História Stereo Soldier - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Selena Gomez, Vanessa Hudgens
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Selena Gomez, Vanessa Hudgens, Zayn Malik
Exibições 7
Palavras 1.698
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 34 - "left for a new love, maybe?"



SeuNome P.O.V
Tá , apenas levei susto em todas as cenas no filme que o Justin colocou pra assistirmos , ele podia me abraçar e isso não faria a menor diferença ao meu medo de olhar para qualquer canto do quarto , só de pensar o quão medroso ver alguém assim eu chego a tremer do pé a cabeça todinha.
Justin: calma , é só um filme garota -ele disse me soltando-
Eu: um filme de terror que da muito medo , quer que eu faça oque ? dou risada -falei irônica-
Justin: ual , é melhor eu tirar o filme ou irar me bater já!
Justin ficou rude depois que tocou no assunto do meu ex , aquilo me deixou brava e irritada fazendo com que eu respondesse do mesmo jeito. Ele tirou o filme e desligou a tv voltando pra cama , ele me olhava encarando enquanto terminava o pote de pipoca sozinho , olhei para o quarto e aquilo me dava medo , puro medo e só imaginava cenas daquele filme acontecendo no mesmo momento.
Justin: ei 
Ele me puxou fazendo com que eu caísse no seu colo perto do seus lábios , podia sentir sua respiração. Ele olhava meus lábios e chegava cada vez mais perto iniciando um beijo , calmo mas ao mesmo tempo nós desejávamos mais que tudo. Ele pousou sua mão em minha coxa apertando e me deitando alí lentamente , nossos lábios não se desgrudaram um segundo até seu celular começar a tocar e ele simplesmente ignorar.
Eu: atende -tentei interromper- atende Justin , pode ser importante -o joguei para o lado da cama-
Justin: ô meu deus , quem será o merda que tá me ligando a essa hora ? -ele pegou o celular colocando no ouvido-  alô ... como assim ? ... eles oque ? ... idiotas , estou indo ai!
O olhei sem entender nada e ele se aproximou.
Justin: eu preciso sair , vamos irei te deixar na sua casa 
Ele me puxou para fora da cama e coloquei meu salto , peguei minha bolça e sai do quarto dele descendo as escadas , Justin estava silencioso e mantia postura a frente de mim , entramos no carro e o silencio reinada em todo o caminho , ao parar o carro tirei o sinto e o olhei.
Eu: então , tchau ... obrigada por hoje! -soltei meu melhor sorriso- até mais
Justin: de nada , eu apenas queria conhecer você melhor! -ele sorriu e me puxou para um selinho rápido- te ligo -piscou-
Sai do carro e pausei na calçada vendo Justin sair catando pneu e sumindo ao virar a esquina , entrei dentro do hotel e avistei Jake , um garoto simpático que nós cedeu um dos quartos do hotel .
Eu: olá jake , você sabe se a Selena já chegou ? -perguntei tirando a chave da bolça-
Jake: oi SeuNome , eu vi ela entrar mas não falou comigo e os seguranças disseram que ela estava brava.
Eu: ah sim , obrigada Jake ! eu vou entrar , beijo -dei um beijo no ar estralado e entrei- Sel ? -dei dois passos e fechei a porta procurando por ela em algum comodo- Sel ?
Chegando mais perto do quarto ouvi o barulho do chuveiro e então fiquei calma , fui até meu quarto e tirei minha roupa , peguei um conjunto de roupa e toalha e entrei no banheiro já tomando banho.
Justin P.O.V
Porra! 
Será que eles não podiam ter cuidado desses invasores ? Eu estava nervoso e com raiva ao saber que haviam entrado na casa que foi revistado pela policia , entrei lá dentro correndo para o quarto e procurando o pingente , virei a cama , tirei todas as gavetas e senti falta de uma maleta e papéis.
Eu: Chaz , Chris ! -gritei-
Chaz: oque aconteceu ?
Eu: fomos exatamente roubados , roubaram o pingente e nossas coisas! -eu disse e chutei a escrivaninha- quem foi que ficou sabendo disso ?
Chaz: Ryan havia passado aqui antes , ele que trancou o quarto!
Eu: onde ele está ?
Chaz: ele está no galpão Bieber , calma!
Eu: calma ? você sabe bem oque roubaram ? quem foi os filhos das puta ?
Chaz: eu não sei , ryan sabe mais que todos !
Eu: vamos agora para o galpão
Peguei minha jaqueta e sai correndo já entrando na minha ranger rover e sai catando pneu para o galpão.
