História Stay With Me ( Markson ) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags Colegial, Comedia, Crossover, Drama, Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Novela, Romance, Shoujo, Yaoi
Exibições 422
Palavras 1.245
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiieee amores, tudo certo?
Era pra mim ter postado esse cap amanha, mais não vou conseguir, então decidi postar hj msm..
Boa leitura!
OBS: Esse cap e explicando o que aconteceu com o Yugyeom e o Bambam, ja que os mesmos não estavam com o Mark e nem com o Jackson, achei que seria legal contar oq aconteceu com os dois, espero que gostem, talvez o proximo cap seja oq aconteceu com o JB e o Youngjae

Capítulo 7 - Chapter 7 - Do you match my feelings?


Fanfic / Fanfiction Stay With Me ( Markson ) - Capítulo 7 - Chapter 7 - Do you match my feelings?

Yugyeom on

 

Estavamos eu e o Bambam andando pelo parque, apenas nos dois, Jackson e Mark foram na montanha russa, Youngjae e JB foram no carrinho de bate-bate, e ficamos so nos dois andando tentado achar algum brinquedo pra irmos.

-Yugyeeoom, to com fome – Bambam disse e depois fez biquinho

AAAAH SE VOCÊ CONTINUAR EU NÃO ME RESPONSABILIZO PELOS MEUS ATOS!

-Quer comer o que Bambam? – disse olhando pro mesmo

-Você! – disse e depois riu

MEU DEUS DO CEU MENINO, SO VEM!

-Meu deus Bambam, mais tarde – disse brincando e depois pisquei

Bambam se jogou no banco que estava atrás dele e colocou a mão no peito.

-Meu deus do céu, se ele piscar pra mim de novo eu infarto! – disse olhando pro céu e logo depois riu

-Deixa de graça Bambam – disse me sentando do seu lado

-Parei – ele disse rindo

-E bom mesmo – disse rindo olhando uma menina correndo pra um brinquedo

-Yugyeom? – ele disse em tom serio, o que me assustou, Bambam raramente falava serio,então toda vez que ele falava eu sabia que era algo serio.

-O que foi Bambam? – disse em tom calmo

-Você e o Mark por acaso tem algo a não ser amizade? – ele disse olhando pra um grupo de crianças que estavam ali por perto

-Não temos nada um com o outro, a não ser amizade, por que a pergunta?

-Não e nada não, so queria saber mesmo, e que ontem parecia que vocês tinham algo a mais – ele disse virando o rosto e logo depois começou a me olhar.

-Não temos nada demais não, Mark e meu melhor amigo, ele e tipo um irmão pra mim

-Entendi.... Jackson ontem pareceu que não gostou muito de ter visto o Mark te abraçando..  ele parece gostar do Mark..

-Esses dois ainda namoram, marque ai o que estou dizendo – digo e ele ri

-Os dois já devem pelo menos ter ficado... certeza, e se ficaram você sabe... – ele  diz me olhando

-Sei de nada não – disse e depois ri fraco

-Mente mais que eu gosto

-Não e mentira Bambam, eu não sei de nada não – disse e depois o olhei serio

-Okay então, os dois fazem um casal bonitinho, não e mesmo? – ele disse encostando a cabeça no meu ombro

-Fazem sim, Jackson trata o Mark com tanto carinho, eu queria poder tratar uma certa pessoa assim, mais não posso...

-Por que não pode Yug?

-Sei la Bam, e que acho que essa pessoa não me ama como eu amo ela, ela pode ate me amar, mais me ama como um irmão...

-Já tentou conversar? Você não sabe... vai ver essa pessoa também gosta de você

-Vou tentar conversar com essa pessoa – sorrio fraco -               Mais sei la.. acho que essa pessoa não vai aceitar muito.. tenho medo de me machucar...

-Aish.. não fique assim..  – ele me abraçou e logo depois me deu um beijo na bochecha.

Da próxima de um na minha boca seu delicia hueheue.

-Obrigado Bam – disse sorrindo pro mesmo – Mais voltando... o que você quer comer?

-Não to com tanta fome assim... olha laa – ele apontou pra uma barraca que tinha algodão doce – Eeeeu querooo!

-Parece uma criança – ri – Vou ir la comprar, espera ai – disse me levantando

-Okay – ele disse puxando o celular dele do bolso.

Comprei o algodão doce e voltei pra onde o Bambam estava.

