História Steps For Love - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~alicia_jenny

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Jade Thirlwall, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Comedia, Jarry Stirlwall, Romance
Exibições 50
Palavras 1.311
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey-ho galerous do meu core! Como vocês estão? Espero que bem haha
Então gente eu sou a Nahh co-autora da fic (jura?) nao tenho muito o que falar, porque a mermaid ja explicou tudinho na capítulo anterior, so tenho que dizer que eu to muito feliz e empolgada com essa fic, e também queria agradecer os favoritos e os comentários que ja temos. Obrigada vocês são demais😄
Então é isso espero que gostem do capítulo

Capítulo 2 - What's your problem?


P.O.V Harry

Cheguei cedo na London, isso é quase um milagre, não que eu seja um mal funcionário, é que hoje eu finalmente resolvi tomar iniciativa, e merda me odeio por estar tão ansioso.

Já faz dois anos que gerencio o setor de criticas a mobília na revista, e dois meses que Victoria chegou, eu sei que não sou o único de olho na morena, não culpo meus concorrentes, ela é simplesmente perfeita, uma das melhores funcionárias no departamento de moda, que se eu não me engano é gerenciado pela Thirlwall. Já tentei conversar com ela, mas Justice é muito reservada, o que me intrigou bastante, por isso a considero como um desafio, e bom, eu nunca perco meus desafios.

Depois de passar um final de semana inteiro como um idiota pensando no que fazer para chamar atenção dela, eu decidi não fazer nada, quer dizer... eu vou precisar de ajuda, alguém que tenha algum tipo de relação com Justice, ai é onde entra Jade thirlwall, que certamente conhece bem Victoria, a questão é, ela aceitar me ajudar, apesar de não conhecer Jade, sei que ela é boa pessoa, acho que  já a encontrei em algumas reuniões.

Ao entrar no London, vou direto para minha sala, deixo minhas coisas, e pego um elevador até o andar do departamento de moda. Poucas pessoas tinham chegado, o que me fez pensar que eu estava adiantado demais. Suspiro frustrado por ter chegado cedo de mais e procuro um lugar para sentar, fecho os olhos por um momento, e quando abro me assusto ao ver a figura de uma garota ruiva com enormes olhos verdes me encarando sorridente.

- H-Harry... - Ela falou melodiosa

A encarei por alguns instantes tentando recordar se já tinha a visto antes. Ela percebeu meu desconforto e ajeitou a postura.

 - Quer dizer senhor Styles - Falou novamente.

- Desculpe já nos conhecemos? - A expressão dela ficou rígida

- Já nos encontramos... Sou Jane - Ela suspirou

- Claro... Sabe dizer se sua chefe já chegou?

- Senhorita thirlwall? Não, mas ela não deve demorar. Voc... O senhor aceita alguma coisa? - Faço que não com a cabeça, ela sorri novamente e se afasta, voltando para uma mesa no canto da sala

Estava ansioso, parecia só mais uma babaquice, mas eu realmente gosto da Victoria, e preciso urgentemente tê-la em meus braços, ou vou acabar ficando louco.

Minutos se passaram e eu já estava impaciente, isso até eu escutar o elevador abrir, rapidamente olhei na sua direção e vi Victoria e Jade saírem juntas. Justice estava linda como sempre... levantei e fui até elas.

-Bom dia senhoritas - Falei tentando parecer calmo

-Bom dia - responderam em uníssono

Elas seguiram juntas sem me dar oportunidade de falar com a Thirlwall , bufei, dei uma rápida checada no local, e me dirige até a sala de Jade, bati algumas vezes na porta, até escutar um "pode entrar"

Assim eu fiz, pretendia falar diretamente com ela, mas acho que aqui não é o lugar e nem a hora adequada para isso, então a convido para um almoço, que ela logo aceita, deixo a sala vitorioso e me volto ao meu setor.
...

Já passava de 12:30, estava atrasado devido a alguns problemas com os arquivos, certamente ela já devia estar me esperando, peguei meu casaco e vou novamente até a sala de Jade.De fato ela já me aguardava ,eu não tinha nada planejado pra falar a verdade, por isso sugeri um restaurante simples perto da revista.

Jade parecia tão ansiosa quanto eu, um pouco nervosa eu diria, mas tentei ignorar para não parecer indiscreto.

 Depois de já ter feito nossos pedidos, decidi que pararia de perder tempo e falaria com ela.
Dei um longo suspiro e esfreguei os olhos antes de começar a falar.

