História Stigmatized - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Personagens Originais, V
Tags Chanyeol, Chen, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Kyungsoo, Lay, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Xiumin
Visualizações 16
Palavras 3.194
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oooooooooi????
Tem alguém aí ainda depois do último capítulo? Espero que sim D:
Enfim, o capítulo vai ser grande e terça que vem não vou publicar por motivos de ~eu não tenho mais capítulos escritos socorroalguémmesalva~ e também falta de tempo (._. )
~mas também né, a pessoa quer abraçar e ajudar o mundo (-_-)
Anyway, finalmente vai aparecer as 14 pessoas que estão nas tags da fic
Amém? Amém!
Bora ler?
Até lá embaixo! <3

Capítulo 18 - Be my friend


Fanfic / Fanfiction Stigmatized - Capítulo 18 - Be my friend


Hey jiluhan geon modu da dwilohae
Hey, deixe para trás tudo que for chato
Gongbaeg-i sigan-i pil-yohae
Nós precisamos de um tempo
[...] Gan bun-wigie ollata
[...] Apenas entre no clima
(On and on) Gyesog nol-a bojago
Vamos continuar curtindo sem parar
[...] Hey, today is a good day
[...] Hey, hoje é um bom dia
You gotta forget about yesterday
Você precisa esquecer sobre ontem
Uliwa chingu doego sipeum chinguhae
Se você quer ser nosso amigo, então seja
Jaemi, jaemieobsneun geon ttag jiluhae
Coisas sem diversão não tem graça
Jiluhan geon modu da jeogi dwilohae
Deixe todas as coisas chatas para trás

☆ Be my friend - Monsta X (Jooheon x I.M mixtape) ☆

~~

 

*Quebra temporal*

 

~Maju on~

Passaram-se cinco meses desde que Saeyong-unnie nos deixou. Passei a administrar o The Coffee... Ou pelo menos tentar. Taehyung me ajudou bastante com isso, pois ele sabia um pouco de administração por causa de seu pai.

Falando em Baekhan-ahjussi, hoje é aniversário dele. Acabei de fazer um bolo e estou aguardando Tae e Baek buscarem eu e Madu.

Depois de tudo o que aconteceu aqueles dias, nossas vidas ficaram bem tranquilas. Ou deveria dizer mais felizes?? Havia começado a correria pré-vestibular. Acho que eu nunca estudei tanto na vida! Agora estamos nas férias. Finalmente acabou o ensino médio, amém!

Fizemos ontem o exame para entrar na faculdade. O resultado ainda vai demorar uns dias. Taehyung me convenceu a pegar dinheiro dele emprestado para fazer meu curso e pagar aos poucos quando der. Ok, o dinheiro para pagar o curso eu já tenho, agora só falta passar!

Baekhyun-oppa ficou dois meses internado e teve uma melhora significativa. Tomava os medicamentos e tinha que fazer sessões com o psicólogo uma vez por semana. Ele decidiu trancar a faculdade e focar em sua saúde. Para se distrair, começou a tocar instrumentos novos e treinar os que já sabia, que eram violão e piano, agora está aprendendo bateria.

Baek disse que assim que eu e Taetae entrarmos na faculdade, ele também voltaria. Disse que queria estudar com a gente como se fosse na escola. Eu gostei da ideia! Não vejo a hora disso acontecer.

Eu aqui perdida em pensamentos quando Taehyung buzinou.

- Amor, você tá bem? – ele perguntou.

- Ah sim sim, eu só estava divagando aqui. Vamos?

- Bora!

Fomos até a prisão. Não queria que Madu fosse nesses lugares, mas eu não tinha onde deixá-la já que todas as suas colegas viajaram. Falamos com os policiais e entramos. Nos deixaram em uma sala com uma mesa e cadeiras, além de câmeras instaladas.

Algum tempo depois, Baekhan chegou. Ele estava visivelmente feliz.

 

~Baekhan on~

Eu não poderia estar mais feliz! É meu aniversário e meus filhos estão aqui comigo. Estaria mais se Saeyong também estivesse...

- Baekhyun, Taehyung, venham cá. Me deem um abraço!! Vocês parecem tão bem!! Oh, é a Maju, certo? Olá, mil perdões por tudo o que aconteceu. Eu realmente sinto muito.

- Baekhan-ahjussi, está tudo bem. Já passou. Nós decidimos deixar o que passou no passado e viver o presente. Tudo bem com o senhor? Feliz aniversário!!

