História Steve Rogers... - Stony - - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Capitão América, Homem de Ferro (Iron Man)
Personagens Anthony "Tony" Stark, Howard Stark, James Buchanan "Bucky" Barnes, James Rupert "Rhodey" Rhodes, Maria Hill, Maria Stark, Natasha Romanoff, Nick Fury, Peggy Carter, Pepper Potts, Personagens Originais, Sam Wilson (Falcão), Sharon Carter (Agente 13), Steve Rogers
Tags Clinetro, Loveisequal!, Samucky, Spideypool, Steve Rogers, Stony, Tony Stark, Vingadores, Wantasha
Exibições 134
Palavras 1.371
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Ficção Científica, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá meus bebês! Demorei?

A mídia ❤🌚

Enjoy ❤

Capítulo 5 - Indescribable...


Fanfic / Fanfiction Steve Rogers... - Stony - - Capítulo 5 - Indescribable...

Indescritível...

Eles não perceberam mas o grupo da frente já havia se distanciado bastante deles, e eles continuavam com aquele abraço. Respirações calmas e ritmadas, mãos acariciando lentamente um ao outro, e o loiro tomou a iniciativa de levantar o rosto e tocar com os lábios o canto da boca de Tony, que sorriu tomando o rosto do baixinho em suas mãos.

Aos poucos as bocas iam se encaixando. Com apenas um selo de lábios eles começaram, até o moreno pedir passagem com a língua, que foi prontamente aceita, era um beijo calmo, como se estivessem matando a saudade de algo, era tão forte, céus! Eles se conheciam a uma semana. Como podia?

Houve uma breve separação dos lábios, para um suspiro baixo e entrecortado saltar da boca de Steve, que logo voltou a colar no moreno. Este lhe abraçou pela cintura mais fortemente. Eles podiam perceber o olhar reprovador de muita gente, outras pessoas sorriam admiradas, e algumas nem davam importância e andavam normalmente mais preocupados com suas vidas.

Mas o que lhes chamou atenção realmente era uma senhorinha, ela estava na frente de uma barraquinha de doces acompanhada de dois pequenos gêmeos ruivos que brincavam com bonequinhos de super heróis. Aquele olhar não os incomodou, pois a senhora sorria de canto ao olhar para os dois. Tony olhou para mulher de cabelos brancos que balançou a cabeça negativamente dando uma leve gargalhada. Ela seguiu andando com os pequenos garotos até que os dois a perderam de vista...

- Hm... Por que aquela senhora me pareceu estranhamente familiar? - O loiro indagou arrumando a gola do casaco do mais alto.

- Não sei... Por que você me parece estranhamente familiar? - O Stark imitou o tom do loiro recebendo um sorriso torto e um suspiro.

- Eu não sei, Tony... Eu realmente não sei...

-X-X- 

Logan reclamava dos óculos que o namorado usava os puxando do rosto dele...

- Caramba, James! Você é muito chato, hein! Me deixa com meus óculos! - O moreno batia nas grandes mãos do mais velho que gargalhava alto segurando o rapaz.

- Você que é chato e priva todos de verem seus belos olhos. - Jean, uma ruivinha amiga dos dois exclamou recebendo um olhar reprovador de Scott. - Tira isso, já está anoitecendo. 
E então ele finalmente tirou. Fitou o namorado com os belos olhos azuis.

- Como eu amo esses seus olhos, meu guri... - A voz de Logan era naturalmente rouca, gostosa de se ouvir... Causava arrepios em Scott. Ele se ajeitou nos braços do maior o beijando e acariciando seus braços fortes e expostos pela camisa regata. 
Logan era do tipo de cara malhado e grande que intimidava. Mas não intimidou Scott, um pequeno rebelde arruaceiro... Charles que havia os apresentado, e eles não sabiam se agradeciam ou odiavam o amigo por aquilo, pois claro que demorou bons meses para aceitarem que estavam se gostando.

E eles estavam ali outra vez, esperando Charles e Erik chegarem, já era a segunda vez que eles saiam na semana e os dois se atrasavam, Erik culpava o trânsito, e Charles culpava o moreno ser lento na direção.

- Vocês são muito idiotas... - Jean exclamou ao ver o casal de amigos correr na direção deles.

- Só não digo que vocês são piores que Wade e Peter por que não tem cabimento...- Scott disse puxando Charles, que ofegava para o seu lado. Erik estava vermelho da pequena corrida, Raven vinha calmamente abraçada a Hank, seu namorado.

- Falando em Peter e Wade, eles já estão no bar a nossa espera, por que vocês não foram direto para lá? - Raven indagou puxando os amigos para entrarem no estabelecimento.

- O Peter me mandou um emoji sério no Whatsapp... Fiquei com medo e decidimos esperar vocês aqui. - Scott justificou avistando o casal de amigos em uma mesa próxima a janela.