-Aqui criança – disse dando o algodão doce na mão do mesmo

-Obrigado Yuuug, depois dessa tu mora no meu kokoro – disse

Sabe quando você não agüenta mais e vai explodir se não contar o que precisa pra uma pessoa? Então.. eu estava assim...

Meti o foda-se e peguei o braço do Bambam e fui andando e puxando ele pra fora so parque..

-O que ta fazendo doido? Usou droga foi? – Bambam disse meio assustado por eu estar o ‘’arrastando’’ pra fora do parque

-Eu preciso te contar algo... e dentro desse parque não da... muito barulho – diz ainda o puxando

Saimos do parque e eu soltei o braço do mesmo e começamos a andar.

- O que quer me contar? – Bambam disse parando de andar e começou a me olhar

Minha garganta fechou e eu comecei a respirar ofegante.. meu coração estava a mil..

-Bambam... – disse e engoli seco – eu não sei como te falar.. mais vamos la – levantei minha cabeça e nossos olhares se cruzaram – Eu te amo – sorri – desde que te vi pela primeira vez.. você e tão único.. amo tudo em você.. mais esse amor nunca sera correspondido, você gosta de meninas.. – disse e abaixei minha cabeça e respirei aliviado por ter dito finalmente o que sentia por ele

Escutei barulho dele caminhando ate mim, então ele colocou sua mão em meu queixo e o levantou devagar.

-Quem disse que esse amor nunca será correspondido? – ele disse olhando nos meus olhos e logo depois selou seus lábios nos meus.

O puxei pela cintura e comecei a beijar o mesmo, o beijo era calmo, ele colocou as mãos na minha nuca e eu estava com as mãos na cintura do mesmo, depois em que o beijo acabou nos dois nos olhamos e sorrimos e nos abraçamos, foi um abraço tão gostoso, o melhor que já tinha recebido a minha vida.

-Vamos voltar pro parque? – perguntei me soltando do abraço

-Não.. vamos ir pra sua casa.. não estou afim de ir pro parque.. muito barulho.. eu já não queria ter ido pra la de manha – disse

-Okay, so vou avisar o Mark.. pra ele não ficar preocupado – disse puxando meu celular do bolso

-Okay Yug

Escrevi uma mensagem falando pro Mark que eu e Bambam tínhamos indo embora por que ele não estava muito bem. Guardei meu celular e fomos andando pra casa, no meio do caminho Bambam segurou minha mão e entrelaçou nossos dedos.

-Yug?

-Oi

-Quanto tempo faz que gosta de mim?

-Aaah faz um tempão já.. nos conhecemos faz 2 anos certo?

-Sim

-Faz 1 ano e 8 meses que gosto de você..

-Por que não me disse antes?

-Medo.. medo de você parar de falar comigo.. medo de não quere mais eu como amigo..

-Aah.. claro que não, mesmo que eu não correspondesse seus sentimentos eu não me afastaria de você

Sorri pro mesmo que me deu um selinho. Abri a porta de casa e entrei, meus ais estavam na sala.

-Omma! Appa! – disse sorrindo pros mesmos

-Oi – Bambam disse tímido

-Oi Bambam, tudo bem? – meus pais disseram juntos

-Tudo certo –ele disse e sorriu fraco

-Bambam vai dormir aqui ta

-Okay Yug

Depois de um tempo conversando com meus pais, eu e Bambam fomos pro meu quarto. Bambam tomou banho e logo depois eu tomei, ele vestiu uma roupa minha, que ficou extremamente larga nele.

-Acho que essas roupas ficaram largas – disse rindo

-Você acha? – ele disse puxando a blusa que estava vestido

-Tenho certeza – disse rindo

-Hahaha, engraçadinho – disse vindo na minha direção e deitando do meu lado na cama

-Sabe o que e engraçado? A pouco tempo atrás eu achava que isso nunca ia acontecer, nos dois deitados juntos.. você vestido com minhas roupas.. – disse olhando o mesmo que encarava o teto

-Eu acho que nem eu esperava que isso fosse acontecer.. – disse virando o seu olhar pra mim

-Serio mesmo?

-Sim... mais gosto de ficar assim com você.. – disse sorrindo

Bocejei de sono e logo depois sorri.

-Vamos dormir Yug.. –disse se virando de costas

-Boa Noite  Bam – disse o abraçando por trás

Depois de um tempo adormecemos abraçados.


Notas Finais


Então, ficou bom o cap? Espero que sim!
Nos vemos na terça.. ou então antes mesmo..
Kissus da Babi!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...