moletom verde, uma calça preta riscada e um tênis branco(PS.: Não sei descrever, por que sou burra)(mídia do capítulo). 
Vitória saiu do banho e eu fui tomar o meu.
Sai do banho e vesti a roupa escolhida. Eu e Vitória terminamos de nos arrumar e nos encontramos no corredor. Miriã vestia uma calça jeans rasgada no joelho, uma blusa preta simples e um salto alto, não muito alto. Fomos em direção ao carro e pedi para o motorista seguir o trajeto até a casa de Wendy, já que Joy havia me passado o endereço.


Notas Finais


C
O
M
E
N
T
E
M

O

Q
U
E

A
C
H
A
R
A
M


P
A
R
E
I


Tchau, eu amo vcs❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...