História Stereo Soldier - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Selena Gomez, Vanessa Hudgens
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Selena Gomez, Vanessa Hudgens, Zayn Malik
Exibições 8
Palavras 5.897
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 41 - "I feel ungrounded!"



Niall P.O.V
Eu estava mais o menos a 12 horas sem dormir e isso me deixava de mau humor , eu me controlava para não bater em holly que me puxava até o porão , ela disse que tínhamos reunião mas o pessoal era tão preguiçoso que aposto que estavam dormindo ali mesmo. Me enganei, não tinha ninguém no porão só tinha eu e holly , ela passou por mim que paralisei no mesmo segundo.
Eu: ninguém tá aqui Holly ! -eu disse com a cara mais seria possível-
Holly: que bonitinho , você acertou em cheiro -ela disse se aproximando me puxando pela camiseta- agora podemos aproveitar -ela chegou perto de meu ouvido- só eu e você , eu e você -sussurrou e mordeu o lobulo da minha orelha-
Eu: não me toque garota -a empurrei com toda força- não chegue perto de mim -disse me virando e subindo as escadas-
Holly: você é meu agora , na verdade você sempre foi meu e então agora temos um tempo só pra nos dois, aproveite! -ela disse segurando meu braço-
Eu: me solta caralho! eu nunca fui seu e se você só está assim por causa da seunome que voltou pra cá é melhor se acostumar e voltar a sua rotina de ser comida por aqueles vadios que traz pra cá! -eu disse puxando meu braço com força mas ela me pegou pela cintura- me solta!!
Holly: você não vai sair daqui se não fizer amor comigo! -ela disse me puxando-
Eu: amor um cacete , se eu fizer não vai passar de um sexo ! -eu disse me soltando dela- me solta agora porra!
Holly: você não pode esquecer de nós , namoramos -ela suspirou- lembra quando você me beijou pela primeira vez ? aquele foi o melhor dia , o melhor beijo , estávamos quase a transar quando você me pediu em namoro... -ela me soltou e a virei olhando-
Eu: me polpe de sua falsidade Holly , você nunca se importou com isso e você só me enganava , você me traiu e depois queria transar comigo porque sabia que iria te pedir em namoro! não se faça de vitima -eu disse bravo e ela começou a ficar brava e me puxou para um beijo mas não correspondi-  Me solta , vai procurar alguém pra você dar e some daqui , me deixa em paz !
Não dei tempo para que ela falasse algo e então subi saindo do porão e indo para meu quarto , ao abrir a porta vi a cena mais confortante pra mim naquele momento. SeuNome estava deitada abraçada com meu travesseiro , ela dormia como um anjo e parecia uma pedra. Para não acorda-lá fui até meu guarda-roupa pegando uma calça de moletom e uma blusa fina branca com cinza , cueca e toalha e fui para o banheiro . Liguei o chuveiro e pude sentir uma carga grande de peso cair de mim , eu me sentia leve como se os problemas sumissem e eu estava pronto pra começar tudo de novo. 
Sai do banheiro secando meu cabelo quando vejo SeuNome se remecher na cama se enfiando debaixo do cobertor, ela suspirou e voltou a dormir. Dei um sorriso ao ver aquela cena , fui até a porta a fechando assim como a cortina e depois de secar meu cabelo me deitei ao seu lado , meu movimento foi calmo mas ela se mecheu ficando de costas pra mim. Aquela era uma chance perfeita pra poder dormir de conchinha como ela sempre gostava , me aproximei me enfiando debaixo do cobertor e a abracei por traz , suspirei fechando os olhos e em poucos minutos já havia adormecido ali.
Justin P.O.V
Eu tinha acabado de acordar e estava na cama olhando para o teto uma das coisas mais raras que eu faço , a coisa mais rara é pensar repetidamente em uma garota. Eu tinha uma facilidade gigantesca de esquecer uma garota principalmente depois de leva-lá para cama mas essa mecheu comigo , não passamos de uma ficada e isso já mecheu comigo de uma forma que mechesse com os meus sentimentos os do coração. Era algo tão novo pra mim que não sabia como reagir a isso , eu poderia ir encontra-lá ou até ver oque realmente esse sentimento vai me levar, peguei meu celular discando o numero do celular dela mas só dava ocupado. Aquilo me deixava mais inseguro , seria aquelas coisas de sinais ? um sinal que eu devo parar de pensar nela e fazer como as outras ? 
