História Stay With Me - Capítulo 9


Escrita por: ~ e ~Yuuki_Hyuuga_

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Jiraiya, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Kurenai Yuuhi, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shion, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Drama, Hentai, Hinata, Naruhina, Naruto, Revolução Naruhina, Romance, Romantico, Saino, Sasusaku, Shikatema
Visualizações 300
Palavras 5.676
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Josei, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Annyeonghaseyo ❤️
Desculpe a demora para postar, ~Yuuki e eu estamos muito ocupadas com alguns afazeres, mas não abandonamos a fic! Preparamos esse capitulo com muito amor ~ E queremos agradecer a todos que se preocuparam em perguntar por nós! E a todos que sentiram falta da fanfic! Obrigada pelos novos favoritos e comentários. Espero que amem o capitulo assim como nós amamos ❤ Estamos perto do final da fic, mas os próximos capítulos não vão demorar!
Boa Leitura ~

Capítulo 9 - Little Surprise


Naruto acompanhou com o olhar os passos agitados da morena que andava pelo quarto resmungando coisas desconexas que ele não se esforçava para entender, ele estava entediado.

Não era a primeira vez que havia cometido um erro, mas Hinata estava agindo feito louca, segundo suas observações. Ele não tirava sua razão, afinal, a morena estava aborrecida, mas não precisava de tudo isso, não era algo impossível de se resolver.

- Hinata - sussurrou tentando lhe chamar a atenção, mas fora ignorado - Quer parar de andar em círculos?

O loiro levantou-se de sua cama e caminhou lentamente até sua esposa, que lutou brevemente quando fora rodeada por seus braços fortes.

- O que está fazendo? - perguntou confusa.

- Estou parando você, está me deixando tonto.

- Não tente ser engraçado agora, Naruto.

- Não estou fazendo isso, só estou tentando conversar com você.

- Por que não me contou da viagem? Estou cansada das suas mentiras...

- Eu não menti para você, Hinata! - ele retrucou agitado - Eu omiti de você, é diferente.

- Pensei que não estava tentando ser engraçado, mentir e omitir é a mesma coisa.

- Não omiti porque tive vontade, não me lembrava dessa conversa noturna com o sr.Kimura. - explicou - Sabe que não iria esconder algo assim de você.

- Você não entende - a morena se virou para encarar seus olhos - Se não tivéssemos aceitado o jantar de hoje, iriamos descobrir sobre isso no dia da viagem… e você iria me largar aqui sem mais nem menos.

- Sou um péssimo marido se te faço pensar dessa maneira - Naruto observou decepcionado.

- Você nunca contraria os desejos da família Kimura.

- Hinata, estamos nos acertando, tenho me dedicado todos os dias para melhorar! Admito que cometo alguns deslizes, mas não sou o tipo de homem que abandona a mulher que ama por causa de um trabalho.

- Não pode me culpar por ficar aborrecida.

- Não, eu não posso - concordou - Mas você precisa aprender a escutar as coisas que digo, não entende como é decepcionante olhar para você e ver que não acredita na minha palavra?

A ex-Hyuuga encarou os olhos do loiro por um instante e suspirou trazendo um pouco de paz para si, ela estava errada e precisava se desculpar com Naruto sobre o ocorrido, afinal, ela não precisava de mais transtornos em sua vida e agora precisava do apoio e confiança de seu marido.

- Eu sinto muito. - Hinata abaixou sua cabeça envergonhada - Não queria te deixar aborrecido, mas estava com tantas coisas na cabeça e essa notícia me pegou desprevenida.

- Não tem como sair dessa! Você sempre faz uma tempestade no copo d'água e, se não se lembra, saí de casa e bebi a ponto de aceitar a proposta do sr. Kimura, por causa da crise que você deu.

- Sei que tenho culpa nisso...

- Também errei, eu sempre erro - Naruto gargalhou atraindo a atenção de Hinata para si - Mas nunca menti para você.

- Me sinto uma idiota.

- Você não é idiota, só precisa confiar um pouco mais em mim.

- Mas o sr. Kimura va-

- Que se dane o sr.Kimura! - a interrompeu - Ele não é meu chefe, é apenas um cliente importante da nossa empresa, mas temos outros clientes importantes além dele.

- Naruto, me desculpe por agir assim, não esperava ter um comportamento tão infantil.

