História Stay with me - Capítulo 104


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate, João Guilherme Ávila, Larissa Manoela
Personagens André Alencar, Dóris Jardim, Felipe Vaz, Isabela Junqueira, Joaquim Vaz, Julia Vaz, Manuela Agnes, Téo Cavichioli
Tags Majo, Romance, Teobela
Exibições 478
Palavras 1.728
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Festa, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 104 - Vc quer terminar?


POVS JOAQUIM

Manu: será q sua namorada se importaria se passássemos uma noite juntos?

Joca: vc é minha namorada!

Manu: hey gato, vai com calma

Joca: ai meu Deus - revirei os olhos

Manu: já te falei q vc tá um gato hj?

Joca: já - bufei

Isa: cheguei - se aproximou de nós

Manu: hmmmm, tava no banheiro com o Téo né, cuidado com o Nenê - falou maliciosa

Isa: MANUELA!!

Joca: como assim?

Manu: ué gato, vc não ouviu o Dennys falando....

Isa: MANUELA!

Manu: calmaaaa, parei gata

Isa: eu não acredito q eu saí por 20 minutos e vc deixou ela beber Joaquim

Joca: ela ficou pedindo, e dizendo q era o último

Manu: nossa, vc é parecida comigo

Isa: nossa, hj ela exagerou!

Joca: ela perguntou se eu tenho namorada

Isa: kkkkk, não deixa ela beber mais

Joca: tá bom - falei e ela saiu

Manu: finalmente sós, essa garota é chata né - peguei meu celular e coloquei no bolso da blusa, filmando ela

Joca: te amo, não quero ter q ir embora

Manu: Ahh, vc já vai? Mas ainda nem te peguei direito. Vamos brincar de médico ?

Joca: por mais tentadora q seja sua oferta eu não posso aceitar

Manu: pq não gato? Kkkkk vai me dizer q é virgem? Ah relaxa, eu te ensino

Joca: não, não sou virgem

Manu: hmm, então vc é gay? Poxa, mas eu entendo, não vou te forçar - ela tava quase caindo, cambaleando de um lado ao outro e se apoiando em mim

Joca: não Manu, não sou gay, sou seu namorado e não vou me aproveitar de vc bêbada

Manu: ah, para de ser certinho

Joca: é, o jogo virou

Manu: vamos pro quarto princesooo - disse pulando em minhas costas

Joca: vamos vida

Fomos pro meu AP, chegando lá ela me agarrou me jogando no sofá

Manu: já te falei q vc tá um gato hj? - falou ja sentada no meu colo, beijando meu pescoço

Joca: sai Manu, não vou pra cama com vc nesse estado, não posso me aproveitar de vc.

Manu: Ahh, vamooos, se quiser eu até visto aquelas fantasias q eu vi no seu armário

Joca: vc mexeu no meu armário?

Manu: prefere a de tigreza ou a policial?

Joca: vou fazer um café pra você - falei indo pra cozinha

Manu: não quero caféé - disse vindo atrás de mim, tirando o vestido no caminho e jogando em qualquer canto - quero você

Joca: coloca esse vestido Manuela

Manu: tô com calor.

Joca: vou ligar o ventilador

Manu: nãão, eu quero vc. Vem apagar meu fogo, vem

Joca: nossa quando eu te mostrar esse vídeo vc vai querer sumir de vergonha

Manu: aproveita enquanto não tô com vergonha, veeem. - disse me puxando e pulando em minha cintura me beijando e entrelaçando suas pernas

Seu beijo era rápido, urgente, com desejo. Ela foi descendo sua mão e passando por dentro da calça, acariciando meu membro e apertando, me fazendo soltar um gemido rouco

Me sentei no sofá com ela em meu colo ainda me beijando

Joca: amor... Melhor não vida - falei parando o beijo

Manu: eu queroooo

Joca: querer não é poder

Manu: por favor princeso

Joca: vc tá com um fogo hoje em

Manu: vem apagar

Joca: Manu, vc não fumou né ?

Manu: claro q não amoor, só uns drinks mesmo

Joca: hum - ela tava mais louca q o "normal"

Manu: é sério, pode até perguntar o Rafael, ele tava comigo conversando - então foi isso, o Rafael deve ter colocado alguma coisa na bebida dela

Joca: entendi, oq q vc tava falando com a Isa sobre Nenê ?

Manu: ah, ela tá grávida - arregalei os olhos - ops - disse com a mão na boca - não era pra vc saber

Joca: ela ta grávida? Pq não me contou?

Manu: para de enrolar gatinho, quero vc! - voltou a me beijar loucamente

Levantei ela no colo ainda a beijando e fui em direção ao banheiro

Entrei debaixo do chuveiro com ela e liguei a água gelada em cima de nós, de roupa mesmo

Manu: pq fez isso idiota? - perguntou com raiva

Joca: pq eu te amo muito e quero q vc fique bem, esse banho deve diminuir o efeito do álcool

Manu: tô com sono amor - falou me agarrando em baixo da água fria

Joca: também, vou cuidar de vc - falei e ajudei ela a tirar a roupa

Manu: ta tudo girando - disse olhando pro alto enquanto eu a ensaboava

Joca: imagino

Manu: pq vc ta me ajudando?

Joca: pq vc é minha namorada, e eu tenho q cuidar de vc

Manu: hmmm. Vc é um bom namorado - falou rindo sem motivo - e muito gostoso - eu tava só de cueca e tava molhada por eu estar no chuveiro

Joca: brigada, agora vamos

Peguei ela no colo e levei pro meu quarto

Manu: veeem me agarrar - pediu manhosa se jogando na cama

Joca: calma, tô procurando uma roupa pra vc

Joca: aki ó, coloca isso.-  entreguei uma cueca e uma blusa minha pra ela

Ajudei ela a vestir a blusa q nela ficou parecendo um vestido curto

Joca: pronto, agora deita ai q eu vou me arrumar pra dormir, ta?