Ryan entrou dentro quarto me tirando desses pensamentos e então pulei da cama ouvindo oque ele queria.
Eu: oque aconteceu ?
Ryan: entraram em nosso sistema Bieber 
Eu: como assim nosso sistema  ?
Ryan: o galpão , tem alguém que está descobrindo onde fica e está arrancando informações!
Eu: puta que pariu , como isso foi acontecer ? -eu perguntei furioso- não tem como mudar essas merdas ?
Ryan: Chris , Chaz e eu já tentamos mas precisamos de uma senha gigantesca , essas pessoas estão descobrindo nossa localidade
Eu: a anos isso não acontece , como vai acontecer agora ?!
Ryan: eu também não entendo mas isso tem cara de ser novos na area
Eu: vocês tem suspeitos de quem seje ?
Ryan: o Greg 
Eu: ele é bem esperto pra essas coisas mas muito burro pra poder entrar em algum sistema Ryan!
Ryan: talvez mas ele anda muito quieto , os carregamentos que ele fazia não estão mas na lista e muito menos os capangas dele deram as caras envolta do galpão na verdade aquilo lá ta é o deserto
Eu: ele nunca faria isso , Greg nunca soube fazer isso sozinho ... -fiquei pensativo- tem alguém que está o ajudando , mas quem será ?
Ryan: essa é a dúvida , estamos tentando rastrear de onde veio o sinal de quem encontrou o sistema mas isso parece impossível!
Eu: tem alguém que sabe muito bem do paradeiro de Connery ? 
Ryan: Bradley é o único que sabe de todos os criminosos desse país , ele deve saber!
Eu: quero que marque um lugar para que eu , você , chris e chaz nos encontremos com ele!
Ryan: irei ver isso agora bieber -ele disse se virando e se retirando do quarto-
Sentei na cama com as mãos na cabeça pensativo de como eu iria ter uma conversa seria para arrancar alguma coisa de Bradley , ele era um dos homens que valiam ouro puro. Ele tinha em sua manga todas as fichas dos criminosos , ele sabia muito bem de cada um que falava com ele e tem os melhores projetos para se detonar um porém ele nunca passou isso pra ninguém , era algo tão difícil de se achar , ele era um cara misterioso e qualquer palavrinha mal usada era arriscado. Mas eu sabia coisas dele também , poucos sabiam e eu cheguei a conviver com Bradley e não foi uma das épocas boas da minha vida , na verdade foi como um aprendizado e assim me tornei um gangster como hoje.
Levantei da cama e desci até a cozinha . Ryan , Chris e Chaz estavam ali comendo e envolta do notebook empinotizados.
Eu: será que vocês não me escutam que dentro da minha casa não quero ninguém vendo videos pornôs ? -disse fechando a geladeira zoando eles mas não mechiam um dedo- hey , caralho , vocês tão vendo oque ? -eu disse enquanto tomava cerveja- me respondam porra! 
Me aproximei deles e do notebook e pude vê-los passar fotos e fotos de uma garota , eu tinha acabado de tomar um gole da cerveja e já havia cuspido tudo ao ver que era SeuNome , eu arregalei meus olhos enquanto os meninos me olhavam completamente estranhos.
Chris: oque aconteceu bieber ? 
Eu: essa garota caralho! -eu empurrei todos e passei as fotos dela- essas fotos são de onde ?
Chris: tudo do site de paparazzis , porque ?
Eu não falei nada apenas fui passando as fotos até chegar em um video que cliquei rapidamente esperando carregar e começar , era ela , uma cadeira em um comodo de dança. Ela dançava a música Gimme more da Britney , eu fiquei imprecionado com o tanto que ela rebolava na música , eu ficava empinotizado com tanta gostosura e ao mesmo tempo desenvoltura pra dançar daquela forma. Logo quando ela balançou a cabela  e empurrou a cadeira para fora do video ela sensualizou me deixando exitado , ela rebolava no ritmo da música , ela cantava junto e isso deixa-vá a dança mais interessante , era apenas 2 minutos de video e ela me deixou com vontade dela. Após o video acabar pude ver que ela tinha 91.543 visualizações e isso era demais pra mim , passou esse video e ela tinha muitos outros , inclusive músicas de hip hop e cantos solos de músicas. 