O loiro sorriu em resposta e abraçou Hinata novamente. A morena se sentiu mal por ter desconfiado de seu marido, ela estava agindo errado há muito tempo, e era visível que muitas vezes Naruto havia dado um passo certo e recuado por causa de suas reações que não eram das melhores.

- Sabe que me deve algumas explicações, não é mesmo?

- Não é o melhor momento! - sorriu sem graça - Acho que você deveria me compensar pelo jantar de hoje...

- Você não está merecendo isso. - Naruto encarou Hinata divertido - Acredito que você me deve uma boa massagem, já que desconfiou de mim.

- Não sabia que apostávamos coisas assim.

- Não foi uma aposta, e sim uma recompensa por ter errado comigo. - ele deu de ombros.

- Você também errou comigo.

- Eu ganho uma massagem e você ganha o que quiser em troca. - ele sorriu e rapidamente puxou a morena para seus braços. Suavemente, acariciou seu rosto e beijou seus lábios com paixão. Naquela noite, os dois pareciam mais apaixonados que nunca.

________________________________________________________

 

Hinata piscou algumas vezes para se acostumar com a claridade repentina que adentrava o quarto. Se virou preguiçosamente para encarar o relógio que marcava sete e meia da manhã, enquanto sentou-se na cama, espreguiçando-se, para relaxar os músculos que se encontravam doloridos.

Se assustou quando uma figura se mexeu ao seu lado e sorriu em resposta quando focou na cabeleira loira de seu marido, que dormia tranquilamente ao seu lado. Hinata ainda estava se acostumando a tê-lo novamente ao seu lado durante as manhãs e parou por um momento para admirá-lo.

Suas costas definidas estavam expostas e a morena se segurou para não tocar na pele macia que estava convidativa aos seus olhos, pois, sua consciência a alertou sobre o cansaço que Naruto se encontrava, ele não dormia bem há muito tempo e hoje iria deixá-lo descansar um pouco mais.

Ela se levantou sem fazer barulho e seguiu para o banheiro, tomou um longo banho e se vestiu com roupas simples, afinal, teria muitas tarefas para fazer durante o dia.

- Hinata, o que faz acordada a essa hora? - Kurenai perguntou curiosa se aproximando da morena.

- Bom dia! Acordei cedo para arrumar algumas coisas. - a Uzumaki respondeu animada levantando sua caneca em seguida - E vim tomar um pouco do seu delicioso café.

- Ainda está cedo, e hoje é sábado! Devia dormir um pouco mais. - observou a mais velha - Sabe que precisa descansar.

- Kurenai, está tudo bem, preciso me ocupar com outras coisas. Sabe que não gosto de ficar deitada sem ter o que fazer.

- Sei muito bem disso, mas não tem o que arrumar pela casa. - disse orgulhosa - Eu arrumo tudo bem cedo!

- Você é um anjo. - Hinata sorriu para ela - Obrigada por me ajudar tanto.

- Você está com um ótimo humor hoje! - sussurrou - Por acaso abriu a caixa branca?

- O que? - Hinata perguntou confusa.

- A caixa branca com os presentes de suas amigas.

- NÃO! Não, Kurenai! - respondeu envergonhada pela pergunta da mais velha - Disse que não iria usar aquelas coisas, não é?

- Pensei que tinha mudado de ideia - deu de ombros.

- Não tem necessidade disso.

- Quem está perdendo é você... - Kurenai gargalhou encarando a expressão da Uzumaki - Ou o Naruto, não é mesmo?

- Naruto nunca ligou para essas coisas...

- Só estou brincando com você.

- Eu sei. - Hinata gargalhou, era bom se divertir com Kurenai - Precisa de ajuda com algo?

- Não se preocupe, tudo está em seu devido lugar, só vou fazer umas compras para o almoço. Quer algo em especial?

- Na verdade, estou com vontade de comer frango frito.

- Sério? - perguntou confusa - Você não é fã de frituras.

- Você tem razão, mas estou com vontade - sorriu envergonhada.

- Frango frito, então! - Kurenai acenou se retirando da cozinha em seguida.

Hinata observou a mais velha se afastar e encarou seu reflexo na porta de vidro, que dava acesso ao jardim. Ela tocou sua barriga com cuidado e alisou o local, sentindo-se um pouco preocupada.

- Não é possível que ele não tenha percebido isso.

- Quem não percebeu algo? - Naruto sussurrou em seu ouvido, fazendo a morena dar um pulo devido ao susto.

