História Still {Here} - JunHao - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Wen Junhui "JUN", Xu Ming Hao "THE8"
Tags Jun8, Junhao, Seventeen
Exibições 49
Palavras 576
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Quando você tem uma ideia, poste ela é trabalhe com sua mente!
Essa ideia surgiu em meio de alguns minutos ouvindo Still here, e agora, vou mostrar a minha ideia pra vocês!
Boa leitura, para todos, é bem triste, mas eu só tenho One Shots com final triste ( vai me entender)
JunHao, meu OTP porque sim, e porque nós somos sofredoras de casal flop :)

Capítulo 1 - " Die "


" Die "






Era um dia de primavera onde eu me encontrava olhando pras nuvens, deitado no chão do campus da minha nova escola, estava geando um pouco, e ao invés de ter flores nas árvores, as sakuras estavam vazias, somente com pingos gelados de água caindo no meio do meu cabelo. Eram tantos pensamentos na minha mente que eu não sabia o que eu faria daqui pra frente, desde que o Jun foi embora desse mundo, eu sinto que mesmo que tivessem flores nas sakuras, eu estaria triste.











Tudo começou, com uma simples carta, alguns dias atrás quando eu ainda tirava minhas roupas da mala, quando eu saí do orfanato. E me arrependi de não ter visto a mesma antes, ou de me tocar do que acontecia:





" Baby Hao, eu acho que vou ir embora, e é para um lugar azul, e branco, que tem harpas e violinos, um lugar magico que todos um dia irão... Meu anjinho, eu já vou indo, não me fale que me impedirá, já é tarde agora. Minha única razão é você, mas eu sinto que só te machuco, e agora que vão te adotar, nós nunca mais nos veremos, nunca mais vou poder te beijar, nunca mais vamos poder nos tocarmos e sermos um, você não vai mais poder se entregar para mim, e eu vou ficar aqui sem ninguém. E você só iria sofrer com esses caras que tentam te machucar! HaoHao, a culpa não é sua se eu morri, e eu sei que se você não for, nós vamos morrer... Me perdoe por isso, mas era meu destino... Porém eu vou estar do seu lado, sempre em seus sonhos, te abraçando e te acalmando, pois você sempre foi meu anjinho, e agora eu serei o seu anjo.
HaoHao, wo ai ni
Do seu Jun que sempre estará aí...."











Além de eu estar sem reação, me assusta o fato de aqueles caras terem realmente o matado... Aquele orfanato era horrível, nós ficávamos na ála dos valentões por 1 mês por culpa de termos feito coisas no dormitório, mas aquilo é só o amor de pessoas que se amam... Depois que chegamos lá, os caras espancavam Jun, e as vezes eu, pois não tinhamos como fugir. Aí veio a notícia que uma tia minha veio me adotar, e Jun me obrigou a ir. Fiquei com medo de deixar ele ao lado daqueles caras, mas ele ameaçou de se matar... Eu fui então, deixando meu amado e todas nossas lembranças juntos pra trás. Todos os toques dele em minha pele, todos os beijos e carinhos.
Atualmente eu venho dormindo com ele ao meu lado me observado com olhinhos de gato, não sinto medo, pois sei que ele só está me protegendo, e eu até aproveito pra sentir seu cheiro entrando misteriosamente em minhas narinas, aproveitando cada segundo, pois quando eu acordo ele some, e volta de volta as sombras.
Sonho com eu e ele em uma casa, e 3 menininhas gêmeas correndo pela casa atrás de um gatinho. Sonho, com seus beijos e toques me acalmando e me levando a loucura como ele fazia.
Ás pessoas me chamam de louco, mas eu não sou nem nunca fui. Podem me falar que ele não está aqui, mas quem pode me provar onde ele estaria? Toda noite ele fala comigo, e me toca! Se ele não está aqui, onde ele estaria? Eu morreria, para ir aonde ele está...










Sim, eu morreria...


Notas Finais


Não revisei, e foi só uma ideia louca que brotou do nada,
Pode dar sua opinião, e comentar se gostou *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...