Eu voltei ao mundo e os meninos em volta estavam babando literalmente , eles estavam com a mão encima do seu amiguinho e olhavam aquilo até eu fechar o notebook , eles me olharam bravos.
Chris: qual é ? porra bieber a garota muito gostosa e você fecha o notebook ? 
Eu: acontece que ela não é pro bico de vocês!
Chaz: como ?
Eu: eu a conheço panacas , agora podem indo pra casa de vocês se aliviarem ai que nenhum de vocês tocam nela!
Chris: eu vou ir pra casa pra me aliviar olhando ela dançar isso sim -ele sorriu malicioso e me aproximei dele apertando seu amiguinho forte-
Eu: se você fizer isso arranco seu amiguinho Chris -disse bravo e ele se afastou se sentando no sofá- 
Chris: aposto que você só dormiu com ela e acha que ela é sua , por favor né bieber!
Eu: vocês não entenderam né ? -eu disse deixando a lata de cerveja encima da bancada- deixa quieto , já deixei bem claro pra ficar repetindo coisa pra crianças! -me sentei no sofá ligando a tv- já marcaram o nosso encontro com Bradley ? -eles se entreolharam- oque ? -eu levantei- vocês são uns filhos da puta , ficaram esse tempo todo olhando ela ? -eles engoliram seco- eu vou subir -respirei- vão fazer isso e quando descer novamente quero tudo pronto .
Subi as escadas furioso e mordendo de ciumes,talvez. Me joguei na cama novamente e fiquei pensando naquela dança que SeuNome fazia , eu precisava encontrar aquela garota novamente , vê-lá poder sentir novamente os lábios dela . Me perdi nesse pensamento tão malicioso que peguei imediatamente o celular mandando uma mensagem para ela.

"que tal sairmos amanhã a noite ?  - Bieber"


Eu poderia esperar até hoje a noite pela resposta , iria ficar esperando por um sim e se ela recusasse seria a primeira a isso. Só imaginava aonde eu poderia a levar , eu não especifiquei onde iriamos nem nada então já irei providenciar tudinho.
SeuNome P.O.V
Bocejando abri os olhos e com a visão ainda fraca observei o quarto onde estava , senti algo quente e confortável em minha cintura e então acariciei, era um braço. Virei o rosto e vi Niall dormindo abraçado comigo , eu não me senti incomodada só pensei no que fizemos antes de dormir mas NÃO , não é isso eu apenas me joguei e dormi. Respirei fundo e cuidadosamente tirei os braços de niall de cima de mim , ele se mecheu mas logo abraçou o travesseiro, fui até o banheiro fazer minhas higienes e sai procurando meu celular. Era meio dia , havia 2 mensagens e então abri.

"que tal sairmos amanhã a noite? - Bieber"
"estou esperando sua resposta! - Bieber "


Ele tinha mandado ontem no final da tarde , eu estava indecisa de aceitar ou não. Tudo estava começando a dar certo entre eu e niall e por um lado eu ainda o amo e demais porém tenho que fazer novas amizades e bieber foi um fofo me convidando para assistir filme com ele. 

"aceito :) - SeuNome"


Dei um leve suspiro e sai do banheiro , Niall ainda dormia e minha barriga começou a roncar. Era a hora me alimentar e alimentar meu filho , eu não tinha o esquecido em nenhum momento , queria poder dizer isso a niall que ele vai ser pai porém sinto que ainda não é a hora certa. Abri a geladeira e de cara tinha um lanche feito , estava com uma cara ótima e então dei uma mordida grande. Enquanto comia percebi que encima do balcao tinha um notebook e já que ninguém mechia fui e liguei. Cliquei no ícone do youtube fiz meu login e entrei no video que postei recentemente , olhei bem e quase caí para traz. 91.986 visualizações , aquilo tinha sido o meu record de todos os meus vídeos mais postados.