- Naruto! - disse ofegante - Não se aproxime assim, quase me infartou.

- Não seja dramática, Hinata! - ele gargalhou e apontou para a porta à sua frente - Dá para me ver muito bem pelo reflexo.

- Verdade... - Hinata voltou a encarar a porta - Desculpe, estava distraída.

- Percebi. - o Uzumaki respondeu pegando uma caneca no armário - Por que não me chamou para tomar café com você?

- Não queria te acordar, estava dormindo tão bem. - admitiu - E ainda pode dormir um pouco mais, Kurenai foi comprar algumas coisas para o almoço.

- Por que não volta para a cama comigo? - ele sorriu sapeca causando uma risada alegre na morena.

- É um ótimo convite, mas vou ter que recusar.

- Você quem está perdendo. - deu de ombros - Afinal, ainda não te compensei por ontem.

- Você tem o dia todo para fazer isso, mas logo o sol vai embora, e pretendo cuidar um pouco do jardim.

- Eu te ajudo! Só preciso me trocar.

- Não precisa disso, você tem que descansar.

- Quero me divertir com você, Hinata, posso descansar depois.

Hinata gargalhou quando o loiro virou sua caneca, tomando um gole generoso de café que havia colocado nela, e fazendo uma careta engraçada quando o líquido quente queimou sua língua.

- NOSSA! - ele abanou sua mão em seguida para aliviar o ar quente em sua boca.

A morena se apressou para pegar um copo d'água e Naruto agradeceu rapidamente, antes de dar outro gole generoso para aliviar sua dor.

- Estou melhor! - sorriu - Vou me trocar.

- Está bem. - Hinata colocou as canecas no lava-louça e pegou suas ferramentas de jardinagem na dispensa, seguindo para o jardim.

Naruto observou sua esposa prender os cabelos negros em um rabo alto, e ficou encantado com a beleza de Hinata, que aos seus olhos, ficava mais bonita a cada dia. Não evitou o sorriso bobo quando foi pego a observando pela porta e se aproximou, pegando uma pá para ajudar com a terra.

Kurenai retornou com as compras e se surpreendeu com a cena do casal Uzumaki arrumando o jardim. Essa cena era comum há alguns anos atrás e ela sempre se admirou com o cuidado que os dois mantinham em cuidar do local, pois era algo que começaram juntos.

- Acho melhor não atrapalhar. - sussurrou para si mesma, guardando as compras em seguida para começar a preparar o almoço.

A mais velha espiou pela porta o casal vez ou outra se divertindo com as brincadeiras e sorrisos que os mesmos transmitiam um ao outro com carinho. Ela se sentiu bem por estar em uma casa rodeada de amor, e um pressentimento bom invadiu sua mente, no fundo, ela sabia que uma grande notícia estava por vir.  

________________________________________________________

 

- Não acredito que ficamos longe desse lugar por tanto tempo! - Naruto comentou satisfeito encarando as flores coloridas à sua frente.

- Você ficou longe. Cuido do jardim todas as semanas.

- Você cuidou muito bem dele, mas precisa admitir que com a minha ajuda ficou muito mais divertido!

- Sim, você tem razão. - Hinata sorriu com carinho - Está sentindo esse cheiro?

- Ah! Kurenai deve estar preparando o almoço, você está com fome?

- Estou com muita fome, acho melhor entrarmos para ver se ela precisa de ajuda.

- Certo, me deixe lavar essas coisas e já entro para ajudar. - Naruto se levantou juntando as ferramentas.

- Tudo bem. - a Uzumaki agradeceu pela ajuda do marido com um beijo carinhoso em sua bochecha e caminhou em seguida até a porta que dava acesso a cozinha.

Kurenai sorriu quando a morena se aproximou para observar o que ela estava preparando, e ficou surpresa com os olhos perolados da moça, que ganharam um brilho mais forte quando avistaram a travessa com o frango que a mesma havia pedido.

- O cheiro está delicioso, senti lá do jardim! - ela bateu suas mãos comemorando - Volto logo, Kurenai, só vou me lavar para te ajudar com o resto.

- Não precisa ter pressa - a mais velha disse em vão, observando Hinata sair da cozinha apressada - O que está acontecendo com ela?

- O que foi? - Naruto perguntou confuso, escutando a observação de Kurenai.

- Não é nada - disfarçou encarando as panelas.

- Ora, você não me engana! Isso é frango frito? - encarou a travessa surpreso.

