História Stitches - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Magcon, Shawn Mendes
Exibições 124
Palavras 1.659
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OOOOOOOOie, desculpa a demora, estava sem computador. Mas enfim, mais um capítulo.
Desculpa qualquer erro, não revisei ainda. <3

Capítulo 8 - Eight


Fanfic / Fanfiction Stitches - Capítulo 8 - Eight

Shawn ainda continuava na minha casa, acabamos por colocar um filme para assistir e isso era o suficiente para ouvir o mesmo zoar dizendo que eu queria que ele ficasse mais tempo comigo.

– Não se iluda, só estou sendo legal porque você acabou trazendo comida. – Brinquei.

– Por que você não pode deixar eu me iludir? – Shawn perguntava mas eu somente revirei os olhos.

Eu estava jogada em um sofá e ele em outro, não tínhamos tido mais nenhum contato depois daquele episodio na cozinha, porem algumas horas eu me pegava olhando para ele e ele para mim, isso acabou fazendo nosso olhares se encontrarem algumas vezes, me deixando um pouco sem graça e o mesmo com um sorriso grande nos lábios.

– Qualquer dia você poderia me ver jogar, né? – Ele dizia enquanto distraidamente fazia carinho no meu cachorro, que estava deitado em sua perna.

Meu cachorro parecia que tinha pegado uma paixão pelo Shawn e isso eu não podia negar, Shawn tinha esse talento de conquistar qualquer pessoa a sua volta, acho que era algo dele, qualquer dia vou pedir para me dar algumas dicas.

– Eu não entendo nada sobre hóquei. – Comentei fingindo prestar atenção no filme, mas não estava entendo nada faz tempo a única coisa que eu pensava era como minha vida tinha mudado bastante em uma semana.

Não era que eu não tinha alguns meninos que eu sai e ia para encontros, porem dessa vez era diferente, somente essa semana eu conheci um famoso jogador de hóquei, fiquei presa em um elevador e tive com Cameron Dallas, um dos melhores modelos.

É normal ficar um pouco insegura, certo? Sim, qualquer pessoa fica insegura depois de um tempo, principalmente perto de tantas pessoas famosas, mas a sorte que eu não podia negar era que ambos agiam normal comigo.

– Não tem problema, eu só quero sua presença lá. – Shawn se levantou e sentou ao meu lado, fazendo-me parar de fingir que estava prestando atenção no filme.

Agora o mesmo estava me encarando, sua mão foi em direção ao meu cabelo e fez um breve carinho no local e isso me fez levantar um pouco a sobrancelha, não entendo o porque dele estar daquele jeito, já que na cozinha tínhamos quase nos beijado.

“Você não pode ser somente mais uma.” – Pensei e acabei por soltar um breve suspiro, eu admito que nunca gostei de namorar sério ou me apaixonar, porque eu tinha certeza que no final quem sempre iria sair machucada seria eu.

– Não sei não Shawn, eu não sou muito dessas coisas. – Comentei mas não afastei sua mão do meu cabelo, acabei por deixar ele fazer breves carinhos, já que estava muito gostoso e somente me deixava com sono.

Shawn me encarou com um semblante calmo, porem acabou revirando os olhos e se aproximou mais de mim, sua duas mãos foram parar no meu rosto e ele fez um breve carinho em minhas bochechas, mas ele estava distante o suficiente e isso fazia eu perceber que ele não iria me beijar, não depois do que tinha acontecido alguns minutos atrás.

– Por favor, eu quero mostrar que eu até que sou um bom jogador. – Brincou o mesmo me encarando. – E depois nós poderíamos jantar em um local bacana, você vai gostar eu prometo.

– Mas como eu disse, eu não entendo nada. – Tentei retrucar, mas eu já me sentia vencida ao ver o biquinho que o mesmo estava fazendo. – Isso é jogo sujo, sabia? – Falei apertando o seu bico e o mesmo soltou uma gargalhada.

– Ninguém consegui resistir a isso, né? – Shawn fingiu se gabar.

– Estava tão bom o Shawn carinhoso. – Falei em um tom descontraído e acabei por dar um breve soco em seu ombro. – Volta com o outro Shawn.

– Para com isso, você gosta desse que é irresistível.

Não neguei e acabei por dar de ombros, agora novamente voltamos a prestar atenção no filme, mas ao olhar para a cara do mesmo, parecia estar tão perdido igual a mim em relação ao filme, soltei uma breve gargalhada baixa.

– Por que está rindo? – Perguntou.

– Porque estamos iguais nesse momento, os dois perdidos e não entendendo nada do filme. – Comentei apontando para a tela.

Acabei por desligar o filme e isso fez ficarmos encarando por alguns segundos, fazendo-me ficar um pouco constrangida, então me levanto e aponto para a porta, porem em minha face esta um sorriso divertido.

– Pode ir embora, não tem mais o que você fazer na minha casa. – Fingi dizer em um tom sério, porem o mesmo entendia que eu não estava sendo grossa, eu somente estava cansada e já estava tarde.

– Não acredito que está me expulsando da sua casa. – Shawn fingia falar em um tom ofendido, enquanto eu revirava os olhos. – Deixa eu dormir aqui, eu posso dormir no sofá e tenho certeza que o Snow vai sentir minha falta. – Falou apontando para o meu cachorro que agora estava dormindo no canto da sala.