Eu sempre postei meus vídeos dançando no youtube , era um lugar onde eu poderia ver e poder relembrar o quanto evolui não só na dança mas como eu cresci , o meu futuro e como estarei. Eu amo dançar , dançar é uma forma de me soltar e esquecer o mundo muitas vezes o canto me trouxe paz porém sempre lembrando que a música pode ate ser perfeita mas ela sempre vai te fazer lembrar de alguem , de algum momento e a dança pra mim vai nesse rumo. Eu suspirei e sorri diante a tela pelo numero de visualizações , as curtidas iam de 3.000 e descurtidas eram só 100 . Meu sonho era dançar para milhões de pessoas e dentre elas meus ídolos , eu sempre tive sonhos impossíveis mas nenhum deles foi algo "impossível" de conseguir , sempre acreditei e de tanto acreditar eu poderia ser alguém hoje.
Fechei o notebook e subi para o corredor indo até o quarto e sem perceber holly esbarrou em mim enquanto eu mechia no celular.
Holly: ei garota! -ela me segurou no braço-
Eu: oque foi ? me solta -eu tentava soltar mas ela apertava mais ainda fincando suas unhas- ta machucando 
Holly: é pra machucar mesmo e queria até mais porém eu quero bater um papo com você -ela sorriu e me puxou até seu quarto batendo a porta- 
Eu: me solta , me deixa sair! -eu disse enquanto tentava abrir a porta-
Holly: escuta aqui , eu amo o niall e ele me ama , quero você longe dele tá me ouvindo ?
Eu: você tá dizendo porque isso pra mim ? não conseguiu o niall pra você naquele dia que agarrou ele ?
Holly: ele que me agarrou queridinha!
Eu: eu sei de toda a historia mesmo ele não me contando , eu conheço a puta da holly que está na minha frente e só você tem essas putarias de agarrar os outros -eu disse e ela me olhou torno-
Holly: eu não quero você no caminho entendeu ? não era para você ter voltado pra essa casa garota!
Eu: você é uma idiota mesmo , não percebe que niall não te ama ? 
Ela mal esperou eu terminar de falar e senti minha bochecha arder , eu havia levado um tapa da vadia da holly , sem pensar duas vezes agarrei em seu pescoço dando 2 tapas fortes devolvendo oque ela me deu. Ela sabia muito bem que eu queria bater nela desde quando nos vimos pela primeira vez e eu queria descontar tudo que ela fez comigo nessa briga , entre tapas e socos mas eu não poderia me estressar , eu estou esperando um bebê e isso o prejudicaria . A soltei empurrando pra cama...
Holly: arregando ? -ela disse desafiadora-
Eu: nunca 
Holly: eu sei que está , afinal quem sempre ganha nessa porra sou eu desde quando nos conhecemos -ela se levantou me encarando-
Eu: eu vou dizer só uma coisa pra você Holly , primeiro eu nunca arrego pra uma vagabunda como você , segundo você sempre infernizou minha vida e quando menos você esperar você vai querer o meu perdão , você vai ter oque merece , você só é uma vadia mal comida! -eu disse e abri a porta saindo desesperadamente para a cozinha enquanto ela vinha atrás correndo brava-
Holly: eu ainda não terminei garota -ele me pegou pelo braço antes que eu saísse para o jardim- você pode até voltar a morar aqui mas que fique bem avisado que eu ainda vou provar para niall que eu sou feita pra ele e não você -eu puxei meu braço assim que vi niall entrar na cozinha-
Niall: olá holly , olá meu amor -ele disse me dando um abraço- acordou que horas ?
Eu: acordei quase agora , estou indo tomar um ar -eu disse encarando holly e sorrindo para niall-
Niall: eu vou ter que descer para falar com o pessoal ...
Eu: Niall -o chamei-
Niall: oque ?
Eu: eu vou sair hoje a noite e talvez volte só amanhã -eu disse e ele se aproximou-
Niall: para onde vai ?
Eu: quero buscar minhas coisas no hotel , não irei morar aqui ? -disse rapidamente-
Niall: tudo bem , mas venha antes do almoço amanhã tá ? todos nós vamos ao restaurante ! 
Niall desapareceu do comodo e só pude ouvir os seus passos ao descer as escadas , Holly me olhou torto e saiu em seguida subindo para os quartos. Revirei os olhos e abri a porta para ir até o jardim , estava um dia nublado e eu estava somente com um moletom e um shorts, sentei na cadeira de madeira que tinha ali e sentei colocando a mão na barriga, eu já podia sentir um ser maravilhoso se formar , um ser que vai mudar minha vida. 