- Olá pessoas da terra... - Wade saudou sorrindo fraco enquanto os outros riam e respondiam com acenos.

- O Scott falou sobre o emoji sério... O que houve? - Charles sentou ao lado de Erik segurando a mão do namorado. Peter suspirou olhando para Wilson.

- Eu não queria contar... Mas o Baby boy disse que seria melhor assim... Bom... Vocês lembram que eu estava tendo fortes dores de cabeça andava um pouco adoentado ultimamente? - Todos acenaram preocupados com o amigo,  e Wade continuou - Eu fiz alguns exames, e semana passada descobri que eu tenho câncer no cérebro. - O aloirado falou pesadamente olhando para os rostos chocados dos amigos. Ele riu fraco passando um dos braços pelo pescoço de Peter o abraçando.

- Caralho... - Logan quebrou o breve silêncio, olhando para o conterrâneo. Antigamente eles tinham uma leve rixa, mas hoje eram amigos. - Porra...

- Você irá iniciar o tratamento quando? - Hank, que até então estava calado se pronunciou chamando a atenção de todos.

- Hm, já comecei na verdade... Na S.H.I.E.L.D... Ala 5. Crianças e jovens... Nunca imaginei que com os meus dezoito anos isso fosse acontecer. - Wilson suspirou talvez pela milésima vez.

- E... O que fazemos agora? - Erik passou os dedos pelo guardanapo da mesa com o olhar distante.

- Bom, eu provavelmente vou morrer, a não ser que algum de vocês sejam dos X Men e tiverem uma cura... - Peter riu dando um tapa no ombro do namorado. - Mas fora isso... Cuidem do meu Baby direitinho quando eu me for. - Ele fez uma pose de defunto e aos poucos a tensão na mesa ia se dicipando.

- Agora nós aproveitamos o tempo que temos com esse imbecil... - Logan murmurou jogando um palito de dente em Wade.

As conversas fluiam naturalmente, como sempre era quando estavam juntos... Peter falava dos estresses que passava com J.Jameson no Clarim Diário, e Hank contava suas descobertas no laboratório. Jean reclamava estar de vela no grupo e soltava charme para um garçom alto e loiro. De longe aquela era a mesa mais barulhenta do bar.

-X-X-

- Ah Nat! Fala sério, você e a pirralhinha Maximoff? - Clint gargalhou se jogando contra a poltrona do quarto da amiga, enquanto Tony e Natasha permaneciam na cama abraçados.

- Olha aqui seu idiota, você namora o irmão gêmeo dela! - A ruiva jogou uma almofada no amigo, o Stark mais novo apenas sorria e mantinha a cabeça apoiada na barriga da irmã adotiva recebendo o cafuné.

- E você, moreno? Rolou algo com o loirinho? - Barton se agarrou a almofada jogada sorrindo maliciosamente.

Ah, rolou...

- Hm... Eu e o Steve nos beijamos... E cara... Foi o melhor beijo da minha vida! A forma que a voca dele se encaixava tão perfeitamente na minha, e como as mãos dele apertavam de leve o meu pescoço... - Ele suspirava mordendo os lábios e fechando os olhos. - Foi... Libertador... Foi indescritível... - O moreno terminou escondendo o rosto avermelhado na blusa do pijama de Natasha.

- Onwwwwt! Céus, estou diabético com tanta doçura de vocês! - Clint riu dando um leve tapa na bunda de Tony. O resto da conversa foi Natasha implicando com Clint, e falando mais sobre Steve e Tony. Mas o Stark mal orestava atenção, pois um belo par de olhos azuis ocupavam sua cabeça.

-X-X-

- E vocês se beijaram! Oh meu Deus Steve Rogers! - Bucky gritou parecendo uma garotinha.

- Sim, sim, mas pare de ter seus pequenos ataques e me conte como foi com o Sam. - O loiro terminou de vestir a blusa do pijama e se jogou no sofá com o amigo. O moreno sorriu de lado fechando os olhos.

- Nós fomos para a roda gigante, ficamos conversando sobre qualquer coisa que eu não lembro, eu estava mais concentrado na boca dele... - Steve riu jogando os pés no colo do amigo. - Depois eu o beijei... Ele colocou a mão na minha cintura. Eu podia sentir o calor do corpo dele! Caraca... Ele me faz sentir algo tão único... Tão...

indescritível...- Steve completou vendo o moreno gesticular exageradamente, ele não escutava mais nada a esse momento, apenas as imagens daquele beijo como um filme em sua cabeça...

Ele desejava sentir os lábios do moreno outra vez...







Notas Finais


E aí? O que acharam? Estamos chegando em novembro, não é? E com novembro, meu aniversário!! E quem ganha o presente é vocês, eu vou tentar fazer algo bem especial para nós ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...