– Aquele cachorro ali vai sentir sua falta? – Perguntei. – Não vai nada, ele esta ali dormindo e provavelmente quando ele acordar ele não vai mais se lembrar de você.

– Não diga assim, logico que ele vai lembrar. – O jogador de hóquei se levantou e ficou na minha frente, fazendo-me levantar um pouco a cabeça para encara-lo melhor, já que ele era bastante grande.

Será que todos os jogadores de hóquei é desse tamanho? Porque ele era muito grande e dava para perceber que também era forte, já que o mesmo depois de um tempo em casa tinha tirado a jaqueta que ele estava e ficando somente com uma blusa e isso fazia ver seu braço que parecia ser forte.

“Não fica pensado nessas coisas Ash.” – Pensei e acabei por balançar a cabeça.

– Melhor você ir mesmo, eu preciso estudar amanhã e trabalhar. – Sussurrei por fim, torcendo que eu não tivesse demorado muito para responder.

– Tudo bem, mas fico triste que não queria me deixar dormir aqui.  – Falou em um tom dramático. – E se eu for raptado?

– Você somente mora ao lado, não vai nem demorar dois minutos para chegar na sua casa. – Comentei soltando uma risada baixa. – E não seja exagerado.

– Eu posso ser raptado. – Brincou.

– Provavelmente eles não vão te aguentar e vão te devolver rapidinho. – Fui andando em direção a porta para faze-lo ir embora mais rápido, mas eu não estou sendo mal educada, eu só acho que esta na hora de ele ir e estou dando uma dica indo para a porta para ver se ele para de falar e vai embora rápido.

Mas admito que eu queria poder ter um tempo antes de dormir para pensar no quase beijo e de eu ter mentindo sobre o Cameron, não precisava daquilo, já que os dois eram meus amigos? Bem, pelo menos eu acho que são amigos, merda, estou confusa.

– Estou vendo como você se preocupa comigo, nosso relacionamento não vai dar certo desse jeito. – Shawn falou e isso fez eu encara-lo um pouco atenta.

– Que relacionamento? – Perguntei e provavelmente mostrou como eu estava um pouco assustada.

– Nosso relacionamento de amizade. – Shawn abrir um sorriso malicioso nos lábios e eu soltei um suspiro, não estava querendo entender as loucuras dele. – Mas se você quiser algo mais, sabe que eu vou adorar ter.

– Acho que você precisa dormir mesmo, está ficando maluco. – Sussurrei em um tom de tédio, porem meu coração estava batendo mais forte ao ouvir o que ele tinha falado.

E obvio que meus pensamentos não deixou de admitir que seria legal ter algo a mais com ele, já que eu sempre conseguia manter uma conversa interessante e também o mesmo era completamente sexy até no modo de falar. Mas será que ele era assim com todo mundo?

“Ele é famoso e tudo, provavelmente eu sou mais uma.” – Meus pensamentos maldosos gritaram.

– Eu vou sair daqui, mas antes eu preciso que você me fala algo. – Shawn estava sério novamente, porem seus olhos brilhavam.

– O que você quer? – Perguntei abrindo a porta e voltando a encarar o mesmo.

– Promete que vai assistir meu jogo que vai acontecer no sábado. – Shawn tirou um papel da sua jaqueta que estava em sua mão e me entregou, fazendo ver que era o ingresso para o jogo.

– Não posso prometer. – Disse ainda olhando o ingresso.

– Então eu não vou sair daqui, acho que vou dormir no sofá mesmo, ele parece confortável. – O mesmo já iria voltar para o sofá, porem acabo puxando seu braço e tentando empurra-lo para a porta, mas obvio que não deu certo, já que o mesmo é mais forte.

– Tem como sair da minha casa. – Sussurrei fazendo força para puxar sua mão.

– Não vou sair até você dizer. – Ainda falava rindo da situação que nos encontrávamos.

– Vou chamar a policia. – Disse.

– E vai falar o que para eles?

– Te prender porque você é um chantagista.  – Brinquei.  – E quer me forçar a ir em um jogo que não entendo nada.

– Então podem me mandar prender, porque eu não saio daqui sem ouvir um sim. – Shawn piscou para mim. – Vai me visitar na prisão?

– Não, vou deixar mofar lá sozinho.

Juro que ainda tentei tira-lo do meu apartamento, mas não deu certo, até ameacei rasgar o ingresso, mas ele falou que poderia conseguir outro facilmente, então depois de todo esse tempo tentando acabo resolvendo ir, mesmo eu não querendo.

– Ok, vai embora... Eu vou nesse jogo chato. – Sussurrei vencida e vejo o mesmo comemorar na minha frente.

– Sabia que iria ir, pensei que teria que ficar a noite inteira aqui para isso. – Shawn andou em direção a porta e saiu, porem fiquei encarando o mesmo até entrar no seu apartamento, mas antes de ele fechar a porta ele gritou. – E depois do jogo vamos jantar.

Se eu tive como recusar? Obvio que não, porque ele fechou a porta muito rápido, mas o mesmo somente me deixou com duvida, era só um jantar, certo? Não era um encontro ou algo do tipo.

Ok, o dia nem chegou e eu já estou ficando nervosa. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...