Fiquei ali até sentir que a tarde havia caído e as estrelas tomado o céu por completo , estava uma noite perfeita, subi para meu quarto e vesti um look que já havia separado para hoje.
http://www.polyvore.com/seunome/set?id=99496484 , uma coisa simples e bem fofo que não me aperte e que me deixa confortável. Estava passando meu batom quando Holly entra no quarto e para em minha frente .
Holly: onde vai ?
Eu: porque quer saber ?
holly: vai se encontrar com outro ? -ela perguntou e erguei uma sobrancelha-
Eu: oque for não é de sua conta , já estou saindo e você fique na sua garota!
Holly: você vai perder vadia -ela disse segurando em meu braço- 
Soltei meu braço com raiva e desci as escadas dando de cara com Niall .
Niall: vai tão arrumada ?
Eu: Vou sair com a Selena e um amigo dela! 
Niall: ah sim , quer carona ? -ele perguntou já com as chaves nas mãos-
Eu: não precisa , eu vou a pé ...
Niall: vamos , eu te levarei até o hotel! -ele pegou minha mão posicionando encima de seu braço e andamos até a garagem-
Senti meu coração acelerar , fiquei pensando no que poderia acontecer ali se Niall soubesse que iria sair com Justin , porém eu falei que iria sair com selena e o amigo dela então estaria de boa. Niall estacionou o carro e antes de eu abrir a porta ele me puxou dando um selinho demorado , meu corpo sentiu tudo arrepiando. Abri meus olhos após sorrir e ele fala um "se cuida" sai do carro e entrei dentro do Hotel e mordi os lábios pensando no que eu iria fazer , no que eu estava fazendo sendo que eu amo Niall , sai com Justin ? eu estava em um dilema por conta do selinho que Niall me deu e isso deixou minha cabeça mais confusa ainda.
Eu olhava para o nada e o Justin aparece do nada me prensando na parede pousando suas mãos em minha cintura.
Justin: você está muito linda , está pronta pra hoje ? -ele perguntou dando um beijo na bochecha após sussurra-
Eu: para onde vamos ?
Justin: não quero estragar as surpresas mas essa noite você não volta pra casa tão cedo -ele disse e mordi o lábio como de costume e ele sorriu piscando-
Eu estava ciente de tudo que iria acontecer , eu só não tinha certeza do que eu realmente queria. Eu queria e repetia varias vezes que esquecer Niall seria o melhor pra mim por outro lado mentir para feri-lo seria uma facada em meu coração. As duas opções estariam me ferindo e eu não queria isso , eu tinha que fazer tudo isso sem arrependimentos e pensar apenas no que eu quero pra minha vida e para meu bebê. 
Justin me levou até sua casa que somente o jardim estava iluminado , ele vendou meus olhos e me guiou em algum lugar .
Justin: tire o salto SeuNome -ele disse e eu olhei para algum lugar confusa-
Eu: porque ?
Justin: tire o salto eu disse!
Me apoiei nele tirando o salto e depois o outro , ele pegou o salto e jogou em algum lugar e me deu a mão. Fomos andando e pisei em algo macio , ao mesmo tempo muito gelado até sentir o cheiro de pétalas , após isso ele me abraçou por trás tirando a venda e abri os olhos vendo uma mesa que era iluminada por velas e em frente a um céu perfeito com as estrelas ostentando , ele guiou até a cadeira e me sentei sem dizer nenhuma palavra enquanto ele me servia espaguete com um molho diferente que me deu agua na boca, respirei fundo tentando assimilar tudo e essa noite seria calma e não como já imaginei.
Justin: esse prato é o meu preferido , pedi para fazerem pra nós dois ... prova! -ele disse sorrindo já comendo e eu fiz o mesmo-
Eu: é delicioso -ele sorriu- quem fez ?
Justin: não revelarei esse segredo , continue comendo!
Eu: idiota 
Eu não estava mentindo , estava realmente delicioso aquele espaguete. Não sei oque tinha naquele molho mas me deixou com vontade de repetir e foi oque eu fiz, eu sentia comer algo que me levasse ao paraíso e isso quer dizer que me alimentei bem . Depois que terminei parei enquanto via Justin terminar de tomar seu suco , eu estava satisfeita porém eu senti minha barriga se remecher e sentir uma ansiá, eu levantei calma.