-É que, bem... Como posso dizer? - Ela me olhou sorrindo de lado - É que eu estou afim da Victoria e queria saber se você poderia me ajudar com isso.

 

P.O.V Jade                                                       

 Apertei a alça da minha bolsa com força, e senti alguma coisa no meu estomago, pisquei os olhos torcendo para que aquilo fosse um sonho e desejando que eu acordasse logo, Harry continuou me encarando sem jeito, eu simplesmente não sabia o que fazer. Só queria sair correndo ou matar o ser na minha frente com vários golpes com o meu garfo... e óbvio que eu escolhi a segunda opção, porque é a mais lógica.

Então eu levantei da mesa e fui na direção dele com o garfo e depois disso fui culpada de assassinar um Deus grego.

 

 

Não! Quer dizer... essa seria a mais lógica, mas eu apenas me limitei em segurar uma lágrima teimosa que insistia em cair e falar como num sussurro.

- Afim... da Justice? - Ele colocou uma mecha do cabelo comprido atrás da orelha, parecia desconfortável.

- É, sabe desde que ela começou a trabalhar no London Magazine... - Uma pontada no meu peito fez um suspiro angustiante escapar

- Claro, e sua proposta, é que eu te ajude?

- Bom... sim.

- Desculpa senhor Styles. Não posso fazer isso - ele me olhou decepcionado

- Mas Jade, eu...

- Não conheço a Justice, e mesmo que conhecesse, talvez isso não seja adequado, e se me der licença- Estava pronta para levantar daquela mesa e ir embora, mas no mesmo instante Harry segurou minha mão. Um arrepio percorreu todo meu corpo e me fez paralisar

- Thirwall, eu preciso - fitei seus olhos verdes

Merda, por que ele tem que ser tão bonito?

Eu não poderia aceitar, nunca! Que tipo de pessoa ajuda o amor da sua vida a ficar com outra? A resposta é simples: EU!

As palavras simplesmente saíram da minha boca, Harry continuou me encarando, afim de sua resposta, respirei fundo, eu estava a ponto de ter um ataque cardíaco, e ele me pedindo um favor... então eu aceitei.

EU ACEITEI JUDA-LO FICAR COM OUTRA!

E não era qualquer mulher, era Victoria Justice, a queridinha, certinha, perfeitinha, robô dos infernos!

Eu não estava acreditando no que tinha acabado de fazer, só fiz, e não dava para voltar atrás.

- O que você quer que eu faça? - Perguntei impaciente

- Vocês não são amigas? - Ele falou

- Não.

- Mas andam juntas... eu pensei que talvez você poderia me dar conselhos e falar de mim pra ela, sei lá.

- Eu não posso simplesmente chegar nela e falar “Ei Victoria, sabe o Harry aquele cara do outro setor? ele ta afim de você!"

- Então - Ele fez uma pausa - o que você faz quando gosta de um cara? - O encarei perplexa e engoli seco

- E-eu, eu acho que... – “sou gentil, pego o café dele, anoto os horários quando ele falta, e ajudo-o a ficar com uma garota" pensei enfurecida - não faço nada, além de ser gentil e tentar me aproximar, acho.

- Ótimo, você Jade Thirwall, vai me ajudar a me aproximar dela! - Ela estalou os dedos como se isso fosse uma coisa óbvia

- Como eu faço isso?

- Não sei... - Revirei os olhos

- Se você descobrisse mais coisas sobre ela, poderia talvez bolar alguns planos

Passo a mão no rosto, tentando me acalmar.

- Olha eu vou voltar para o trabalho, prometo que vou tentar pensar em alguma coisa, ok? - Ele sorri

- Obrigada, eu fico te devendo uma

- Não é questão de ficar devendo uma, ok? Só me da um tempo e eu te procuro amanhã - Levantei da mesa e dei uma ultima olhada em seus olhos esmeralda

- Ok.

Segui até a porta, tentando ter alguma ideia, rápida que pudesse vir a ajudar Styles, mas que não me magoasse mais do que já tinha, e tudo parecia errado, se pelo menos existisse alguma regra... ou etapas para o amor.


Notas Finais


Então o que acharam?
Me desculpem os erros ortográficos, e se alguma parte ficou confusa.
Então tchau pessoas, logo logo eu to de volta para encher o saco de vocês haha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...