História Stay|| Jacob W. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jacob Whitesides
Tags Apenasfique, Mollyomalia, Romance, Tragedia
Visualizações 2
Palavras 1.019
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Poesias

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey Babys, espero que gostem!

Capítulo 1 - One


16/07/2017▪09h AM

*Sinal tocando*

-Hey!

-Ah, Oi Duda!

-Como você está?

-Bem... e você?

- Ah, ótima!

-Ok- digo sorrindo fraco- quando que é pra entregar o trabalho de História?

-Semana que vem!

-Ah sim! Podemos começa-lo amanhã!

-Porque não hoje?

-Tenho um jantar pra ir, sabe, conhecer os pais do meu namorado.

-Eu ainda não acredito que ele não apresentou você a eles!

-Pois é!-disse parando em frente ao meu armário- Eu não sei mas, não estou com muita vontade de ir nesse jantar...

-Oche, por que?

-Ah, um pressentimento ruim, não sei.

-Não deve ser nada, as vezes você só está nervosa por estar indo conhecer seus sogros.

-É, deve ser isso mesmo...

Eu não sei o porquê mas não estou com um bom precentimento sobre esse jantar, mas talvez seja apenas paranoia da minha cabeça.

Pego meus livros, e vou pra aula de literatura, enquanto Eduarda vai para a aula de biologia.

Entro na sala e vejo Jacob sentado nas últimas carteiras, me direciono até ele que logo me vê, dou um selinho no mesmo e me sento a cadeira a seu lado! E aí o professor entra na sala.

[...]

- Bom, é isso alunos, espero que tenham entendido, e espero que capricham no trabalho, tchau!-disse o professor saindo da Sala de aula.

Guardei meu material e esperei meu namorado, saimos da Sala e ele logo perguntou:

-Você não se esqueceu do jantar, ne?

-Como poderia esquecer? Vou conhecer meus sogros, isso é muito importante!

-Para de ser sarcástica!

-Mas eu não estou sendo sarcástica!

-Parece que está sim...-sorriu

-Eu sei que sou a rainha do sarcasmo, mas eu juro que no momento não estou sendo...

-Okay, eu acredito em você- me deu um selinho demorado- o que acha de depois da aula irmos almoçar fora?

-Acho uma ótima idéia! Podemos ir comer no meu restaurante favorito?

-Claro que podemos!

-Okay, agora vou ir pra minha aula- dei um selinho nele- te amo!

- Também te amo! Beijos

Enquanto andava olhei para trás e mandei-lhe um beijo, caminhei para o outro pátio onde eu teria aula de Química, minha preferida.

Entrei na sala de aula e logo fui para meu lugar, estava tudo ocorrendo bem até que entra Letícia, o menina nojenta, ela sempre implicou comigo, desde quando eu cheguei até os dias de hoje, eu nunca entendi o verdadeiro motivo pra isso, mas a gente supera.

Assim que ela me viu revirou os olhos, assim como eu, e me olhou com cara de nojo, logo veio suas cadelinhas atrás.

Ignorei elas completamente, e peguei meu caderno para ver se estava tudo em ordem, e estáva!

Eu não sou nenhuma aluna exemplar, mas quando se trata de Química sou a número um

[...]

Estava fazendo alguns cálculos até que sinto algo acertar minha cabeça e cair em minha mesa. Era uma bolinha de papel, Pego-a e abro

"Você acha que Jacob te ama de verdade? Ele só está com você por pena! Saiba que ele ainda me ama, e se pudesse estaria comigo."

Olho em direção a mesa da Letícia e ela estava me olhando com um sorrisinho falso no rosto, ingnorei ela completamente e continuei a fazer meus exercícios.

Após mais uns 10 minutos de aula o sinal bateu, guardei meus materiais e sai da Sala, como já estava na hora do intervalo, fui até o refeitório.

Peguei uma bandeja e peguei uma fatia de pizza, já que hoje era o dia da pizza, peguei uma lata de Coca-cola e me sentei em um lugar qualquer

Estava comendo até que vi Jacob vindo em minha direção, o ignorei, eu sei que eu não devia mas eu fiquei incomodada com o que a Letícia escreveu naquele papel, arg

-Oi amor- disse se sentou em minha frente

O ignorei

-Porque está me ignorando?

Não o respondi novamente, apenas peguei o papel e arrastei em sua direção, e ele leu

-Você ainda acredita nela?- disse rindo

-Sim, eu acreditei nela, porque ate um tempo atrás você era namorado dela

-Isso ja faz dois anos-disse- Mas não precisa ficar assim, sabe que meu namoro com ela não foi real.

-Isso é o que você diz!

-Sim, e eu estou falando a verdade- se levantou e veio até meu lado- eu te amo, eu nunca a  amei! Eu estou falando a verdade, acredita em mim

-Eu acredito em você, é que ela, ah não sei, ela me deixa insegura em relação a isso...

-Sabe que não precisa ficar assim- me deu um selinho- eu Te amo, okay?

Apenas balancei a cabeça, segurei sua nuca e o beijei

-Desculpa por acreditar nela- encostei minha testa na dele

-Tudo bem, eu sei que ela é uma cobra- disse e pegou minha coca

-ow, minha coca!-

-Nosso almoço ainda esta de pé ne?

-Mas é claro!

[...]

Já estava na última aula, que era a de matemática, e era junto com Eduarda, essa é a aula que eu mais tenho dificuldade, pra que misturar letras com números, só complica a gente

Estava sentada junto com Nash, que era o mais inteligente e o mais bonito da turma, Jacob não gosta muito dele, acho que é porque ele fica dando em cima de mim.

Consegui fazer alguns cálculos, enfim, levei meu caderno até o professor, voltei até minha carteira e o sinal bateu.

Guardei meus matérias, e andei até o corredor para encontrar Jacob

Assim que o encontrei, peguei em sua mão e fomos até seu carro.

[...]

-Isso é sério?-disse rindo muito

-É sério! O Josh foi olhar dentro do Béquer porque não tinha tido nenhuma reação e o produto voou tudo na cara dele- ri mais ainda

-Ai meu Deus, ele é muito lerdo!

-Demais- disse e deu um gole em sua Coca

Depois de rir demais terminei de comer minha comida

-Amor!-o chamei- eu ainda estou com receio de ir nesse jantar!

-Porque? Vai dar tudo certo!-pegou minha mão,

-É, vai dar tudo certo- disse pra mim mesma

-Bom, vamos?

Acentiu, e saímos do restaurante, ele me levou até em casa, e depois foi pra sua!

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>


XoXo, Gaby


Notas Finais


Espero que tenham gostado! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...