Eu: onde é o banheiro ? 
Justin: sobe as escadas , ultima porta a esquerda ... tá tudo bem ?
Eu: está sim , eu só preciso ir ao banheiro mesmo -eu sorri sem graça e entrei dentro da casa-
Após passar pela porta eu subi as escadas correndo até o banheiro , tranquei a porta e colocando meu cabelo pra trás senti um jato de vomito se acumular pela minha boca fechando os olhos agachei na privada e deixei tudo sair para fora. Eu odiava o fato disso estar acontecendo , isso começava a se repetir varias vezes. Levantei indo até o lavatório limpando minha boca e enchaguando , limpei e me olhei no espelho respirando e tentando me acalmar para que isso não aconteça novamente. Senti algo vibrar e era meu celular, desbloqueei e tinha 4 mensagens em imagem e um video, ao abrir me espantei senti que iria cair a qualquer momento ao ver o video de Niall beijando holly , ele repetia varias vezes que a amava e inclusive começava a tirar a roupa dela , eu observei tudo e pude ver que o horário era o mesmo de hoje , isso estaria acontecendo agora. Senti uma lágrima cair e sentir meu rosto queimar , o video parou e uma nova mensagem chegou.
"Eu disse que ele me amava , disse também para que saisse de sua vida , beijão SeuNome -Holly" 
Minha vontade era de matar aquela cachorra mas não , eu iria fazer oque eu já devia ter feito hoje, desliguei meu celular e guardei, sai do banheiro calma  e tentei procurar por Justin. Bati na porta do quarto dele entrando , estava tudo escuro.
Eu: Justin ? -eu o chamava tentando ligar a luz- justin está ai ?
A única luz que iluminava o quarto era a que vinha da janela , vi algo passar por alí e então me pressionar na parede me dando um susto.
Eu: Justin ? 
Justin: shiu , eu disse que não vai embora tão cedo 
Justin mal terminou e já começou a me beijar selvagemente passando sua mão por todo meu corpo me fazendo arrepiar e soltar alguns gemidos aos leves apertões que dava, até ai eu estava com a mente completamente concentrada nisso eu perdi minha voz meu sentido quando ele me pegou no colo andando pelo quarto e me jogando na cama beijando meu pescoço e deixando algumas marcas de mordidas , ele descobriu um ponto meu que me excitava , me deixava mole e sentia mais vontade daquela noite. Enquanto ele fazia aquilo eu arranhava leve suas costas após eu já arrancar aquela blusa , ele desceu seus beijos para meus seios e já tirando a blusa , tirou o sutiã. Ele dava beijos e mordidas assim como chupava um e massageava o outro, eu gemia baixo porém eu não deixei o continuar com aquilo sem que eu ficasse no comando por um tempo, virei ficando em cima dele e dando vários beijos  , alisei seu pênis por cima da calça, sentindo sua rigidez. Vendo Justin  até os pés dele, e comecei a chupa-lo, sentindo ele se contorcer de excitação. Antes que eu pudesse terminar meu serviço, Justin me puxou pelos braços para cima, me beijando. As mãos deles puxavam minha calça para baixo, levando minha calcinha junto, quando cumpriu seu objetivo começou a massagear minha vagina. Inverteu as posições, ficando por cima, desceu por meu corpo, deixando um rastro de beijos. Começou a lamber minha vagina, e com uma mão alisava meu grelo, enquanto com a outra enfiava dois dedos em mim. Ele aumentava a velocidade me levando à loucura.
Eu: Justin … - gemi seu nome. -  Quero você… Dentro.
Atendendo meu pedido, Justin pulou sobre meu corpo, introduzindo seu membro com força em mim. Começando a investir de forma bruta. O carro tremia, os vidros embaçavam. Eu sentia meu orgasmo chegando. Justin aumentava as estocadas, retirando quase que seu membro por completo, e colocando com força, indo fundo.
Justin: Geme… - Justin ordenava ao mesmo tempo em que puxava meus cabelos.