- Nossa, muito obrigado! E essa mocinha linda, é a sua dongsaeng?

- Sim, é a Madu. Diz oi para o ahjussi.

- Olá senhor, feliz aniversário! Minha unnie fez esse bolo para você. Ela faz bolos muito deliciosos!

- Ora, é verdade? Pois então vou comer com muito gosto! Estou realmente muito feliz por ver vocês aqui, vocês não têm noção! Acho que há anos não sentia vontade de comemorar meu aniversário, desde... Desde a morte de Saeyu... – por um instante fiquei encarando o chão me lembrando de quando minha esposa estava viva, quando notei o ambiente pesado. - Me desculpem de novo. Então, vamos comer esse bolo??

- Só se for agora!! – disse Taehyung.

Comemos aquele bolo delicioso e conversamos por uma hora, que era o tempo que tínhamos.

- Garotos, foi maravilhoso ver vocês, meus filhos, e estas duas belas damas. Me arrependo tanto de não ter cuidado direito de vocês, mas o orgulho que tenho é muito grande. Eu... – comecei a chorar muito, uma enorme onda emocional caiu sobre mim. – Eu estou emotivo esses dias, ignorem as lágrimas. Taehyung, me orgulho muito do homem que se tornou. Espero que não se torne um pai como eu.

- Que isso, abeoji! O senhor me criou muito bem.

- Pare de mentir para seu velho! Enfim, Baekhyun... Eu devia ter olhado mais por você. Seus problemas desde infância. Eu sempre fui muito bruto e grosso com você. Se eu pudesse mudar o passado...

- Não se preocupe, ahjussi. Eu já estou bem melhor, juro! Força aí, meu velho.

- Ora essa hahaha, velho!

Rimos mais um pouco e nos despedimos. Não vejo a hora de encontrá-los novamente... Talvez no meu aniversário do ano que vem?

 

~Taehyung on~

Estávamos voltando para casa.

- Maju-ah, viu? Eu disse que ele é um amor de pessoa... Quando quer haha. Mas realmente fazia muito tempo, muitos anos que não o via feliz assim. Baek, devemos visitar o velho mais vezes.

- Concordo. Eu já decidi o que fazer. Eu não vou negar meu sangue, mas Baekhan é meu pai de criação e mesmo ele não estando por perto algumas vezes que precisei, ele ainda me criou da melhor forma que pôde. Taehyungie, depois eu gostaria de conversar com você, tudo bem?

- Claro... Medo do que pode ser haha.

Então deixei as duas irmãs em casa e voltei para a minha com Baek. Nos jogamos no sofá ao chegar.

 

~Baekhyun on~

É agora, preciso falar sobre isso com ele.

- Taetae, podemos falar agora? É um assunto meio sério, então gostaria da sua total atenção.

- Sim, tudo bem, hyung. Aconteceu alguma coisa?

- Aconteceu... Há 13 anos. Sabe, eu nunca fui um bom hyung para você, pelo menos quando você era criança. Eu vivia batendo em você e te enchendo.

- Bom, é isso que os irmãos fazem, não é mesmo?

- Sim, em partes. Mas teve uma vez que a brincadeira foi longe demais. Eu... Eu não sei nem se você lembra disso. Você tinha 5 anos e nós estávamos brincando perto da piscina. E eu joguei você nela e saí correndo. Eu... Eu não sei o que eu tinha na cabeça. Algo em mim tinha certeza que você sabia nadar, mas passaram-se dois minutos e você não tinha saído da água ainda, então voltei até a piscina e vi você sem se mexer. Eu me joguei na água e te peguei. Você não tinha pulso. Eu entrei em desespero e tentei fazer respiração boca-a-boca. Eu nem sei como, mas deu certo. Tentei fazer que nem nos filmes. Só sei que você voltou. Você voltou pra mim e eu fiquei tão feliz. Eu nunca mais briguei com você desse jeito, sempre foi colocando apelidos mesmo pra encher, porque eu não queria passar nunca mais por isso na minha vida. Taehyungie, desculpe por ser esse irmão idiota. Eu estou tentando melhorar, juro!

- Eu não me lembrava disso... Bom, isso explica o medo que eu tenho de me afogar, tanto que eu nem entro em piscina, rio, essas coisas.

- Me desculpe mesmo!!

- Não, está tudo bem. Você tinha essa mágoa até hoje guardada?