- Sim, Hinata disse que estava com vontade de comer.

- Que estranho, ela não gosta de fritura. - observou - Sei que comemos uma vez ou outra, mas frango não é seu prato favorito.

- Às vezes sentimos vontade de comer coisas, não é mesmo?

- Sim, mas é estranho.

- Não reclame, vai ver ela muda de ideia e você pode começar a comer coisas gordurosas por aqui! - Kurenai gargalhou com a imagem do loiro ganhando alguns quilos.

- Não sou tão fissurado por frituras, cheguei em uma fase que preciso cuidar da minha saúde! Se bem que não reclamo de comer lámen com porco... - gargalhou - Ou uns hamburgers no final de semana.

- Quem sabe isso não se torna uma realidade?

- Por acaso está me imaginando gordinho é?

- Não, claro que não!

- Uma pena, porque eu seria o gordinho mais lindo do mundo! - Naruto encarou seu reflexo na janela e sorriu se imaginando com um pouco mais de peso.

- Você já teve um pouco mais de peso, só está mais magro porque trabalha muito e não se alimenta direito. - Hinata comentou se juntando a eles na cozinha.

- Ora! Eu almoço todos os dias.

- Comer lámen todos os dias não é a opção mais saudável do mundo.

- Não é culpa do lámen, Hinata. E sim do cansaço e da falta de disposição que acabam comigo.

- Certo, agora vá se lavar por favor! Estou com muita fome. - ela pediu gentilmente e, antes de sair, o loiro selou seus lábios em beijo rápido.

 

________________________________________________________

 

Naruto estava surpreso, não conseguiu disfarçar suas feições curiosas em relação ao prato de sua esposa, que agora, se encontrava vazio. Hinata comera metade dos frangos fritos e isso não era de seu costume. O loiro chegou a pensar que a diversão no jardim realmente havia deixado a morena com fome, mas frango nunca fora o prato favorito dela.

- Hime… se sente bem? - perguntou preocupado - Não acha que essa comida vai lhe fazer mal?

- Assim você me ofende! - Kurenai resmungou de sua cadeira - Fiz tudo com muito carinho, do jeito que vocês gostam.

- Não é por isso, Kurenai! - se desculpou - A comida está maravilhosa, mas, Hinata comeu muito.

- Não se preocupe, ainda tem alguns para você. - a morena apontou para a travessa com dois frangos e sorriu carinhosamente para o loiro - Está realmente maravilhoso, Kurenai.

- Obrigada - a mais velha sorriu se divertindo com a careta do Uzumaki ao escutar a resposta de sua esposa.

- Estou satisfeita!

- Estou feliz por você ter comido bem, Hime! Mas não estou acostumado a te ver comer assim, desculpe por isso.

- Está tudo bem, também me assustei com isso! - Hinata gargalhou divertida - Pensei que comeria um ou dois pedaços, mas-

- Você comeu a travessa inteira praticamente... - Naruto a interrompeu.

- Isso te incomoda? - perguntou curiosa.

- Não, Hime! de maneira nenhuma, só estou preocupado.

- Deixa a menina comer! Um de vocês precisa ganhar alguns quilinhos a mais, isso não vai ser ruim.

- Entendo sua preocupação, Naruto. - a Uzumaki encarou o loiro - Mas estou muito bem, e comer tudo isso só me fortalece! Claro que não vai acontecer todos os dias, não sou fã de frituras, mas me deu muita vontade de comer, e agora estou satisfeita.

- Certo! Não vou dizer nada sobre isso!

Naruto perguntou animado se tinha sobremesa, fazendo Hinata e Kurenai gargalharem pela sua animação. A mais velha foi buscar os dangos que havia preparado para depois do almoço e o loiro sorriu satisfeito ao comer o simples doce que fora preparado com muito cuidado.

Hinata se divertiu com os comentários engraçados de seu marido sobre as sobremesas típicas que encontravam nos restaurantes, Naruto amava experimentar coisas novas quando visitavam um restaurante diferente, mas sua preferência por lámen não mudava de jeito nenhum. Sua personalidade havia mudado, aquele homem frio e distante não existia mais e Hinata se sentiu grata por ter seu marido alegre novamente, pouco a pouco, foi ficando mais confiante para contá-lo sobre o bebê.

Na manhã seguinte, Hinata despertou-se alegremente, estava feliz por resolver seus problemas com o loiro e planejava um belo dia para lhe contar sobre a novidade. Não ficou surpresa quando encarou o lado esquerdo da cama, que se encontrava vazio novamente e suspirou antes de se levantar para tomar um banho.