Manu: aham

Fui pro banheiro fiz minhas higiene, e voltei pro quarto só de calça moletom

Joca: achei q já tivesse dormindo

Manu: tava te esperando pra te agarrar - me deitei ao seu lado

Joca: vc ta se sentindo bem?

Manu: não, tô meio tonta, tem uns vultos por aí, mas fora isso ta tudo bem gato

Joca: calma, é só alucinação, aquele idiota te drogou

Manu: hmmm. Se não fosse o meu cansaço eu te pegava, seu gostoso!

Joca: kkk, vc bêbada é uma graça

Manu: eu não estou bêbada

Joca: ah claro - fingi acreditar - vamos dormir, te amo vida

Manu: te amo princeso

Trouxe seu corpo pra cima de mim e assim dormimos, agarradinhos.
Isso não pode acabar, não posso ir embora

POVS MANUELA

Acordei em cima do Joca

Manu: ainn, minha cabeça - reclamei e ele acabou acordando

Joca: ta tudo bem amor? - perguntou sonolento

Manu: dor de cabeça

Joca: também né

Manu: eu não lembro de quase nada

Joca: eu acho q o Rafael te drogou

Manu: como assim?

Joca: colocou alguma coisa na sua bebida

Manu: hum

Joca: olha esse vídeo - pegou seu celular na escrivaninha e colocou um vídeo de mim ontem anoite

Meu Deus, oq aconteceu comigo ontem?! 'o'

Joca: ainda quer q eu apague seja fogo?? Ah e eu prefiro a fantasia de policial - corei escondendo o rosto

Manu: idiota

Joca: ainda quer brincar de medico amor?

Manu: para vida - falei morrendo de vergonha

Joca: te amo princesa, hj é sábado

Manu: érr

Então o celular dele toca

Joca: alô?.... Claro diretora.... Ja estou indo

Manu: oq ela queria?

Joca: disse pra mim ir lá

Manu: vou com vc

Joca: seu uniforme ta ali

Manu: ta - me levantei e fui pro banheiro me arrumar

Saí do banheiro pronta e ele tava sentado me esperando

Joca: vem cá - me puxou e eu me sentei em seu colo - nada vai nos separar né ?!

Manu: nunca

Joca: eu não quero te perder Manu - disse com lágrimas nos olhos

Manu: hey, para! Ja disse q vc não vai me perder

Joca: vc é tudo q eu tenho, como continuaria minha vida sem vc?

Manu: para de falar isso por favor - pedi ja quase chorando

Joca: acho melhor irmos logo

Manu: é

Fomos abraçados em silencio até a diretoria

Ele bateu na porta e entramos

Quando entramos tinha um moço lá muito bonito

Diretora: o seu pai veio te buscar Joca

POVS JOAQUIM

Joca: eu não vou embora!

Léo: para com isso meu filho, claro q vai

Joca: nao! Eu não vou, vc não pode tirar de mim tudo o q me resta

Leo: para de besteira garoto! Anda, vai buscar sua mala

Joca: EU NÃO VOU EMBORA DAQUI!!

Leo: VAI SIM! EU SOU SEU PAI!

Joca: pai? Agora vc é pai? E os outros 16 anos da minha vida? Onde estava meu pai? Vc não tem esse direito Leonardo, vc nunca me tratou como filho, eu fiz de tudo pra poder ter sua atenção, mas vc e minha mãe agem como se eu não existisse.  E agora vem dizer q é meu pai só pra mim obedecer

Manu: amor calma - disse baixo

Joca: não ! Pai é quem cuida do filho, da amor, da um suporte, se preocupa, pai é quem apoia o filho, vc sabia q eu sofri um acidente de carro e perdi a memoria? Eu fiquei mais de uma semana no hospital EM COMA e vc não apareceu lá. Isso é ser pai? Ta bom então paizão, sabia q eu tenho uma namorada? Sabia q ano passado eu passei com a melhor nota da sala? Acho q vc não reparou q metade do meu rosto ficou com cicatrizes né ? Sabia q todo meu tronco esta marcado? Vc sabia q eu tenho vontade de ser policial? Acho q não né

Léo: eu não me importo!! Vá agora buscar sua mala, pq eu sendo um pai bom ou ruim, eu ainda sou seu pai e vc me deve respeito

Joca: ARGH EU TE ODEIO! - saí de la batendo a porta

Manu: JOCA ESPERA - gritou correndo atrás de mim

Cheguei no meu quarto

Manu: amor calma!

Joca: eu não vou embora! Não vou!

Manu: Joca calma. A distancia não vai destruir nosso relacionamento, nem as suas amizades

Joca: eu não vou te deixar. Manu, vc, é única pessoa q me trás alegria, não consigo ficar sem vc

Manu: Joca calma, vc vai fazer novas amizades e sempre vamos nos ver - disse chorando

Joca: Manu, eu não quero um namoro a distancia, eu te amo, não quero te prender a uma pessoa q não vai esta aqui quando vc precisar, q não vai poder dormir de conchinha com vc, q não vai poder te beijar, nem te proteger, nem cuidar de vc quando estiver bêbada, ou quando estiver triste, de TPM, q não vai esta aki quando vc quiser alguém pra desabafar, pra chorar e etc

Manu: então vc quer terminar?

....


***********continua**********


Notas Finais


Eita.
Eai oq acham q vai acontecer?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...