Eu fiquei tão puto com oque aconteceu que eu não sabia mais oque eu poderia fazer se encontrasse esses trombadinhas do caralho , eu tinha um pingente que exatamente que comprei a dois dias , certamente posso comprar mais desses com a grana que eu tenho mas esse foi feito e foi feito especialmente para mim de muito longe , não é bijuteria barata muito menos essas que vem na hora , tem que se dar o valor porém o mais importante eles roubaram , a maleta. Oque havia lá dentro era o mais importante de tudo , aquilo não era para ser tocado muito menos estar nas mãos erradas por um motivo que the armed deseja isso com todas as forças , aquilo poderia por em risco tudo , completamente tudo. Mas isso era de menos , o liquido que havia ali era de anos e anos e ao expor ao calor de hoje ele iria virar um nada sobrando somente nada dentro do copinho. Enquanto pensava em tudo estacionei o carro e entrei no galpão procurando por Ryan que desceu as escadas calmo e parou em minha frente com as mãos no bolço.
Eu: fala agora quem foi que nós roubaram!
Ryan: não sei -ele disse calmo-
Eu: você não esteve lá na hora ? como não sabe ?
Ryan: você não iria gostar de saber nem um pouco ...
Eu: fala logo quem é porra!
Niall P.O.V
Meus olhos tentavam lutar quanto ao peso imaginário que não deixavam eles abertos , estava parado tentando entender a conversa que Harry e os meninos tanto falavam , era exatamente 4 horas da manhã e minha canseira estava ultrapassando minha grande preguiça. Eu me alertei exatamente quando Harry tocou em um assunto chamado "SeuNome".
Harry: SeuNome estava nessa antes , ela sabia os códigos certos...
Eu: SeuNome ? Oque ? -eu disse tentando entrar mais na conversa-
Zayn: você está viajando nialler , vai dormir!
Eu: vocês tocaram no assunto que é de meu respeito , podem continuar!
Harry: continuando , SeuNome sabia os códigos do cofre de James e certamente lá estaria tudo que precisamos
Eu: mas eu nunca deixei SeuNome entra nessas coisas , como ela sabia ?
Harry: acontece que ela tem atitude e quanto a isso ela fez sem você ao menos saber .
Eu: eu não posso acreditar , eu apenas a coloquei para ensinar a atirar  a lutar box e mostra tudo que eu aprendi e ela fazia isso também ?
Harry: acontece que ela tinha planos para tudo isso Harry , ela só queria passar mais tempo com você e ela fez isso exatamente por você está fazendo... eu pedi a ajuda dela por sua experiência , ela descobriu coisas que nenhum outro gangster soube!
Eu: eu me sinto um idiota , um completo idiota por isso ... 
Harry: você devia se sentir mesmo , tudo isso não passava de um sentimento muito forte !
Eu: você está jogando isso na minha cara porque ?
Harry: não estou jogando nada na sua cara , só te alertando oque você pode perder para sempre!
Eu: essa reunião já deu , vou subir! boa noite pra vocês
Subi as escadas e me tranquei no quarto , como já estava tomado banho me joguei na cama com as mãos na cabeça e os pensamentos em SeuNome , Holly estragou completamente tudo e isso foi oque mais me deixou com raiva dela. "só te alertando oque você pode perder para sempre" essa frase estava na minha cabeça e o minha atitude foi de pegar o meu celular discando o numero dela. 
1
2
3
e ela não atendia , eu joguei o celular na cama.
Eu: como eu sou burro , ela tem eu nós contatos dela! 
Sai do quarto e fui até a comoda onde tinha um telefone , aquele nunca tocava , nunca se atendia e muito menos foi usado então disquei o numero de seunome me trancando no quarto e ela finalmente atendeu.
Você: Alô ?
Eu: oi -disse com o minha maior alegria- eu sei que é você bobinha , será que pode pelo menos conversar comigo ? -o silencio permanecia na linha mas isso não me impediu de falar oque estava com uma baita vontade- eu só liguei pra te dizer que eu te amo , eu te amo mais que tudo e mais que qualquer coisa no mundo , eu não paro de pensar em você desde que saiu daqui e a casa não é mais a mesma sem você , não tem mais aquela alegria e muito menos o seu cheiro , eu sinto muito pelo que fiz e me arrependo profundamente de tudo.-respirei fundo- eu quero uma outra chance, mas essa chance eu quero te provar que te amo e tudo que você viu foi apenas uma mentira , eu te amo , me da essa chance ?
Você: quer realmente essa chance ? 
Eu: eu quero mais que tudo!
Você: então prove seu amor por mim , tenho que desligar , tchau
Ao desligar eu me joguei na cama e fitei o teto pensando , tudo que eu mais queria era a chance e agora tenho ela irei provar. SeuNome me deixou feliz apenas com sua voz pelo telefone , fazia tempos que não a ouvia desse jeito e pra mim foi o suficiente para saber que ela esta bem e acima de tudo que poderei reconquista-lá , eu já pensei em esquece-lá mas quanto mais tento, mais ela me vem à cabeça, mais me lembro do sorriso dela e do seu jeito! Eu ainda me pego planejando nosso futuro, depois de tudo eu ainda quero estar contigo. 
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...