Eu estava indo ao Paraíso. Meu corpo estava ficando dormente, eu sentia que estava próxima do ápice. Meus gemidos se tornaram gritos, Justin mandava que eu gritasse mais alto. Ele também estava chegando ao seu ápice. Quanto mais perto chegávamos do orgasmo, mais rápido ficava as investidas de Justin. Não demorou a chegada de nosso ápice. Justin se deitou sobre mim, ofegante. Ficamos um tempo se recuperando até que ele se sentou e se ajeitou.
Justin: essa noite foi a melhor de todas -ele disse sorrindo e me dando um selinho- 
Oque ele disse se repetiu em minha mente até cair no sono.
Niall P.O.V
Abri meus olhos sentindo algo estranho em meu peitoral , virei meu olhar e Holly estava deitada sobre ele , eu estava sem camisa. Arregalei meus olhos e levantei da cama a fazendo acordar.
Holly: porque acordou ? -ela perguntou se cobrindo-
Eu: oque aconteceu ?
Holly: você e eu ontem a noite ... não se lembra ? -ela disse mordendo os lábios e levantou coberta- você disse que me amava e até mandei isso para SeuNome
Eu: você e eu oque ? -eu senti meu sangue ferver- como aconteceu ?
Holly: você ficou bêbado, ontem a noite você e os meninos comemoraram algo e se embebedou!
Eu: não pode ser , você só deve estar brincando , eu não ... VADIA! 
Holly: isso mesmo , pode me xingar mas nada vai adiantar porque eu já fiz oque eu queria , mandei nosso video para SeuNome , você agora é só meu !
Eu: eu vou te matar Holly , como você pode fazer isso ?
Holly: simples , eu já tinha avisado para ela sair da sua vida e ela saiu porque você mesmo disse que me amava , agora ela não está no nosso caminho mais amor -ela disse acariciando meu rosto- eu também te amo -a empurrei com foça fazendo cair no chão- 
Eu: EU QUERO QUE VOCÊ SAIA DESSA CASA E NÃO VOLTE NUNCA MAIS!
Holly: você não pode fazer isso , eu sou da sua gang !
Eu: VOCÊ PODE ATÉ SER MAS NESSA CASA VOCÊ NÃO MORA MAIS! VADIA!
Holly: você não entende ? ELA FEZ ISSO , ELA É UMA VAGABUNDA! EU DEVIA TER MATADO ELA QUANDO TINHA CHANCE E VOCÊ SERIA MEU!
Eu: VOCÊ É REALMENTE UMA DOIDA HOLLY -eu dei um tapa em sua bochecha- VOCÊ NUNCA MAIS SE ATREVA APARECER NA MINHA FRENTE , EU VOU SAIR E QUANDO EU VOLTAR E VOCÊ ESTIVER AQUI AINDA EU JURO QUE TE MATO! EU NÃO AGUENTO MAIS ISSO ,EU AMO SEUNOME!
Eu peguei minha blusa e calça colocando e sai do quarto direto para o porão , todos estavam lá e quando me viram se calaram.
Eu: só um aviso , não deixe nunca mais holly pisar nessa casa e muito menos ficar na minha frente e vanessa avisa sua amiguinha que nas missões ela não ficara comigo e sim colada em você!
Harry: OPA OPA! Oque foi isso ?
Eu: oque você ouviu Harry , ontem comemoramos e eu fiquei bêbado , ela me levou pra cima e transamos!
Vanessa: ela fez certo , ela tinha que se aproveitar da situação! 
Eu: CALA BOCA OU VOCÊ SAI TAMBÉM!
Harry: Niall se acalma meu , estamos conseguindo informações de Connery ou melhor James então se acalma!
Eu: ela disse que gravou um video mandando para SeuNome Harry , eu não tenho como me acalmar porra!
Harry: Holly passou dos limites -ele disse enquanto os meninos me olhavam-
Liam: Niall , acho melhor você  se acalmar , você precisa dar explicações para ela e concerteza ela não voltou por conta disso!
Eu: Obrigada por me fazer ficar melhor Liam -eu respirei- eu vou ficar na sala esperando por ela .
Harry: vai comer algo , ela deve demorar!
Subi as escadas do porão , peguei meu celular e disquei o numero de SeuNome. Chamava ... Chamava... e ninguém atendia , fiz isso umas 14 vezes e nada dela atender. Eu me sentia mal e sabia que naquele momento eu perdi ela pra sempre , eu tive a chance e isso acabou comigo  , profundamente comigo. Eu sentei no sofá e ficava olhando toda hora para porta esperando ela entrar , ou ela me ligar. Quando eu menos esperava alguém abre a porta e vejo SeuNome entrar falando no celular , eu levantei e antes que ela pudesse subir ela tirou o celular do ouvido.