- Não parece muito animada. - Hinata se assustou quando ouviu a voz de seu marido e se virou para encará-lo.

- Naruto! Pensei que já estaria na empresa. - explicou sem graça - Você está bem?

- Muito bem, mas estou surpreso por pensar isso... - ele sorriu - Agora que está de volta na empresa, acredito que possamos ir juntos para o trabalho, não é?

- Você tem razão. - a morena caminhou lentamente até seu closet - Costuma sair muito cedo, por isso fiquei um pouco surpresa.

- Não faço isso há algumas semanas, Hime! - Naruto se espreguiçou antes de apertar a toalha branca enrolada em sua cintura - Está muito quente hoje, acho que vou tomar outro banho… você me acompanha?

- Essa foi a melhor desculpa que você já deu. - Hinata gargalhou em seguida fazendo o mesmo resmungar envergonhado - Achei muito fofo.

- Sabe que me esforço para isso!

A ex-Hyuuga se animou com o convite, mas se lembrou de um compromisso importante que Naruto teria na empresa e decidiu recusar.

- Desculpe por isso, mas vou ter que recusar.. .vamos nos atrasar.

- Não me importo com isso, Sasuke consegue manter aquele lugar em pé até a gente chegar! Você mesma diz isso o tempo todo.

- Você tem uma reunião importante, podemos sair para jantar e depois curtimos nossa noite como você quiser!

- Sério? - o loiro encarou sua esposa que saia do closet desconfiado - Não vai furar comigo depois não é?

- Claro que não - Hinata deu um leve beijo na bochecha do mesmo que sorriu em resposta - Vá se trocar, não demoro para me arrumar.

- Você sempre diz isso! - Naruto cruzou seus braços julgando os atrasos que Hinata mantinha em sua agenda por causa de seus longos banhos.

- Sou a pessoa mais pontual que você conhece, sabe bem disso! - Naruto gargalhou e logo entrou na sua parte do closet para se arrumar.

Não demorou muito para o casal Uzumaki sair de casa, Hinata se divertiu com as músicas animadas que Naruto cantarolava durante o caminho, a harmonia estava diferente agora, e ela sabia no fundo do coração que estava na hora de contar para ele sobre o bebê. Naruto estava feliz, se sentia bem por ter resolvido seus problemas com a Uzumaki e planejava ter uma noite maravilhosa com ela, para compensar todas as tristezas que haviam passado nos últimos meses.

Assim que chegaram na Uzumaki Company, Naruto se apressou para chegar na sala de reuniões, odiava admitir, mas se tivesse tomado banho com sua esposa iria se atrasar muito, e isso não seria bem visto aos olhos de seus investidores. Hinata não participou da reunião, pois não queria mais saber sobre o projeto do sr. Kimura, apesar do mais velho ter entendido que o Uzumaki só poderia ir até o local escolhido no final da obra, ele ainda comentava no assunto, causando uma raiva interna na ex-Hyuuga.

A reunião durou cerca de duas horas e Naruto saiu confiante já que o sr. Kimura ainda mantinha um belo sorriso no rosto, ele havia feito um belo projeto com Sasuke, e isso ajudava nos negócios da família tradicional que todos admiravam. No início ele não acreditava que daria certo, mas depois de encontrarem uma equipe de arquitetura prestigiada, não restou nenhuma dúvida no lucro que o resort traria.

O Uchiha e o Uzumaki nunca foram de prezar pelo lucro dos projetos, sempre aceitavam defender e ajudar aqueles que eram honestos, e isso sempre atraiu muita atenção para a empresa, que acabou lucrando com suas ONGs e seus fiéis clientes.  Hinata era conhecida por ajudar boas causas e sempre estava presente quando se tratava de caridade, seu coração puro lhe trouxe muitos amigos que apoiavam grandes causas, visando um futuro melhor para as crianças e adolescentes.

Alguns acreditavam que era muito para os advogados e publicitários da Uzumaki Company, mas todos sempre foram comprometidos e Naruto sempre colocava boas ações em primeiro plano para a empresa.