- Sim.

- Credo hyung. Não pensa mais nisso não.

- É que durante as sessões com o psicólogo conversamos sobre meus pensamentos profundos e eu tinha isso guardado, porque eu basicamente te matei e... Enfim, ele disse que era melhor eu falar com você sobre isso para liberar a carga emocional.

- Hyung, estamos bem agora. Eu estou aqui, você também, vivos, então não tem com o que se preocupar – ele deu um tapinha em meu braço e notei que ele focou na cicatriz do corte no pulso. – Hyung, o que você vai fazer sobre essa cicatriz?

- Bom, estamos quase no inverno, então eu não preciso me preocupar por agora, mas acho que perto do verão vou ver se dá pra fazer uma tatuagem para tampar. Mesmo porque por agora nem dá, a cicatriz está bem nítida ainda.

- Entendi. Daora mano! Aiai.

Encostamos nossas cabeças no sofá e ficamos observando o teto por um tempo. Até que Taehyung quebrou o silêncio.

- Sabe, essa casa é muito grande só para nós dois. O que você acha de vender e comprarmos um apartamento pra gente? O apartamento dos Kim Brothers!

- Nossa, que nome horrível, puta merda! Não inventa de dar nome pro apê, ele não é gente.

- Tá bom, tá bom, mas... O que você acha da ideia?

- Ah, curti. Eu também não quero o apartamento da nuna. Eu realmente gosto dele, da estrutura, toda a decoração que ela fez, mas... Toda vez que eu entrar, vou pensar nela no chão... Então vou vender aquele apartamento.

- Eu te entendo. Eu também venderia se tivesse ficado para mim. Bom, então segunda eu vejo com uma corretora de imóveis para vender essa casa e vamos procurar um apê pra gente.

- Fechô! Eu vou tomar banho agora, falou.

 

*Quebra temporal*

 

~Maju on~

É HOJE! Hoje sai o resultado do vestibular, eu não acredito! Estou tão nervosa. Tenho certeza que o Tae passou, agora eu...

 

 

Enfim, deu meio dia. Os resultados foram publicados no site.

 

Choi Maju, Choi Maju...

 

ACHEI!

 

CACETE

 

 

CA

CE

TE

 

 

EU PASSEI

EU PASSEI

 

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

 

 

NACREDITO NISSO, CADÊ TAEHYUNG, VOU LIGAR PRA ELE AGORA

 

*Discando o número*

 

- Yeoboseyo!

- AMOR, AMOR, EU PASSEI, EU PASSEI EM GASTRONOMIA, EU NÃO ACREDITO NISSO!!!!!

- AAAAAA PARABÉNS, MINHA LINDA!!! Você merece isso e muito mais. Eu acabei de sair do banho, vou entrar no site pra ver se eu passei.

- Eu olhei seu nome. VOCÊ PASSOU TAMBÉM!!!!!

- Nossa, podia ter deixado eu ver né? Queria ter sentido aquele frio na barriga e-

- Cala a boca, você já sabia que tinha passado, seu nerd do caramba.

- Hehe, verdade. Bom, precisamos comemorar!!! Jantar aqui em casa às 19h. Vou buscar você e Madu.

- Ok!!!!!!!!

 

*Quebra temporal*

 

~Taehyung on~

As férias foram divertidas. Passei bastante tempo com Maju, Madu e Baek. Talvez foram as melhores férias da minha vida.

Agora é hora de focar no futuro!

Primeiro dia de aula da faculdade.

Consegui passar para o curso de música, sou calouro do meu hyung haha. Agora posso chamar ele de sunbae. Isso é estranho, não faço isso desde o fundamental. De qualquer forma, vai ser divertido. Maju também passou e vai fazer gastronomia.

Madu-ah, consegui convencer sua unnie!

Estava com Baek no carro e busquei minha namorada. A animação era muito grande.

Finalmente chegamos no campus.

Ele é enorme enorme enorme, parece uma cidade, mas tudo é muito bem sinalizado, então conseguimos nos locomover sem nos perder. Encontramos o bloco de Maju e fui para o meu com o hyung.

 

Cheguei na sala e haviam algumas pessoas. Me sentei próximo a um cara que estava sozinho.

- Olá, prazer! Meu nome é Kim Taehyung.

- Eu não te perguntei – disse ele.

- Ah... Sim, claro. Você quer ficar sozinho. Desculpe.

