História Stefan and Caroline - Parte 3. - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Katherine Pierce, Matt Donovan, Stefan Salvatore
Tags Amor, Caroline, Damon, Daroline, Delena, Elena, Klaroline, Love, Mystic Falls, Romance, Stefan, Stelena, Steroline, The Vamipre Diaries, Tvd, Vampiros
Visualizações 70
Palavras 955
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa leitura!

Capítulo 11 - Grávida, eu?


Fanfic / Fanfiction Stefan and Caroline - Parte 3. - Capítulo 11 - Grávida, eu?

POV: CAROLINE.

Acordo assustada.

Estou no quarto do Damon, deitada em sua cama, vestindo calcinha, sutiã e uma camisa cinza.

Damon: Bom dia, loura! - Diz ao entrar no quarto.

Ele segura uma bandeja de madeira, que parece ser meu café.

Caroline: Eu dormi aqui? - Pergunto confusa.

Damon: Dormiu mas, fica tranquila. - Dá uma pausa - Não aconteceu nada entre a gente, sou uma namorado fiel.

Reviro os olhos.

Caroline: Não me lembro de ter me trocado...

Damon: Porque foi eu quem a trocou.

O encaro.

Damon: Você estava desacordada, com a roupa imunda de vômito.

Caroline: Eu vomitei?

Damon: Pelo menos três vezes. 

Damon senta na cama e me oferece um copo de suco.

Damon: Bebe, deve estar até desidratada.

O cheiro da fruta embrulha meu estomago.

Caroline: Que cheiro é esse?

Coloco a mão na boca e saio correndo para o banheiro.

Damon: Manga.

Me troco e volto ao quarto.

Damon: Klaus te ligou, eu atendi.

Caroline: Você o que? - O fito furiosa.

Damon: Eu atendi. Disse que você conversava com uma moça do buffet e não podia atender e que tinha pedido para que eu atendesse caso ele ligasse. - Uma pausa - Também falei que Elena e Bonnie não estavam com você porque não podiam e eu como bom padrinho, me ofereci a te acompanhar.

Caroline: Bom padrinho? - Debocho - Eu tenho mesmo de ir no buffet, tem a degustação...

Damon: Eu sei, te ligaram de lá e marquei nossa degustação às 11:00 AM. - Me corta.

Damon vê a hora no visor de seu celular.

Damon: Que são exatamente agora, vamos.

Caroline: Nossa degustação? - Enfatizo o "nossa".

Ele desce e eu o sigo.

Chegando ao buffet é Damon quem prova os aperitivos, eu não podia chegar nem perto de frituras e doces.

Caroline: Elena! 

Elena chega até mim no buffet.

Caroline: O que faz aqui?

Elena: Eu liguei pro Damon e ele me contou que estavam aqui. - Uma pausa - Posso saber porque é ele quem está provando o que será servido no seu casamento e não você?

Caroline: Não me sinto bem...

Elena: Seja mais específica.

Caroline: Nada do que como a pelo menos três dias para em meu estômago.

Baixo o olhar.

Elena: Deveria procurar um médico. - Uma pausa - A quanto tempo é humana?

Caroline: Menos de um mês ou mais de um mês, eu não sei.

Elena: Você tem usado algum método contraceptivo?

Caroline: Não. 

"O que tem a ver?"

Elena arregala os olhos e me encara.

"Do que ela está suspeitando?"

"Ah, meu Deus!"

Caroline: Não, Elena. Isso é impossível!

Elena: Não, não é. Você é humana, Klaus é metade vampiro, metade lobo. Humanos e lobos podem reproduzir.

"Humanos?"

Caroline: Eu não estou grávida.

Damon: Então, me explica outra razão que justifique seus seios estarem incrivelmente maiores do que já eram?

Nos viramos para encara-lo.

Damon: Vai dizer que não notaram? - Diz sem graça.

Caroline: Não pode ser. - Digo anestesiada - Não pode ser. - Repito aflita.

Elena: Calma, Caroline. Não precisa se desesperar...

Damon: Talvez ela precise. - Damon a corta - Se ela realmente estiver grávida, esse bebê pode não ser do Klaus.

Caroline: Cala a boca!

Elena: Como assim pode não ser do Klaus? De quem mais seria? - Elena pergunta confusa.

Ela me fita.

Elena: Ah, meu Deus... Stefan.

Eles me levam até minha casa e me fazem fazer um teste de gravidez.

Eu, Bonnie e Damon ficamos na sala, Elena está no quarto, esperando pelo resultado do teste.

Bonnie: E, então? - Bonnie diz ao ver Elena no alto da escada.

Damon: Vou ser tio?

Elena chega ao térreo.

Elena: Está grávida, Caroline.

Ela abre um sorriso emocionada.

Coloco as mãos na boca.

Bonnie me abraça sorrindo, juntamente com Elena.

Não sabia explicar o que estava sentindo.

Era uma mistura de felicidade, medo e ansiedade.

Um bebê? Eu achei que não seria possível que eu viesse a ter um.

Me sento com Damon do lado de fora de minha casa.

Ele bebe cerveja e eu um chá gelado.

Respiro fundo.

Damon: Stefan deve saber que está grávida.

Caroline: Não! - Rebato.

Damon: Caroline, não seja teimosa...

Caroline: Ele não tem de saber, ele não é o pai. - O corto.

Damon: Façamos um teste de paternidade, então.

Caroline: Eu fiz sexo com ele duas vezes, enquanto com o Klaus... Foram dezenas.

Damon: Há uma chance de não ser do Klaus, você sabe.

Caroline: Eu meio que pedi pro Stefan ir embora, não posso pedir que ele volte assim... - Dou uma pausa - Damon, me caso em meses. O que vou fazer?

Damon: Ei, sei que está assustada... - Damon pega minha mão - Mas, seja lá quem for o pai, estarei sempre aqui pra vocês.

Ele me dá um leve sorriso.

Damon: É claro que eu gostaria que fosse do Stefan, porque adoraria ser tio. - Rimos - Jamais os deixarei desamparados, loura.

Ele coloca uma mecha do meu cabelo atrás de minha orelha.

Caroline: Obrigada! - Sorrio - Mas, eu ainda não gosto de você.

Ele gargalha.

Pego seu braço e encosto minha cabeça em seu ombro.

Sim, eu estava assustada.

Meu coração estava feliz com a notícia.

O certo seria esse bebê ser do Klaus mas, cometi um deslize.

E, infelizmente meu atual noivo poderia sair magoado.

3 dias depois...

Caroline: Stefan! - Digo assustada.

Desço as escadas e ao chegar no térreo vejo Stefan em minha sala.

Caroline: Você me assustou. - Dou uma pausa.

Levo a mão no peito e respiro fundo.

Stefan: Desculpe, Bonnie me deixou entrar...

Nos encaramos.

"O que ele faz aqui?"

Stefan: É verdade, Caroline?

"Ele sabe!"

Engulo seco.

Stefan: Está grávida?


Notas Finais


Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...