 

Hinata sentou-se em sua cadeira admirando a pilha de papéis que a mesma havia acabado de examinar, se sentiu cansada por um momento mas não deixou-se levar por isso, pois precisava contar ao seu marido sobre sua gravidez, queria dar-lhe essa surpresa o mais rápido possível.  Fora pega algumas vezes imaginando como seria a reação do loiro ao saber sobre seu filho, se lembrou de como havia reagido na primeira vez e se permitiu sorrir, pois agora, aquela lembrança triste só enchia seu coração de alegria, e faria de tudo para honrar seu pequeno bebê que não estava mais presente.

- Hinata, preciso dos arquivos para enviar agora. - Sasuke adentrou a sala depois de bater na porta - Desculpe por entrar assim, estamos um pouco apressados hoje.

- Aconteceu algo em especial? - perguntou surpresa com a pressa do rapaz.

- Naruto está alegre pela reunião ter sido melhor que o esperado e prometeu que tirariamos a tarde de folga se todos acabassem seus deveres até às quatro horas. - o moreno sorriu encarando Hinata que se divertiu com o plano exagerado de seu marido.

- Ele tem algumas ideias doidas, algumas pessoas podem fazer o trabalho com pressa e acabar errando ou esquecendo algo, não acha?

- Disse a mesma coisa para ele, mas o baka disse que iria revisar tudo amanhã cedo, então ele está tirando o trabalho do pessoal para ele trabalhar um pouco mais na minha opinião!

- Não entendi o porque disso, mas se ele quer os arquivos eles estão aqui! - a morena se levantou para ajudar Sasuke com os documentos, o mesmo insistiu que não precisava, mas Hinata queria entender os planos do marido pessoalmente, assim acompanhou o moreno até a sala do Uzumaki.

 

Sasuke gargalhou quando viu a pilha de arquivos que se formava em cima da mesa de Naruto fazendo Hinata se preocupar com o plano apressado do loiro para agradar seus funcionários.

- Naruto, que ideia foi essa?

- Hime! Não se preocupe, vou ver tudo isso amanhã cedo, e Sasuke vai me ajudar - Naruto explicou fazendo o moreno bufar em resposta.

- Não vou fazer isso, te disse que era uma péssima ideia!

- Não seja negativo, Sasuke! Sei que hoje é dia da Sakura estar de folga, e você está doido para chegar em casa mais cedo - o loiro rebateu.

- Para a sua sorte, esses são os últimos arquivos que você precisa.

- Então não estamos tão mal assim! Afinal só são umas vinte pastas...

- Vinte pastas com milhares de documentos, porque teve essa ideia estranha?

- Sinto que algo bom vai acontecer, e quero que todos celebrem isso! - Naruto abriu um largo sorriso atraindo a atenção da Uzumaki que ficou surpresa com sua revelação.

- Sente algo bom? - perguntou curiosa.

- Sinto, e vamos comemorar a grande reunião de hoje no nosso jantar.

- Então vou deixar os pombinhos sozinhos e vou para casa!

- Não precisa sair assim, Sasuke! Se quiser pode vir jantar com a gente. - Naruto sugeriu - Convide a Sakura.

- Seria divertido, mas já temos planos para hoje a noite, desculpe. - Sasuke se desculpou, mas não tirou o sorriso do rosto.

- Por favor, mande lembranças a Sakura por mim, logo vamos visitá-la!

- Certo, e vocês se divirtam.

- Obrigada - Obrigada! - a morena agradeceu observando o Uchiha sair da sala em seguida e voltou a encarar seu marido que mantinha o mesmo sorriso largo no rosto.

- Você quer derrubar todos esses arquivos no chão e fazer amor? - Naruto brincou e se divertiu com a face envergonhada de Hinata que corou em resposta a sua brincadeira.

- Naruto! Isso é muito sério, não brinque assim - disse sem graça.

- Se gostou não precisa fingir que está aborrecida, Hina!

- Por que não saímos? Já que está dando folga para todos nessa bela tarde... - ela sorriu e piscou o olho em direção ao loiro, o que fez seu coração bater um pouco mais rápido.

O Uzumaki aproximou-se devagar e alisou o rosto da morena com o dorso de sua mão. Ao chegar em seus lábios, encarou-os e beijou levemente a boca que tanto o atraia. Um beijo calmo, porém apaixonado.

- Por que não fazemos assim… eu vou para casa agora, para me arrumar, e te espero para irmos a algum restaurante? Assim você vai poder terminar o que está pendente e poderíamos nos divertir sem culpa. - Hinata sugeriu ao se separarem.