Saí de lá e me sentei perto a um grupo de garotos que conversava bastante.

- Ahm... Olá!

- E aí, cara. Beleza? Qual seu nome? – o garoto de cabelos vermelhos perguntou.

- Eu sou Kim Taehyung e você?

- Me chamo Jimin, Park Jimin. Prazer em te conhecer, Taehyung. Vi que você tentou falar com o Yoongi.

- Tentei, mas acho que ele está de mau humor, então saí de lá.

- Na verdade ele é assim mesmo de manhã, mas depois ele melhora o humor. Ah, e ele é mais velho do que a gente, então tente ser um pouco mais formal.

- Entendo. Você já conhecia ele?

- Sim. Ele é rapper. Já fui em alguns shows dele. Seu stage name é Agust D e ele faz rap com Namjoon-hyung e Hoseok-hyung. Eles estão todos na nossa turma. Depois apresento você a eles, porque parece que o professor chegou.

- Okay! Parece que o semestre será divertido!

- Assim espero.

 

*Paralelamente ao que estava acontecendo com Taehyung*

~Baekhyun on~

Como perdi um semestre da faculdade e tranquei outro, estou um ano atrasado em relação a Gihwan. Tenho nenhuma aula com ele e conheço ninguém da turma. Eu sinceramente gostaria de ficar quieto na minha, mas meu psicólogo disse para me esforçar e tentar conhecer novas pessoas. Ok, aqui vai!

Entrei na sala e havia um cara apenas. Decidi conversar com ele.

- Olá, tudo bem?

- E aí! Eu acho que nunca vi você na facul...

- Ah sim, eu tive que trancar por um ano, então meus colegas estão adiantados e eu conheço ninguém da turma.

- Entendi. Bom, agora você me conhece! Meu nome é Park Chanyeol e espero que a gente se dê bem.

- Tenho impressão de que iremos!

Nesse instante entrou um grupo de amigos e se sentaram conosco.

- Fala Channy! Como foram as férias?

- Foram bem, e as suas? Ah gente, esse aqui é... Qual o seu nome?

- Hahaha, esqueci de falar. Eu sou Kim Baekhyun, estou um ano atrasado no curso pois tive que trancar. Prazer!

- Bom, vou apresentar então. Estes são Kyungsoo, Suho e Minseok. Nosso grupo está incompleto. Lay e Chen estão na China ainda?

- Sim, atrasou o vôo e eles vão acabar faltando hoje – disse Suho.

- Que pena. Enfim, tem mais gente no grupo, mas eles fazem parte das aulas optativas de dança. Não sei se você faz essas aulas – disse Minseok.

- Faço sim! Que top, grupo grande!

O professor começou a chamar nossa atenção para o início da aula. Nem havia percebido, mas a sala encheu.

 

~Maju on~

Fui a primeira a chegar na sala. Como sou diferente das pessoas por causa da minha descendência, acho que será igual ao ensino médio. Eu sozinha. Mas tudo bem, não é como se eu não gostasse de ficar assim.

Várias pessoas foram entrando junto ao professor.

- Bom dia a todos e todas. Sejam bem-vindos ao curso de gastronomia! Esta será uma aula introdutória ao curso e faremos algumas atividades em dupla durante a dinâmica. Creio que muitos de vocês não devem se conhecer, então prefiro ir sorteando as duplas, tudo bem por vocês?

Todos assentiram e as duplas foram sorteadas. Meu par era um homem alto com ombros bem largos.

- Olá bela moça, prazer em conhecê-la. Sou Kim SeokJin, o cara mais bonito que você conhecerá nessa faculdade. E você como se chama?

- Eu sou Choi Maju, prazer!

Nossa Senhora, quanta confiança em uma pessoa só!

Bom, ele de fato é bem bonito, mas acho que se afirmar como o mais bonito é muita pretensão. Meu Taetae é muuuuito mais bonito que ele, mas essa também é a minha opinião.

 

*Quebra temporal – final do dia*

 

~Taehyung on~

Busquei Baek e Maju e fomos ao The Coffee.

- Como foi o primeiro dia de vocês? – perguntei.

- Nossa, foi muito legal. Conheci um grupo que se junta a um pessoal das aulas de dança e fazem apresentações todo final de semana em Hongdae. Já estamos até combinando de nos encontrar no sábado de tarde – disse Baek.