Você: oque você quer ?
Eu: conversar sobre ... oque você recebeu da holly!
Você: eu não tô com tempo pra isso , eu tenho que pegar minhas coisas ...
Eu: pra que ?
Você: pra sair da sua vida , eu nunca devia ter te dando outra chance eu iria realmente me entregar para você mas agora acabou ... tudo 
Eu: não por favor!
Você: não peça isso novamente que não vai adiantar , isso doí mas ver aquilo me quebrou em pedacinhos 
Eu: eu só queria conversar , eu estava bêbado , ela fez isso de proposito ela me disse!
Você: acontece que eu te dei uma chance , uma outra chance na verdade e recebo isso! Eu também já estou em outra , eu só quero que você me esqueça ! 
Eu: eu te amo , eu já expulsei ela eu nunca quis ela nessa casa , ela queria te matar e eu não acreditei! Eu não posso perder você , não mais uma vez -eu disse olhando fixamente em seus olhos que já se enxeram de lágrimas assim como o meu-
Você: eu não posso me estressar eu vou sair daqui , isso não quer dizer que estarei indo embora pra depois voltar mas sim isso é um adeus , e dessa vez eu não sei se posso te perdoar ou voltar -ela disse e puxou seu braço subindo as escadas-
Naquele momento eu senti que seria a ultima vez que veria , a ultima vez que iriamos trocar simples dialogo , seria a ultima vez que ouviria sua voz eu sentia que tudo iria acabar , como pode caber tudo isso em meu coração ? como eu me sento agora ? eu sou Niall Horan , eu posso ter tudo que falam mas meus sentimentos estavam gritando , gritando o nome dela e como se eu pudesse fazer algo eu tentava me acalmar , tentar achar uma solução mas eu não conseguia enchergar a não ser ela indo embora e eu sofrendo por minha Propriá culpa , eu tinha dado mancada e isso pesaria a vida toda em mim. Eu estava na frente da porta quando vejo ela descer com uma mala , eu nunca tinha visto mas isso era oque menos importava porque quem iria passar por aquela porta era ela a que me completava e a quem eu queria para minha vida.
Eu: por favor eu te peço não vá!
Você: eu tenho , você não vai me fazer voltar Niall -ela disse firme e olhando para meus olhos- agora por favor deixa eu sair
Eu: se você for eu não vou mais viver , eu amo você por favor me deixa explicar...
Você: niall -ela soltou a mala e parou na minha frente- chega mais perto ... -ela me chamou com os dedos e fui até ela- mais perto se me quer 
Engoli seco e então ela me prensou na parede me beijando ferozmente de um jeito que eu nunca pude imaginar ela me beijar , eu correspondi e apertei leve sua cintura que a fez morder meu lábio e puxar com força que me espantou. Ela se afastou um pouco sussurrando em meu ouvido enquanto ainda permanecia com os olhos fechados.
Você: lembre-se desse beijo pra sempre pois eu tenho a certeza que um dia eu possa não voltar mais -ela se afastou e abri meus olhos- tem muitas coisas que você tem que saber e quando souber vai se arrepender por tudo , então prefiro sair sem me estressar! adeus...
Eu sem reação a vi pegar a mala e sair diante de meus olhos pela porta , aquilo me deixou pensativo e preso ao chão , pela primeira vez eu deixei lágrimas cair sem pensar no qual isso seja gay , eu estava pela primeira vez triste por um amor , me importando completamente e sem poder fazer nada a deixei ir. Fechei meus olhos imaginando tudo , eu estava sendo dramático a lembrar de coisas que realmente como ela disse "...um dia eu não possa voltar mais..." 
Ouvi alguns passos e os meninos vieram até mim preocupados tudo com a mesma cara esperando eu me pronunciar.
Eu: ela foi embora -eu dei um pausa- pra sempre!
Harry: calma cara , ela vai voltar 
Eu: eu vou subir , eu preciso de um banho preciso parar pra pensar , sei lá...
Harry: estamos aqui pra qualquer coisa...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...