- Tudo bem, tudo bem. - ele deu de ombros - Então assim que acabar o trabalho, vou te buscar em casa e saímos, ok?

- Vou ficar esperando.

A ex-Hyuuga sorriu e despediu-se do marido, fechando a porta do escritório e caminhando em direção ao elevador. Em sua mente, já tecia o plano de como poderia revelar o seu segredo ainda naquela noite.

________________________________________________________

 

Naruto sorriu ao finalizar sua décima quinta pasta de documentos, havia começado com as revisões pois não queria ter uma manhã ocupada no dia seguinte. Todos haviam saído cedo naquela tarde e só jantaria com Hinata à noite, por isso não se importou em começar com suas tarefas que haviam crescido por conta de sua felicidade recente. No fundo, o loiro sabia que não era só aquilo, não se sentia bem assim há um bom tempo, mas tinha certeza que sua felicidade estava relacionada ao bom relacionamento que mantinha com sua esposa nos últimos dias.

Não acreditava como as semanas haviam passado voando, movimentando a relação dos dois entre altos e baixos. A perda que ambos tiveram no início foi apenas o começo de uma fase especial em sua vida. Sua alma ainda estava machucada, ele entendia como Hinata se sentia, mas se obrigava a ser forte por ela. Não podia deixar seu casamento acabar por um simples descuido de atenção, mas fora traído por suas próprias vontades.

Ele errou diversas vezes, mesmo assim, se manteve firme e forte quando Hinata demonstrava que queria continuar, não com palavras, mas o loiro conhecia aqueles olhos perolados melhor que ninguém, entendia quando a morena estava contente e, agora, se sentia bem consigo mesmo por ter feito sua esposa feliz novamente.

O Uzumaki levantou-se apressado e caminhou para fora de sua sala com as chaves do carro nas mãos, observou a recepção vazia e concordou que fizera bem em dar uma folga para seus empregados, ele precisava avaliar todos os documentos e ficou orgulhoso por não encontrar falhas nos arquivos que lhe foram enviados.

Logo chegou em seu carro e não demorou para ligar o motor, seguido do rádio que tocava uma melodia simples que agradava seus ouvidos. Ele dirigia com cuidado, estava ansioso para ver sua esposa e jantar com a mesma, mas não tinha pressa para chegar, sabia que o tempo iria parar quando estivesse com sua perolada e ninguém no mundo poderia mudar isso.

Assim que parou em frente a casa, pegou o celular para avisar que havia chegado. Porém, Hinata não atendeu o telefone, deixando-o preocupado. Sabia que ela havia chegado em casa, pois a mesma o avisou antes de sair que pegaria uma carona com Shizune, que estava de saída na mesma hora.

Não se conteve em esperar e saiu do carro adentrando os domínios da casa. Notou que as luzes de dentro estavam apagadas e se apressou em abrir a porta da entrada. Naruto se assustou quando passou pela porta e notou uma brecha de luz que estava vindo da sala de jantar, sussurrou o nome de sua esposa, mas não obteve resposta, então decidiu seguir o brilho que lhe chamava a atenção.

- O que é isso? - perguntou para si mesmo quando observou a trilha de pisca-piscas que se seguiam até a cozinha e continuou caminhando até onde as luzes brancas o guiavam.

O Uzumaki não conteve o sorriso quando chegou na cozinha e viu a porta que dava acesso ao jardim, ela estava aberta e com a trilha de luzes que se seguiam até o lado de fora. O loiro encostou-se na soleira da porta e admirou-se com sua esposa sentada em uma cadeira perto da pequena mesa do jardim. Observou com curiosidade as velas e algumas bandejas cobertas em cima da mesa. Os pisca-piscas pendurados nas árvores atrás da morena iluminavam o jardim, dando uma bela visão do lugar que cuidaram com tanto carinho.

- Tadaima - Naruto disse animado atraindo a atenção de Hinata para sí.

- Okaeri. - respondeu envergonhada pelo modo carinhoso que seu marido havia anunciado sua entrada, visto que ele não o fazia há muito tempo. - Estava te esperando, querido.

- Você me surpreendeu muito, tudo está lindo! - o loiro se aproximou de sua esposa e observou que a mesma usava seu vestido favorito - Você está linda, amo esse vestido em você.

- Obrigada - Hinata levantou-se para abraçá-lo e agradeceu mentalmente por Kurenai sugerir que vestisse o vestido lilás florido, preferido do Uzumaki.