- Parece que alguém está voltando a ser o que era antes – disse Maju. - Bom, minhas aulas foram legais, mas vocês sabem que não sou de me socializar muito, então só conversei com o Jin-oppa, que foi minha dupla sorteada.

- Hmm... Jin-oppa... Um homem... – disse olhando para ela com os olhos semicerrados.

- AFF KIM TAEHYUNG, CÊ PARA COM ISSO!!

- Hahaha, ok, parei de ciúmes. Mas você disse que tem namorado?

- Claro que falei. O namorado mais lindo e inteligente do mundo! Eu comentei que você faz música e ele disse que gostaria de sair com a gente um dia. Ele estava na dúvida se faria gastro, música ou atuação. Aceitei o convite. Ele é bem legal, acho que vamos todos nos dar bem. E o seu dia, Tae?

- Também foi bem legal. Conheci um grupo de amigos da turma e alguns já são até rappers e fazem show. Me senti um completo amador, mas todos foram bem legais comigo... Menos o Yoongi. Jimin disse que o humor dele melhoraria de tarde, mas ele continuou do mesmo jeito.

- Ah, vai ver ele não estava em um bom dia. Mas fico feliz que nosso primeiro dia foi divertido. Agora só quero ir ao The Coffee ver como foi o dia com o pessoal.

- Olha ela, toda empresária! – debochou Baekhyun.

- Nem sou, haha.

 

*Quebra temporal – dia seguinte*

~Baekhyun on~

Fui o primeiro a chegar na aula hoje. Tinha ninguém, então fiquei mexendo no celular até que Chanyeol se aproximou bagunçando meu cabelo.

- E aí, Baek. Beleza?

- Sim e contigo?

- Também. Hoje de tarde tem as aulas de dança, aí te apresento o resto do pessoal. Acredito que o Chen e o Lay virão hoje.

Foi só falar deles que a gangue inteira chegou de uma vez. Fui apresentado aos dois chineses do grupo e o pessoal da dança, que são o Kai e o Sehun, os quais passaram para dar oi para a gente. Eles todos são bem legais e bonitos.

Se estou ficando ansioso por sábado em Hongdae?

Claro ou com certeza?

 

Eu não sei.

Era como se eu sentisse uma vibração muito boa vinda de todos eles e isso me deixava muito animado.

Eu estava parecendo um adolescente do colegial no grupo de amigos conversando sobre qualquer besteira...

Se bem que é exatamente isso o que estamos fazendo, apesar de estarmos na faculdade hehe.

 

~Maju on~

No corredor para a minha aula do período da manhã encontrei Jin-oppa conversando com uma mulher muito bonita. Fiquei com vergonha de dar oi e também atrapalhar a conversa, então fui entrando na sala. Alguns segundos depois ele entrou.

- Oi Maju!

- Oi Jin-oppa! Tudo bem?

- Sim. Por que você entrou na sala rápido?

- Ah, me desculpe. Eu sou um bocado tímida e também não quis atrapalhar a conversa.

- Nah, deixa disso. Aquela mulher era a minha omma. Ela dá aula para uma turma mais avançada que a nossa. Acho até que seria legal vocês se conhecerem. Comentei que você tem um café com ela, então ela disse que gostaria de visitar. Me passa o endereço?

- OMO!! Ah, digo, passo sim! Espero que vocês gostem de lá.

- Aposto que vamos!

 

~Taehyung on~

Mal sentei na cadeira na sala e veio Jimin me chamando com um puta sorriso no rosto.

- TAEHYUNGIE-YAAAAA, VEM AQUI!!! Rápido rápido!

- Eu, por quê? O quê? – dei uma corrida preguiçosa até a porta sorrindo também.

- O grupo está reunido aqui, mas alguns tem horários diferentes. Enfim, gente, esse é Kim Taehyung! E eu gostaria muito que ele entrasse para o nosso grupo. A voz dele é muito bonita e combina com algumas músicas que escrevemos.

- Prazer em conhecê-los!

- Ah sim, estes são Jungkook, Namjoon e Hobi, os membros que você não conhecia.

- Oh, Vante? – disse Namjoon.

- Rapmon?? – perguntei um pouco assustado a ele também.

 

 

 


Notas Finais


Espero conseguir escrever os capítulos seguintes
~~mianhae

Até mais!

~ https://www.youtube.com/playlist?list=PLwqLtR6rx0HT2jlpTvSz9xh1vMePOcy-I ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...