História Stockholm Syndrome - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Gangue, Naruto, Sasusaku, Terror/horror, Toc
Visualizações 114
Palavras 704
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


olá...
Gente a fic chegando na reta final haha,só mais sete caps, fiquei muito feliz com os 75 favoritos em apenas dois capitulos,eu pensei que tres pessoas iam ler a história haha.

AVISOOOOOOO

galera eu queria recomendar uma fic muito legal no wattpad que chama Hostium Denominatio,no perfil da Larrysupernatural agora se vc não shippa sorry e ignore esse aviso.

Capítulo 3 - Rock Me


Who’s that shadow holding me hostage?
         I’ve been here for days
    Who’s this whisper telling me that I’m never gonna get away?

 

Sakura Pov's

O suor escorria por meu rosto manchado pelo vermelho vivo e escaldante em uma temperatura alta,enquanto corria sem olhar para trás e poupava-me de ter a dor de ver aquilo novamente.

Ouvi o grito de Ino a poucos metros atrás de mim e me virei vendo a loira mancando e com grandes cortes espalhados pelo corpo inteiro cobrindo de maior parte a tez abaixo de seu umbigo.Pedaços de pele soltando lentamente por dentre suas mãos grandes e antes elegantes,os cabelos loiros curtos na altura do ombro tendo partes desniveladas e cortes profundos que machucavam seu couro cabeludo,antes seu maior tesouro,como o sol que iluminava uma manhã sombria e trazia-nos alegria agora era sem brilho e sujo.

Minha situação não estava diferente de Ino,meus pés descalços e feridos pelas horas correndo na floresta escura e nebulosa,meus cabelos continuavam longos e brilhosos em partes,ele nunca permitia que eu parasse de cuidar dele,meus braços esfolados e curtos balançavam a medida que eu retornava para pegar Ino debaixo de meus ombros para a apoiar na caminhada aterrorizante e que me colocava deveras muito medo,sentia o sangue escorrer entre as junções de meus olhos e pingar no vale de meus seios.

-Ino,por favor se esforce irmãzinha voce consegue.

-S-sakura e-eu n-não sei se c-consigo.

Alcancei a loira alta demais para que pudesse a ajudar a atravessar o rio poucos metros de nós,ela estava indo lentamente ao mundo dos sonhos e eu não podia permitir que ela se fosse dessa maneira,não depois de tudo que passamos juntas.Apertei a pele sensível e queimada em demasiado abaixo de seu umbigo a apertando para que não sangrasse ou a pele parasse de pingar como água.Meus olhos se encheram de lágrimas e meu estomago revirou muitas vezes com a pele escorrendo em agora meus dedos.

Puxei-a para que pudesse subir em minhas costas,eu podia ser pequena mas ainda tinha força o suficiente para carregar a coisa magrela em minhas costas.

-onde pensa que vai?

Congelei ao ouvir sua voz,me virei lentamente para trás podendo visualizar a figura baixa mas imponente parada a poucos metros de mim e Ino.Sua perna estava com o ferimento aberto e o líquido vermelho escorria lentamente por sua perna alcançando sua meta de tocar o chão.Segurei a perna de Ino com mais força,ficando as minha curtas unhas em sua pele,eu estava preparada para correr mesmo que Ino pesasse cerca de dez quilos a mais que eu,por causa de sua altura.

Senti uma pontada debaixo de meu pescoço podendo visualizar por minha visão periférica Ino me mordendo para aplacar um pouco de sua dor,joguei-a minimamente para cima e a consertei em minhas costas,olhando petrificada para o homem que nos fez tanto mal.

Virei-me começando a correr para o rio agitado e com fortes correntezas,observei atentamente as pedras pelo caminho que surgiam em meio a água agitada e violenta,aumentei a velocidade sentindo Ino murmurar de dor e meus braços aos poucos perdendo a força.

Ouvi seus passos apressados atrás de nós e comecei a me desesperar por imaginar que ele pode estar perto o suficiente para que nos agarre e nos leve de volta para aquele lugar horrendo e sujo.

Eu estava com medo por Ino,se seu ferimento abrisse mais era provável que ela morresse.Pulei os galhos grandes que atrapalhavam nosso caminho e me atrapalhei ao máximo por estar com peso em minhas costas,o que fez com que meu pulo não fosse bem sucedido me derrubando e trazendo Ino comigo.

Estava preparada para levantar quando senti suas mão puxarem meus pés me arratando de volta pelo caminho.

-solta desgraçado,me larga resto de merda.

Gritei chutando seu joelho fazendo com que ele se desequilibrasse e fosse ao chão rolando o pequeno barranco ao nosso lado.

Me preocupei minimamente ao ver os cabelos negros e curtos espalhados pelo chão.

Mesmo que ele tenha feito muito mal para nós eu ainda sentia um amor longo e afetuoso por ele.O tempo que passamos junto fez com que eu me aproximasse dele sentimentalmente e fisicamente.

Eu o amava demais,mas minha prioridade era Ino.

Iria tirar ela dali,mesmo que isso significasse lutar com Sasuke.

 


Notas Finais


só uma coisa a dizer.....Novinha boca de veludo.....

Fiz esse capitulo ouvindo problem e side to side.

Galera pelamor falem o que acharam pq eu sou paranoica e excluo a fic se eu achar que ninguem tá lendo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...