A morena não pensou que ele notaria de primeira, mas seu coração acelerou quando ela ouviu o comentário sobre seu vestido. Naruto rodeou a cintura de Hinata e lhe roubou um beijo suave, que causou arrepios em sua espinha. Ele se divertiu com o pequeno pulo que ela dera para se afastar de seus dedos curiosos, acariciando suas costas através do pano macio.

- Por que fez tudo isso, Hinata? - perguntou curioso observando a mesa com velas.

- Queria te fazer uma pequena surpresa. - explicou - Sabia que tinha muitas coisas para adiantar, e me apressei para preparar tudo, não seria muito romântico se jantássemos fora.

- Você tem razão... e saber que planejou tudo isso, torna hoje um dia mais especial ainda!

- Não acredito que esteja tão feliz por causa da reunião de hoje.

- Não é só por isso, Hime! Sei que temos reuniões que são um sucesso todos os dias… mas eu sabia que algo bom iria acontecer e você acabou de me surpreender lindamente.

Naruto puxou a cadeira para a morena se sentar novamente e deu a volta para fazer o mesmo. Encarou curioso as bandejas e não demorou muito para Hinata tirar as tampas, revelando o prato que fora escolhido para aquela noite. O cheiro conhecido fez o estômago do Uzumaki roncar, revelando a fome que sentia e fazendo Hinata gargalhar.

A bela tigela com lámem de porco que haviam comido em seu primeiro encontro atraiu a atenção do loiro que agradeceu pelo alimento e se apressou em comer. A perolada se divertiu com a alegria de seu marido e o acompanhou, enquanto conversavam sobre o dia agitado que tiveram.  

Naruto gargalhou alto relembrando sobre os tempos de namoro, Hinata se sentiu envergonhada pelas lembranças que o Uzumaki ainda mantinha em sua mente. Ainda assim, ficou feliz por vê-lo recordar de tantos momentos especiais, e nenhum ficou de fora naquele momento, o loiro se lembrava da roupa que a morena usou no primeiro encontro, da lingerie que usou em sua lua de mel, do sorriso brilhante que via em seu rosto quando ele cozinhava seus doces preferidos, durante seus primeiros anos de casados. A morena animou-se ao contar suas lembranças, fazendo o loiro se divertir com suas recordações atrapalhadas, afinal, Naruto sempre fora um desastrado, e isso resultava em encontros desastrosos e momentos maravilhosos que a Uzumaki guardava com carinho em sua mente.

- Hime, esse prato estava divino! Você é maravilhosa.

- Obrigada, estou feliz por você ter gostado da surpresa.

- Agora eu quero o banho que me negou mais cedo... - o loiro pediu com um sorriso malicioso - Não pode me recusar duas vezes no mesmo dia.

- Naruto! - Hinata deu um tapinha em suas mãos fazendo-o gargalhar em resposta - Pode esperar pela sobremesa?

- Temos sobremesa? Não posso recusar isso.

A Uzumaki levantou-se para pegar uma bandeja que continha morangos com chocolate, em volta do pequeno vaso de planta que sustentava um raminho em crescimento. Naruto se surpreendeu com o vaso assim que a ex-Hyuuga o colocou sobre a mesa e encarou curioso a plantinha que surgia no centro do recipiente.

- O que é isso?

- Não se lembra dessa plantinha? - perguntou surpresa - Compramos durante nossa última viagem, a senhora que nos vendeu disse que era uma planta que demora para nascer, mas que quando ela crescesse, daria as melhores e mais belas flores do nosso jardim.

- Nossa Hime, me esqueci completamente dela. - ele admitiu envergonhado - Mas estou feliz por você ter cuidado com carinho, acredito que deve ter esperado muito por esse momento.

- Nós dois esperamos, isso significa muito para nós. - Naruto encarou sua esposa por um segundo e se aproximou para acariciar seu rosto, o qual sorria gentilmente. Ela respirou fundo e segurou as mãos de seu marido com carinho - Naruto, eu...

O loiro piscou algumas vezes enquanto ouvia assustado a frase que a morena disse em seguida. Seu coração acelerou por um momento e um sorriso tomou conta de seus lábios quando Hinata anunciou novamente a surpresa que mudaria a sua vida.

- Eu estou grávida.

 


Notas Finais


Algum comentário? A opinião de vocês é super importante ❤ e lemos todos os comentários com muito carinho! Obrigada por ler até aqui ~
Chu ~❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...